Marido me indicou sua mulher para ser minha diarista - parte 2

Para entenderem este conto é fundamental terem lido a primeira parte (basta clicar no meu nome para ter acesso). Servido o almoço, convidei a Márcia para almoçar comigo e por volta de 30min almoçamos e conversamos amenidades. Olhava fixamente para seus olhos, seus lábios e seus seios. Ela certamente se notava observada e portava-se de forma confortável, mexendo os cabelos algumas vezes como uma boa fêmea que gosta de ser admirada.

Eu: Márcia, posso te fazer uma pergunta?

Ela: Uai, pode!

Eu: É que estou querendo tirar um “cochilo” e, como sei que você tem que limpar o quarto, gostaria que você me acordasse as 14:30. Pode ser?

Ela: Claro. Tudo bem. Enquanto isso termino de arrumar a cozinha e a sala.

Eu: Vou deixar a porta apenas encostada, para que você possa entrar e me acordar. Tenho sono pesado, mas não me vai jogar água hein?! Kkk

Eram aproximadamente 13:30 quando fui para o quarto. Levei meu notebook fiquei lendo contos eróticos e assistindo vídeos pornôs para deixar meu pauzão bem duro para que ela notasse quando entrasse no quarto. Por volta das 14:20 desliguei o notebook, vesti um SHORT TÉRMICO de cor branca (pra quem não conhece são aqueles shorts apertados que os jogadores de futebol usam por debaixo do calção). Continuava acariciando o pau para mantê-lo ereto. Peguei meu celular e digitei um email (mas não enviei) para o Marido dela:

“Olá amigo, acho que já pode se considerar corno neste momento. Advinha o que estamos fazendo? Por que você não liga pra ela agora e escuta você mesmo?”.

Passados alguns minutos ouço ela se aproximar e a porta se abrir.

Como estava com os olhos fechados, fingindo dormir, não pude perceber a reação dela ao me ver deitado de barriga pra cima (adoro exibir meu volume), pernas levemente abertas, sem camisa, apenas com o short térmico e o pau atravessado nele, deixando aquela delimitação que toda boa fêmea adora ver. Ouvi alguns passos dela caminhando em direção a cama e, acreditem, demorou cerca de uns 40 segundos para ela me “acordar”. Certamente ficou perto da cama apenas me observando. Logo em seguida, tocou em meu ombro e disse suavemente e em tom baixo:

Ela: - Paulo... Sr. Paulo

Eu: - Oi... Nosssa... Obrigado Márcia. Já são 14:30 neh?

Ela: Sim.

Eu: Nossa, estava tendo um sonho ótimo.

Disse isso olhando para ela e na sequencia dirige meu olhar para o meu pau. Obviamente que minha cara entregava que eu não tinha dormido é nada. Ao dirigir o olhar para meu próprio corpo ela também o acompanhou e, assim, olhava para meu pau/short.

Ela: Acho que sei que tipo de sonho...

Eu: Como assim acha que sabe? Por que? (me fazendo de bobo).

Ela: Por causa desse pau atravessado de tão duro! Disse isso apontando para meu pau.

Eu: Está bem duro mesmo, mas ele está assim por outro motivo, chega até a doer de tanto que está duro. (disse isso alisando meu pau suavemente dos testículos até a glande, por cima do short e olhando fixamente pra ela).

Ela: Desde que cruzei com você lá em baixo vi que é mesmo um safado. Sou uma mulher casada mas não sou de ferro. Agora você vai ter o que quer!

Eu: Então vêm logo...

Nesse momento ela subiu na cama, ficando de quatro com o rosto na frente do meu short, começou a alisar meu pau por cima do short, ela beijava, mordiscava, salivava de tanta vontade de chupar, esfregava o rosto dele e mordia os lábios. Estava me levando a loucura.

Ela: uhm...uhm....

Eu: uhm.... ah... Tira meu short logo Márcia, é uma ordem.

Ela então abaixou meu short e começou um boquete maravilhoso, lambia das bolas a glande, chupava freneticamente com uma habilidade inigualável, punhetava enquanto mantinha a cabeça toda engolida. O tesão era total. Lembrei-me do email que tinha deixado pronto no celular, peguei o smartphone e cliquei em enviar.

Eu: Que boquete maravilhoso. Chupa sua vadia.

Ela: Que pau gostoso. Meu deus. Lupt.... lupt...

