Sexo gostoso com minha irmãzinha

Um conto erótico de Edu
Categoria: Heterossexual
Data: 26/05/2013 10:59:13
Nota 8.31

Hoje, em 2013, com 36 anos, tenho boas histórias para contar, principalmente em relação ao sexo. Sempre fui muito safado com esse assunto, por isso, já experimentei quase tudo e nesse site encontro a oportunidade para compartilhar com vocês essas gostosas aventuras.

Espero que tenham uma boa leitura e à medida que eu for escrevendo, procurarei melhorar. Aguardo seus contatos e opiniões, afinal sexo é bom demais e para mim, não tem coisa melhor que gozar gostoso.

Foi em 2003, quando por acaso, iniciei minha irmã (8 anos mais nova que eu) no sexo. Rolou incesto sim e mesmo com muitas críticas que posso receber, ela foi para mim a mulher mais gostosa que tive na cama por quase um ano.

Ana (nome fictício) sempre foi daquelas garotas cuidadosas com o corpo, que se alimenta sem demasia e curte uma academia, o que fez dela uma mulher com aquele corpo de chamar atenção, porém, não muito bonita. Um rosto comum, pele clara, cabelos lisos e pretos, olhos castanhos escuros, coxas torneadas, bumbum e seios médios.

Eu cheguei a pensar que minha irmã já não era virgem, pois era bem safadinha, entretanto, ela apenas tinha descoberto a arte do boquete, até então.

Na verdade, eu já sentia atração por Ana, porém, não havia certeza de que ela sentia o mesmo por mim. Então, vou logo ao assunto: o que importa é que como eu acabei iniciando minha maninha no sexo.

Tudo aconteceu assim, minha mãe, separada, viajava muito a negócios e nós ficávamos às vezes, inclusive os finais de semana sozinhos, então, tínhamos a casa só para nós, e eu, irmão mais velho, com a responsabilidade de cuidar da Aninha, que aliás, não me escutava e saia para as baladas de fim de semana e chegava tarde mesmo.

Em uma dessas viagens da minha mãe, Ana saiu em um sábado com umas amigas e voltou devia ser mais de três da madrugada. Havia bebido demais, por isso, eu tive que colocá-la na cama. Fiquei muito chateado de ver minha irmã naquele estado, até porque ela mal se deitou e urinou na cama dela, sujando suas roupas e as da cama. Conclusão, eu tive que colocar tudo para lavar e deixei o colchão dela tomando ar no quintal aproveitando o calor.

Antes, porém, eu pensei muito no que fazer e resolvi dar um banho na minha maninha. Com dificuldades tirei sua blusa e o sutiã pretos exibindo os seios maravilhosos dela. Aquilo me excitou, mas eu me concentrei no que realmente deveria fazer. Em seguida desci a minissaia e tirei sua calcinha preta, que assim como minha maninha cheirava forte a urina e suor, além de álcool. Fiquei sem ar quando vi aquele corpo maravilhoso nu, uns poucos pelos pretos bem aparados em uma boceta delicada e linda. Nem preciso dizer que fiquei muito excitado, até porque era a primeira vez que eu a vi nua.

Levei Ana para o chuveiro e eu vestia apenas um short de pijama. Eu evitei esfregar o sabonete no corpo da minha maninha que reclamava muito e se ensaboava descoordenadamente.

Não resisti e enquanto a segurava estando eu atrás dela, acabei deixando meu pau roçar na sua bunda gostosa e comecei a alisar a boceta, passando a masturbá-la.

Minha irmã começou a gemer baixinho e chegou a abrir as pernas praticamente rebolando a bunda no meu pau. Não aguentei e gozei nas costas e na bunda daquela mulher deliciosa quando ele soltou um gemido mais alto e gozou desfalecendo nos meus braços.

Terminei o banho e levei Ana par ao meu quarto, vesti-lhe uma camiseta e uma calça de pijama, esquecendo-me da calcinha e fui dormir na sala, deixando minha irmã na minha cama.

Dia seguinte levantei para preparar o almoço, pois acordamos tarde e eu não parava de pensar na madrugada, achando-me um cretino, pois teria aproveitado do momento. Ana apareceu na cozinha e só me disse um bom dia. Parecia perturbada e logo imaginei que fosse pela noite anterior. Almoçamos e minha irmã reclamava muito de dor de cabeça, claro que por conta da bebida. Acabei lhe dando um remédio e fomos assistir a um filme na sala.

Após um longo cochilo, acordei com Ana me chamando para conversar e qual foi o assunto, senão a noite anterior. Mesmo eu negando alguns fatos, resumindo o papo, Aninha já sabia que eu havia cuidado dela até demais e eis que minha irmã senta-se sobre mim no sofá da sala e me pede para beijá-la. Senti sua boceta quente e úmida no meu pau, excitado eu quis evitar aquilo quando Ana me disse que queria transar comigo.

