cont. na pescaria peguei na vara II

Em continuação, depois de ter sorvido tora a porra daquele neguinho, ele se foi, para encontrar meu marido. Logo estavam de volta com bastante peixe, tomamos mais algumas cervejas e fomos para a casa, tinhamos programa para voltarmos no mesmo dia, mas como já tinhamos tomado bastante cerveja, meu marido achou melhor voltarmos no dia seguinte cedo, depois de descansarmos. Quando chegamosa piscina já estava limpa, e convidativa, temos uma casa de praia em um condominio. Carro guardado, portões fechados o que acontecesse dali pra frente ficaria trancado ali entre tres pessoas, aquela agua estava convidadtiva devido o calor que fazia, meu marido como sempre foi limpar os peixes, num tanque que fica ali perto da piscina, nosso amigo estava junto dele converssavam e riam bastantea até que resolvi reclamar:---E ai, vou ficar sozinha aqui até quando, a agua esta deliciosa...---Estamos acabando...só mais um pouquinho....Minha buceta latejava quando eu pensava, no tamanho daquela ferramenta, aquela pica preta, latejante, ma fazia viajar, nas fantasias, e quanta porra que saiu dela, sera que teria mais? claro que sim pois estavamos tratando com um garoto, eu tinha medo de não aguentar tudo aquilo. Logo eles vieram, depois de um tempo que estavamos dentro d'agua, sai para tomar um sol, deitei de costas e ambos ficaram debruçados na borda da piscina a me olhar, logo o menino saiu para ir ao banheiro, estava perto do meu marido e confessei-lhe...---Tu não vai ficar bravo comigo né? ---O que foi que tu aprontou? ---Nada não, eu só pedi para ele passar o bronze na minhas costas, e ele ficou doidinho...---Tambem na bunda né?qualquer um ficaria...---Foi tão gostoso, posso pedir de novo? -Ela tá batendo palminha, do jeito que voce gosta ...Ele tem um pauzão, acho que é o maior que vi até hoje...---É filha , ele é negão, tá disposta? ---Desde a hora que eu vi aquele volume, voce tambem vai gostar, mas não sei se vou aguentar, é grande mesmo, voce vai ver...posso pedir então?---Pode...O garoto voltou e sentou-se ao meu lado.---Já falei pro W. quer passar o bronze de novo? ---Pode !!!---Ele deixou, não foi pai?---Claro que pode, ela disse que voce faz muito bem...Ele pegou o frasco e ajoelhou-se ao meu lado e começou a empreita, a cada passada de mão daquele negro no meu corpo a minha buceta entrava em choque, eu ja estava toda melada, e meu marido assistia a tudo estupefato, estava sensacional, é por isso dentre outras coisas que amo meu marido, meu corninho, como o chamo as vezes, agora principalmente, e ele adora. E para surpresa geral...---Solta meu biquini ai atras , vou tomar sol sem a parte de cima. ---Uai, hoje não vai tomar banho pelada não?---Não, olha o menino ai...---E o que é que tem, voce se importa ?---Claro que não...Mas eu me comportei, não estava na hora ainda, queria curtir mais a sacanagem, admirar, aquela benga descomunal. Ele acabou e furtivamente foi para a piscina escondendo sua ereção do meu marido e deixando-me ver aquilo dentro da sunga. Num momento levantei para ir ao chuveiro, para entrar na piscina, fazendo de conta que esqueci do sutiã, ---Ai!!!, esqueci dessa porcaria, tambem agora já viu mesmo... vou ficar assim mesmo. Meu marido saiu da água e foi preparar uns peixinhos pra gente comer...