Em alguns minutos o telefone dela tocou, estava preso a cintura da calça dela. Ela pegou o telefone e o colocou sobre a cama como quem não fosse atender. Pude ver no visor: “Rogério” (marido dela). Percebendo a intenção dela de deixar tocar até cair, eu disse:

Eu: Pode atender!

Ela: Não posso. É o meu marido.

Eu: Atende. Atende logo que estou com muito tesão sabendo que é o corninho.

A safada sorriu e então atendeu o telefone, e começou a conversar olhando alternadamente entre meus olhos e meu pau.

Ela: Oi amor.... (disse isso segurando em meu pau)

Ela: Está tudo bem sim, ainda tenho muito serviço aqui mas devo chegar em casa no horário normal. (peguei ela pelos cabelos e forcei uma vai e vem no meu pau, que fez com que ela se embaralhasse na conversa..)

Ela: Tá..... Ë que to trabalhando amor..... (ao dizer isto comecei a dar “tapas de pica” no rosto e na língua dela.... fazia com força, pois queria que o corno ouvisse do outro lado.... bati umas 10 vezes no rosto delaEla: Beijo... até mais..... (Desligou o telefone)

Ela: Seu safado, acho que ele pode ter desconfiado porque perdi a respiração nesse pau gostoso... fode a minha boca fode....

Comecei um vai-e-vem frenético na boca dela....

Me levantei da cama puxando-a por um dos punhos e joguei ela contra a parede de forma que ela ficasse de costas para mim. Agora pegando com cada uma das mãos em cada um de seus punhos abri seus braços e comecei a beijar seu pescoço, nuca e orelha. A medida que ela gemia encostava no meu pau e comecei a forçá-lo contra aquela bunda maravilhosa (eu pelado, ela ainda de legging).

Ela: Nooossa....

Eu: Tá gostando néh sua vadia? Você acha que pode vir trabalhar na minha casa, veste essa legging e não vai ganhar rola é? Agora você vai ver só por ter me provocado...

Ela: Noooossa... ahhh... o que você vai fazer comigo? É você quem me provocou seu safado, gostoso...

Segurei seu cabelo e dei um puxão fazendo-a olhar para mim, o que ela fez não sem antes soltar um “gritinho”:

- Ela: Ah...

- Eu: Vou tratar você como uma puta que é o que você merece sua gostosa (ao fazer isto dei um tapa muito forte em sua bunda).

Ela: Aiiii.... você ta me deixando muito louca...

Joguei ela na cama, posicionando-a de quatro. Freneticamente retirei sua calcinha fazendo questão de rasgá-la. E comecei a chupar sua buceta. Alguns minutos assim e ela já urrava de prazer:

Ela: Ah,...... chupa..... isssoo.... chupa essa bucetaahhhhhhhhhh

Comecei então a chupar seu cu e enfiei logo de uma vez dois dedos naquela boceta. Que delícia era aquele cuzinho. Comecei a forçar minha língua cada vez mais...

Ela: Safaaadddo.... chupa meu cu.... ai minha boceta....

Passados uns minutos vi que ela estava quase gozando, então, resolvi me deitar colocando a cabeça por debaixo dela e comecei a chupar seu clitóris intensamente. Ao mesmo tempo, enfiei os dedos médio e indicador da mão direita na buceta dela (ela continuava de quatro) e com minha mão esquerda soquei aos poucos meu dedo médio no cu dela... que gemia... urrava... e agora gritava de prazer....

Ela: Aiiiiinooooossa..... que sensação é essa...... tuuuuudooo.... língua... buceta.... cu..... eu vou gozar..... eu vou gozaaaaaaaaaaaaaaar.r......

Nessa hora ela gritou alto, se contorceu e depois se jogou na cama.... como alguém que estivesse cansada....

Eu: Acha que acabou éh?

Fui logo pegando os travesseiros que tinha na cama e coloquei em baixo do quadril dela de forma que sua bunda ficasse arrebitada. Então montei em cima da cavala e comecei a pincelar meu pau na buceta dela...

Ela: Isso.... enfia.... enfia tudo... enfia logo...

Eu: Você não manda nada aqui. Esqueceu? Pede de direito?

Ela: por favor, enfia... me come....

