Efemerides

Um conto erótico de Andre
Categoria: Homossexual
Data: 09/09/2012 20:58:42
Nota 10.00
Assuntos: Homossexual, Gay

O que vou relatar é uma história real, vou tentar dar detalhe apenas às coisas mais chocantes e aos fatos que realmente me fizeram repensar minha vida. Não posso ainda dizer exatamente pelo que passei, mas quando eu lembro me dói. Dói por todas as ilusões que eu criei e todas as expectativas que eu tinha. Foram cinco anos de convivência a dois com outro individuio, o que vou contar agora são os nossos momentos finais juntos. Talvez de uma outra vez eu descorra sobre alguns acontecidos que fico relembrando as vezes a noite, coisas que passaram despercebidas na época, hoje em dia elas voltam com a força da realidade nua e crua, e para me mostrar o quanto fui tolo por confiar toda minha vida a um outro ser humano.

Era uma noite como todas as outras, eu estava sentado na calçada de casa à espera do meu namorado que costumava chegar as sete, depois passou a vir as oito, e agora estava eu, as dez horas da noite o aguardando para sair. Como moro com meus pais, não podia entrar em casa com ele para ter mais intimidade.

Então a gente saia para uma praça, tomar uma cerveja, matar o tempo. Depois, não podia faltar, lá pelas tantas da madrugada, nossa foda básica. Já há algum tempo eu vinha sentindo que seu ânus estava muito, digamos, folgado. Eu enfiava meu pênis nele e ainda colocava mais três dedos, chegamos a usar uma cenoura... Mas nunca desconfiei dele.

E assim terminaria mais uma noite.

No outro dia uma prima de uma cidade vizinha viria para ficar o final de semana. Tudo normal, até que ela pede meu notebook emprestado para ver o orkut. Entreguei e fiquei assistindo televisão. Ela me entregou meu computador uma meia hora depois. Apenas para matar o vicio de o ligar, eu abri meu facebook e comecei a conversar com alguns "amigos". Então, não sei por qual razão, pois nunca mais eu tinha aberto o orkut. Eu resolvi abrir o meu para ver se tinha algo novo. Para minha surpresa, encontro o orkut de minha prima aberto, e logo de cara um depoimento de um ser humano dizendo que tinha comido "o cu do namorado desse seu primo varias vezes em um motel". Disse també, que "ele gemia feito uma cachorra", entre outras coisas.

Eu cegei, lógico. Pensei em ir direto a ele perguntar. Porém achei melhor aguardar por mais alguma informação,

deveria aparecer mais alguma coisa.

Antes preciso explicar que nosso namoro homossexual era a distância, pois eu morava em uma cidade de interior

e fui estudar na capital, mas fiz questão de manter o namoro firme, e eu confiava cegamente nele, nunca o traí depois

que fui morar fora. Falo isso com a certeza de alguém que cursa uma universidade pública realmente rigorosa com seus alunos, portanto, tenho propriedade em dizer que mal dava tempo de pensar em sexo. Infelizmente para mim, o meu namorado não pensava o mesmo.

Acabou por me trair várias vezes sem eu nem desconfiar, e, pior, descobri tudo de uma vez. Como dizem por ai, o corno é o último a saber.

Poucas vezes eu tinha aberto o email dele, fuçava mas nunca encontrava nada. Mas ai resolvi e abrir. Procurei por algo em toda caixa de entrada,mais de dois mil emails. Nada. Então olhei na lixeira, e eis que encontro um anuncio de uma rede social de pronografia que ele estava cadastrado. Eu era cadastrado em alguns sites pornos também, mas a diferença era que eu recebia material...

Desse dia eu tive certeza de que eu era um trouxa, um imbecil, e todos ao meu redor eram amigos dele e nao meus, que todos guardavam os segredos dele. Resolvi dizer a ele que queria dar um tempo no namoro, pois estava precisando respirar. Ele chorou, pediu para não o deixar. Pediu para voltar, então eu disse que voltaria sim para ele. Que era apenas um tempo...

Nesse periodo, entrei em contato com o ser humano que mandou o depoimento para minha prima. Me insinuei para ele pelo chat de um fake. Ele me mandou algumas fotos, seu penis era realmente avantajado, dezenove centimetros, e muito grosso. O meu tem quinze. A diferença era gritante. Seria por isso que ele me traia? Por que o outro cara tinha o pau maior? Ele me disse que era amigo do dono de um motel aqui na cidade, e que poderia me levar lá.

