Dois Príncipes e uma História - Cap 25

Um conto erótico de Bernardo
Categoria: Homossexual
Data: 25/01/2016 14:50:29
Última revisão: 25/01/2016 19:13:24
Nota 10.00

Fala meus lindos eleitores!

Mais um capítulo fresquinho pra vocês!

Não sei se está bom porque havia quase dois meses sem escrever!

Hoje to extremamente corrido! Mas não posso deixar de mandar um beijo para os meus leitores lindos e amados!

Pyetro_Weyneth

Bee20

Raquel *.*

Mr. John

Grazy_<3

¥¥David¥

Helloo

Geomateus

ValterSó

FASPAN

TRenattoZ

Prireis822

CDC✈️LCS

Thalesenando: Um bem molhado e bem estalado na bochecha da senhora!!! Sabe que te adoro! ❤️

Seria perfeito se aqui tivesse um botão de responder os comentários kkkkk Galerinha obrigado por tudo vocês são fodas!

A respeito do capítulo dos garotos será o próximo! Já tenho algumas ideias espero que gostem!

Então borá lá Cap 25!

Lembranças:

Era mais um final de semana na casa da vovó Alzira, estávamos todos nadando na piscina, eu, meus irmãos e Fael. Fazia alguns meses que Diego se mudara aqui para o Brasil e sempre era aquela festa! Adorávamos brincar de vôlei, então os times eram sempre divididos entre Diego e Dudu de um lado e eu e o Rafa do outro. Lembro que a cada ponto que marcava meu primo vinha na minha direção para me abraçar! Eu adorava seus abraços! Como era gostoso! Era diferente de abraçar meus irmãos, me sentia seguro quando estava ao lado do meu primo! Após alguns minutos de jogo estávamos dando uma surra na equipe adversária... Quando ouço uma voz estridente gritar "Posso entrar???" Aff meu fim de semana tinha acabado ali! Não era possível que aquela menina iria estragar mais um fim de semana perfeito! Raissa era filha de um primo do meu pai, tinha a idade dos meninos e por isso se achava superior a mim e ao Dudu. Como ela ainda não tinha muita intimidade com Diego, veio direto para a parte da piscina que estava eu e o Rafa. "Eduardo vai pro outro time que eu jogo com o Rafa!". Gente que ódio daquela menina! Acho que na época eu tinha uns nove anos mais ou menos... "Eu sou o Bernardo... Raissa!" eu digo bravo pois ela sabia muito bem que era eu! "Ah tanto faz! Vocês são iguais" ela diz com aquela cara de nojo... Olho para o meu primo, mas o mesmo está hipnotizado olhando para o corpo da pré- adolescente. "Anda logo menino o sol ta quente!". Ainda tentei argumentar chamando pelo Rafael, mas ele simplesmente sorriu amarelo e deu de ombros! Aff Que ódio! A nojenta apenas me olhava sorrindo vitoriosa! Aquilo foi me dando um nó na garganta! "Não quero jogar mais!" Sai da piscina pisando duro! O Rafael ainda gritou para eu parar de ser criança e voltar pra piscina, mas mostrei o dedo do meio pra ele e sai rumo a cozinha. Ainda ouvi um "Ai que pirralho mal educado esse seu primo Rafa! Aff! É adotado e ainda se acha!". Era por essas e muitas que eu nunca fui muito fã da família do meu pai! As lágrimas já teimavam em cair, entrei na cozinha todo molhado mas nem estava ligando! Eu só queria chegar ao meu quarto. "Bernardo?" Ouvi a voz da mãe do meu pai me chamar "O que foi meu príncipe? Por que está chorando?" A velhinha me abraça apertado, nem ligando que eu estava todo molhado. "Brigaram com você?" Não aguentei! Me joguei nos braços dela e chorei sentido! Vovó tentava me consolar, mas nada me fazia acalmar. Então ela me leva até o banheiro e liga a banheira despejando espuma e umas pedrinhas cheirosas na água. "Vem meu filho, esse banho vai acalmar você!" E realmente acalmou após alguns minutos, eu já não chorava e até brincava com a espuma. Com muito carinho dona Alzira me seca e coloca uma roupa confortável já no meu quarto. "Agora me conta Bê!O que aconteceu lá na piscina?" ela me pergunta com aquele tom materno. "A Raissa vó!" Contei com todos os detalhes tudo o que ocorreu desde o momento que a garota pulou na piscina. Vovó ouviu tudo atentamente e ao fim disse que não era para ligar para o que a Raissa falava, que ela iria ter uma conversa com a menina. Até que Rafael bate na porta do quarto e coloca a cabeça pra dentro perguntando se podia entrar, abaixei a cabeça e não olhei para ele. Vovó disse que eu iria dormir um pouco, que depois conversávamos. Só sei que cai no sono com vovó afagando meus cabelos. Acordei já deveria ser fim da tarde, ainda estava meio zonzo quando fui procurar minha avó, para minha surpresa estavam todos tomando café. Sentei na mesa e Diego perguntou se eu estava bem, minha avó disse que eu tive apenas uma dor de cabeça, que não era para ele se preocupar. Raissa graças a Deus não estava na mesa e nem perguntei se ela já havia ido. Naquele momento estava chateado com o Fael, pois ele sempre fingia indiferença a mim quando aquela garota estava por perto e aquele dia tinha sido a gota d'agua. Sentia ele me encarar mas não ergui a cabeça em momento algum, mas assim que ele terminou o café se levantou e pegou na minha mão. "Bê desculpa por ter te tirado do meu time?" mediante aquelas palavras olhei em seu rosto e vi que suas palavras eram verdadeiras, pois seu olho estava cheio de água. " Tá bom Rafael, tá bom! Mas da próxima vez eu vou fazer time com o Diego!" Falei confiante mas Dudu já retrucou bravo "Não não Bernardo! O Di faz parte do meu time! Nem vem!". Quer ver irritar o meu irmão? "O Diego também é meu irmão Eduardo! Se eu quiser fazer time com ele eu faço!" Kkkkkkk só sei que minha avó precisou apartar a briga. Após o café fomos todos assistir desenho, mas meu primo me puxa pela mão e me leva para o varanda onde sentamos na rede. Ele me estuda por alguns segundos e fala "Você me desculpa por hoje?" Achava tão lindo aqueles olhos verdes, tão diferente dos meus escuros. "Desculpo!" e ele me abraça de lado me dando um beijo na bochecha. "Bê preciso te contar uma coisa!" ele fala momentos depois baixinho olhando para o chão " Pode falar!" respondo ainda meio estranho por causa do beijo. "Hã é que assim... Eu sei que você não gosta dela mas eu to namorando a Raissa!"

