Doméstica seviciada pelo casal de patrões

Um conto erótico de MOD - Fantasy Island
Categoria: Grupal
Data: 02/03/2011 02:52:22
Última revisão: 02/03/2011 03:23:41
Nota 8.70

Conto com fotos/video - Podem pedirOutro dia recebi o telefonema de um

amigo, que me narrou o que ele e

sua namorada fizeram com a pobre

da doméstica crente que trabalha na

casa dele.

.

Vitor é um cara nos seus 50 e poucos,

alto, cabeça raspada, magro, e ainda

extremamente sexualmente ativo

principalmente porque namora

Fabiana, uma loura 20 anos mais

nova e dona de um par de olhos

extremamente verdes alem de de

uma bunda empinadissima, que

segundo Vitor, ela sabe usar na

sua plenitude. Alem disso, Fabiana

tem uma imaginação fertilíssima e

é bisexual, chegando mesmo a

apontar para Vitor outras

gostosas que passam por eles,

sussurrando ao seu ouvido:

Amore.. gostaria de comer aquela

bunda comigo ?

.

Na casa de Vitor e suas duas filhas, trabalha há anos uma

mulatinha mignon chamada Vivi. Sempre risonha e alegre

está sempre disposta a agradar o patrão com suas comidinhas

especiais e dedicação, porém sempre mantendo a necessária

distância física do Seu Vitor, já que é casada e freqüenta

assiduamente a igreja universal do reino de Deus.

.

A entrada de Fabiana revelou um certo ciúme na doméstica

pela maneira como Dona Fabiana se comportava mesmo na

frente dela, beijocando o Seu Vitor sempre que podia.

Mesmo mantendo distância do patrão não podia negar à sua

melhor amiga, que varias noites só conseguiu dormir tocando

uma vigorosa siririca pensando no patrão e como seria levar

vara daquele homenzarrão.

.

Este meio que ciúme levava Vivi as vezes a dar uma espetadela

na namorada de Vitor em uma ou outra oportunidade e isso

gerou uma vontade em Fabiana de dar o troco de uma maneira

bastante singular. Comentou com Vitor que tinha tesão na

mulatinha e gostaria de perfurá-la na traseira com um bom

consolo para ver a neguinha gemer no espeto. Vitor no início

tentou demover Fabiana da idéia já que poderia vir a peder a

empregada e nunca teve liberdades com ela, mas a insistência

de Fabiana acabou levando-o também a acordar seguidamente

de pau duro imaginando a cena das duas.

.

Armaram um plano de levar Vivi para fazer um serviço na casa

de Fabiana e então embebedá-la (a doméstica já tinha dito que

era fraca na bebida) e então ... abusar da crente.

Discutiram a estratégia por dias seguidos, e no dia que

precederam o suplício da doméstica Fabianai lhe mandou

um SMS:

- Como está essa ferramenta para amanhã ? Se prepara para

mandar pro espaço as preguinhas do cu da empregada.

Amo vc...

E Vitor respondeu por outra mensagem SMS:

- To afiando a ferramenta, coitadinha..

.

E o dia chegou.. e passou devagarzinho pois a execução só

se faria no final do expediente. Vivi concordou em fazer uma

faxina na casa de Fabiana por um troco extra e Vitor a levou

em seu carro para a casa da namorada. Lá chegando a

convidaram para saciar a sede do calor de verão com um

copo de cerveja. Vivi aceitou meio sem graça e o papo girou

sobre experiências dela de solteira e de como tinha perdido

a virgindade, e se já tinha tido experiência com uma mulher.

Com a cerveja, Vivi foi se soltando e contando que uma vez

uma mulher a tinha beijado e bolinado no banheiro de uma

discoteca. A experiência tinha sido excitante mas que ela

sentia uma grande vergonha do que tinha feito.

.

Fabiana, que estava de mini-saia e sem calcinha, então se

recostou no sofá, levantou as pernas mostrando a xoxota

depiladinha e com o grelinho a mostra e disse:

- Tem coragem de chupar uma dessas ?

Vivi arregalou os olhos e olhou para Vitor.

- Ai seu Vitor.. num sei se tenho coragem não.

Daí Vitor se levantou e agarrou a doméstica pelos cabelos:

- Vivi, você tem sido muito relapsa no serviço, chegando varias

vezes atrasada no trabalho, portanto acho que você tem que

pagar uma prendinha, daí que vai dar uma linguada na xana

da patroa pra se redimir dos pecados..

.

E foi empurrando a cabeça da moça até colar os lábios dela na

buceta da namorada. Vivi muito envergonhada, mas sob

pressão patronal deu primeiro um selinho na xota escancarada

- Chupa direito menina. Passa a língua, vamos !

