COMENDO A COLEGA DE SALA

Um conto erótico de maeca
Categoria: Heterossexual
Data: 14/07/2011 08:26:16
Nota 4.67

Me chamo Israel. 51 anos, l,70, 80 kilos, desquitado, amasiado com uma empresária do ramo têxtil;

Fui transferido para trabalhar em Matinhos, litoral do Paraná.

Todos os finais de semana eu subo para dar assitsência a minha amásia caixa dois, que não me deixa passar necesidades, mas cobra muito, um dos motivos de eu pedir para sair de Curitiba e ir trabalhar no litoral.

Na filial da empresa conhecí Sahara, loira de 42 anos, solteira, amasiada por sua vez com um negrão cara de marginal, ex-policial, com cara de poucos amigos.

Eu e Sahara trabalhavamos na mesma sala. Ela, veterana na empresa, sempre me ajudava no trabalho, a fim de minha adaptação no novo ambiente funcional.

A empresa estava passando por reformas, contratando mais funcionários, com o trabalho crescendo a cada dia, passamos a fazer hora extra, às vezes almoçando ou jantando juntos, eu e Sahara.

Em setembro de 2.010 seu marido subiu a serra. Veio para Curitiba justamente na matriz de nossa empresa tratar de assuntos de segurança. Ficou dez dias na capital.

Eu de segunda a sexta sozinho na cama, em seco, tocando punhetas durante o banho da noite par aliviar o tesão.

Sahara, nos últimos dez dias daquele mês sem seu homem.

Na última sexta de setembro daquele ano fomos jantar. Tomamos vinho e a conversa saiu do profissional para o familiar.

O vinho é um estimulante erótico. Faz o pensamento ficar sem vergonha, pudor.

Sahara me me levou em seu corsinha ver a paisagem da noite no balneário Perequê.

Parou o carro em frente a um grande terreno abandonado, desligou o motor e sem pedir licença segurou por cima das calças minha pica, já devidamente dura.

Começamos o amasso.

Tirei para fora minha rola e minha colega de trabalho mostrou como é que se faz um boquete.

Enquanto ela me chupava eu enfiava um dedo em seu cú, em sua buceta.

Não demorou muito não. Nosso tesão era muito grande. Minha colega mamando igual a uma bezerra sentindo minha pica inchar em sua boca, tomou leite quente, grosso, viscoso.

A cada ejaculada Sahara gemia alto com o pau na boca.

Acabamos gozando juntos. Foi muito gostoso.

Não ficou uma gôta de leite para fora.

Me beijou. Senti em sua boca o gosto de minha pôrra.

VAMOS ACABAR O QUE COMEÇAMOS. MEU MARIDO ESTÁ COMEÇANDO A SER CORNO.

Saimos do balneário Perequê e fomos ao meui apartamento que fica em frente ao nosso trabalho.

Estavamos em seu carro.

Minha preocupação era os vigias da empresa verem eu colocar chifre em um ex-policial e depois contarem a ele.

Mas, como comer mulher casada é bom, fomos à luta.

Ja dentro de meu apartamento, Sahara, sem calcinha, debruçou-se sobre a mesa da sala, abriu bem as nádegas me oferecendo seu botãozinho rosado e piscante.

Me ajoelhei, passei a lamber sua buceta de baixo para cima parando com a língua bem no olhinho de seu cúzinho.

A cada toque que eu dava com a língua seu cú piscava.

Lambi, lambi bastante. Cuspi, deixei bem lubrificado e comecei a torturá-la esfregando a cabeça de minha pica na porta de seu rabo.

Enfiei só a cabeça e parei.

Passei a chupar sua nuca bem forte. Queria deixar minha marca.

Com uma das mãos fazia carícia em seu grelo. Com a outra fazia rodinhas no bico de seu peitinho.

Foi só ela pedir e eu enfiei tudo dentro de seu cú num golpe forte.

Enfiei e passei a estocar com força.

ISSO, MEU MACHO. VAMOS FAZER DE MEU MARIDO UM CORNO PERFEITO.

A cada estocada Sahara dava um grito.