Continuação: Bom dia demônio!

Sim gente quem entrou pela porta era a puta da Raissa! Lógico que bem diferente daquela época da casa da vovó, agora a vaca estava mais bonita ainda! Toda produzida num salto 15! Minha vontade era de dar uma voadora na cara dela! Mas fiz o fino e enterrei nosso passado!

- Raissa? Quanto tempo! – ela me abraça e eu sinto aquele perfume doce eca! – Não sabia que estava no Brasil!

- Pois é meu bem! Voltei para ficar! – ela sorri para o Fael e meu estômago deu um giro de 360º graus – Minha felicidade sempre esteve aqui no Brasil!

- Ah pensei que fosse com o John no Canadá! – alfinetei a dita cuja – Aliás cadê ele? Veio para o Brasil também?

Seu sorriso vacilou e eu sorri por dentro! Há! 1 x 0 Bernardo! Já sabia pela rádio fofoca que seu casamento com o canadense não ia bem!

- kkkkk John já é passado! To solteira na noite! Pelo menos por enquanto! – ela pisca para o meu primo sorrindo e o filho da puta sorri em resposta.

- Hã Raissa esse aqui é o Rafael... Amigo do Bernardo! – meu primo tenta se esquivar quando eu olho com a cara fechada pra ele, ele sabia o quanto eu odiava aquela garota.

- Prazer Raissa! – meu namorado estende a mão indiferente para a morena, que dá aquela conferida nele.

- Amigo não! O Rafa é meu namorado! – já que meu pai tava sabendo foda-se! Seus olhos arregalaram e seu maxilar quase caiu no chão, meu primo também parecia surpreso.

- Namorado??? Você é gay??? Caraca!!! – ela diz toda cheia de dentes me fitando de cima a baixo – Que desperdício!!! Ainda mais que você está todo gostoso primo! Fala sério Bernardo!

Nossa senhora da lei Maria da Penha me dá forças pra não quebrar a cara dessa menina!

- Há! Agora eu entendo essa obsessão que você tinha com o Rafa! Hummmm tá namorando até um Rafael! - ela diz sorrindo medindo meu namorado novamente!

Eu não sei quem estava mais atônito naquela sala, se eram os Rafaeis ou se era eu diante das palavras daquele ser tão sem noção!

