Reencontro - sexta-feira

Um conto erótico de Kotoia
Categoria: Heterossexual
Data: 12/03/2009 18:27:58
Nota -
Assuntos: Heterossexual

Passaram-se alguns dias e minhas entranhas começaram a queimar sim queimar de verdade. Sentia o cheiro daquele desconhecido em meu corpo, em minhas roupas, o via em todos os homens. Como ele havia falado, recoloquei várias vezes a roupa da primeira vez, passava pelo parque, mas ele havia sumido. Chorei por muito tempo e resolvi seguir minha vida.

A família de meu pai morava no interior e minha avó ficou muito doente, como já era uma mocinha, meus pais resolveram viajar para visitá-la e me deixaram sozinha em casa pois eu teria uma prova importante no colégio e tinha que estudar. Foi apenas um final de semana, mas foi emocionante. Meus pais saíram na sexta-feira a noite e após trancar toda a casa fui para meu quarto. Tomei um banho e me deitei... não conseguia conciliar o sono, novamente minhas entranhas estavam em brasa. Peguei o “brinquedinho” mas não adiantava. Eu necessitava de um homem!

Nua, fui até a janela e a abri, a noite estava agradável, foi quando vi um vulto vindo do parque, senti um arrepio percorrendo meu corpo. Ele se aproximou do portão, a rua estava completamente deserta, olhou para mim na escuridão. Era ele!!!

Desci as escadas correndo e sem acender a luz, abri a porta. Vi o sorriso e senti seu cheiro. Ele abriu o portão e veio até mim, me abraçou e sussurrou:

-- Com saudades? – não consegui responder. – Sobe coloca uma roupa bem “menina” e vem pra mim te dar mais uma lição.

Subi as escadas como louca, coloquei uma mini-saia cor-de-rosa, uma blusinha azul e uma tanguinha rosa, bem enfiadinha em minha bundinha. Fiz umas “maria-chiquinha”, meias ¾ brancas e um sapatinho bem infantil. Desci, ele estava sentado no sofá

-- Vi teus pais saindo, e resolvi ficar esperando.

-- Sim, eles foram visitar minha avó, só voltam domingo à noite. – sentei na poltrona que ficava em frente ao sofá -- Porque tu sumiu?

-- Precisava ver o quanto tu sentia a falta do teu homem.

Ele levantou, caminhou até mim e ficou de pé bem na minha frente. A casa continuava as escuras, levei a mão para acender o abajur e ele me deteve.

-- O bom da lição é a escuridão.

Dizendo isso ele abriu o zíper e deixou as calças descerem até a altura dos joelhos, toquei seu membro sob a cueca e senti o quanto estava duro. Enlouqueci, comecei a beijá-lo loucamente e a puxar sua cueca com os dentes até libertar aquele instrumento de prazer. Que delícia, coloquei aquele pau enorme em minha boca, primeiro a cabeça, que chupei delicadamente, e depois o restante. Chupei sua bolas colocando-as todas em minha boca, babava e lambia, enquanto ele gemia ali parado em minha frente

– Isso putinha, chupa teu macho, vou encher tua boquinha de leite.

Aquilo me enlouquecia cada vez mais, então ele segurou minha cabeça e começou a meter com força em minha boca até que senti o líquido quente que invadia minha garganta. Lambi tudo, sem deixar escapar nenhuma gota. Eu estava sedenta de sexo, de leite e de prazer e ele era o meu alimento.

Após essa gozada, recostei-me na cadeira com a cara mais ingênua do mundo perguntei qual seria a lição do dia. Sorrindo ele recolocou a calça e me pegou no colo trançando minhas pernas em volta da sua cintura e meus braços atrás de sua cabeça. Subiu as escadas e foi em direção ao meu quarto. Eu estava frágil, pois sentia seu pau dura sob a calça roçando minha bucetinha quente e molhada. Sentou-se em minha cama comigo ainda em seu colo e enfiou as mãos por sob minha saia, acariciou minhas nádegas e começou a massagear meu rabinho, sem tirar a mão ele me afastou levemente e com a outra mão afastou minha calcinha e introduziu dois dedos com a maior facilidade em minha bucetinha lubrificada.

-- Hoje tu vai ser só minha, mas amanhã teremos companhia. – eu gemia, com o terceiro dedo invadindo minha buceta e outro no rabinho – Vou trazer um amigo para te comer junto comigo.