Então ela começou a lamber a racha como um gatinho, e

Fabiana puxou sua cabeça ainda mais de encontro a sua

xoxota agora completamente molhada de desejo.

O cheiro da buceta da patroa enchia as narinas da doméstica

e a excitavam sob o efeito da cerveja ingerida, daí perdeu o

norte e caiu de boca em cheio dentro das carnes de Fabiana.

.

Enquanto isso, Vitor a liberava de suas vestes, terminando

por arriar-lhe as calcinhas até o meio das coxas e abrir as

bandas de sua bunda carnuda para ter a primeira visão em

anos de serviço... do cu de sua empregada. Era marrom

escuro, e bem pregueado. Parecia justo, praticamente sem

uso. Meteu o dedo médio na boca para saliva-lo e testou o

ânus da coitada penetrando a primeira falange naquele

buraquinho quente. Vivi gemeu com a boca cheia das carnes

da patroa e fez menção de tentar tirar o dedo do patrão com

sua mãozinha, mas Vitor sacou um par de algemas do bolso,

puxou sua outra mão livre e algemou as duas.

.

Fabiana então se liberou da chupada mágica, colocou Vivi

de joelhos enquanto Vitor abaixava suas calças e se sentava

na poltrona com o pau ereto, e ordenou:

- Vivi, sua doméstica safada, você chupou buceta e agora vai

mamar na pica do seu próprio patrão..

- Ah Dona Fabiana, isso eu não posso fazer. Ele é meu patrão

- Por isso mesmo que vai fazer e bem direitinho..

E forçou a cabeça da menina até a boca dela engolir o mastro

do namorado. Muito sem jeito Fabiana foi abrindo a boca ao

máximo e deixando o cacete do patrão penetrar sua boca até

tocar o fundo da garganta. Chegou a engasgar e uma babinha

correu pelo caralho abaixo.

.

- Já chega, disse Fabiana. E puxou a mulatinha ainda

algemada para a cama e acomodando-a de 4, com a bunda

apontando para o teto.

- Cade a duchinha Vitor ?

- Tá aqui Fabiana

- Que vocês vão fazer comigo ?

- Vamos te preparar para um serviço especial.

Vitor trouxe o instrumento, uma bola de borracha laranja

acoplada a um tubo preto fino que enfiava em um mais grosso

e usualmente é usado para fazer lavagem vaginal.

.

Fabiana passou KY em todo o comprimento do tubo, encheu

a bola de água na pia, enquanto Vitor mantinha Vivi de cara

no travesseiro sem poder ver. Então a loura lentamente

enfiou o tubo na roseta pregueada da empregada de seu

namorado, enquanto ela gania de susto. Com o tubo todo

atochado no rabo da menina, Fabiana apertou bem a bola de

borracha, fazendo as pregas da mulata se encherem de liquido.

Repetiu a operação mais duas vezes, com Vitor mantendo o

pescoço da doméstica preso por suas mãos fortes, até que

ela gemeu:

- Pelamor de Deus, to grávida de água, preciso me aliviar,

me solte por favor...

.

Só então liberaram a coitada, que foi correndo para o banheiro.

Vivi tinha levado o famoso enema triplo.

Após liberar toda a água notou que o finalzinho já era com

água bem limpinha, então se lavou no bidê pois sabia que

seu castigo ainda nem tinha começado.

.

Encontrou Dona Fabiana nuazinha e vestindo um cinto

acoplado a um fogoso cacete de borracha, que ela advinhou

que o destino seria a visita a vários dos seus buracos.

Não deu outra.. Foi forçada a chupar vara de plastico e

depois a ficar na quina da cama se apoiando com as mãos

enquanto Vitor abria sua bundinha crente para a execução

de sua buceta e cú pelo cacete da patroa..

.

E teve seu rabo bem alargado enquanto a patroa lhe falava

ao ouvido:

- Leva esse no cú pois estou preparando seu rabinho para

o pau do seu patrão. Esse sim é que vai ser grosso e

estourar tuas pregas, safada.

Enquanto isso Vivi divisava Vitor lubrificando seu cacete

entumescido e apontando veias sobresaltadas.

- Ai meu Deus.. Que que eu fiz ? Por que estou merecendo

esse castigo ? Juro que não me atraso mais seu Vitor..

.

Fabiana então liberou o rabo da doméstica do seu cacete

de plástico, examinou o estrago feito no fiofó da empregada

e Vitor se posicionou imediatamente na traseira da mulatinha

para finalmente enrabar pela primeira vez sua empregada.

Seu tesão estava enorme e o pau duro como mármore.

Enquanto o pau lhe penetrava, teve novamente que chupar

o cacete de plástico de sua patroa.

.

