Minha prima Pri (Minha fantasia com VOCÊ) 02 - parte 01

Um conto erótico de Flavinha Novinha
Categoria: Homossexual
Data: 01/09/2015 16:58:27
Última revisão: 28/01/2016 14:31:02
Nota 9.50

Olá meus safadinhos e safadinhas. Esse é o segundo conto da série MINHA FANTASIA COM VOCÊ. Espero que gostem. Deixem seu comentário. E se quiserem que eu fantasie uma conto com você, é só enviar um email para [email protected] e quem sabe você não seja o próximo escolhido.

Agora, fiquem a vontade para gozarem com mais essa deliciosa história....

Certo dia chego do trabalho e minha mãe disse que recebeu um telefonema de sua irmã, minha tia dizendo que gostaria de passar alguns dias de suas férias com a gente, afinal fazia muitos anos que não nos víamos. Ela morava em outra cidade distante da nossa. Viriam ela e minha prima da mesma idade que eu, 18 aninhos. E chegariam no dia seguinte pela manhã, no sábado.

Fazia muito tempo que não via essa prima, brincávamos muito quando criança, e já nem lembrava mais dela, sua fisionomia. Tomei meu banho e fui deitar para acordar no dia seguinte cedo e receber minha tia e prima. Achei que fosse dormir rápido, afinal estava cansada do dia de trabalho, porém tomou minha atenção o fato de rever minha prima... será que ela tava legal, chata, como estava seu corpo, e se iríamos nos dar bem como nos velhos tempos. Fiquei durante horas pensando como seria nosso reencontro, e até fiquei animada por isso. Adormeci e no dia seguinte levantei cedinho, arrumei meu quarto, tomei um banho bem gostoso, e coloquei meu pijama de volta, afinal elas iriam demorar mais algumas horas para chegar e queria ficar a vontade. Estava com uma blusinha bem soltinha e confortável com um certo decote, como ainda estava um pouquinho frio por causa da brisa da manhã, eu estava com os biquinhos dos seios durinhos e não dava pra esconder pois estava sem sutiã e a blusinha era bem levinha. O shortinho era apertadinho e curto suficiente para deixar minhas poupinhas a mostra, e como estava sem calcinha, marcava minha bucetinha. Estava tomando café quando de repente toca a campainha, minha mãe foi atender, abriu a porta, e para minha surpresa eram elas. Disseram que deram sorte e o ônibus saiu mais cedo. Como era só minha tia e minha prima nem me preocupei com a roupa que eu estava usando, afinal só tinha mulher em casa aquela hora, rs.

Primeiro veio minha tia me cumprimentar, toda feliz me deu um abraço bem apertado e gostoso. Apesar da idade, 39 anos, minha tia ainda estava inteirona. Não pude deixar de reparar em seu corpo. Ela é baixa e tem pernas grossas, bumbum grande, seios médios e uma cintura de dar inveja em muita menina da minha idade. Depois fui abraçar minha prima, que vou chama-la de Pri. Demos um abraço meio sem jeito, ela parecia meio tímida. Tem 1.56 de altura, um pouco magra, seios médios, pele clarinha, e cabelo castanho escuro com umas mexas azuis, uma graça. Olhos castanhos, lábios finos e uma bundinha redondinha e empinada.

Elas aproveitaram e sentaram com a gente para tomar café. Minha tia e minha mãe não paravam de falar, afinal tinham muita conversa para colocar em dia. Eu e minha prima ainda meio sem assunto estávamos caladas só ouvindo a conversa das duas. Percebi que as vezes ela me dava umas olhadas, que achei até que meio safadinhas, mas pensei que só poderia ser coisa da minha cabeça, rs Mas depois confirmei que ela me olhava meio diferente mesmo, peguei ela olhando para meus seios algumas vezes, e ela mal conseguia disfarçar, meus biquinhos continuavam durinhos e depois disso parece que eles ficaram mais durinhos ainda, e pareciam apontar para os olhos da Pri como se fosse ímã, rs

Como minha casa é pequena, ela teria que dormir no meu quarto e após o café, levei ela para guardar suas coisas e conhecer a casa, até emprestei uma parte do meu guarda-roupa para ela, que agradeceu com um lindo sorriso. E a partir daí começamos a conversar e nos soltar mais. Ela me elogiou, e disse que tinha ficado muito bonita e bem diferente de quando era criança. Também retribui os elogios e nos abraçamos novamente, agora com mais sentimento, afinal vivíamos juntas quando crianças.

Sentamos em minha cama e começamos a lembrar das brincadeiras, rimos por horas e horas. Até que perguntei se ela tinha namorado. Ela deu um sorrisinho e disse que não, na verdade gostava de mulher, já tinha saído com alguns homens mas não tinha a mesma graça, e as vezes ficava com algumas amigas. Não fiquei muito surpresa, pois já percebi que ela me olhava diferente. Conversamos mais um pouco e depois minha mãe pediu que fosse no mercado comprar algumas coisas para o café da tarde. Disse para a Pri ficar a vontade que a casa era dela. Peguei outra roupa e fui me trocar no quarto da minha mãe, e fui para o mercado.

