Do Hospital para a Putaria - O Conturbado Repouso de Cirilo parte final

Um conto erótico de Astrogildo Kabeça
Categoria: Grupal
Data: 14/09/2015 22:58:57
Última revisão: 18/04/2018 12:06:16
Nota 7.75

Era um dia de muito calor aquela sexta-feira. Cirilo estava praticamente recuperado e Denise teria seu ultimo dia de trabalho. Desde que rolou a trepada com a enfermeira, Cirilo tentava em vão convencer a profissional que cuidou de sua saúde a ter um “siricotico” com ele novamente,mas ela nem dava espaço pra isso.Naquele dia porém, ele notava que ela estava risonha e parecia que aprontaria. Isso o animou.

Vestida de salto alto e vestido que realçava seus enormes seios,Denise foi se despedir do seu paciente:

- Foi um prazer cuidar e tratar do senhor...Gostaria de algo mais?

- Bem, gostaria muito de pedir algo....mas acho que vc não cederia...

Era tudo que Denise queria ouvir:

- Hummmmm...por acaso vc quer uma mamada nessa bela pica?

Cirilo prontamente colocou aquela jeba pra fora e assim Denise se ajoelhou com a bocona aberta e abocanhou a piroca imensa que ainda estava mole,mas que endurecia a cada sugada da enfermeira...Tudo estava caminhando pra mais uma foda mais eis que a porta abre e surge Natalia. A loira ficou parada com as mãos na cintura vendo a cena. Quando percebeu a nora ali, Cirilo arrancou o pau e tentava guardar gaguejando.

- Na...na...ta...Natalia...Não sabia....que viria...a....assim.

- Mas o que está acontecendo aqui?O que o senhor está fazendo?

Denise se levantou séria:

- Não é ele que estava fazendo...eu que estava fazendo...e vou continuar quer vc queira quer não!...e voltou pra tentar colocar o mastro na boca com Cirilo inerte sem ter como reagir..

- Mas que pouca vergonha é essa,meu sogro?Vai deixar essa...vaca peituda te mamar assim?

Cirilo queria sair dali,mas não é que a enfermeira já estava num louco boquete?A mesma tirou o pau da boca e falou:

- ao invés de ficar aí querendo bancar a moralista,pq não vem aqui me ajudar?

Cirilo arregalou os olhos mais uma vez...Alias, teve foi surpresa nesse processo de recuperação dele...

- Vc é louca???Está pedindo pra chupar meu próprio sogro??quem vc pensa que é?

- Fala a ela,seu Cirilo,como vc jé me comeu imaginando ser ela,fala!

Cirilo estava sendo punhetado pela enfermeira que as vezes lambia a cabeça de sua pica enquanto Natalia olhava tudo fazendo de conta que estava horrorizada...Fazendo de conta pq obviamente era um jogo já tramado pelas duas ardilosas mulheres.

- Ele é doido pra lhe comer,Natalia...doido!Pq vc não vem aqui e faz as honras dele?

Cirilo tentou falar algo no que Natalia disse:

- É verdade sogrinho?Vc quer mesmo me comer???sou esposa do seu filho esqueceu??

- N...n...nã....não...não!!Ela tá mentindo!Eu...nem...sei o que fa...faço...aqui!

Já doida de tesão e querendo acabar logo com aquilo, Natalia emendou cheia de dengo:

- Não quero deixar essa biscate sozinha com vc não!Ainda mais que ela tá mamando um baita de um pauzão hein sogrão??Não sabia que vc tinha um pau tãaaaaaaaaaaaaao graaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaande!

- Vai, seu Cirilo...vai perder a oportunidade de ter duas mulheres mamando seu porrete?...disse Denise

Parecia que agora Cirilo entendia as coisas...Começou a mudar o semblante e ficando cínico olhando sua nora que estava ali dengosa:

- Eu vou se o senhor pedir...se não pedir,sua norinha vai embora...vou emborinha tá?...ia se virando quando ouviu o grito de Cirilo...

- Vem aqui,sua vadia!!!Era isso que queria ouvir,cadela!!Vou fuder vcs duas como vcs merecem,vagabundas!!!

Natalia se virou rapidamente já tirando a roupa:

- Uauuuuuuuuuuuu...meu sogrinho é macho assim é?Vai dar conta dessas duas potrancas é?o velhinho ainda guenta?Esse pauzão vai aguentar o tranco?

Gargalhando, Natalia voou nuazinha para repartir com Denise aquela grossa pica que estava já reluzente da baba da enfermeira.

