Baiana Tarada

Um conto erótico de Teu Tezão
Categoria: Grupal
Data: 19/10/2012 15:26:06
Nota 7.00
Assuntos: Grupal, Baiana Tarada

Baiana Tarada

Conheci GZ em uma festa, ela é casada com um cara que passa 60 dias viajando a trabalho e quando chega fica uns 20 dias e volta ao trabalho de novo.

GZ é uma baiana muito safada, cresceu com o sexo norteando sua vida. Aos 12 anos naquela fase de menina mulher os hormônios pululando deixou seu pai fora de controle, ela costumava sentar no colo do pai e ficar abraçada, o cara não aguentou muito tempo, um dia ela fez xixi na cama e quando ela levantou ele falou pra ela deixar a troca da calcinha pra manhã, só que mais tarde ele foi ver se a menina estava muito molhada e viu a xoxota dela molhadinha e inchadinha começou a acariciar, ela fingiu que estava dormindo e gostando, o cara percebeu que ela estava excitada, a calcinha da menina toda molhada de mijo e tesão. No outro dia ela de vestido, no colo do pai, calcinha aparecendo e já toda meladinha ele não resistiu e enfiou o dedo, viu que ela gostou e começaram as caricias mais ousadas com ela acariciando o pau dele, o cabaçinho de GZ ele fez com os dedos num dia que na hora do gozo GZ se agitou e gemeu muito, o pai gozando junto, enfiou de vez três dedos e já era um cabaço. As caricias se intensificaram e ele começou a bolinar no cuzinho dela, onde encontrou grande receptividade, ela gozava mais rápido quando ele enfiava os dedos no cuzinho, a viagem dos dois era com as mãos, até que um dia ele não agüentando mais enfiou a pica dura e enorme de tezão no cuzinho dela, pois já estava todo lambuzado do mel da xoxota que escorria, ele deu umas pinceladas e enterrou, já estava dilatado por causa dos dedos que entravam e saiam, GZ gemeu de prazer e gozou sem se controlar fazendo seu pai gozar junto. Os dois passaram a ser amantes da sodomia as escondidos, ela atiçava falando pra ele, “come sua filhinha enquanto a mamãe não vem, goza no meu cuzinho gostoso... vem...”, o cara pirava.

A sacanagem entre pai e filha foi até os 14 anos quando a mãe descobriu tudo e foi o maior bolo. A mãe botou o cara pra fora de casa e foi à maior confusão. Arrumaram um primo pra casar com a menina. O cara casou, pois queria morar na casa da família no subúrbio de Salvador e ele sabia como ela era safadinha, uma vez depois dela transar com o pai foi mostrar pra ele como ela estava toda lambuzada e acabaram trepando.

Tiveram duas filhas, e o casamento foi ficando ruim, as filhas foram morar com a mãe dela. O marido gostava de comer as biscates do bairro cheio de piriguetes, GZ ficava puta com ele, mas gostava de saber como tinha sido a transa, à noite ou de manhã quando o casal ia dar uma, ela só liberava se ele contasse como tinha comido a última piriguete, GZ se gozava se masturbando só de escutar depois liberava o cuzinho pro marido gozar.

O ex- marido de GZ foi caído nas baladas e deixando ela puta da vida e dura de grana, ai começou a botar corno nele também, como a grana estava curta começou a fazer vida no apt° de uma amiga, até que os dois se separaram por causa de um vizinho.

Pouco antes de se separarem GZ começou a sair com o vizinho, o cara era muito estranho e ciumento e quando iam para um barzinho e ela olhava pra alguém pra provocar, o cara ficava muito puto e iam embora, depois na casa dele a maltratava, amarrava, xingava, batia e depois trepava com ela, os dois se gozavam que nem animais, até o cachorro dele participava , tinha dia que o cara colocava molho de pimenta no cuzinho dela e enterrava o pau, às vezes acendia uma vela e deixava a cera fechar o buraquinho dela para depois enterrar o cacete bem duro arrombando tudo.

O cara gostava de usar as roupas de baixo dela e começou a virar mulherzinha na hora do gozo, gemendo e gritando como uma putinha e pedindo pra ela enfiar os dedos nele, depois cenouras e por fim quis um homem comendo ele, tinha vez que ela só assistia se masturbando outras participava.

Os dois acabaram brigando por ciúmes, o ex- marido não desgrudava. Não se viram por uns longos anos, nesse tempo ela casou num lance de sorte, pois estava fazendo a vida na ilha de Itaparica quando uma equipe de uma multinacional pesquisando gás passou a freqüentar a barraca de praia onde GZ trabalhava. Um cara da equipe ficou louco por GZ, da 1° vez que transaram, ela o levou para o quarto dela e ficaram nas oito noites seguidas na putaria, o cara foi embora para o exterior e depois de um ano e meio voltou e procurou GZ e se casaram, ela logo arrumou um filho para se garantir e como o cara gosta de um corno o casamento e quase perfeito. Nas transas ele sempre quer saber o tamanho do pau dos caras que comem ela quando ele esta viajando. E por conta disso GZ tem uma vida confortável, estuda Psicologia e cuida do filho, o resto do tempo...