- Agora vamos à DP... disse Fabiana

Monta no pau do meu namorado... Isso.. senta mesmo..

Agora relaxa o rabo.. vai mulatinha safada.. Relaxa que você

vai ganhar um presente duplo...

E Fabiana enrabou a neguinha concluindo a dupla penetração.

Era muito pau de uma vez para a doméstica.

A fricção com seu grelo era enorme, a pressão da patroa nas

suas costas, devastadora; o calor em sua própria xana

fundiu seu útero e ela gozou. Como gozou... Envernizou

completamente o pau de seu patrão, e não se conteve e passou

a beijar sofregamente sua boca, enquanto a namorada de Vitor

se enchia de ciúme e mais forte pirocava seu rabo.

.

Após um merecido descanço, Vivi então resmungou que

aquilo não era correto e que ia se queixar ao pastor de sua

igreja. Vitor e Fabiana ficaram preocupados e disseram que

lhe satisfariam um desejo se desistisse de contar pro pastor.

- Bom.. se eu posso pedir.... Quero comer o cu da patroa

também. Assim ficamos quites.

.

Vitor e Fabiana se entreolharam..

- Mas você vai comer o cu da minha mulher ?

- Vou !!

- Deixa Vitor. Deixa senão vai dar problema...

.

E Fabiana começou a chupar o pau do namorado enquanto

Vivi vestia o mesmo consolo que a tinha executado e partiu

pra cima da loura maquiavélica. Agora ela que ia sentir nas

carnes a malvadeza que tinha feito.

E no cu tomou a loura. Tomou de uma mulatinha agora não

mais tão submissa mas mandante.

- Isso Dona Fabiana. Experimenta agora... Sempre quando

há um enrabamento tem alguém se deliciando e alguém

sofrendo... Agora eu é que to me deliciando... E abre bem

essa bunda de branquela azeda que a pretinha aqui vai se

fartar nesse cu arrombado. Anda, arregaça a bunda madame !

.

Era outra Vivi... Onde ficou aquela doméstica boazinha e

submissa. Tinha se transformado numa algoz sem piedade,

e o furingo da patroa estava pagando com a mesma moeda.

Fabiana levou vara até o cu fazer bico e Vitor então resolveu

completar a farra com um trenzinho, enrabando novamente

sua empregada querida... Gozaram os três ao mesmo tempo

aos gritos..

.

A casa de Vitor nunca mais foi a mesma depois disso.

Nem à mesa, com as filhas presentes, Vivi não deixava de

discretamente encostar sua buceta no ombro de Vitor

quando o servia... Que suplicio..

.

Com esse conto é capaz que a Jacyra Doméstica se anime

tambem a dar para os patrões dela em 'Petrópis'...

.

Abraço do

MOD - Fantasy Island

.

Quem quiser o video pode pedir (mas mencione

que é para esse conto) para o nosso email:

[email protected] postem bastante comentarios que a gente gosta.

Leiam tambem os outros contos dos nossos escritores

clicando no icone la em cima.

.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/11/2015 19:31:17
Uh lá lá. Nota 10!!
04/06/2012 21:23:19
adorei o conto manda o video nota 10
18/04/2012 21:25:58
manda o video para mim
09/01/2012 16:18:32
Adoro os contos, sao todos muito excitantes
20/10/2011 21:16:10
Envia pra mim também, que tesão este conto hein! Bjosss.
21/04/2011 14:38:41
Olá amigos, Obrigado pelos comentarios. Para o pessoal daqui pra baixo eu enviei o conto com fotos e video. Quem mais quiser é só informar o email. Abraço MOD - Fantasy Island
11/03/2011 15:55:42
Como deve ser bom enrrabar a empregada!! M e manda o video e as fotos p/
10/03/2011 15:31:43
Muito bom amigo manda o video e as fotos desse conto pra mim, tambem to afim de enrraba a minha emprega. Este meu email:
08/03/2011 21:21:14
E agora uma última novidade... Estou disponibilizando as fotos reais (repito: reais) deste conto e seu video secreto. É só me pedir pelo email , dizendo que é deste conto. Abraço MOD
06/03/2011 04:11:28
Outro leitor me mandou um video em que mostra ele sodomizando a propria empregada tambem. Quem me pedir por email eu envio este conto com fotos e video e o video do leitor. Meu email: MOD
02/03/2011 10:53:54
Adorei seu conto!!!
02/03/2011 10:30:24
Eita lasqueira ha se eu tenho uma domestica assim...
02/03/2011 09:22:50
Caraca, o conto mais irreal que alguem ja escreveu. Fiquei sem saber como uma mulher fica de 4 algemada. Depois ela faz cu doce para chupar a pica depois de chupar a buceta. Nota zero. 3 vezes.
02/03/2011 03:25:06
MOD, mas que conto mais tesuuuuuudo. Adorei e quero o video tambem. Me manda para: Beijinho Nadine

