PAIZÃO, você é único

Um conto erótico de Diogo75
Categoria: Homossexual
Data: 04/01/2006 11:27:11
Nota 9.00
Assuntos: Homossexual, Gay

Sábado à tarde aquela pelada tradicional.

Sempre joguei futebol com caras da minha idade, mas nesse sábado resolvi pegar a pelada da galera mais velha, do meu pai e dos amigos dele.

Tenho 20 anos e meu pai 46.

Pegamos shorts, chuteira, meião e fomos jogar bola no Clube.

Três, quatro, cinco partidinhas, a velharada tava com a língua de fora e indo para casa. Quando não deu para formar mais times meu paizão também desistiu.

Todo suado, disse para ele que ia tomar banho no clube mesmo para não deixar o carro com cheiro de macho azedo e ele concordou comigo. Seus amigos pegaram as caronas e foram cada um para sua casa.

Observo a masculinidade do meu pai a muito tempo. Ele é daqueles macho moldados a testosterona, músculos definidos e cada um bem firme em seu lugar, pernas fortes, todo peludo, barba sempre azul no rosto forte. Seu pacote dentro do shorts sempre indicou que meu pai era um homem acima da média dos brasileiros, até esse dia não tinha conseguido confirmar minhas suspeitas, embora desde a adolescência desejasse muito experimentar da nudez dele.

Fomos para o vestiário do campo de futebol e tinham dois caras terminando de se enxugar e logo saíram.

Fiquei pelado logo, fazendo de conta que aquilo era muito natural para mim, mas não era, nunca tinha ficado pelado na frente do meu pai e nem pelado na minha frente. Em casa sempre fomos muito reservados por que tínhamos mais mulheres em casa.

Meu pai meio sem jeito também foi tirando a roupa meio ressabiado e de costas para mim.

Indo para a ducha eu ia medindo cada movimento dele, quando ele terminou de tirar a cueca ele me surpreendeu a dar uma cheirada na sua cueca molhada de suor e nas meias.

Eu perguntei: Que isso pai?! Ta curtindo cheiro de beira de zorba?

Ele falou: Eu sempre dou uma checada no cheiro. Você já percebeu que nós temos um cheiro comum, bem parecido? Será que é porque somos pai e filho?

Eu respondi: Sempre cheiro a minha cueca também. Deixa eu cheirar a sua...?

Saí do Box pingando água e fui na direção dele e puxei sua mão e a cueca até o meu nariz. Fechei os olhos e inspirei o cheiro daquela cueca úmida.

Meu pai fez cara de susto, e me assustou mais ainda pedindo para cheirar a minha cueca. Eu tirei da mochila e levei até o nariz dele.

Com a mesma expressão de alguém que está na frente de algo muito delicioso ele cheirou minha cueca e disse: Realmente somos pai e filho.

Numa atitude arrisca tudo, dei um grande abraço nele, bem demorado. Senti sua rola encostar na minha e elas crescerem juntas no meio das nossas pernas.

Ele retribuiu o abraço e afagava as costas e de repente escorregou as mãos até minha bunda, me abraçando e me puxando para ter mais contato com seu corpo peludo e suado.

Sem nos olharmos, pois a minha cabeça estava sobre seu ombro e a dele sobre o meu, ele começou a beijar meu pescoço e me chamar de filhão do papai e dizer que o papai ama muito o filhão e gosta do cheiro do filhão.

Me pegou pela mão como costumava fazer quando eu era pequeno e me levou até o Box abriu os chuveiros e nos esfregamos com sabonete o corpo todo até ficarmos bem ensaboados e cobertos de espuma. Me pai veio ensaboar minha rola e bunda, quando tava bem escorregadio pela espuma ele meteu um daqueles dedos grossos da sua mauzona forte no meu cu. Me abraçando e fazendo um vai e vem com o dedo ele me perguntou se eu queria conhecer melhor o papai e eu disse que sim.

Ali todo ensaboado, em pé contra a parede, ele me abraçou por trás e começou a me penetrar com aquele mastro com que eu sonhei a vida inteira.

Era um cacete grosso, fino na ponta, largo no meio e mais estreito na base, tinha pelos até o meio do caralho, o sacão depilado, viçoso com bolas grandes e empinadas por causa da água fria roçava minha bunda enquanto ele penetrava minha bunda e ia abrindo os gomos com a mão para caber tudo aquilo.

O contraste da temperatura da água fria que caía e do cacete quente dele me alucinava. Me sentia macho, me sentia um puto, me sentia desejado, amado. Eu tentava pegar minha rola para punhetar enquanto ele me fodia a bunda, num vai e vem lento e intenso, mas meu paizão segurava meus braços bem abertos me impedindo de tocar no meu pau e meu tesão aumentava.

