Me Apaixonei Pelo Hétero Proibido - Parte 25

Um conto erótico de Douglas Lopes
Categoria: Homossexual
Data: 28/05/2013 21:37:58
Nota 9.82

Minha cabeça doía e minha respiração estava leve, eu me sentia tranqüilo, deveria ser por alguma medicação, eu ainda não entendia o motivo de estar ali, mas fiquei feliz por Isaac estar ao meu lado, ele olhava e quando viu os meus olhos se abrindo, surgiu-se um lindo sorriso em seu rosto, um sorriso que eu precisava ver, estava carente daquele sorriso.

- Isaac meu amor - eu disse baixo, estava sem forças pra falar

- Tom, eu te amo muito, quase fiquei louco quando não te encontrei no apartamento arrombado e quando descobri tudo, que bom que você já está melhor

- Mas o que aconteceu? - perguntei confuso

- Não se lembra? você teve um surto depois de uma visita da Padma, você ficou descontrolado na cela, gritava e chorava, fiquei preocupado

- Isaac eu queria muito te ver, só me lembro da conversa com a Padma, eu não estava bem, estava em trauma por tudo que aconteceu, foi tudo muito rápido

- Tom a gente vai superar isso juntos, eu sempre vou estar ao seu lado, vou fazer o possível e o impossível para cuidar de você, todo esse inferno vai acabar - disse Isaac pegando em minha mão com força

- Obrigado Isaac, sem você a minha vida não tem sentido, eu estpu melhor, mais calmo, acho que chorei o bastante, agora preciso ser forte, quando aconteceu esse surto?

- Foi anteontem, essa é a segunda vez que venho te ver, eles estão permitindo uma visita por dia

- Então eu estou na cadeia?

- Você está em uma enfermaria da delegacia e talvez será transferido em algumas semanas

- Como assim? eu não vou sair daqui logo?

- Calma Tom, eu já contratei um advogado ele vai te tirar daqui logo e vamos encontrar o verdadeiro criminoso que te acusou - disse Isaac me olhando assustado

- Eu tô calmo - disse rindo - Você sabe que foi o meu pai - disse passando de uma feição de sorriso para uma de decepção

- Eu não sabia que o seu pai era capaz de fazer tudo isso

- Ele é um monstro Isaac, mas vamos esquecer aquele idiota, sebe eu preciso de um beijo seu - disse puxando Isaac pelo braço e o beijando, era um beijo leve, doce e calmo que me fazia esquecer de todos os problemas.

- Isaac transa comigo? - eu disse interrompendo o beijo

- Aqui? Tom e se alguém pegar a gente e você também está recebendo soro na veia

- Não me importa, eu preciso te sentir, só assim para me sentir mais forte

Isaac foi até à porta e a trancou, voltou e me disse:

- Tudo bem eu faço tudo o que voce quiser - disse ele colocando a mão por baixo daquela camisola de hospital ridícula.

Ele ergueu a camisola até a minha barriga e libertou o meu pau da cueca, começou a punheta-lô e logo o abocanhou, ele chupava com força e com vontade do jeito que eu gostava, eu me segurava para não gemer alto, ele chupava o meu pau e massageava as minhas bolas

- aah Isaac que boca gostosa você tem - dizia entre um leve gemido e outro

A cada elogio Isaac aumentava sua velocidade e aquela chupada acabou virando uma punheta frenética com a boca, como eu estava com um tesão da porra acumulado não demorei para gozar na boca de Isaac que engoliu toda a gala e limpou o meu pau com a boca, ele guardou meu pau de volta na cueca.

- Não acabou, eu ainda preciso te sentir - disse o puxando para cima de mim.