Voltei para casa, deixei a compra em cima da mesa, e quando cheguei na porta do meu quarto quase tomei um susto. A Pri só pode ter levado a sério quando disse que poderia ficar a vontade, rs Ela estava deitada de bruços em minha, usando uma camisola de algodão. Parecia estar dormindo. Cheguei perto dela sem fazer barulho para não acorda-la e como estava dormindo decido me trocar ali mesmo, ela estava com a cabeça virada para o guarda-roupa. Tirei toda minha roupa ficando apenas de calcinha, quando ouvi um barulho vinda da minha cama, fiquei parada sem reação por alguns segundo. E bem devagar virei minha cabeça e olhei para ela que ainda estava com os olhos fechados. Me vesti bem devagar, coloquei uma sainha um pouco curta e uma blusinha decotada sem sutiã. Decidi deixa-la descansar da cansativa viagem. Porém quando estava saindo do quarto, olhei para ela, e estava com as pernas meio abertas. A curiosidade tomou conta de mim. Caminhei bem devagar até ela, e bem de perto comecei a olha as pernas dela e fui subindo até as coxas. Sua pele era lisinha. Continuei subindo o olhar, e como a camisola era curta, quase mostrava sua bunda, abaixei um pouco mais para olhar por debaixo da camisola, e que cena linda que estava acabando de ver. Ela estava com uma calcinha fio dental, aquelas que é só o fiozinho mesmo, que até dava para ver um pouco dos pelos de sua bucetinha. Meu corpo estremeceu todinho e senti um arrepio subindo entre minhas pernas. Sem querer soltei um gemidinho baixinho e ela se mexeu um pouco abrindo mais as pernas, o que fez sua camisola subir um pouco mais, deixando sua bundinha a mostra. Como era linda, redondinha e empinadinha. A essa hora acho que ela tinha percebido que eu estava ali comendo ela com os olhos, e acho que fingia estar dormindo. Eu estava tomada pelo tesão que nem me importava se ela estava acordada ou não. Minha vontade era de beijar seu corpo todinho ali mesmo. Porém me controlei. Senti minha calcinha toda molhada. Fiquei pensando, ela é minha prima, não posso fazer isso. E achei melhor sair do quarto antes de fazer besteira. Durante o dia aquela cena não saiu da minha cabeça. Era um misto de não posso, mas quero. Confesso que o tesão era muito maior e tinha medo do que estava por vir. Pois o desejo entre nós duas ficou nítido.

Continua...


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/11/2015 18:29:42
Muito bom o conto, parabéns.
01/09/2015 18:49:40
Dizem que as tímidas são as piores - as melhores, nesse caso. rs. Aguardando a continuação... Começou bem!

Online porn video at mobile phone


Pornô doído melhor femendo ia falando o meu deus o meu deus em inglêscampeonato de ciriricaQuero ler contos homem fudendo coroa de baby dollfotos de mulheres camponesas dando o cu e gemendo muintocoxas descoloridas fazendo sexolesbicas picando rebolando gozando chupandos colososAjudante de pedreiro dando a bunda grandecontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiragozda de mjlher cue gorra lonjefelidades testi fobeno u caraconto bdsm usadawattpad enteado gay chupando o pau do padrasto musculosoxvideos com . sexy porno ju safada adora provoncar sobrinha incentocontos eroticos gays com internatonegro favelado em zdhem lavando a rolanovinha com pouco pentelho contosxvideos chm shortinha curtinhominha tia mandou eu esfrega no banheiro tomando banho ela e eu comi ela a forsa ja que nao tinha ninguem e casa contos herotcontos: consegui convencer minha esposa ao culckoldingbrincando com a amiga acabei transando com elasexocontos eroticos amiga apostando o cubaixinhas levando no cu ate cagarassistir vídeo pornô pega mulher à força por trás tampa a boca no balcãoexvidio mulheres casadas que adoram da o cu pro maridoxvidiocomendo decaiamenina fode com negro dismarcado.chingando e gritando e fala que vai gozar.xnxxvizinho olhando a vizinha afudetconto erotico sobrinho novinho com tio e tiaver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosxvideo dramim pra sogranegona rindo com uma boconaConto o meu tiu gozo duas vezis no meu cuzinhoescondendo atrás do Paiol pornô Rasguei a buceta da mendiga com a mao contosFazendeiras e seus contos eroticos picantesconto anal orfanatoConto erótico interacial largando o esposo para viver com amante negrotia masturba sobrinho qe esta doentewww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brgostosas não aguento melo pau de merdacaso elevo omigo com 30 centimetro de pau pra foder esposacontos eroticos despedida de solteiracontos eróticos minha esposa benzido pelo pai de santomulheres estupradas por varios homens roludos ao extremoconto erotico de casada eu minhas filhas somos fudidas pelo meu bb roludao aguentei 28 cm de pica grande e grossabrechei.minha.mulher.chupando empregada contoconto erotico de casado o perigo mora ao ladoevangelicas na zoofilia com cachorrocontos eróticos aprendendo a dirigircontos gay um anjo em minha vida parte 14xvideos indigesto estrupadas pelo irmaoHem braco cm xvd pornovideos emprestei minha esposa gostosa para um amigo dotado 2017espoza bonita e casada dando moli pra amigos do maridocetona e da bundona tomando banho pelada no banheiro XVídeo19 redação do c* e o negão enfiando a picanamorada foi desgraçada por outro xnxxnao aguentei cumi a minga cunhada ali mwsmocontos eiroticos leilaporncoroa grisalho com uma chapeleta muito grande comendo um garoto novinhoConto erótic com dogxvideos mao em sinado ofilho atrasaVer os melhores e primeiros contos eroticos de biel sabatini e AlamXVídeos o cano locando deslocando e o cano de novo o cu da magrinhaxvideos maromba rebolando no pau bunda grande durinhanovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemMarido saiu potrabalho porno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhovídeos caseiro noiada no anal dói não dovideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delecontos eróticos vou te fuder faveladacontos. de. sogra. sendo .flagrada com. dotadoencontrar casadafonevideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaoas bunsanfas xvideox.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosPatrine da do 21 pelada mostrando a b*****novinhas vhotando e gozandoelementarians erotico