Comecei a rebolar e ele gemia urrava me chamando de filhão, puto, viado, gostoso, filhote, macho do papai.

A respiração dele ficou mais intensa e eu sentia que o gozo ia chegar logo, comprimia minha bunda para apertar a rola dele dentro de mim. Finalmente depois de um urro forte meu paizão jorrou sua porra quente que inundou meu rabo e melecou o pauzão dele enquanto ele dava as bombadas derradeiras. Parou ofegante e me abraçou. Parecia que o mundo parou para que déssemos aquela trepada.

Meu paizão tirou o pau do meu cu e me abraçou de frente me melando de gozo também. No abraço ele foi me acariciando e se abaixando até ficar de joelhos no chão do Box. Começou a mamar minha rola semelhante à dele, meteu o dedo no meu cu e eu enlouqueci. A excitação era tanta que não demorei muito gozei na boca do pai que ao sentir a porra quente jorrando se levantou e me beijou dividindo a porra comigo. Foi alucinante.

Ainda nesse clima de carinho tomamos um banho. Meu pai me secou como fazia comigo quando ainda era um bebe e eu sequei o corpo dele como se o estudasse em cada dobra e pelinho.

Voltamos para casa e nunca mais paramos de jogar bola e tomar banho juntos. Meu pai e eu estamos nos entendendo cada vez mais, sempre rola um troca-troca, viajamos juntos, paramos nos motéis e nos amamos muito.

Paizão, adoro tua porra grossa.

Você é único

[email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/02/2019 23:46:38
9
02/10/2010 13:18:05
otimo conto,super excitante,AGORA OS HIPOCRITAS VEM AKI LE E DEPOIS FIK CRITICANDO?VAI SE FERRAR SEUS BABACAS PRECONCEITUOSOS,NGM É OBRIGADO A LER OS CONTOS Q TAO AKI SEUS TROUXAS
07/09/2009 23:31:26
Muito bom! Fiquei na maior tezão, gosto muito de conto de pais e filhos. Mas eu não teria coragem de tranzar com meu pai, pai é pai né. Bom num sei na hora do prazer, agente fica cego, só age com a cabeça debaixo, parabéns!
06/04/2009 10:30:30
Menino, que coisa gostosa de se ler, amei, quero conhecer seu pai, merece beijos
12/03/2009 12:02:31
Beleza de conto
11/02/2009 20:14:20
Kra isso eh loucura dar o cu pro proprio pai. . .
31/01/2009 12:20:28
GOSTEI...MASTURBEI-ME LENDO SEU CONTO...JÁ TIVE SEXO COM TIOS E PRIMOS...ACHO NORMAL FUDER COM PARENTE...SEM GRILO....ACHO QUE DESEJO É DESEJOSE AMBOS QUEREM PQ NAO ACONTECER?...GOSTEI...HÁ ALGUNS ENGANOS NO PORTUGUÊS...COISA SIMPLES QUE NAO TIRA A FORÇA DO CONTO....ESCREVA MAIS...
09/08/2007 17:22:18
adorei oqrolou entrevcseu tbjáfudí com omeo pai
22/01/2007 18:56:02
Delícia!! sempre tive tesao pelo meu pai, mas nunca deixei ele suspeitar!!! Mas consegui dar para meu tio, irmão dele!! Foi muito bom!!!
aleques
05/02/2006 11:53:39
seu duente, seu lugar é no hospital de doidos Além de hipocrita é analfabeto
get-up
29/01/2006 12:48:24
ow seu viado´!! dá pra kualker um menos pro seu pai sua bixa..nu tein vergonha na kra naum...!vai cumer uma mulher..q se vai vÊ oq que eh tezaum sua bixa lok!!!
26/01/2006 15:44:32
sinistro tu é mesmo um filho da puta
15/01/2006 00:16:44
Vejam um conto chamado "Extremo Prazer" deixado nesse site em Dezembro do ano passado. Não restam dúvidas de que foi enviado por esse que se assina "anti-gay" para deturpar a imagem dos gays entre os frequentadores. E deixou tantos rastros que é até fácil identificar.
anti-gay
14/01/2006 15:29:24
seu duente, seu lugar é no hospital de doidos.
Flic
11/01/2006 16:24:26
excelente. Morri de tesão
Pedro
09/01/2006 02:09:50
Tá horrivel nojento vc num tem vergonha na cara naum o seu viado q naum sabe nem honrar o sobrenome que seu pai lhe deu vai se foder o seu viado
bailarina
05/01/2006 22:53:40
vc é louco?tudo menos pai e mae,é um desrespeito pra qualquer religião,contra a genetica e contra a vida social,o conto naum ta ruim,so q naum poderia ser o pai...
ROBERTO
05/01/2006 18:14:52
CARA NÃO LIGA PRA ESSA RAÇA IPOCRITA QUE TA CRITICANDO, NO FUNDO SÃO UNS INCEJOSOS E MAU AMADOS, SOU TOTALMENTE LIVRE DE PRECONCEITO E TODA FORMA DE AMOR E PRAZER PRA MIM É VALIDA, NO FUNDO ELES FAZEM PIOR, ALEM DA IPOCREZIA, DEVEM SER UNS FILHOS DA PUTA CHEIOS DE PRECONCEITOS QUE NO FUNDO FAZEM COISAS MUITO PIOR.
anne
05/01/2006 12:14:32
Simplesmente nojento...Eca!!
TICI
05/01/2006 10:38:55
SINISTRO...PARA DE SER GROSSO CARA...EU RI DO SEU COMENTARIO FOI PQ EU ACHEI FMZ CARA...NÃO TO TE ZUANDO NÃO... MAIS AÍ..."NÃO RESPEITA A CRIAÇÃO DE DEUS" FOI FODA...RS