Isaac caiu sobre mim, nos beijamos enquanto eu desabotoava a sua calça e libertava o seu pau duro como pedra, masturbei aquele mastro por algum tempo, enquanto Isaac beijava o meu pescoço

- Vamos Isaac me fode, não perca tempo - eu disse em um tom de ordem

Isaac se levantou e me deixou deitado, em seguida colocou as minhas pernas em seus ombros, senti seu pau na entrada do meu cu, a cabeça entrou e me causou um leve desconforto, Isaac viu a minha feição de dor

- Pode continuar Tom? - ele perguntou preocupado

- Pode sim - eu disse tentando esconder a dor

Isaac penetrou seu membro por completo e algum tempo depois começou com leves estocadas, e a dor ia se intimidando para o grande prazer que eu começava a sentir

- Eu sabia que valeria a pena sentir aquele dor, Isaac você é muito gostoso cara

- Você que é o meu tesão Tom

- Eu te amo cara, me fode com força

- Vou te foder caralho - disse ele aumentando o ritmo de suas estocadas.

O Ritmo era cada vez mais intenso, eu já nem sentia dor e somente prazer, minha bunda estava quase dormente, a intensidade das estocadas ficou maior, Isaac soltou um leve gemido, senti seu pau pulsar dentro de mim e logo em seguida seus jatos quentes de porra inundarem o meu cu, Isaac caiu sobre mim, sua respiração estava ofegante e ele suava pra caralho, mas sua expressão de satisfação era evidente.

- Te amo - disse me dando um selinho

Ouvimos batidas na porta e em seguida ouvimos uma voz grave dizendo:

- Abra, o horário de visitas acabou

Isaac me deu um último beijo e colocamos tudo em ordem rapidamente, Isaac abriu a porta e o polícial repetil o seu chato discurso

- O horário de visitas acabou, o senhor ultrapassou meia hora, tome mais cuidado ou da próxima vez a intensidade de suas visitas serão diminuídas

- Tudo bem cara eu Já to indo, relaxa... Tom eu venho te ver amanhã, o mais rápido possível, eu te amo, se cuida tá

- Pode deixar, não demore para voltar, te amo Isaac

Isaac beijou a minha testa e em seguida saiu do quarto onde fiquei a sós com o polícial que me encarava

- O que foi? - perguntei demonstrando estar irritado

- Vocês são namorados? - ele perguntou curioso

- Sim por que?

- Ah por nada

- Quanto vou pode sair daqui e voltar para a cela que eu estava?

- Ainda hoje, agora você precisa descansar, são ordens do médico - disse o polícial saindo da sala.

E como pediu o polícial, voltei a dormir, eu estava cansado por tudo aquilo, cadeia, crise de choro, medicação e a transa com Isaac me deixou mais exausto ainda, porém eu estava satisfeito, eu precisava voltar a sentir Isaac, e pudesse passaria horas transando com ele, eu estava cansado e abalado emocionalmente, mas voltar a ficar com Isaac, sentir seu corpo, seu calor e seus beijos foí a minha cura, agora eu tinha forças e estava disposto a lutar para sair dali e viver o meu amor com Isaac.

Quando voltei para a cela encontrei Jayme que lia um jornal

- Oi Jayme

- Opa, Tom estava com saudades da cela?

- Fazer o que né, tenho que me acostumar

- Você saiu daqui super mal, quem é Isaac cara? - ele perguntou com uma expressão confusa

- É o cara da minha vida

- Você é gay?

Então contei toda e história para Jayme

- Nossa cara seu pai é um monstro

- Mas se eu tenho que ficar aqui, não tenho nada a fazer, um dia meu pai vai acertar com a vida o que me fez

- Tom depois do que eu vi ontem, percebi que você não tem estrutura para ficar na cadeia

- Como assim?

