Escravo do casal gostoso VI - O reveillon

Um conto erótico de escravo
Categoria: Homossexual
Data: 29/01/2014 00:51:15
Última revisão: 29/01/2014 18:46:29
Nota 8.20

Quem leu meus últimos contos sabe o que vem acontecendo comigo nas mãos do casal dominador. Prometi algumas coisas no último, mas falo delas no próximo. Antes vou falar do meu fim/começo de ano.

Em dezembro, o dominador, namorado do meu amigo, mandou uma mensagem pra mim: "viagem de reveillon confirmada". Gelei. Pensei que teria "folga" no final de ano, mas estava enganado. Iria passar 10 dias nas mãos deles em algum lugar.

Depois ele detalhou as coisas: ele, meu amigo, namorado dele, e mais oito amigos tinham reservado uma casa em Trancoso. Não tinham falado nada pros caras que eu era slave. Iam descobrir lá. Como não tinha escolha, arrumei as malas e fiquei na expectativa.

No começo, quando chegamos lá e todos se reuniram na casa, eu era apenas mais um amigo que tinha sido convidado. As coisas mudaram depois do jantar. Todo mundo ficou bebendo e conversando em volta da piscina, quando o dominador chamou todo mundo pra sala, pra ver "um vídeo". Fiquei em pânico, mas não tinha volta.

Todo mundo na sala, ele contou que eu era escravinho sexual deles e que eu tinha vindo pra servir não só à ele e meu amigo namorado dele, mas a todos que quisessem. Sentia uma misto de tesão com humilhação. Os caras me olhavam, riam, não acreditavam que eu, com aquele jeito de macho, daquele tamanho, me transformava numa puta das mais vadias, e sendo filmado.

"Vamos começar os trabalhos?", disse o dominador. "Levanta e fica pelado". Obedeci. Minha bunda ainda estava marcada das últimas surras e lógico que eles riram muito disso. O dominador colocou o cinto de castidade em mim. Fui bastante zoado. Comecei a apanhar e mamar na sequência. Aí o dominador pegou um consolo gigante e falou: você vai sentar nisso enquanto a gente assiste. Era muito grande, falei que não ia conseguir, tentei implorar, mas ele falou que se não obedecesse ele iria me amarrar e enfiar à força, sem pena. Sabia que ele faria mesmo aquilo. Depois de alguns tapas na cara, obedeci.

Então fiquei ali, no meio da sala, com eles sentados nos sofás e poltronas, assistindo eu me rasgar com aquele consolo. Ele não entrava, meu rabo já estava com a portinha arregaçada das tentativas. "Vou te dar uma força", disse o dominador.

Pediu que três dos caras me segurassem. Implorei, mas não tinha escolha. Era o objeto deles. Então ele foi socando aquela coisa, do tamanho de uma garrafa, no rabo. Eu chorava, eles riam. Humilhado com aquilo, fui levado pra um quartinho, que deveria ser de empregada da casa, e amarrado num cavalete. Ficaria ali até a manhã do dia seguinte e, quem quisesse, poderia ir lá me fuder.

Não sei quantos foram, se todos, se algum mais de uma vez, mas até perdi a conta de quantas rolas levei. Era xingado, humilhado, apanhava.

No dia seguinte fui solto, tomei banho e tive que preparar o café da manhã. Essa era a segunda ordem: eu seria a empregada dos caras. Teria que fazer tudo que quisessem. E ficar pelado o tempo todo.

Os dias foram assim: sendo estuprado, apanhando, limpando a casa, cozinhando, lavando louça, tudo que queriam... Um deles, loirinho, gostoso, era o mais cruel comigo. Achei que ele iria me deixar sem bolas em um dos dias em que estávamos só nós dois na casa. Prendeu meus braços pra cima, em uma coluna de madeira que havia na varanda, me mandou abrir as pernas e dava um chutão nas minhas bolas. "Me amarro nisso e quero ver quanto um viado aguenta", ele dizia. O pessoal tinha ido pra praia, ele tinha voltado e avisou: "só vou parar quando alguém chegar". Foram mais de duas horas sendo chutado, intercalado com mamadas no pau dele, em que ele socava na minha garganta e tapava meu nariz, pra eu engasgar e quase me sufocar com a rola, que era grossa. No final eu chorava implorando pra ele que não aguentava mais. Levei mais algumas, aí ele me soltou e gozou na minha cara.