E a cena rolava naquele quarto. Natalia no boquete, Denise beijando Cirilo que estava sentado se deliciando daquelas mulheres que fizeram a festa do seu repouso. Ora uma mamava, ora a outra, ora as duas lambendo cada pedaço de pica. Tinha o suficiente pras duas.

- Cadelas desgraçadas...chupem bem gostoso assim...ah....vcs serão recompensadas, minhas deusas...

As duas se olhavam e colocavam as línguas para lamber a cabeça do cacete e as duas se linguavam as vezes.Até que naquela disputa de quem era a mais vadia, Denise segurou o rosto de Natalia e tascou um beijaço, no que foi correspondida pela loira. E aquele clima de muita língua, beijos na boca uns dos outros, e muita mão em peitos e bundas, Denise ficou em pé e ofereceu a buceta para Cirilo se acabar de lamber, enquanto Natalia continuava caprichando no boquete.

- Lambe minha xota, seu coroa escroto!Pauzudo do caralho!Vai ter que tomar conta de duas éguas hoje,seu jumento devasso!

A situação se inverteu quando Denise foi chupar e Natalia ficou em pé praticamente rebolando como uma dançarina do ventre na língua de seu sogro. Naquela posição, voltou a mamar a tora junto da enfermeira,enquanto Cirilo castigava o cuzinho dela com os dedos.

- Canalha...Esse cafajeste está lambendo meu cuzinho, Denise!

Depois de muita chupação de cu,pica e buceta, Natalia começa a cavalgar o sogro numa tremenda rapidez, enquanto a enfermeira ralava a mão no grelinho da loira amazona.

- Pula assim,putinha...vai,cavalga seu garanhão, sua corneteira!

- Uhhhhhh...me arromba,seu puto,arregaça a esposa do seu filho!Me lasca,caralho,fode sua putinha!

Denise pegava no corpo de Natalia e forçava ainda mais pra baixo,pra dilacerar de vez a buceta da loira no pau do convalescente Cirilo.

Chorando de prazer, Natalia goza no pau de Cirilo, que parecia disposto a morrer pelo prazer de meter bem naquelas duas. Momentos depois já estava metendo na enfermeira,que estava de quatro metendo a língua na buceta de Natalia.

- Puta que pariu,isso é mais que um sonho!..dizia alto Cirilo, que metia com vigor

- Ahhhhhhhhh...mete a língua assim,sua prostituta!Mostra a profissional que é!Hummmmmm...que língua escrota tem essa ordinária!Devia ser a maior puta do cabaré!

Natalia então se meteu embaixo da enfermeira e tentava mamar os enormes seios de Denise,que sacolejavam com as investidas,mesmo sendo bem pesados. A loira se afogava naqueles peitões que esbarravam o seu belo rosto de olhos verdes.

Já dando sinais de extremo cansaço, a foda se encerraria com Cirilo arregaçando num frango assado a buceta de sua norinha, com Denise lambendo o rosto suado da loira,que urrava de prazer ante as investidas do monstruoso cacete do seu sogro

- Arromba essa puta!Aquele corninho frouxo do seu filho nem vai perceber a esposa toda arrombada por um mastro de verdade!...Berrava alto Denise, que se mostrou uma pervertida lembrando de alguém que nem sonhava com aquela sacanagem toda que os 3 aprontavam..

Já praticamente em pé montando literalmente na nora, Cirilo com seu portentoso mastro deformava aquela buceta que era sua já a tempo...

- Toma,putaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...

A loira sacolejava na cama revirando a cabeça de um lado para o outro,enquanto Denise estapeava suas pernas e mandava Cirilo acelerar ainda mais a metida, se isso fosse possível. Cirilo então tirou o pau e mirou na boca da nora que recebia a chupa de esperma na boquinha. Denise lambia o pau de Cirilo e Natalia resolveu acompanhar a limpada de cacete. As duas mamavam o resto de porra enquanto Cirilo já estava quase dormindo de tão exausto.Dividindo a porra e falando putaria baixinho,as duas riam da travessura que aprontaram...

Caia a tarde e os 3 devassos que fizeram loucuras nesses poucos meses de muito sexo, tiravam um merecido cochilo, espalhados pela imensa cama de um Sujeito que achava que iria apenas repousar de uma grave patologia,mas acabou virando o astro de um filme pornô pra lá de real.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/12/2018 23:54:37
Sensacional!O véio tava bem do coração pra aguentar essas duas! Não sei se eu aguentava!
08/02/2018 19:33:44
excelente
12/10/2016 23:00:30
Muito bom mesmo. Não sei porque você não escreve mais. Seus personagens são coerentes e sempre há uma motivação no que fazem.