- Você não está preparado, você não nasceu para isso, cadeia não é pra todo mundo, tem gente que não aguenta, logo explode e se mata, pelo jeito você não iria aguentar isso nem por um mês

- Esse é o meu destino, a cadeia é a minha barreira, se não fosse a cadeia seria outra, todo mundo tem uma barreira, eu estou preso, porque não me aceitam do jeito que sou, tem muita gente que reclama do país onde vive, mas lá a barreira não é como aqui, no ocidente você só precisa enfrentar a barreira que é você mesmo, aqui na India são todos os tipos de barreiras, políticas, sociais, religiosas, culturais, você mesmo e a maior que é a do medo

- Nossa Tom isso é verdade

- Sim a maior barreira está dentro de nós mesmos e precisamos vencê-la, eu daria tudo para ter nascido no Brasil, lá não é fácil, mas aqui é muito pior, é assim que me sinto e mais milhares de homens aqui na Índia, mais de um bilhão de pessoas, imagina quantas não estão como eu, sendo tendo seus sonhos reprimidos pelas vontades dos outros e por medo

- Por isso você precisa lutar por seu amor

- Primeiro terei que sair daqui

- Não Tom você precisa ir logo, o mais rápido possível, fuja, viaje com Isaac, seja feliz, você já sofreu muito cara

- Mas como posso fugir?

- Eu tenho um esquema, se quiser te passo amanhã mesmo

- Sério isso?

- Sim cara, eu não tenho para onde ir por isso não vou, mas você tem o Isaac pra te ajudar

Fiquei em silêncio pensando sobre isso, fugir era uma boa, eu não tinha que perder tempo pagando por um crime que não cometi, era melhor fugir com Isaac para outro país e jogar o resto pro ar.

- E então topa? - perguntou Jayme

- Eu topo! que se foda tudo!

CONTINUA (...)

_______________________

Espero que tenham gostado :P

Gente me desculpem os erros é que escrevo tudo pelo celular :)

Agradeço cada leitura e comentário, bjs e abraços <3

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/05/2013 19:04:52
Own tou amando os teus contos! Mas Tou trist por causa do tom ;(!
29/05/2013 14:54:54
espero q a fuga dê certo
29/05/2013 14:46:49
Perfeito, um dos melhores contos atualmente, pena q ta chegando ao fim
29/05/2013 14:20:09
ui que ousados os meninos, transar no quarto do enfermaria... Ahhh mas deveriam ter chamado o guardinha pra participar também, tadinho rsrs; hmmmm sei não, mas acho que essa fuga não vai dar certo
29/05/2013 10:38:50
Tom e Isaac formam um casal muito lindo! Tomara que Tom consiga fugir eles serem felizes em algum lugar... Brasil, talvez?
29/05/2013 05:48:19
sera q essa fuga vai dar certo?
29/05/2013 03:44:05
Uau primeiro conto com fuga da cadeia q eu leio eu acho tudo dará certo
29/05/2013 01:35:06
maravilhoso conto
29/05/2013 00:26:11
Nossa que barra em mais e isso ai mesmo você que lutar pelo seu amor eovresto que se exploda
28/05/2013 23:31:32
algo precisa ser feito com esse viado incubado ...
28/05/2013 22:45:26
o pai do tom é uma peste,sera q essa fuga vai dar certo?
28/05/2013 22:44:07
Por causa de alguns comentários decidi parar de escrever minha série e me focar no meu livro. Tentei pedir ajuda ao site que representava uma grande quantia de leitores mas falhou. Procurei ajuda dos meus colegas leitores. (Caro colega escritor, ajude fazendo uma denuncia quanto ao usuário Gostosinho, apenas dá 0 nas notas e sempre o mesmo comentário. basta apenas ai no denunciar e escrever... Sou o Autor XXXXXX, gostaria que banissem o usuário "Gostosinho" apenas dá 0 nas notas não apenas minhas mas de outros escritores, estragando as notas médias e fazendo comentários como ":42:13 Lixo zero kkkkkkk" , ou apaguem a contar deste usuário ou eu sairei do site juntos aos meus colegas escritores. Obrigado.)
28/05/2013 22:08:43
otimo espero q dê tudo certo e q Tom e Isaac sejam felizes

