O primeiro passeio de Déia, uma CD de primeira viagem

Um conto erótico de Safadim
Categoria: Homossexual
Data: 29/07/2013 00:37:01
Última revisão: 09/09/2014 09:12:45
Nota 9.00

Quando entrei no carro, sentia meu coração disparado pela excitação e pelo medo da exposição que eu planejava. A bolsa sobre o banco do carona continha o motivo de minha excitação e medo. Decidi que ia para um lugar longe da capital, um lugar com pessoas comuns, fui em direção ao litoral sul, pensei em Peruíbe. Era final de tarde, segui na rodovia em pensamentos maliciosos de abordagens e situações que eu poderia criar para satisfazer meus desejos.

Já havia anoitecido, avistei um posto de gasolina na beira da rodovia, esses com banheiro para caminhoneiros tomarem banho, estacionei o carro e peguei a bolsa, meu coração quase saia pela boca, pensei em desistir... tomei coragem e corri disfarçadamente para dentro do banheiro. Entrei em um reservado, podia ouvir o barulho da minha respiração ofegante. Ouvia, também, o barulho do chuveiro e a música sertaneja que um cara assobiava. Bom, estava seguro, abri a bolsa e pensei, tem que ser agora. Tirei toda minha roupa, meu corpo todo depilado, retirei uma meia fina da bolsa, com cor de pele bem clara e um caminho de strass que saia da polpa da bundinha e terminava no tornozelo. O efeito que dava é que as pedrinhas estavam coladas em minhas pernas, muito bonito. Em seguida, retirei a minúscula calcinha preta, com rendas. Vesti cuidadosamente, escondendo meu pênis entre as pernas, ficou perfeito. O sutiã era pretinho rendando também, ajeitei eu meu corpo e coloquei um enchimento discreto. Sobre a lingerie, um vestido branco, todo cheio de pregas na frente, do peito até em baixo, sem alças, colado no meu corpo, o que valorizou bastante, minha barriguinha bem reta e a bundinha arrebitada. Para arrematar a vestimenta, um salto maravilhoso, rosa de vinil, que deixou meu corpo com uma postura muito elegante. Faltava pouco para minha perfeita transformação, deixar de lado minha identidade social e assumir a identidade que habita dentro de mim... peguei uma peruca de cabelo natural, liso, com a ponta cacheada e fiz uma maquiagem deixando minha pele muito clara, ressaltando de preto meus olhos amendoados e de vermelho marcante, meus lábios. O toque final foi uma essência feminina e sexy de um perfume importado... agora sim... eu era Déia...

No tempo que fiquei me preparando, ouvi vários homens entrarem e saírem do banheiro, mas nesse momento, aparentemente, só havia um tomando banho. Deixei o reservado e caminhei ao espelho do banheiro, coloquei um par de brincos de brilhantes e, enquanto eu retirava a gargantilha, o homem saiu do chuveiro e começou a se secar. Quando me viu, deu um sorriso safado e disse: que susto gostoso... mas que princesa cheirosa. Eu virei para ele e sorri em agradecimento. Mas homem é um bicho incorrigível e ele não seria diferente. O safado tinha braços fortes com uma tatuagem no ombro, o peito era definido também e possuía uma leve barriguinha de cerveja. Tratou de tirar logo a toalha que escondia seu belo instrumento. Ele devia ter uns 38 anos, branco, poucos pelos pelo corpo, somente na base do pau e no saco, eram pretos e em grande quantidade. Seu pinto era bem gostoso, grosso, inclinado para esquerda, cheio de veias e com a cabeça levemente coberta pela pele, que marcava o contorno da glande. Com certeza tinhas uns 19cm, mas bem pesado. Vem aqui princesa, ele me disse, eu coloco a correntinha em você. Sem falar nada, ainda não sabia como utilizar a minha voz, caminhei até ele com a gargantilha na mão, virei de costas, levantei o cabelo e ele se aproximou, passou a joia entre meu pescoço. Eu inclinei sutilmente o pescoço para frente, e ele se encaixou todinho em mim, sentia seu pau grosso entre minhas pernas, roçando na meia. A essa altura sentia seu pau babando nas minhas coxas. Quando uniu o fecho, deixou escorregar a mão grossa no meu pescoço e disse em tom grave sussurrado: pronto. Dei quatro passos a frente, me virei e disse, suavizando o máximo que pude minha voz, obrigado lindo. Ele disse, vem aqui princesa. Não posso, tenho que ir.

Neste momento um outro homem entrou no banheiro, provavelmente caminhoneiro. Quando passou por mim assobiou e disse. Nossa que gata, espera ai boneca, vou tomar um banho rapidão e vamos para o meu caminhão. Esse cara era um cinquentão, já barrigudo e com bastante pelos que já estavam bem brancos. Sorri, com bastante sensualidade e disse, hoje não vai dar, tenho que ir. Ele ainda insistiu, eu te dou uma grana a mais, pensando que eu era uma prostituta de posto de gasolina, o que de certa forma, me excitou muito. Mas somente completei, já tenho compromisso gatão, tenho que ir. O cinquentão olhou para o outro cara, que tentava esconder a ereção com a tolha e mandou: que sorte a sua, heim, cara. Mas ele respondeu: sorte nada, ela não quer nada comigo também. Peguei a bolsa, mandei um beijo no ar e com um sorriso largo fui saindo do banheiro, me sentindo a mulher mais desejada, enquanto eles ainda tentavam me persuadir a fazer um programa, agora com os dois. Enquanto pensava que caminhoneiros são tão liberados sexualmente, não tentam esconder nada um do outro, enquanto isso, me sentia vigiada, pelos olhos de todos que estavam no posto, nos caminhões, no restaurante e até os frentistas que se juntavam para comentar algo, com sorrisinhos no rosto. Instintivamente um moreninho apertava a rola no uniforme verde do BR.