---Traz mais cerveja...Eu já estava ficando no ponto, estava como dizem"catando papel na ventania", meu marido não demorou muito, estava na espectativa, quando vinha em nossa direção pude perceber o volume da metade do que se escondia dentro da sunga do neguinho. Logo pedi ao neguinho que me amparasse para que eu pudesse flutuar, ele abriu os braços submergi e ele amparou-me, uma das mãos proximo aos seios e outra proxima a buceta, eu estava doidinha, a tarde já estava no fim, eu continuava muito solta, e muito afim de catar aquele neguinho tesudo. Já escurecera, tudo estava na maior escuridão, quando meu marido chegou perto de mim e encochou-me , ele estava sem a sunga.---Aiiii, voce esta pelado...---Eu estou, ninguem ve nada mesmo----Eu tambem vou tirar...tira o seu tambem Luan...---É pra já. Apoiei-me na borda entre os dois peladões...meu marido saiu da piscina, ficamos os dois, aproveitei e dei-lhe um abraço, senti aquela tora enorme se alojar entre minhas pernas---Menino como isso é grande...---É nada ... a sra vai ver, ---Agora tá facil, ele já tirou a roupa e saiu, agora é nossa vez de sair... saimos e fomos nos enxugar perto do meu marido... ---Nossa pai...já viu o tamanho disso... Deve ser bom...---Deve mesmo, sera que tu aguenta...---Depende, se ele quizer eu tento, então eu posso?---Demorou!!!---Voce dois são loucos...Antes de tudo, colocamos as nossas condições para a brincadeira, ele as aceitou. Ele estava em pé, aquela vara ereta, apontando para minha xana que estava louquinha, segurei-a,...---Vou realizar um sonho, chupar um pinto preto , e do meu amiguinho, que tal?---Fique a vontade, ela é toda sua, segurei a tora e alisando-a, pra frente e pra traz, soltando a cabeçona , da pelinha aquela cabeça vermelho vivo, aquela pica brilhosa, sentei no banco e comecei a chupetinha, ou melhor chupetona, não é toda hora que se tem um pau de 22 cm a sua disposição, ele se contorcia, meu marido com os olhos vidrados na cena mexia ávidamente no seu pau, aquele pedaço de músculo marrom, não entrava em minha boca nem a metade, e eles se divertiam.---Vem aqui deixa eu dar uma chuparinha nele para ele não ficar com ciume, não resiti e acabei colocando os dois frente a frente, aproximei-os e os paus colados medi, o do meu marido passava um pouco da metade do pau dele e na grossura então nem se fala, e continuava a crescer, chupei os dois como uma louca esfomeada. Temos lá uma mesa comprida e um banco tambem comprido, pedi que deitasse no banco, supi em cima dele, uma perna de cada lado ...---Agora vou brincar de cavalinho, não se mexe hein, deixa que agora eu faço, eu sei onde dói...Pernas, semi dobradas, direcionei o bitelo no buraquinho e dei uma agaxadinha, senti aquela brasa entrar , não doeu muito, mas ardia, e eu fui abaixando cada vez mais, até sentir a cabeça cotucar a parede do útero, dei um tempinho e fiquei só com aquele pedaço fincado dentro de mim, subindo e descendo, na hora que eu sentia a dor eu voltava , e assim foi com jeitinho, que quando eu menos percebi estava sentado sobre seu pubis e aquela pica estava toda dentro de mim, comecei a seção "rebola bola voce diz que dá que dá", como se estivesse dançando um funk, agora já nada mais doia, era só prazer, aquela pica me arrombara, va meus peitos e me acariciava o clitóris, que é por onde eu