Há uns anos ela reencontrou o ex-namorado, casado segundo ela com uma bobinha e desde então saem GZ, o cara e um amigo, vão sempre pra motel de dia e a orgia rola solta, todos gostam de dar o cú e chupar uma pica.

Como comecei a sair muito com GZ e às vezes a notava toda arrombada, cheguei a enfiar a mão até o pulso no seu cú e ela só me contava as coisas por alto, acho que queria tirar onda de patricinha, dondoquinha. Como estava meio viciado nas sacanagens e encucado com a situação, coloquei um detetive atrás dela, com a ficha dela na mão fiquei sabendo de tudo, até os motéis que ela frequentava, quase sempre a três.

Uma vez no motel com GZ brincávamos de BDSM, na hora que ela estava toda amarrada fiz ela me contar tudo em detalhes, depois já desamarrada pediu pra eu comer ela como se fosse o pai dela (já sou coroa), ela se mijou varias vezes e gozava feito louca e falava “vai papai come sua filhinha enquanto a mamãe não vem, me fode gostoso que eu quero gozar, vai papai come sua putinha”.

Da última vez aqui em casa perguntou se eu queria transar junto com os caras dela, que se eu gozasse no cuzinho dela o cara ia lamber a porra na portinha do cuzinho enquanto o outro comeria o cú dele, eles sabem que transo com ela (O coroa) e que fico com o pau duro e grande por muito tempo, se interessaram. Se for ao motel com eles vou querer ficar assistindo de camarote, depois vou mandar os caras embora e ficar com ela toda melada e arrombada.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/10/2012 16:23:30
gostaria de conhecer uma novinha na regiao do abc sp sou moreno sarado 1m74 78 kg faço academia corpo totalmente em forma e 14 cm de pau meu tel email
20/10/2012 01:15:14
bacaninha o conto, e essa aí é muito piranha iim! é melhor jogar no rio.

Online porn video at mobile phone


contos eu e meu sogro estuprano minha maeDona.cabitu.bucetudaconto cadela subWww.contoeroticocomcunhada.com.brxvideos sobrinha peca tio batedo puetaxnxx o kara metendo no cu dela ela cumessa a si batevideos pornos gratis mae pede pra filho traser a toalha e filho nao perdoacontos eroticos GAYS,irmão postiço parte 2https://www.casadoscontos.com.br/perfil/185159cachorro lambendo a buceta com esparadrapo abrindo o cuzinho contosvideo de homens pintudo que gostam de lutar e ficam ecitado se de relar em outro macho gratisprovoquei papai com roupas trasparente e ele me fode com muito tesao e com forcamamei contoscontos erotico meu bebe com fimosemae japonesa leva servisal para as conpras negao pega no cassete dele e fodetrai meu marido depois dei pra ele contoscontos porque virei crossdressinglambendo dedo com coco scatcontos eróticos de sequestrodotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintogosada no trem lotadocontos erotico cheirando as calcinha da crenteconto erótico gay fui comido no internatonovinho parudo enfio no rabo da irma cavala divorciada contosafilhado fazendo bandeja e gozar de tesãocontos eiroticos leilapornmundobichairmaoxvideos rebolando de fente atem gozar gostosocontos cornos fio terra pintinhoxvideocaraspegandoairmandaoutraxvideocontos de scat com merda mijocontos eiroticos leilapornconto erotico escrava do negro sadonegro enraba minha mulher contosquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todameu marido batendo punheta wando eu transo xvideoscontos eroticos irma igreja bebidoncasa dos contos "eu mudei por ela 11" marisContos eroticos minha mulher e minha irma dividiram a piroca enormeVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).feminização forçada contoscontos eróticos de velhinho tarado da vendinhaautor,Vamp19-Contos Eróticoscasada chantageada dá o cu contosver video de jigantão arobando o cu do novinhovai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salawww.sex.porno.pauzudopadre.tarado polpa gay conto eroticoConto erótico sololupusyoutube porcas no cio fodendo com homem e gozando dentro delas videosx sobrinho de cachaça pra tia e depois chupo cu delaporno caseiro no vestiario da loja de.roupas da loja uma estranha olha muito pra o.meu.pauxvideo gay menino batendo chutinho de cuecameu sogro queria dupla penetracao com minha sogro veridicoporno irmao irma vide alvivo mas avansado cozano dentro da bucetaesposa bunda ggg conto com negaoVamp19-O Doce Das Suas Veias-24 . CASA DOS CONTOSforma de aliviar sem transaelrxvideu mae safada seno comida afossa pelo o filinhoconto erotico sexo bruto com 2homemsou puta do meu tioconto erótico Eu e o meu marido no bar da perdiçãoContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeuXvideo mulher coloquei A mão Puxa Agarra a forçatodos pornô gay e heteros tentaçao sacanagens gays pornô entre homem xvideoscontos de sexo depilando a sograbucetao na boca contocontos de fada.dava a bucetinha quando tinha entre 6 e 7anis de idadepadrasto histórico Zinho da enteada XVídeosbucetas.cf/bruninha69vídeo do acidente de Goku comendo cabeludohttp://comto erotico massagista erotica colocando dedo no cú da menina virgemeu minha prima e.seu poni dirou meu cabaço contos