Eu perguntei se ele curtiria a três em uma casa que eu tenho propriedade. Ele disse que dependeria do outra outra pessoa. Fiquei de dar a resposta na outra semana. Quase meia noite, fui a casa do meu então ex-namorado, pedir para voltar. Chorei, disse que estava confuso, que comecei a usar drogas, consumi maconha na frente dele.

Ele ficou muito chocado, com minhas atitudes. Mas não perguntou o motivo de tanta mudança. Disse que faria qualquer coisa para que eu largasse as drogas...

Resolvi ir para casa. No outro dia ele me liga, todo comunicativo, parecia que nada tinha acontecido. Estava muito animado, "queria transar até a exaustão". Me arrumei rapidamente, sai e fui a um sexshop que tem em nossa cidade, comprei alguns relaxantes, oleos, e um consolo de vinte e tres centimetros, pardo, e camisinhas.

Ele adorou a surpresa, mas estranhou as camisinhas, eu disse que a partir de agora usariamos, pois eram lubrificadas especialmente para sexo anal e muito resistentes, nem parecia que tinha camisinha. Ele aceitou sem questionar, fizemos nosso sexo, ele me estocou forte várias vezes, gozou em cima de mim. Depois penetrei nele usando o consolo

para abrir caminha naquela caverna. Naquele dia tomei conta de como o anus dele estava esticado... No auge da transa, eu pedi para fazer a tres com ele.

Disse que queria ver um cara do pau grande arregaçando aquele cuzinho. Ele nao falou nada, continuou gemendo. Gozei e fomos tomar banho. No banheiro ele perguntou se era serio aquela proposta. Eu falei que sim, que estava muito afim, que ele não levasse para o lado sentimental, mas que eu queria ser um voyer da proxima vez, de preferencia com um cara pauzudo pra enfiar nele. Ele sorriu, perguntou se eu ja tinha alguem em mente. Falei que nao, que era so um desejo que tinha surgido, mas que eu poderia arrumar alguem.

Ele me perguntou como eu arrumaria uma pessoa para isso, precisava ser de confiança, e etc. Segue um dialogo onde eu insistia e ele sempre mudava de assunto. Até que topou, e eu disse que avisaria a ele com uns dias de antecedencia.

Falei novamente com o tal cara. Ele me pedia fotos de rosto, eu tinha aberto a cam e mostrado algumas partes, ele tambem. Dai eu disse q ia mandar uma foto de nos dois, do casal. Ele passou algum tempo para responder, perguntou se era brincadeira e tal. Nao se convenceu, ate que eu dei meu numero e conversamos pelo telefone. Ele me falou tudo que fez com meu namorado em quase seis meses de relacionamento. Eu disse a ele que isso ja estava superado, e que eu estava em busca de prazer. Disse a ele que ele podia fazer o que quisesse com o outro.

Fui ao centro, comprei duas minicameras e uns cabos. Depois me desloquei ate a casa que eu tinha a chave, coloquei as duas cameras em locais estrategicos e escondi os cabos ligando ao meu notebook. Avisei ao meu namorado que iriamos direto pra casa naquele dia para transarmos que eu tinha uma novidade. Levei uns morangos e um leite condesado. Fizemos nosso sexo, muito teatralmente ensenado, ardentemente apaixonado.Naquela noite eu falei que no final de semana transariamos a tres com um cara de outra cidade que eu nao conhecia, mas que dizia ter um pau de

vinte centimetros. Ele ainda ficou meio receoso. Perguntou como aquilo iria afetar nossa relaçao. Eu disse que nao sabia, que queria viver aquele momento...

Era sexta-feira, véspera de feriado, todos viajando exceto eu. Na hora marcada em uma praça no centro, o individuo estava la, aquele que me corneou por meses. Ele era moreno, cabelo liso, alto, magro, pouco atraente para mim. Quando entrou no carro, demos as maos, e pedi pra ele me mostrar o seu penis, pois eu nunca tinha visto um de vinte centimetros ao vivo ate aquele momento.

Ele riu, fastou o short com a mao e tirou, já estava dura, era realmente grossa. Entao tinha sido aquilo... Perguntou se eu queria fazer um carinho. Eu falei que ele poderia guardar toda energia para o meu namorado. Ele riu novamente, disse que o plano era diabolico demais. Eu so disse a ele que fingisse que nao o conhecia e podia meter como quiser.