Online porn video at mobile phone


puta com bitola para arreganha o cuporn diario de leticiacasada sequestrada e estuprada na lua de mel pornoUma coroa evagelica fudedo de saia cupridaxvideos encinando a sobrinha a dirigir sentou no colinho ai ja eravideo gta conaminha namoradaConfesso q peguei minha irmã rapando a bucetaporno conhada nao aquenta atentacao e trai o marido contos corno manso ineditoquero ver travestis sexo travesti comendo mulher da rola bem grande e grossa norm e homem comendo mulher também pode ser ou não tá difícilWww,sexo,conto,erotico,meu,avo,e,bigdotado,com,brconto erotico familia liberalmenina olhando opae transaadolecente fima dado cusinho mais não aguenta apicacontos eroticos no dia que dei minha buceta pra dois senhores no onibus,dupla penetracaoconto de mulher casada batendo ciririca com pepinoeu e meu esposo somos crentes e ele pediu para eu dar o cu para outro,contosContos zoofilia d mulhers q se engataram com cachorro na posisao papai e mamaevideo porno elas adora fude beijado beijoss de ligua quim deliciax porno velho fedeno nefinha novinha amadoracuiadia fudedo de xortiu curtomeu amante come minha filhaalfaiata xvídioconto gay contei pra ele que queria dar pra elevaga em Tambaba mulher chupando rolaxividio vo come teu cu bem devagabrincando escanchada contos pornocontos eroticos casada aguenta 27cm do cacete do vizinho novinholevei minha esposa num glory hole conto realconto erotico novinha caseiro negrocasa dos contos primeira siriricaMulheres espetaculares de pernas abertas lindas atrizes pornos gostosas nao acredito que estou pesquisando issopornoirado de puta de shortinho no talo sarrada no onibustia coroa vestida camisolinha transparente pra dormirlindos travecos sendo regassadoscontos eroticos filha 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 aninhosxvideos incesto tia provoca garoto de. roupa transparente simplesmente nua por baixocorroas belisca fode com sua filhaporno eu e minha cunhada ficamos sozinho em casa não resistir elacontos peido e fudeucontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhoXvidecarnemetessao pai e filhaconto erotico fudendo fudendo uma velha feia e fedidatio por favor coma meu cuzinho a sobrinha improrando para o tio ele nao resiste contosleitinho do padrinho contos gayxvideos gozando numa tesuda de oculos e trancinhasconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhohttp://contos eroticos rasgaram minha buceta e meu cu branquelopais bem dotado comendo filha fazendo ela gritar combuceta doendonovinha brasileira encara pau enorme e chora ponodoidomae fisurada pelo filho pornocasa dos contos eroticos temas broderagemcontos de afilhada cavalona com padrinho coroa de pauzaovizinha fudendo na hora do almoçoCOROA japonesa FOI PARADA NA RUA E ACEITOU FUDERpenis grosso e 30 ctm fazendo a menina novinha chora e caga.sangue apois colocar em seu anuatia puta cer rola do sobrim no iotubabriu bunda cu buceta dançarinas distraidasquadrinho etotico segudaoapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12xvideo portugues tia na cuzinhq i eu alisando ela na bucetaloirassa rabuda contos eróticos contos eiroticos leilaporncriando uma putinha contosnovinha chupando oadrsto x viHistorias erosticas viadinho dano o rabo para o seu tio e choracontos eróticos de presídiosmae gostosa de minisaia lavano roupa filho debainho da saiavideo porno coloquei a minha esposa pra chupa o meu pau em quarto eu dirigiacontos erotico fudendo gostoso com o meu compadremasagem nos pes da minha mae conto eroticoxvideo braguihasxvideos macho de calcinha sendo enrrabado e chamando o comedor de meu amorcontoerotico namorada e mae putas do tio jorgexvidio.c miha mae n siriricaxvideos loira cabelereira tesuda de mini saia cortando meu cabelo pau durocontorcionista dilataçao anal pornocontos eiroticos leilapornrelatos eroticos soniferosPorno contos familia incestuosas ninfetinhas comecando cedogostosas não aguento melo pau de merdaContos de putaria de novinha dando para o cara da rola cabeçuda sem o noivo perceberconto erotico huntergirls71Padrasto de pau grade e grosso fundado a etiadairmau bejano racou cabaco da irma primeira siririca contosbuceta tao grande ce edtufo a calcinha coroaIrmao come cú irma dormímdominha mulher de peito e Tonzinho XVídeoscontos depois do fultebou fui tomar banho com meu imao e acabamos fazendo mao amigaquadrinhos erótico sobrinha estampada