Online porn video at mobile phone


não sei Teixeirinha gostosa arrombadaconto dei o cu no onibuscoroa peituda de buceta peluda fidendo depois da festaxvideocomi minha amiga de deitadoxvideo chiar a cunhada no banho e comendo nelapastora ficor surpreza na massagi com um pau na bucetasobrinha nao aguento da o cu por tio pedio pra paramadastra x padastro fodendo enteados ninfetosporno. cazano muita no vinhamim arraganhei e dei o cu e a bucetaNovinha de 18anos dando para um jardineiro com uma de 16centimetrovaqueiro me comeu em cima do cavalo pornpeões de obras para Dudu f****** v******* contos eróticos gaysMinha esposa centou no colo de outro cera que eu sou corno manssoxvedeo filho na aquenta ve sua mae de calsinha e acoxa elaporno menina se prostituiu com pau imenco que alargouconto erotico com fotos haremcache:http://zdorovsreda.ru/xvideos gostosa dançando dodo pressaox vdeos novinhas mostrando busetinhasites porncontos escritos zoofilia cavalosConto erotico gay o bom filho a casa torna capitulo 10peladacamisinhaSapeka xsvidiocontos eroticos meninas de doze anos transando com o primo com calcinha rosa com lacinhos brancocontos porno gay bebi leite na mamadeiracontos de mulheres vacas que levam no cu e na conameninos irmaos gay gostosos sarados pelados batendo punheta na cam e na escolaConto o meu tiu gozo duas vezis no meu cuzinhoadorei picao do papai na minha bucetinhaCoroa dorme e a rola entrandoxnnConto erótico bricadeiras eradas com o paiconto gay o meu sonho de consumoperdi a virgindade pq quiz conto incetonòvinhá brasileira da bucetinha carnuda ê peitão na siriricá porno.xxnovinhasxvideo namorada cuida do namorado com o braco enfachadofiume porno garoto senti tezao pela crentinhabaixando GTA tomando banho no banheiro tocando siririca eu não aguentei e ajudei ela comendo elaporno sarando na coroa na frente do corno no onibosxvideos nynynha velho bebado esfregando a cabeça do pinto na bucetaxvideos sheila bordel novelanovinha com sabonete batendo uma no chuveiropra um homemacompanhante trasando com intiado no hotelmarcelo fudeno numa cadelafui comido e virei mulherxvıdeo novınha gozando muıtocontoseroticosvariasgosadasContos de crentes peludascontos eiroticos leilapornhotmail muletodavídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherxvideu mae safada seno comida afossa pelo o filinhovideo cazeiro novinha levando pica do painho em baixo da cobertaxvideos estrupo a adigogada em2 marmangoshomem em trem lotado passa o pau no capu defusca da novinhaliberalina vadia casadaAbrir filme de sexo caixa de molho tirando a virgindade das moças de 18 anos gostosaXVídeos comendo a priminha de buçomegao gpsano n poetaadorei picao do papai na minha bucetinhaquero ver o cara fazendo pipa nas pernas da mulher com short bem curtinho deitado na camaponodoido comendo a cabeleira enquanto a esposa arruma o cabelo completoimagens pra zap tipi eu mkkka egua me excitou e eu esporrei nela/contoeguas taradinha no cio pigandoporno buceta fudrndo em varias provisõesvídeo de sexo negão lascando a b***** de magrinha Sonhadananinha xvidiosesposa de fio dental enterrado no eo amante arebenta.o cu dela.e corno olhandoconto erotico vovo bucetao traindo vovoela tirou roupa na frente do anão achando que era um menino conto eroticoVc e feinha buceta tua nao quero nem teu cu mem teu seio nada de voce me interessa cumendo u cu da filha videio gratisgordas de foi dentauxvidio gainhaconto erotico huntergirls71xvideos nããooocontos eróticos sinhozinho comendo negrasxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachovelinhos tentando meter com netinhas novinhas e n aguenta xvidiosContos transformaçao femea porncontos eiroticos leilaporncontos eroticos de encoxada com marido do ladocontos eroticos de evangelicas metendocontos bulinando minha tetinhacasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetanora flaga sogro espiando ela no banho batendo punhetaContos eroticos dando banho na garotinha