-- Sim, o que tu quiser. – respondi sem pensar.

Ele tirou as mão e me sentou na beirada da casa e afundou o rosto entre minhas pernas, chupando meu grelinho e enfiando sua língua cada vez mais fundo em minha buceta, eu me agarrava aos lençóis me contorcendo de prazer, ele subiu e rasgou minha blusa soltando meus seios e chupou-os enquanto me penetrava novamente com os dedos. Então ele ficou de pé e se despiu ficando lindamente nu, sendo iluminado apenas pelas luzes que vinhas da rua.

Ele me pegou novamente no colo e sem nenhuma piedade me penetrou, me encostou na parede ainda com as pernas em volta da sua cintura e me socou todo aquele mastro.

-- Era isso que tu queria putinha, vagabunda, cadelinha? – saia e entrava com mais força – Sente teu macho!! – eu gemia mais alto – Geme com meu caralho na buceta! -- Senti o gozo se aproximando e me agarrei mais a ele – Não vai gozar ainda putinha. – E tirou seu pau de dentro de mim me largando no chão. – Tu vai ter que pedir.

Enlouquecida comecei a implorar e chorar sem saber o que fazer.

-- O que tu quer? – ele perguntava

-- Você! – eu respondia confusa.

-- Não! O que tu quer de verdade? Fala! Pede pro teu macho. – a voz dele era baixa mas rígida.

Parei e pensei, respondendo:

-- Eu quero teu pau dentro de mim. Quero ser comida, chupada, arrombada. Quero te dar minha buceta até tu gozar dentro de mim. Quero sentir teu caralho invadindo meu rabinho. É isso que eu quero.

Ele me jogou sobre a cama de bruços e enfiou seu caralho até as bolas novamente em minha buceta e o dedo em meu rabinho. Socou e novamente eu gemi, enquanto ele me segurava com firmeza. Ele pegou o meu consolo e colocou em minha boca mandando que eu chupasse e lambuzasse bem, obedeci. Pegou novamente o caralho de borracha e enfiou em meu rabo. Que delícia. Atirou o corpo dele pra traz me puxando junto. Fiquei sentada em seu pau com outro pau em meu rabo enquanto ele começou a massagear meu clitóris. Fui as estrelas, gozei tento que chegou a escorrer pelas coxas dele. Senti que ele também começava a gozar, pois o ritmo era mais intenso e ele me abraçava mais forte, senti seu leite me invadindo e escorrendo pelas nossas pernas. Ele me recolocou de bruços sobre a cama, retirou o pau do meu rabo e mandou que eu limpasse todo aquele mel com a língua. Sem pestanejar ma atirei sobre ele comecei um trabalho minucioso de limpeza, deitado no chão, com o pau meio mole ele relaxou. Lambi e me lambuzei.

-- Vem engatinhando por cima de mim – mandou – deixa tua bucetinha melada perto da minha boca. Vou te limpar também, tu merece.

Após a limpeza geral. Vendo aquele pau meio cansado, cai novamente de boca enquanto ele novamente enfiava a língua em minha buceta e meu grelinho. Deixei-o novamente em ponto de bala.

-- Agora, antes de me despedir vou comer teu rabinho! – sentou no chão e me fez sentar com o rabinho naquele mastro completamente babado por mim. Comigo de costas, ele massageava meu clitóris, novamente fora de mim, peguei o consolo e enviei em minha buceta, retirei sua mão e comecei a me masturbar com o pau no rabo. Eu sentia aquele macho me comendo. E gozei, uma, duas , três vezes. Senti seu gozo novamente dentro de mim e seu pau murchando. Ele se levantou, me deu um beijo e se vestiu.

-- Amanhã eu volto com meu amigo e mais lições pra ti. Boa noite minha putinha. Tranca a porta.

Desci, com as pernas bambas, tranquei tudo e subi novamente. Deitei-me na cama e dormi esporrada e cheirando a sexo. Sonhando como seria meu sábado a noite.

Eu volto!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/03/2009 19:58:01
Contatos? Só por e-mail: __Agradeço críticas e análises sobre meus textos.