gosto de gozar, e o gozo logo veio, forte arrebatador, ---AAAAiiiiiii, puta que o pariu, que delicia, ai meu deus, que gostoso, uuuuuuuiiiiiiii, a aaaaaa, eu vou gozar, ai que pica gostosa, uiiiii, me fode filho da puta, me rasga, arreganha a minha buceta , iiiisssssooooo seu viado, vai meu corninho morde meus peitos, isso assim, não era assim qu e voce queria, vai ,vai, vai, asssiiiiimmmm, isso assim, me fode , ai caralho que pinto gostoso, minha buceta vai explodir...Eu gozava tanto que quando tirei aquele pinto da buceta, um játo forte de urina jorrou sobre a barriga o peito e rosto do meu neguinho, e eu continuava gozando e masturbando a minha buceta o clitóris paracecia uma brasa, ----Ai, ai, ai,, que deliiiiiiicia, uuuuuuiiiiiii, que gostoso, porra é bom demais...Então fui parando, os movimentos mais fracos, sai de cima dele , sentei no banco e me refiz. Depois ele ainda me fodeu, de costas de frente, de lado, mas eu não estava contente, e para terminar propuz uma dupla penetração, coisa que tambem tinha vontade de fazer, as vezes meu marido conseguia comer meu cuzinho, mas dupla nunca, aproveitei que estava toda arrombadae propuz:---Voces topam osComo assim????----Um na frente e um atras, claro com jeitinho...----Claro, e tu topas ...---Estou a seu dispor...---Mas como vai ser?...----Igual aprimeira, deita no banco Luan...Ele deitou eu encaixei, meu marido pegou um lito de óleo de cozinha ali perto bezuntou seu pau e depois meu cuzinho e fomos para o prazer total, com jeitinho, na buceta já estava tudo pegando fogo, fiz uns movimentos, com o cu bem relaxado e começou a penetração, no inicio doeu um pouco, mas ele não tem ombros, passou a cabeça o resto vai facil, e logo senti seu pubis colada a minha bunda , nossa era tudo de bom, enquanto um ia outro vinha, escorregando para dentro de mim, ambos começaram o movimento mais rápido , alucinado e eu quietinha, só curtindo os calafrios que percorriam o corpo, o tesão que nunca tinha sentido, na verdade só faltou uma pica para eu chupar o resto eu já tinha conseguido, e eles gozaram, sentia meu sangue borbular nas veias, nos desngatamos, fomos para o banho, os tres sob o mesmo chuveiro, o Luan começou passar sabonete nas minhas costas, e como todo jovem se pau continuava duro, e começoa a passar o dedo em meu cú, fazendo pressão logo eu senti seu pau sendo esfregado na portinha, e como eu já estava arrombada, foi só dar uma agachadinha para chupar o pau do meu marido que ele me enrrabou, nooooossssaaaaaa, agora sim a coisa estava completa, aquela piroca enorme desvirginou de vez o meu cuzinho, ----Aiiiiiii, vai devagar caralho, vai mais depressa, vai me fode completa, come o cu dessa sua putinha, meu negão, isso, enterra mesmo, judia de mim, era isso que estava faltando, m,e rasga, vai filho da puta, gozamos junto , levantei o corpo com aquela verga enterrada no cú, meu marido me masturbava e chupava meus peitos, e aquele pau entrava e saia, com muita facilidade...Essa foia aminha pescaria, mas do neguinho tem mais...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/12/2010 23:48:05
Tesuda. Bem tesuda! Desbocada e putinha! Só tomar mais cuidado com a digitação.
23/11/2010 11:12:07
PESCARIA MARAVILHOSA E VC UMA TREMENDA PUTA PARABÉNS GOSTARIA DE MANTER O CONTATO COM ESSA TESUDA MANDA O EMAIL.