Foi preciso tapar sua boca para não acordar os vizinhos.

A polaca gozou entre gritos sustados e gemidos.

Parecia que estava apanhando.

Gozei junto.

No banheiro a cadela me chupou o pau novamente, virou de costas e eu comi sua buceta.

Na saida de meu apartamento fez a chupeta final dizendo para eu encher mais uma vez sua boca com meu leite, que ela queria ir saboreando lentamente até em casa.

De setembro a janeiro passei a ir a Curitiba duas vezes por mês.

Minha matriz, que vamos chamar de Celiane, não é burra, já antenada, passou a desconfiar.

Uma noite, na casa de minha mãe, no Alto Bouqueirão, em Curitiba, ela pegou meu celular e viu mensagens de Sahara para mim.

Foi aí que meu barraco começou a ruir.

Foi a partir deste momento que minha mulher oficial passou a telefonar todos os dias para minha colega amante em MAtinhos fazendo ameaças.

Dizia que Sahara não dava só para mim, dava para Adalberto, chefe de nós dois em Curitiba.

Celiane, minha mulher oficial mandou eu escolher; se eu insistisse ficar comendo minha colega Sahara em MAtinhos perderia a mesada. O poder econômico fala alto.

A situação ficou muito ruím, a ponto de eu procurar o marido corno de Sahara e cuidadosamente contar que estava comendo sua mulher.

Foi , na páscoa de 2.011, quando eu estava indo almoçar no restaurante da Bisa na cidade, que nos encontramos.

Ele, o corno, estava passeando de bicicleta na ocasião do encontro.

A princípio o cara ficou translúcido ao saber que era corno, mas com muita habilidade na colocação de chifres fui fazendo ele ver que era bom ser corno. Fiz ele entender que fiz por nove meses sua mulher feliz e agora estava devolvendo bem comida, com a buceta e o cú devidamente alagardos.

Como quem tem cú tem medo, estou pedindo minha volta para Curitiba, pois quando contei que estava comendo sua mulher, senti que no fundo o corno não era tão manso como eu esperava.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/03/2013 01:33:08
.
31/07/2011 17:26:57
Menino, que fixação é esta pelo tema corno? ótimo conto
16/07/2011 00:46:52
MARTIM42...Caro Martim, está relamente difícil entendê-lo. Muito difícil. Você é formado em filosofia? Não creio. Leia novamente o conto, ou todos eles e sinta o real inserido no contexto. Eu particularmente nao estou entendendo nada do que vc está escrevendo como comentário analitico.
15/07/2011 09:51:15
Desculpe vc não percebeu minha confusão: como vc foi capaz de relatar a preservativa do Ricardão assumindo que a história é verídica? Se for conto é fácil de perceber, se for real, difícil sem a colaboração do Ricardão.
14/07/2011 17:41:13
ROLAENTRANDO - Claro. Vivo no Paraná. Os contos que escrevo estão ligados diretamente a minha vida aqui no litoral do estado. Você quer que eu invente? Não dá, né caro leitor. MARTIM42 É, você não está percebendo mesmo. Todos os contos estão ligados explicitamente a minha vida com meu marido e o último cara que andou me comendo. Todos. Não se trata de um passo atrás não. Para seu deleite vou contar o que aconteceu comigo durante o espaço que fiquei sem marido e sem amante. Aguarde. Claro que aqui no litoral do Paraná.
14/07/2011 13:11:45
seus contos sempre acontecem no parana?
14/07/2011 09:21:16
Não estou percebendo: vc parece que está contando o mesmo conto continuamente, agora no POV do Ricardão. Só falta contar o ponto de vista do corno! Desculpe, não tem continuidade, isto é, é um passo atrás relativamente ao seu conto anterior. Esperava mais aventuras da esposa agora com consentimento do marido. Parece-me que está a "engonhar a história".