Online porn video at mobile phone


xvidiop quem cavalgo melho mae o filhaEcoxadinha na novinha ela gostandoxvideos gostosas levanda trepicasXvideos.perlacantora.funkPriscila soca vibrado na bucetaadolecentes sendo fudidas por penis gigante e cabessudos pornoconto chupando uma rola fedidacontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finoContos eroticos de mulheres com grelo grandes gratisContos eroticogay nestor o filho da empregadaseduzindo meu filho contos eroticosContos irronicos fodendo a minha namoradoContos erótico deixei minha mulher na balada para me pôr chifresconto erótico cheirando a calcinha delaContos eróticos d homem com éguaconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorxtubinho zofilia com cadela no cioconto erótico pomba gira doce nanda parte cinco contos eroticosenteada tarada querendo dar todinho Comente a rola no cú delanegoia pauzudoscontos eroticos caguei no pauvideo pornor espetacular com mulheres ki sao loucas por homem de pica gigantepai caminhoneiro contos eroticosbaixar video bicha fala ai bicha disgracadamenina nvh fidendo cm doisvirei escrava do vizinho contos eróticosirma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornocasa dos contos eroticos senzala esposa. filhauma triscadinha na buceta e gozorconto erótico a esposagostosa do meu amigo q eu tiver que engana ele.pra poder comer elatia dando pro subrinho xx vedeosmae pegar filho batendo punheta pau 70cmlesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhoas trvetis du rabo grande asmulhe rabao orx videos padrastro fodení enteadaxexo qosano cconto enrabei minha neta de novi ano na marracontos incesto mae gtsrevista private relatoscontos eiroticos leilapornsexo brutal adulterio irmao fundendo irma de 12 aninhosconto erotico velha casada banca negao pirocudoposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularcasadindo novo dando o cu e esposa vendo xvideocontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhorevidio porno maniaco fode a forca muiler chegando em casaVer contos de ciume do diario de um guei (sobre alam e biel).meu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portuguesmulher bem novinha tirando a calcinha devagarinho acaba comendo a b******** dela devagarzinho empurrando ela peidando empurrando ela peidando empurrando ela peidandocontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolaxxvideo encostada maliciosaNoviha cemtano no carahaominha mae so' andava de roupao contos eroticosContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Ladoxvideo da sogra seduzindo o jenrro na noite de natalcontos eroticos , meu padastro sempre mim desejava , mim pegou a força , mulheres da bunda grande vestidinho curto calcinha enfiado no rabo da b***** cabeluda que fode com doisai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitoconto erotico lesbico dei o troco no meu marido com sua amante8Pega abaixa vidio pornomarido chupa abuceta da mulher depos de amando emchei ela de porraxvidio frago e bateu praeli ate gozamulher com aberada da buceta toda esticada pra filha vereu perdi a minha virgindade com ca ca pica de 40cmmulhe rebolhadonovinha dando pauzudi com cazelinaSou bi e sou louco pra d o c pro meu primoporno doido brasileira lesbica desmaia sua amiga e cheira a xota e chupa a bucetacunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhocontos tranzei com a mulher do meu cunhadomorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elaSou mulher casada meu compadre me fodeuporno negao fas muleca grintacontos enrabado na prisãofrede e barnei pega vilmacontos eroticos. de velhas q fuderam com rapaz novo.conto erotico punheta raptocontos de vacas que gostam de levar no cu e na conavirei putinha do titio cassetudowww.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?mae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choratextos. contos menunas estrupadas dulpa penetracao gozadas boquinhacontos eroticos gay de novinho sentei no pau grande e judiei deleXVídeos estragadinho em ônibuscontos eiroticos leilapornContos marido da minha amigaeu quero ver vídeo mulher tomando banho com aquelas calcinha largavideo enteada chama padrasto nua para fudela em seu quatocontos de sexo depilando a sogracasa dos contos gay acampamento com Rafael e pai perto da Cachoeira