Online porn video at mobile phone


sexo porno eu tava sozinha e meu padrasto foi ate o quarto passa a lingua na minha xereca e ainda jogou toda porra dentrocontos eroticos sogra acaricia genro por baixo da mesa na hora do jantarsó de calcinha mostrando a coxa rebolando é denotandohotmail muletodacontos calcinhas no cesto sujaPecadoras donos bola xvideoshttps://zdorovsreda.ru/texto/2014011789contos eroticos adora q outros oisam suas transasqontos eroticos banho com minha irman mais velhaContos eróticos-caçador de pau comprido e grosso me rasgouHistorias erosticas baitola sendo enrabado pelo o padrasto e choraFoto de pika pulhetando contos eroticos o carroceiro e as enteadasxvedeo filho na aquenta ve sua mae de calsinha e acoxa elave porno co ome cumeno amante e a filha da amanteninfeta safada gostando de ser espiada no banho e provocaabaxa vidio porno de tio ifiano a mão na buseta da supria para baixar nu selula brasileiro mais safadia gostosa e meter meu na sua bocacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgevisitando sogro doente sexo quentesalva vidas sarado troca troca contosgaysprica cavalasogra fazendo sexo selvagem com o gel da pica cabeçudaContos eroticoscomprando sexo da endividadaxvideo Brasil com cara de surpresa quando ver o pirocao e fala nossa que piroca grande não vai caber nãoamiga travesti - conto eroticoda intolerância conto erótico gaycontos eroticos de padastrotio seu pau nãovai caber na minha buceacontoserotecos minha mulher com bunda cheia de porra.conto eroticos de perigosnovinfa da buceta grande carnudasnovinha espia negao pisudo fudendo sua mãe pornoBuçetamorenacomendo amiguinha da entiada de 15anosbaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir chorameu amigo ele me levou pro seu quarto pra eu fuder sua esposa na sua frente eu comecei a chupar sua buceta raspadinha ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu comecei a fuder sua buceta ela gozo ela ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu meu amigo ele começou a chupar meu pau ele ficou de quatro ele disse pra mim pra eu fuder seu cu virgem conto eróticoXsvideos patroa levando surra de cinta nuawww.bbucetas rarasFotos de mulher dano o cuzinho vai nlvinhaxvideosdificil pra vc lukataradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o caceteContosSexo anal gay coroas x novinhosMeu marido viaja e meu sobrinho me fodeMeu´pai´meu´machoContos eroticos rebeldes safadas parte 8acompanhante trasando com intiado no hotelfranco e belinha zoofiliahttps://www.casadoscontos.com.br/perfil/185159conto erotico novinha peidando sexo analporno mae surpreebdidavidei eu sabia que meu pai me espiava pelada e gostavaso bucetudas chorando quando a pica entrouirma gostosonaxvGosei na byceta selaporno comel a sogra emxeridaxvideos empresteo minha namoradinha por dinheiroporno sogru peganu tu nora a forsarubilane anal xnnncontos eroticos depois da balada em osasco 11/2016mulheres em salvador querendo sexo no watsaapprica cavalaxvidio casas trepando sogra cochilqndo e xunhado tomando cervejqpopa.da.bundagozacontos incrstos a mudinhacintilografia da Simone transando com seu maridocontos fuderam a minha esposa e ela mandou eu beber porrquero ver um filme de pornô de um veado perdendo a virgindade do c****** pela primeira vez sendo bem judiadocomo saber se uma mulher esta dormino quando eu teve fudendo ela e perceber se ela esta vinguindoos melhores contos de encochadas em evangélicas nos transportes publicosconto erotico rafa2014porno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delavideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhovideos porno irnao irna do xxvideoscontos eroticos/dois gorotos negros picudos fuderam minha namorada a forcalambendo bunda baile carnavalvideo porno de homens de sunga e cueca tirando a virgindade da mulher depois gozam em sua vagina filme porno classico brasileiromulheres de vestido batendo uma punenta para o seu marido e ele gosando e ele gosando muitorelaro erotifo mae bucetuda e filho pau gigant..pornordoido menagemfilha centa no colo do propio pai no sofa e mete com ele perto da propia familia video pornoBrasileira recatada dando o cu de vestidinho é gemendo me fode calcinha vermelhaxvideos calibrosascumendo a irma emganadadona sebastiana dos peitos grande faz sexo com o compadre contos eróticosbucetinhaentroutudogay casa dos contos o enigmatico garto estrangeiroquero ver vídeo pornô escroto carreteiro