- Raissa vamos lá deixar sua mala no quarto de hóspedes! Preciso avisar a tia que você irá ficar uns dias aqui! – disse Fael um pouco constrangido.

- Como ficar aqui Rafael? Porque não avisou antes que ela vinha? Não tem quarto para todo mundo! – falei acabando com a falsa trégua, aquela garota não iria ficar na mesma casa que eu! Não mesmo!

- Foi tudo de última hora Bê! A casa é grande sempre cabe mais um! E outra a Rai vai ficar só até domingo! Logo voltará para Goiânia! Não é prima?

E ele saiu puxando a maluca para dentro de casa sem deixar eu retrucar!

O Rafinha me olhava como se não entendesse nada!

- Amor quem é esse ser na fila do pão? Kkkkkkk E porque você está vermelho desse jeito? – meu namorado me pergunta momentos depois.

- Aí Rafa longa história! Ela é nossa prima de segundo grau, foi praticamente criada com a gente! Mas como Deus é pai ela foi morar no Canadá e nunca mais voltou... Puta que pariu eu mato o Rafael!

- Calma bebê! Credo Bernardo nunca te vi assim! – ele diz me abraçando mas nem o abraço dele estava me acalmando – Você está tremendo Bernardo! O que essa garota fez de tão grave?

Eu não poderia contar ao Rafa o real motivo de estar nervoso daquela forma, ele iria sacar que eu estar mordido de ciúme do meu primo. Então contei apenas meias verdades – A Raissa cometia bullying comigo... Vivia dizendo que eu era adotado! Me tirava das brincadeiras e puxava meu cabelo!

- kkkkkkk E isso é motivo pra se exaltar dessa forma? Oooh meu príncipe! Se você quiser voltamos hoje à noite para Pelotas! – Foi aí que caiu minha ficha! Fael trouxe a Raissa apenas para me fazer ciúme!

- Não amor! Deixa a Raissa pra lá! Preciso crescer! Kkkkk – disse puxando ele para um beijo molhado, esquecendo que estava na sala da minha casa!

- Só não entendi porque ela fazer aquele comentário sobre você namorar um Rafael! Kkkkkk vc era obsessivo pelo seu primo mesmo? - Ele me pergunta sentando no sofá e cruzando aqueles pernões.

- Não né? Aquela garota sempre foi louca daquele jeito! Via maldade em tudo! Acredita que quando éramos mais novos ela obrigou o Fael a namorar com ela? – Sentei brincando no colo dele, mas logo sai! Não era porque sai do armário que agora iria soltar a franga!

- Obrigado? Como assim amor? Kkkkk Me desculpa mas a Raissa é muito bonita e tenho certeza que seu primo aproveitou também!

Realmente a morena era muito bonita mesmo! Herdou a pele bronzeada da família e os olhos verdes, cabelo preto escorrido na bunda, sorriso branco, corpo escultural mesmo para uma pré adolescente...Pena que não prestava o chão que pisava!

- Fael sempre foi safado! Mas quando te digo que essa garota aprontou, não estou mentindo! – mergulhar naquelas lembranças era algo estranho! Porque eu já amava meu primo sem saber o que era, eu era gay e não tinha ideia que era possível uma relação de dois homens...

- Sobre a obsessão era coisa da cabeça dela! Eu e meu primo sempre fomos muito próximos! Fomos criados como irmãos... Certa vez estávamos no sofá abraçados assistindo filme e essa vaca viu! No dia nós nem vimos maldade nisso! Mas depois ela veio chantageando o Fael, ameaçando contar que éramos gay para o tio Otávio!

- Nossa amor já te falei que sua história deveria virar um livro? Caraca! Quanta confusão! Mas e aí? Ele namorou?

- Por ser mais velho que eu ele teve medo do que seu pai iria pensar e namoraram por alguns meses... Até que ela se mudou! Achei que essa peste não voltava mais! – voltei a ficar vermelho de raiva!

- Eiii Eiii levanta! Deixa isso pra lá! – ele diz se pondo de pé num pulo – Pega a chave do carro do seu pai! Avisa que vamos dar uma volta amor!

Não pensei duas vezes precisava de ar fresco! A visita daquela garota somado às lembranças daquela época me acarretaram uma tensão enorme!

O ruivo mais que depressa tomou a chave de minha mão e pesquisou alguma coisa em seu celular, traçando uma rota no GPS.

- Pra onde vamos amor? Perguntei surpreso, até porque já havia levado ele para conhecer os quatro cantos de Brasília, já não tinha mais o que visitar!