Entramos na casa, a partir daqui tenho tudo gravado... Deixo o cara por lá, ele disse que ia tomar um banho e ficar de cueca nos esperando. Fui pegar meu namorado, estava no portao, de tenis, short estilo surfista, camiseta, oculos e bone. Estava lindo, como nunca. E eu o ia entregar a outro.

Ele pouco conversou comigo, perguntou quem era essa pessoa, disse que estava nervoso. Eu o tranquilizei, disse que estavamos em busca de prazer que poucos casais encontram, que poderia ser a chave de um bom relacionamento. Quando entramos na casa e ele viu o individuo deitado so de cuecas vendo porno, ele quase desmaia, disse que estava se sentindo mal que estava muito nervoso.

Eu sentei ele na cadeira e fui pegar agua, o outro cara veio falar com ele, disse que podia ficar tranquilo, que era uma pessoa liberal, que estava fazendo isso a primeira vez tambem.

Ele tomou a agua e ficou mais calmo. Entao eu disse que ele agora pertencia ao outro cara e que ele podia fazer tudo. Tirei minha roupa e fiquei a observar:

O cara tirou a camisa dele, depois os tenis, o short e a cueca. Caiu de boca naquele pau branquinho. Meu namorado olhou pra mim fazendo careto, comecei a me masturbar e a gemer. Ele fechou os olhos e gemeu também. Vi quando o cara colocou o dedo medio na boca e enfiou de vez no cuzinho vermelhinho dele que gemeu de dor. O cara falou que estava "apertadinho" (eu ri com aquilo). Colocou ele de quatro no chao, tirou o penis ainda flacido da cueca e urinou em cima dele. O outro nao esboçou nenhuma reaçao com a urina nas suas costas. Ficou parado e empinou a bunda, Ivan mirou no meio daquele cuzinho e mijou ele todo. Eu fiquei bestificado, preciso dizer. Quando terminou de urinar, caiu de boca no anus do meu namorado, todo urinado. Nunca tinha visto nada igual...

O outro começou a gemer, e apanhou, levou varios tapas nas costas e na bunda. Ja estava todo vermelho quando, ainda de quatro, levantou o rosto para olhar pra tras. Recebeu um tapa na cara e baixou a cabeça.

Eu, parado, nu, com o pau duro na mao, incapaz de esboçar uma reaçao.

Até então não tinha ocorrido dialogo. O cara se fez ficar de pe e esfregou o pau na cara do meu namorado dizendo que ele era uma puta safada, e olhou para mim. Quando viu que eu estava realmente abismado com aquilo

o cara disse: Diga ao seu corno que voce é minha putinha. E ele falou. =/

Depois dessa hora eu perdi o tesao, mas continuei la, olhando tudo. O cara sentou numa cadeira, e ele sentadao parecia ainda mais avantajado, e mandou meu namo sentar na pica dele. Ele levantou devagar, todo marcado dos tapas, olhou pra mim, chupou meu pau um pouco e sentou no pau do cara bem devagar, gemendo.Fizeram uma posiçao que eu nunca tinha visto, ele sentou nas pernas do outro e ficou de cocoras, entao o outro pegou ele pela barriga, segurou e o suspendeu. A cena era bizarra, havia um cara grande, literalmente, em minha casa, comendo meu namorado que estava com as maos na parede e os pes na pernas do outro. Dificil de explicar. Dai sairam da posiçao, meu boy ficou de joelhos (sem dizerem nenhuma palavra preciso dizer), e o cara esporrou na cara, boca, nariz, efim, nunca tinha visto tanta gala ao vivo. O cara ainda o colocou de quatro, com a bunda apontada pra mim, arreganhou a bunda, enfiou seu pau no cuzinho dele e tirou, e me mostrou o buraco. Fiquei la, parado, olhando, ate que ele piscou o cu. Foi muito tosco.

Fui deixa-los em seus destinos e retornei para casa. Pensando na vida. Esse acontecimento me levou a um outro nivel no meu modo de pensar.