Online porn video at mobile phone


vi a bucetinha virgem da minha amiga conto eroticopapai super dotadoxvidiossexo gai urso parrudos chegou de viagem e foi dar uma foda xvideosxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa e pede pra nao goza dretroconto gay alvinho e o velho amigo da famíliaXVídeos novinha chora com a pomba no c* que a lágrima descewattpad contos eroticos pai e filhasEnbebedando a tia e comendo elacontos eiroticos leilapornminha nora de baby dool me exitavideos porno para ver agora mae de 25 anos gostosa aproitar q a filha sai e esfrega mo genrofoi encochado por meu geroconto esfregando pau com pau gay dockingconto erotico gay cunhadosconto erotico lavando roupacontoerotico eu namorada mae e tiovídeo pornô da retina p**** da retina e mandou um vídeo pornô dela não ela nuaa tia zoofilia pegada no caopisão ei curra novoxvporno de novinha de dezeseis anosde vestido trazandocaete na porca pornoanalinsesto ninfascontos eroticos pegando minha tia gravidaneide cu de ouro calcinha entrando no cumagrinha gostosa mostrando o pacotào ponovinho do pau bem gandecontos eroticos de comedores gozando dentro da esposao riquinho que eu amo cap 12 casa dos contosWm vaipati toma nocucontos real esposa danando funk na balada quero ver uma mulher metendo com o dedo e g****** e jogando para fora bastante pinicandocache:v4Hbz9COzM8J:zdorovsreda.ru/texto/2016021014 mulenapicacasa dos contos eroticos whitechocolatenegao com pistolao grande e bem grosso quase nao entra no buctao da coroaver videos de amigas brigando furiosamente por causa de macho e tambem por fofocas cenas reaisDeixei minha irma chatinha brincar com minha rola xvideocontos eroticos meninas de doze anos transando com cachorro com calcinha rosa com lacinhos brancoAte o primo do corno ja me fudeuFOTOS DE FODA RIJA NEGRAO BIGSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaQuero trsnsar com o Adinlson meu padrastoFodida ate chorar de tanta dor com o conhado de piça grande contosXxvidii ela vai toma ni cucache:qruYbBa02lMJ:zdorovsreda.ru/texto/20180186menina dorme sem calsinha e leva puca cu virgemPau duro na faculdade contospapai viu niha xoxota xvideisbonequinhacontosconto erotico ocheirinho gostozodo meu cuzinho na minha calsinhabotei gozei tirei gozei soquei gozeiContos erotico mae bucetuda tias e filho casetudo de sungacontos minha esposa e seu ginecologistacoloquei o dedão n cuzinho d minha netinha contos eroticoscontos eroticos colega negão estuprando o novinho gayWww.testedefudeludade.comx videodildo descomunnal xvideoO que e doidopornreinaldinho com p******* comendo a minha irmãmenina pequena provocado pai com chote cuto enfiado na bunda xnxxxvideo iseto papaiesposa pelada curva para pegar sabonete marido pirocudo come cu dela semela espera ela gritaporbodoido dudendo com o pedreiroconto erotico caseiroyaho tias vocês ja imaginario trasando com sobrinhosgostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscrente safada contosvideos desabafos cacetudos con vontade de gozar se mostra can cacete muinto duropai vai no quarto da filha gostosaxxvideominha prima nechupando gostosocontos eroticos tia bucetuda no onibus e menino casetudocontos hot sobre a brincadeira pique esconde maiores de 18depiladora brasileira nao aguentou ver a pica duraComo faser brusa curta em 5minutos