- Kkkkkk Relaxa Bê! Logo você vai ver! – ele diz batendo em minha perna e dando um aperto de leve! – Cola no papai aqui que é sucesso!

Sucesso? Sucesso foi quando ele parou em frente a um motel me surpreendendo. Morri de vergonha! Mas quem tá na chuva...

Assim que entramos no quarto já comecei a agarra-lo! Já havia uns dias que não transava e estava louco para dar uma! Deitamos naquela cama redonda e senti sua ereção tocando na minha, sua boca quente no meu pescoço já me fazia gemer alto! Fui tirando nossas camisetas freneticamente! Mordi seu mamilo deixando ele vermelho, desci em sua barriga chapada e fui direto em suas calças mas ele me para olhando em meus olhos – Calma Bê! Preciso de um banho antes! – E saiu me deixando na cama sem entender nada!

- Que porra de banho Rafael! – falei alguns segundos depois, mas já era tarde ele já tinha se trancado no banheiro – Volta aqui porra!

Mas já era tarde demais! Ele já estava embaixo da água e nem me chamou... Estava com tanto tesão acumulado que arranquei a calça e logo comecei a me punhetar!

- Foda-se vou começar a festa sozinho! — peguei na base do meu pau e comecei a movimentar a mão para cima e para baixo bem de vagar, sentindo o pré gozo me lambuzar... Que só deixou a sensação mais gostosa!

Fechei os olhos e viajei, tanto que não ouvi quando ele abre a porta do banheiro e vem em minha direção. Só fui prestar atrevia que não estava mais sozinho quando sinto sua boca quente envolver meu pau!

- Puta que pariu Rafael! Hummmm não para! – e ele engole minha jeba quase toda! – Isso seu gostoso! Mama a pica do teu macho!

Sentia seu pau duro no meu pé! Estava louco pra fazer um 69 com ele então pedi para ele virar... Não me fiz de rogado assim que ele põe sua jeba grossa em frente ao meu rosto eu chupo sua cabeça bem forte, fazendo o ruivo gemer alto, seu pau deu uma pulsada forte, logo ele começa a foder a minha boca e a mim só resta por a língua pra fora e relaxar a garganta!

- Hummmm Bê! Isso! Faz aquilo lá! Faz? – ele diz com uma voz rouca e eu quase gozo naquela boca molhada! Não acreditava que ele já me pedia aquilo lá... Então tirei seu pau da boca e fui passando minha língua até chegar naquelas pregas rodadas que eu tanto amava! Já estava me aperfeiçoando em chupar aquela bunda! Dei uma mordida de leve enquanto meu macho mordia a cabecinha do meu pau! – Hummm que tesão esse cu Rafael! Hummmm cheirosinho! Que delicia meu amor! – E meti a língua naquele rego, logo meus dedos intercalavam com a língua, instintivamente comecei a alargar aquele buraquinho quente! Estava tão focado nisso que nem percebi que ele já não me chupava mais mas rebolava com meus dois dedos enterrados nele! Até então eu só tinha conseguido chegar ali, nunca tinha passado do segundo dedo, mas ele estava tão entregue que não tive medo de ser feliz meti o terceiro!

Ainda bem que era uma terça de manhã pós ano novo e o motel estava praticamente vazio! Pois Rafael gemia muito alto!

Sua bunda escorria baba já é foi aí que o ruivão me surpreende mais uma vez, ele sai de cima da minha boca e senta em cima de mim! Meu pau ao sentir aquela bunda não teve dúvidas! Rafael estava pronto e eu não acreditará que tinha conseguido tamanha façanha!

O puxei para um beijo selvagem! Eu queria meter forte naquele cú! Meter até esfolar meu pau! Eu adorava ser passivo mas sentia falta de ser ativo! Sentia falta de dominar alguém!

Então ele pega uma camisinha na cabeceira da cama e começa a vestir meu pau! Sinto suas mãos tremendo não sabia se era de nervoso ou se era de tesão... Então resolvi desacelerar... Rolei e coloquei ele deitado sob mim, olhei atentamente em seus olhos e sorri carinhosamente para ele.

- Você tem certeza Rafa? – perguntei dando selinhos em sua boca

- A única certeza que nesse momento é você Bê! Vem! – ele diz me puxando para um beijo molhado.

Peguei meu pau e fui guiando a cabeça até encontrar a sua entrada, estava louco para meter de uma vez, mas aquela era sua primeira vez e eu precisava ter cuidado.