Me sentia realizada como fêmea, me sentia livre... sei que você deve estar se questionando porque não transei com o caminhoneiro gostoso no banheiro. Uma fantasia perfeita com aquele macho pauzudo. Mas não era esse o plano, queria algo mais casual, algo que acontecesse quase que por acaso, seguindo na rodovia, nutria uma certeza de que coisas deliciosas ainda aconteceriam naquela noite e que somente a Déia poderia me proporcionar...

Se quiser ler a continuação acesse a aventura de Déia com o Policial Rodoviário //kn.remontotdelka62.ru/it/texto/[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/09/2014 04:04:22
Leia uma história fascinante e excitantE: http://bookess.com/read/21229-fabinho/
30/07/2013 01:19:06
Muito legal
29/07/2013 01:28:32
Adorei! Conte mais!

Online porn video at mobile phone


contos chantagiei a enteada e tirei seu cabasoquero ver as frentistas de posto que tem a b***** inchadaconto erotico vendo.a.minha filha gemendo toquei siriricahttp://quero conhecer adolecente para namoro com peitinhos novinhos e bucetinha lizinhaAliviando os funcionarios contos eróticoswww.xvideos/fodasse eu empurro com forca mesmowww.xvideos- gaysinho gosta de chupar seu peniz comprido e mole chupa para passar o tempo chupando seu penis igual um bambu gigante.compadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetacontoerotico eu namorada mae e tiocontos eróticos de esposa meu amigo na garupa da moto delacontos eroticos xvideos clausuraestupro esposa contos eroticosver video de jigantão arobando o cu do novinhoprdinha.gostosa.treponoXvideos. Esposinha de vestidinho piscando a xerecavelho bebado esfregando a cabeça do pinto na bucetacorno levou esposa pros caminhoneiros foderem contoconto porno felipe e guilherme amor em londresCavalo pauzudo coloca tudo na jumentinhaContos eroticos caguei no pau dando o cuzinhomuiler da buseta ixada levamo varaler contos eroticos de padres reaisfilmes de sexo so conegao do pao grosso e negona da buceta inchadafedemo com 1minutogay aprumando o pau no cu e sentando gostosocontos gay de conxinha com o idolonovinha contenção de chorte atoladodando uma Coçadinha na língua do negão safado cachorrãox vidii da beluxa rabudacontos eroticos deestupro de irman na igrejaquero ver um vídeo de mulheres transando com cachorro t***** de quatro com a bunda empinada engatada e urbano gayxvideos novinha sentando em palzao de 59cmporno so vidio reral tiramo a vingidadefilme pornô rasgando a vacina novinhacontoseroticos bebendo leite de mulher lactantenovinho vendo o roludo pela janela e ficando loucocontos eiroticos leilaporndecabaçando a enteada dormindo xvideospinto nao entra na cetinh apertadinhcontos: enteada piranha dando a bucetinha pro padrasto fuder com força aaaaa ooooohconto erotico gay cunhadosconto.de mulher kue faz o marido de bobo e trepa c negaoquero ver comendo aquele perly do desenhos Power Rangers nx vídeos pornômeninascheia de tesao brincando com o cabacinhoxvideo vou contar como transei com minha inquilina da bunda grandequero ouvir todos os vídeo de pornô de mulher gorda peidonaContos eroticos sapatao machaovidios porno mae dilinhobuceta cheia de muxiba da sograContoseroticos denise meu tio pauzudo me fes mulher bem novinha na pica grossa cunhado erra a buceta e acerta nu cuzinho da cunhadacoroas peladas meladas de margarina no cu e no corpo inteiro delascache:qruYbBa02lMJ:zdorovsreda.ru/texto/20180186broxou pegarao sua mulher panteras x videospornô caseiro com padrasto comendo a empregadinha da chácara de 3casadAde viado com vaxorohttp://contor eroticos buceta grandexvideo.esposa na primera veź com outrocontos eroticos jatos de porra na gargantaxvideio vellhos safadocontos eroticos feminizaçao do garotinho maetransandp no presidio com a maicontos eróticos mulher transando com negãoenfiando o dedo na cabacinha delax videos homem pegando novinhacom sortinho pesquisas com célulasconto erotico meu tio comeu minha mulher elaprovocoucontos segurança comeu meu cucomendo a cunhada com permissão da esposa contos eroticostirei.o.cabaco.da.minha.irma.dormindoContos eroticos anal de ipatinga mgcontei pro meu marido que ele não dava no couro por isso que é corno contos eroticosMeu marido virou a minha putinhaconto gay "todas as formas de amor"conto tatuador eu e minha mulher colocou um piercing conto erotico novinha peidando sexo analconto erotico passei a menina de calcinhaTia deixa a calcinha no banheiro e sobrinho cheiro em roupascontos eroricos lesbicos de lactofiliacontos eiroticos leilapornesposa de biquini com amigos contovídeo pono tento fugi do negao mais se treme toda de tanto gozáacoxano as mulhe nu medou psu.di voraConto Meu Pequeno ,Meu Amor 1Temp. completa casadoscontoscontos de zoofilia com macaco bem dotadosrm calcinha rebolando querendo pau no buracocomend9a novinha gosrosa no matinho xvideosmeninas saido do chuveirocontos eroticos fingi dormir e meu amigo comeu minha esposafiz uma foda bisexual com meu filho minha filha minha esposa meu caseiro sua esposa e sua filha contosx** nnn japonesa gostosa traindo seu marido com seu próprio filho vídeos grátisa vida de um mauricinho apaixonadoxxxvidios so pau porreta de grandefrases cunhada chifreraxxvideo mulhe tirando ochorte pra trasa