Online porn video at mobile phone


apaixonado pelo hetero cap 4porno.doido so.mulhers ricas gostozonas dando na.borrachariacontos/Arrombada no matagal por negoesvideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendroviu a fofinha dormindo pelada e arrombou ela pornoVideo de porno com puta de 19 Anos video de 01h00contos eróticos adotei 2 meninas negras putinhasporno português putas gemendo e falando coisas escitantes.rubiaebeto quase mulher 7contos eroticos com novinhas rio amazonasdopei ela e fodi gostoso x video Vanessa porno com egua pordrinhaencoxou a mae na camafilme porno onde um perfume despertava desejoestufando o cu da madrasta e da filhaconto erotico vizinha me pediu q eu cuidasse da sua filhaNao gosto de vc fica com espeto agora vou fuder.uma buceta boa tarde.www.contoerotico.isesto entre avo e netaxvideo dp descabasandocontos da senhora analconto erotico minha filha se acidendo eu tive da banha nelairmalouca pra perdero cabaco pro irmaresposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandocincesto irma dando pro proprio irmãzinho novinhoxvideosConto erotico gay na balada gls dei para doisMullheres gosando igual homem espirando ver de graçacontos eroticotransei e com o padre e fiquei gravidatravesti da rola super grande dando o cu e gorsandoporno gay com vendedor de porte e portacomo chupar a buceta de uma testemunha de Jeovápornoirado de esposa de shortinho no talo dando pro encanadorcontos eeroticos transando com a esposa e cunhada no interior do paranavídeos tratantes no ônibus conto.erotico.mulher..da..oi.velox.ttansandoconto erotico minha esposa no médicoanythingcontos eróticos meu amante me come olhando pra minha filhax videos guey primos gostozinhos e safadinhoso surfista loiro me comeu contoconto de incesto quidado do pinto do meu filhocontos metendo com mulher da igreja casadapasei amao nela eila goistou nuonibudei pro técnico pornoxvideo hetero esperimentamdo pauXvideobibaminha esposa me trocou pelo travesti contoQERO VER APAOLA OLIVEIRA FUDENDO COM APICA TUDINHO NA BUCETAxdios fudendo a irman tirrei o beib dol di vagarinhoWwwx vidio .contirano cabaso preta giusexo conto erotico semem embuchadaestrupado a umazinha novinha a forcacontobm erótico de incestohomens roludos e picudos nu de rondoniapoliciau sarado de sunga esitado nuvisando dentro da bucetascontos eroticos padrinho tarado w afilhada novinhaquero baixa contor d bixinha azulcontos eroticos tesao no filhocasa dos contos eróticos joguinhos mamãequero ver vídeo de mulher se exibindo tirando a calcinha bem puxado para cima ficando só o montinhoxvidos sexo nonviha gozanoxvideos cachorrinha latindo ao ver loira sendo fodidacontos eroticos dei para um vizinho de iptingaFace de Luciano com a b***** arreganhada com consolobuceta vigui na netwww.bbucetas rarasfodie cusao da minha irma incesto brasil cem camisinha pornovarioscontoeroticogravida do tio contosporno gratis cachorro pauzudo fudendo a safada casada .na zoofilianovınha dancando de short xvıdeosnovinha engole pau do paulaoSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetroporno doido ze buscape transamostrar videos de rapazez gostoso recebendo mamada e uma punheita da boyzinha e levando jato na cara em xvideomae e filho trazando ele goza detro delasquero ver a morena sexo gostosa batendo p****** com pau do homem roxinho e g****** pela b*****porno inventei um assalto para o comer minha mulherx videos " ele encheu minha boceta"vidro porno loirinha estava no quarto quando escuta algo na sala e quando vai ver flaga seu padrasto careca se mesturbando porno video tia fodeno seu sugrinho virgem ele broxa nelavideo porno papai italiano comendo a filhinha italianinhacachorro pisudo fudendo mulher no matoContos eroticos convenci minha amiga a tranzar e gozei dentrotarado roludo foi ajeitar a pia da vizinha novinha e se é citou com elatitio comendo osobrio nosofa vidio gayAs panteras tia viuva na picina seduz. subrinhocontos eroticos irmao a gente brincava de se beijarvidios porno com ñovinhäs perdenco cabaco a forcaPriminha novinha linda dos peitoes metendo com muleque pauzudo