A buceta dela estava muito molhada de forma que já manchava o travesseiro que estava por cima. Vagarosamente coloquei centímetro por centímetro fazendo ela sentir todo ele entrando. Como um bom comedor comecei a harmonizar o movimento e passado uns 5 min comecei a bombar e como estava acocorado sobre ela os movimentos iam com muita força... eram estocadas profundas e forte...

PluftpluftEla: Ai.... aaaaaaaiiiiiiiiimete...... come a minha buceeeettaque paaaaaauuuto gozando de novo..... aaaiiiii.....

Come a sua empregada.... Cooommeee......

Assim como ela, também já estava quase gozando mais eu queria gozar em sua boca. Sai de cima dela, fiquei em pé ao lado da cama e a puxei pelo cabelo fazendo-a engolir novamente meu pau.

Eu: Bate uma punheta que vou gozar na sua cara.

Ela punhetou meu pau muito rápido e logo esporrei na cara dela jatos de esperma. Até eu me assustei com a quantidade. Botei meu pau novamente em sua boca dizendo:

Eu: Chupa tudo... chupa tudo...

Terminado o sexo, ficamos na cama por alguns minutos nos recompondo. Ela então saiu e foi em direção ao banheiro social e tomou um banho. De repente, ela entrou no meu quarto usando somente a calcinha que eu havia lhe dado, deu uma voltinha e não pude acreditar no quão linda aquela peça ficou nela: branca, pequena, enfiada naquela bundona gigante.

Ela: Viu como serviu?

Muitas coisas aconteceram depois, mas penso que seria coisas para outros contos. Mas antes de terminar acho que cabe relatar o email que enviei ao Rogério e o que ele me enviou enquanto comia sua mulher pela primeira vez.

Email dele: “Olá, liguei para ela como você disse. Ela estava ofegante e não conseguia entender direito o que eu dizia. Ela não me disse coisas com coisas, demorava pra responder. Já bati duas punhetas imaginando o que está acontecendo aí.... O que era o barulho que tinha na ligação.....Aguardo respostas”

Trechos do meu email de resposta: “Olá Rogério, como você havia dito. Ela é realmente uma mulher maravilhosa. Acabamos de ter uma transa sensacional, inesquecível. Só tenho a agradecer você. Aquele hora que ligou ela não conseguiu se comunicar perfeitamente porque enquanto conversávamos ela me fazia um boquete. Ela é uma boqueteira de primeira. Os barulhos que ouviu foi porque enquanto ela conversava contigo eu dava “tapas de pica” nela com toda a minha força para ela sentir a minha rola e você ouvir. Ela comentou que até doeu um pouco de tão forte que eu batia. Era isso! A buceta dela é deliciosa... O cu vou saber depois... Enfim... Quero que saiba que de agora em diante irei comer ela sempre e quando quiser. Ok? Espero que não se importe. Prometo te contar tudo, como combinado, dá próxima vou mandar o áudio dela enquanto como seu cu”.

Aos que curtiram o conto, não deixe de comentar no site ou no meu email pessoal: [email protected] Possivelmente não irei postar a continuação, quando comi o cu dela (e os desdobramentos), acho que não se faz necessário. Mas posso mudar de ideia. Enfim... Espero que tenham gostado.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Loiro Gato Discreto a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/05/2016 09:59:47
Adorei seu conto estou desempregado e minha mulher também faz faxina será que já rolou algo semelhante tenho minhas dúvidas mas a maioria das casa que ela vai são de Sr de idades assim dos 65 anos e ela fala que são diabetes será que corro perigo o que vcs acham ?
26/01/2016 13:18:18
Excelente e desfecho ! Excitante! Quero uma empregada assim pra mim tb!!!!
24/01/2016 03:40:15
Ótimo conto!!!!
23/01/2016 02:35:24
Que conto delicioso! Só de imaginar a sorte dessa emperagada eu fiquei toda molhadinha! Continua, delícia!
23/01/2016 02:33:54
22/01/2016 19:51:25
Ótimo, foi muito bom.
22/01/2016 19:03:27
Se ñ for pra terminar de contar,ñ deveria ter começado,rrrrrr tava indo ate bem,ai ja começa a ficar com frescura,
22/01/2016 18:25:26
Merecemos saber a continuação...
22/01/2016 16:39:19
muito bom seu conto nota dez
22/01/2016 16:19:40
Que delicia esse conto eu ja trinha adorado o primeiro e essa continuação é tudo de mais maravilhoso que pode acontecer na vida de um casal em que o marido é corno manso como eu é uma delicia isso tudo parabéns meu amigo adorei nota dezadorei o conto adoro todos eles.... ” “fantástico. são contos assim que animam a gente a continuar lendo. um dos contos mais excitantes que tenho lido ultimamente. não só esse, mas todos os outros escritos por você. sou casado e adoro imaginar minha esposa vivendo situaçoes assim e agora com esses contos de cornos totalmente mansos , estou louco de exctiatção sempre imaginando aminha esposa vivendo historias assim é uma deliciameu email , gostaria de conversar com amigos aqui do site sobre isso