Expus todos os motivos e terminei o namoro. Ainda tenho os videos. Ainda assisto para me lembrar de como fui imbecil. Isso ocorreu ha quase nove meses. Precisei de todo esse tempo para superar tal coisa. Mas agora sou outro. Namoro uma menina, estou quase formado e em breve quero constituir familia, por que esse é o unico laço sentimental que vai sobrevivar ao fim do mundo que estamos presenciando. Ninguem mais se respeita. É isso.

Peço desculpas se ficou longo e pelos erros ortograficos e de assentuaçao.Dá preguiça escrever. e agradeço todos os comentários.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/09/2012 22:16:42
09/09/2012 22:16:40
Concordo totalmente C.T Akino, vc deveria apagar esses vídeos e tentar não se lembra tanto do passado, porque só interessa o presente e o futuro, só assim vc será feliz.
09/09/2012 21:45:58
=( q pena, mas tentar camuflar sua sexualidade pode trazer-lhe algum sofrimento e, por ir contra sua natureza, levá-lo a igualar-se a seu ex-boy em questão d carater. espero q tome a melhor decisão p sua vida e seja imensamente feliz. abraço.

Online porn video at mobile phone


fotonovela porno real o pedreiro dotadaocontos eiroticos leilapornviu a fofinha dormindo pelada e arrombou ela pornocontos picantes de amor gaysverdureiro gay contotenho tesão em jogador suado gueixa mijonatransa de Roberto gabirobaPorno Tia comeu o sobrinha atc gozou dentro delamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos eiroticos leilapornmadrasta sensual contoscontos gozar no cu da empregada e feiocontos herotico .primo do namoradoescravo comendo dona da fasenda no cuContoeroticonovinhosafadoestupro esposa contos eroticossessentona gostosa tirou a tarde pra foder intensamentefilme de sexo amador na Claudinha dei o c* virgem e gritou de dorvídeo de Juliana Paes toda nua umbiguinhovideo de sexo negao da rola de cinquenta citimetro com uma jeguaporno gay morros dotados desvirginandovideo de sexo de mulher fazendo sexo afussa com outra mulherwww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comencoxada mau cobertaeu confesso. padrinho de casamento vai em casa dorme e come a minha esposa a buceta é dele nas núpciasXapeleta grosa nucu da loira xvideogozou dentro da buceta e a mulhervnao queria no xvideoscontos eroticos cm o tatuadornovinha gritano e gosanozoofilia baixo saiaadorei a enconxada que ele medeu erotico aldicasa do conto meu irmao me encoxouWww x vidio .con tirano cabaso dAvigeporno gay com agente peniteciario sarados e gostosoxvideos cunhadinha nao resistiu amassagemDeixei minha muher dar pra outronegao cacete grosso preto vigilante comendo cu do cliente apos o expediente gosando dentro video amadorminha prima contoconto meu marido me chupou cheia de porra do meu amantemolequinhos emeninos de treze q quonze anos perdendo a virjindafe do cizinho pela primeira vez vidiossexo expkicito gratis exibindo cacetaoconto erótico de menino chupador de pau dos amiguinhoscontoerotico namorada e mae putas do tio jorgeporno com homem com baita tigãoxvidio fudelaNçaaFazendeiras e seus contos eroticos picantescontos eroticos caçaContos er com fotopegou o marido fudendo a cunhadaxvidios.comEnteada fica sem calcinha e vai deitar mais o padrastovidios de sexo de casais e namoradas aliciadas no cinema eroticos e parceiros fingi nao vewww.sex.porno.pauzudopadre.video de cigano cacetudo fudendo outro homemXVídeo pornô a mulher se masturbando na rua andando no meio da rua Rosada molhadinha nenhuma Bruno metrô de todo canto g***** molhadinhaxvideo as novnhia da buceta carnuda conto pai filho mijomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos de corno lambendo bosta do cu da esposapornô queridinho da titiaficava louca quando via homens estremamente pirocudo,contos e relatos eroticostrês cara metendo numa mulher e ela gozando de esguicho os caras rindocontos eroticos minha inimiga me pos na cokeiracontos eroticos fui depilar minha patro q estava com a buceta e o cu peludo com fio dental atolada no cuhistorias eroticas, amor, sexo pelo meu guarda costamulher nåo rresiste encochada e fica louca de tesaovi meu primo batendo uma punheta e fiquei louca contofurei ontem com meu marido quero ffuder hoje de novo o que facocomendo o cu da patroa piranhonaO lutador e o loirinho