Eu fiquei sem saber o que dizer quando ela começou a me beijar roçando sua boceta no meu pau. Eu retribuo seus beijos, agora beijando minha irmã descendo pelo seu pescoço e aos poucos chegando aos seios. Comecei a beijá-los e passar a língua neles e mordiscar os bicos escutando os gemidos deliciosos de Ana.

Resolvi levá-la para o quarto, tirei seu pijama e a deitei sobre a cama com as pernas abertas. Comecei então a beijar seu corpo, que a esta altura estava quente e suado e seus seios durinhos. Minha irmã gemia se contorcendo na cama. Desci pela sua barriga e lentamente cheguei a sua boceta que estava molhada e de tanto fazer xixi a noite, tinha o cheiro e o gosto de sua urina, mas meu tesão era incontrolável. Apenas a beijei e comecei de baixo a beijar e acariciar seus pés e as pernas até chegar a suas coxas que mordisquei e beijei, passei a língua como fiz com o restante de seu corpo.

Quando finalmente cheguei à boceta molhada, passei a língua de baixo para cima entre os lábios e minha irmã chegou a pular na cama. Beijei, mordisquei passei a língua em seu clitóris. De tão molhada que estava acabei bebendo todo seu mel. Ana me pedia para comer sua boceta, queria perder a virgindade logo, sentir meu pau dentro dela.

Coloquei-a de quatro e posicionei a cabeça do meu pau na entrada de sua boceta e forcei um pouco. Minha irmãzinha era realmente virgem. A cada movimento ela gemia, mas continuava pedindo para meter mais fundo até que meti tudo de uma vez dentro da minha irmã.

Senti romper o hímen e ela soltou um gemido que claramente mostrava sua dor. Aos poucos fui aumentando os movimentos com minha irmã rebolando no meu pau. Meti cada vez mais forte, fundo e mais rápido fazendo minha maninha gemer no meu pau até que ela se masturbando acabou gozando no seu primeiro cacete duro.

Tirei o pau de sua boceta melada e coloquei na boca da minha irmã que o chupou melado com o mel da sua boceta e sangue. Não pude segurar e enchi de porra quente a boquinha deliciosa da Aninha que me mostrou ser uma ótima chupeteira.

Passou-se algum tempo, até que a coloquei de quatro novamente para lamber seu cuzinho apertado. Acariciei sua bunda e cheguei a colocar o dedo em suas entranhas. Ela reclamou, gemeu e pediu mais. Quando estava toda molhada de saliva encaixei a cabeça do pau na entrada do cuzinho da minha irmã e forcei bem devagar.

Percebi que Ana gemia, mas queria que eu fosse até o fim. Eu estava quase todo dentro de dela quando empurrou o quadril para trás e seu cuzinho engoliu meu pau de uma vez. Segurei seu quadril, ela gemeu alto, mas deixou que eu a guiasse. Comecei a foder seu cuzinho apertado que chegava a machucar meu pau. Aninha se masturbava enquanto eu metia forte como um cavalo em seu cuzinho. Ela novamente gozou e recebeu toda minha porra dentro dela. Ficamos na mesma posição até meu pau desfalecer dentro dela e nos beijamos. Deitamos um do lado do outro e dormimos. Ao acordarmos continuamos aquela safadeza deliciosa e depois daquele dia, minha irmã se tornou minha putinha e mesmo namorando, dava para mim cada vez melhor, chegando a ver seu namoradinho com a calcinha cheia de porra do seu próprio irmão. Quase um ano depois terminamos e passamos a viver nossas vidas normalmente.

Aqui encerro essa deliciosa história que realmente aconteceu comigo e espero que gostem da leitura deixando sua opinião e caso queiram me adicionem.

Abraços a todos!