Online porn video at mobile phone


contos de boquete bom de primos e primas novinhoscontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeporno meu marido adora me ver chupando porra de mendingisduas irmãs gêmeas que dá para fazer no ciriricaquero ver um pauzao numa buceta e o negao batendo com uma pinhola p dar o cu gostosoenfermeira tarada fudendo com seu pascientepadastro de 45 cm no cu da intiada de 24 anoscontos eróticos transformação marquinha biquíniContos eróticos de incesto mae que cuzinho guloso e o seu engoliu todo o meu cacetao"Foi um dos piores dias da minha vida. O que era para ser uma viagem de navio com minha esposa..." contos eroticosFiquei toda arregaçada com o pedreiroConto incesto garota de 09 aninhos popozudaqualquer coisa enfio na buceta relatos xvidio novinha cesú xvideo peguei a mãe e arranqueo cabaco da duas filhasporno criolas formando fila pra ficar com roludoencoxada bem arroxadaprima novinha sarra a bunda na rola do primo e a feridacutucando buceta de cadela com dedo zoofiliarelatos erótico mais lidos Genros bucetinhadeindiabubuta bem dada com pau pekeno yutubejaponesa sexy taxando xvideo.comContos de meninas novinhas que liberaram o cuzinho pro namorado da sua mãe mas não aguentaram a rolab******** cabeluda gemendo e chorandoprensada no colchão pornContos mendiga pornobucetinhas Taubateana xvideoscontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delapadastro de 35cm de pica no cu da intiadadois hetero trazas tiro pica pra gozarisso viadinho chupa minha rola engole tudo logo vai engolir ela toda nesde cuzinho apertadocontos eroticos comi a filha da minha inquilinaadorei a enconxada que ele medeu erotico aldianimopron.com lara umcavaloContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadoconto marido pagou home de progama para come sua mulher ela ainda deu cucontos eróticos as amiguinhasconti erotico de corno narrado por mulher yotubmeu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticoUma coroa evagelica fudedo de saia cupridacontos eróticos meninas de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhoxvidiopornô doido meu padastrovirei a cadela da turmahomem comendo buceta e sarindo gosma do tico videoamigo gay bundudo liso vestido de mulher na festa conto gayxvideos.com mulher diz nunca provei assimcontos de sexo com minha tia vaiiii tiaaaAte o primo do corno ja me fudeunovinha paitihawwwxvideo pai gosa forte reladoaxo que minha mulher pulou a cerca pra fazer analcontoseroticos/comadre rabudaConto porno palmadasso ģostosas se calcinha atolada.deitada na camaa empregada disse adoraria te comer contoscontos eiroticos leilapornmostrando buceta po amigo pater uma xvidiovideos caseiros itabiranas fudendo escondidoscomo faze a mulhere no gta xupare no gtacomendo a elaine no cantteito de obras xvdeosXvideo chupou o eletricista e tomou choquecontos eróticos gays,uma amizada aguenta tudo,Marcosbaixar filme pornográfico de coroas transando buceta com buceta liberado para assistir e já funcionandofilha dorme pelada e pai ve eldanovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornomadano rola na novinhacontos eiroticos leilapornFotos novinlhaa dormindo e sendol abusadacontos eroticos fode FrouxoContos mendiga pornofreiada do carro picao entrou xvideospornou homem nao aguenta e goza na burcerta da putaAliviando os funcionarios contos eróticosduas irmãs gêmeas que dá para fazer no ciriricaarretada e gostosa minha mae conto incestocontos mulheres casadas camareiro de hotelConto erotico quado dei leitinho para minha filhacontoseroticos/comadre rabudamarido fazendo covardia com a buceta da esposaConjunto porno ardende bruno gozar tarde toda ao vivoassistir filmes porno a itiadaas Panteras