Tomei litros de porra, levei vários banhos de mijo, minha bunda ficou quase em carne viva naqueles dias. Meu rabo eu achei que nunca mais iria fechar, de tanto que sofreu. Alguns foram indo embora antes dos 10 dias. No último dia ficamos só eu, meu casal dominador e o loirinho, pro meu desespero. Aproveitaram a última noite pra dar a "detonada final". Voltei pra SP destruído, mas com um tesão imenso. Só em casa fui liberado a gozar, mas com uma condição (sempre as condições...): se quisesse, era pra gozar transmitindo pelo cam4.

Com todo aquele tesão acumulado, segui as ordens. Liguei a cam, comecei a transmitir, pelado, de frente pra cam, punhetando. Só depois de 20 minutos transmitindo eu estaria autorizado a gozar e poderia desligar. Gozei litros.

Será que alguém assistiu, fez print ou gravou o slave gozando a mando dos machos? Se você viu, me escreva: [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/02/2014 22:06:33
Hmmm bom*-*
29/01/2014 10:37:49
LEGAL
29/01/2014 03:27:44
Continua.

Online porn video at mobile phone


novinha se esfregando um cano com tesão no futebolhistorias eroticas d virgem sangrando ao ser descabacadamulher e ca.comhordo fudendovendo minha esposa se esfregar noutro macho no forro contos pornoporno zoo mulher presa no canino fodida toda noite xvideosxvideos gordinha bem feitinhaestrupado a umazinha novinha a forcaconto de novinha tomando nas coxasGoroto ele é virgem e pai agara o pau do garoto conto eroticoXVídeos só voz tapeando e as netas bem novinhamorenas engatada do pênis grande e grosso do sul filasinto latejacoes embaixo do sacoContos gay me iludiu e me comeucontos eiroticos leilapornfime de porno mae e filhatrazano no banheroporno tirei o pau veio bosta bizarropono cario,caconto eroticoxxvideo amsiadaBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSAmulhervxs sexocontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãoContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadoQuilombola comendo gay conto eroticocontos erotico com meu pai dotadoxvidio porno zelado comi fazedeiraxvidio.com brasileras lambuzadas de leite condesadocontos eroticos proibidos sinhazinhamarido realiza sonho da esposa ser fudida por uma fila de homems pauzudos e grososFilha dormindo debruço o pai montou em cima e comer uma bundinha vendo pai comendo contos rapais vive romance proibido com sogra casadaSEXO CONTOS ERTOTICOS PEDREIRO CACETUDO ME FALOU UMAS BESTEIRAS FIQUEI TODA MELADA.ouvir contos eroticos narrados de gueis tranzando loucosvi minha namorada branquinha virgem sendo fodida por um velho pauzudo/contos eróticosverbater punhetas e esporrar mais que uma vez seguidascontos eiroticos leilapornos melhores contos de encochadas em evangélicas nos transportes publicosxxvideos comendo no interrogatório com força uma peitudaxnxx mulher de traficante fasendo rodizio com muito homemfilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetoesposa fica brava amate gosa dentro xvidiobucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudaxvideos ela pensou que ele tinha parado de gozar e quase engasgoufotodemorenacavalaXvidios fudicu gueyswww xvideos negão com penis 59cm comer. quatro mulher bucetuda.comfilho pego a mae a pucho videus porno.comSou bi e sou louco pra d o c pro meu primoxvideo das baroas fudedo na fazendasMulher fasendo croche e dano cu porno"Pq minha xota arde depois que eu fodo até o talo?"eu quero ver o sexo entre lésbicas sadomasoquismo com lactofilia ela outras mulheres mamando nela e amamentando três mulheres chupando peitocontoeroticosfudenocontos eroticos eu era bem novaponodoido cenas muito forteai meu cu tira esse pau tá doendo tiroteio loucode menor assusta com pal grande pornodoidoeu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkconto patricinha escravao garoto rabudo e onegao contosContos eroticos comendo o cuzinho do guricontos eróticos sou casada mas trepo com meu tio meu sogro meu padrasto e meu pai legitimowwwxxvideo filhinha ta louca botaSexocompaixaowwwxxvideo filhinha apaixonada.na rolanovinho arega na pica do coroa saradaocomedo o cu dos rapaxes bebados q nem senti a pica entra e goxam dentrcontos eiroticos leilapornbucetinhatopesmulher passa margarina ela pelada e no cu bem gostosofudeno uma ninfeta muito gostosa porbodoidocontos amante da professora casada e ninguem sabeesfregando so na portinha deixando ela toda mijadinha xvidiocontos eroticos esposa vagabunda adora picaocontos eiroticos leilaporncontos de verdade ou desafio xxx