contato: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/06/2013 16:33:52
Oi meninas e rapazes! Obrigado pelos comentários e avaliações. Se quiserem falar comigo para que possamos nos conhecer me add no skype: pricard77 ou msn: ou me enviem e-mail que eu terei o prazer em responder, principalmente as meninas sapecas....hehe!
22/06/2013 15:54:06
Bom conto
22/06/2013 12:21:07
Bom conto , comenta o meu tbm
14/06/2013 15:06:35
Preciso de um irmao assim
12/06/2013 14:00:50
muito show cara
05/06/2013 18:50:40
Uauuuuu adorei, bem safadinha sua irmã né, ai eu queria um irmão pra me foder assim
31/05/2013 09:42:29
faltou meu e-mail: Bjs
31/05/2013 09:41:17
Adorei seus comentários! Muito Obrigado! Quem curtiu e gostou dos contos, me adicionem para falarmos mais sobre as sacanagens, adoro falar desses assuntos, sou bem safado e quem sabe se não fazemos nosso próprio conto? Marcamos algo... Bjs as amigas safadinhas e abraços aos safados de plantão!
31/05/2013 00:15:18
Uiiii to precisando de um maninho assim bju
27/05/2013 09:50:03
Gente, obrigado pelos comentários. Gostei de todos, apesar de alguns moralistas que de moral não tem nada, afinal, no meio da sua "pseudo-moral" anda soltando ofensas que de moral não tem nada. Seria bom cuidar da vida certo? Bom, logo enviarei mais contos falando das minhas safadezas na vida. Um bjo para as gatas e um abraço para os homens. E se quiserem, estejam à vontade para comentários, enviar-me e-mail ou adicionar no Skype ou Hotmail: Até a próxima!
26/05/2013 21:37:41
rsrsrs dedilhou o grelinho e esqueceu de lavar? Tudo bem que banho de lingua é muito mais gostoso.
26/05/2013 18:33:18
Gostei, tirando que você lavou a buça da sua irmã mau lavada.
26/05/2013 17:02:44
Oi Edu, fiquei muito excitada com a parte do banho, delícia! Continue com a gente, também sou novata, bem-vindo ao site. Beijos.

Online porn video at mobile phone


conto erotico uber passando a mao na.minha bucetinhacontos eiroticos leilaporncasada.comcrente dando pro.comvelho.contover só putinho brasilero se cumendo gemendo muintoconto erotico pau pequenoconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaoXVídeos as panteras entregador de gás aparenteporno lubrificando o cu com manteiga e socando a mao infeira dentro delejayrinho baiano no xvideos trqnsansovídeo pornô meu marido chegou em casa ficou surpreso porque eu estava limpa cheirosaclip16 porno gay com hereçao no onibusamor vc deixou ese safado me comer pornodoidoencoxando as meninas na baladafode_me mas esporra_te fora da conaitalaninha gostosa guenta facil o negao bem dotadodei o cuzinho meladinho contosgarrafas decoradas com aniandracache:bXi9Mcaf17gJ:http://zdorovsreda.ru/texto/201603808+meu dogue meu amante chorei mas gostei contoxvideo..maninho do caralhaoassistir Figueirense masturbando e gemendoindiazinha dormindo deixa ser penetradamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1incesto lendo no colo do papaichinezinho abrindo sua bucetinha piscando gozandocontos eroticos su muiro pausudo minha esposa esta com a boceta froxameu corno frouxo e chorão contos eroticosconto erotico huntergirls71dez ano padastro gosa na minha bocao que fazser vi um porno sou casada . Eu pequei o que fazserporno de mae servindo comida para seu filinhochupalano o cu da mulherporno contos negao da mandiocawww.hentai desenhos descabaçando alunas vigens safadasviadinho bundinha linda arrebitando pra mim na cachoeira...xvideosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadohidromel a bundinha da mãe dormindoconto meu sobrinho cheirou minha calcinhavídeos pornô com novinha gostosinha Sukitacondo o marido sai potrabalho pornocontos de zoofilia com macaco bem dotadoxvideosdificil pra vc luka1metro debtro do cucontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramcontos minha esposa e um andarilho picudogozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabaficamos ilhados no sítio eu e minha irmã contosvidio g demenor marrentover video do padrasto dorado transano com anovinha hq pornode a gangue dos monstros19 redação do c* e o negão enfiando a picavideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recistiporno aspanteras chapa buseta da irma afosaContos.minha.sobrinha.não.tem.cabelo.na.buceta.mas.ja.quer.fuder.mulek cacetudo me estuprou contosmendiga da o botãozinho por causa de dinheiro XVídeosirma cassulinha dando mole xvideoconto erotico meu pai meu macho meu homemporno novinhas dando uma escapolidinhacontos eroticos revista privatecontos: consegui convencer minha esposa ao culckoldingcontos de nora da vizinhalidabucetachegando e se masturbando na calcinha usadaxividio ela fica xorando quando da o cuxvideoa baxinhas de camisolarcontos de incesto mãe pede a filho que depois a Cona e o greloa gordinha do c**** grande de camisola de Calcinha Preta mostrando os peitos multiplique tudocontos eroticos de nois dois enrrabadosdogs adestrado para zoofiliaSuse rego tomando na bucettaContos gay comi o cu do cafetaovídeo baixinhas quadril grande agachada de costas de quatropedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gaysfiume porno garoto senti tezao pela crentinharabetao bitelopatrao poi casadas de langeri para fodelas pornoesgichada de gala da buceta