Online porn video at mobile phone


mulher com aberada da buceta toda esticada pra filha vercontos erotico gay com meu afilhadomunhe engulido a gala sem tira u pau da pocacontos eroticos com nulheres de uberlandia assustando com o tamanho da rolabatendo o que tá faltando musculoso gostosão fortão pintam grandãocontos eroticos: sendo encoxada gostoso no onibus de mini-saia sem calcinhaconto erótico esposa arruma travesti para maridocontos eróticos publicadoscontos eroticos com mudinhaanne carolzinha fofinha gostoza trepano muitofilmes de diabo comendo ninfetas da belosexovideos dr sexo com pau de40cm analmeu marido me pediu pra chupa outra rola contos eróticosnovınha sendo comıda por um negao jumentopornôcom professora selvagem regaça o pau do alunoConto erotico loira aos grios e choros numa foda relvagem com super dotado metendo forte com forcanovinha gritano gostozo paicontos eroticos menina bobinhafotos de bucetas lusinhas brancas rosadasbuceta de evangelica arrombada na igrejaitaliano porno escurinho do cinemaincesto padrasto bolinando enteada de sete anos no banheiromaei depilando pau do filho e nao aguenta baicha aboca chupando e setando abuseta ensimaxvvidio a mãe ficou presa na piadoce nanda parte IV contos eroticostravestidepiladoraXVídeos mulher famosa com bucho cheiocheirou minha calcinha e me fodeu , contospiveti comeu a mai durminohttp://conhecer adolecente de peitinho durinho bucetinha bem apertadinhaQuero trsnsar com o Adinlson meu padrastoContos eroticos de sexo com genrobaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elacontoseroticos/mulherdopastorbrincando escanchada contos pornofudeno bucetas e gozando nas entradinhascoto espoza .com roludo"caralho entalado" contobixa porno pretinha no boquete devagarinhoflagrei minha irma traindo seu namorado e chantagiei elax vídeos a empregadinha galeguinha u vei comendo nu so faxvideofiadoensinei a minha enteada a chupar de finalzinho hoje come elarabudas brasileiras pedio arego no cu pitudosxvideo minha irma sentou no meu colo e meu pau indureceumae pastorando o filho incestofoi durmu na mesa cama da cunhadanovinha boa com o shorti aberdadowww.xvideos.com corno nao perdubao coroa nos comeu contoXVídeos real Carangola 1280minha mulher e os gemeos bem dotado contos e entai eroticoseu coloquei a minha pica cabesuda gozando nua buceta grande e carnuda 2018contos eróticos meninas de 25 anos transando cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhocontoseroticos a menina e o velho do parqueas novinhas do Alto do Mateus quebrando o c***** dando o c*****tirando toda a roupa e causinha fiu dentau vidiosvidio de comedor gozando na portiha do cu da casadaXvideo comeu o cu da sogra bu Cetonloirinha perguntava se fodia gostoso xvideosxxvideo mulhe tirando ochorte pra trasaporno em familiaPORNO DE GAMEIQUIE deseeo amanentando o filho contos sexconto de mulher casada batendo ciririca com pepinorola de moreno plutãoContos pornos-fodi a mendigapedindo pra fodela bem baixinhovir minha sogra toda sex e acabei pequerando e fiz sexo com sograesborrou porra p cuporno com homem com baita tigãoamiga ecitando o namorado da melhor amiga enquanto ela ta enterdidacontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaacontos eroticos de homens que gosta de leite materno e chupar bucetacontos eroticos incesto a ceguinhaContos gays torando o amigo novinho lacradoxvideos com rabunzelconto cracudo noiado gay contovidios de mulheres tranzando com caes trenados pr fuder elas no youtubefodendo velha viúva a força contos eróticosaliviando os funcionarioscontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeFace de Luciano com a b***** arreganhada com consolovideo inversão porno sogra comendo o cu do geroxvidio mulhe casada coroa fudeno na hora do futibol brasileroVídeo d homem fazendo sexo anal com cochorolekes cantando juntos no pornodoidoesposa gostosa dando o cu pela primeira vez e gostou e pedio maisconto erotico com porteiro velho coroa grisalhomelando buceta com salivavideo do videntehttps://www.mundobicha.com/videos-porno/brasileiros/novinha chupa uma jeba por R$10,00conto erotico escrava do negro sadoxvideos com fuzilera novinhacontos eiroticos leilapornxvideos mae tramca a mao na pia e filho c aproveitaMeninas novinha engatada com cachorro e gosando gostoso em zofilia contos