Fui forçando e apesar de ter relaxado ele minutos antes senti uma certa resistência e tive que forçar causando dor ao Ruivo

- Porra Bernardo! De vagar merda! – kkkkk tadinho! Ele fincava as unhas nas minhas costas, eu sabia que deixaria marcas!

- Aguenta amor! Eu aguentei! – Fui rasgando aos poucos aquele cú delicioso! Como era quente! – Hummm que delicia você é Rafael!

Após alguns protestos da parte dele e eu entrar centímetro por centímetro, senti minhas bolas bater em sua bunda.

Beijei sua boca com todo amor que eu sentia por ele, queria que ele curtisse assim como eu estava curtindo. Logo ele dá a primeira rebolada me deixando maluco de tesão! Dei a primeira bombada ele ainda sentia dor, mas não me contive e comecei a bombar aquele macho... Sentia minha cabeça encostar na sua próstata e seus gemidos já não eram de dor... Ele parecia estar gostando, seu pau estava duro desde o primeiro momento.

- Tá gostando seu puto? – dei um tapa de leve em seu rosto e entrava cada vez mais fundo e mais rápido. Ao meu namorado só restava gemer!

- Putaaa que pariu! Caralho Bernardo! – ele gemia com aquela voz grossa no meu ouvido, sua bunda começou a mastigar meu pau, isso foi o gatilho para eu começar a gozar.

Eu achava que ia morrer! Foram cinco jatos espessos, enquanto Rafael gozava fartamente revirando os olhos...

Que delicia de sexo! Kkkkkk só sei que demorou muito para recompormos! Quando sai de dentro dele, vi um pouco de sangue, fiquei com dó mas depois lembrei tudo o que aquele cachorro tinha feito comigo! Kkkkk

- Caralho Bernardo! Que dor porra! Doí demais dar! Não quero mais! – ele diz levantando da cama indo em direção ao banheiro.

- Teu cú Rafael! Era eu mesmo que estava gozando revirando os olhos! Kkkkk tu amou receber minha pica! Fala a verdade! – levantei e fui atrás dele no banheiro

- Falando sério amor! Doí sim! Mas no fundo eu gostei! O que importa é que minha primeira foi com o cara que amo! Você foi perfeito seu lindo!

Fomos nos beijando até chegar no chuveiro, meu pau começou a dar sinal que queria mais e o dele também.

Ele me gruda na parede e eu sinto que o Rafael passivo já não estava mais lá, ele sabia que eu gostava de força kkkkk sempre fui meio sadomasoquista! Ele gira meu corpo mordendo meu pescoço e logo seu pau me invade... Dando início à nossa segunda rodada!

Só saímos daquele motel depois de umas 3 horas, já estávamos atrasados para o almoço! Kkkkkk o Rafa tadinho mal conseguia sentar no banco do carro kkkkkk

Aquela manhã foi tão prazerosa que esqueci do problemão que tinha que enfrentar em casa Aff! Assim que entro na sala ouço aquela voz de taquara rachada conversando na cozinha com a mamãe.

- Muito bonito senhor Bernardo! Some justo na hora do almoço? – minha mãe diz assim que entramos na cozinha! Dona Fabi lavava a louça e a louca secava! Puxa saco! – Já almoçaram Rafa?

- Na verdade ainda não Fabi! – O ruivo responde totalmente sem graça kkkkkk

- Aff Coitadinho! Meu filho almoço nessa casa tem hora marcada! Senhor Bernardo sabe muito bem disso! – Ela me lança aquele olhar 43 e eu tremo só de ver a panela de pressão na sua mão! Kkkkkkkk Com a raiva que ela estava era fácil fácil aquela panela voar na minha cabeça! – Senta aí Rafinha que eu vou esquentar comida pra você!

- Só ele mãe??? – perguntei me fazendo de coitado – Eu como tão mal lá em Pelotas que quando chego aqui, fico louco pra comer sua comida!

- Ahhh mas eu sabia que não estava comendo direito! Senta nessa mesa menino se não essa panela vai beijar sua cabeça! – kkkkk não falei!

- Pelotas Bernardo??? Porque não Porto Alegre? Não deu conta de passar? – Aff que menina insurportável! Dei meu sorriso mais sínico e olhei para aqueles olhos verdes de cobra, mas minha mãe tão inocente responde por mim!

- Que nada minha filha esse menino passou aqui em Brasília, no Rio e em Porto Alegre também! Mas por causa da ex namorada mudou-se pra lá!

- Nossa to perdida tia! Ele vai namorando uma garota e volta namorando um garoto? Como isso aconteceu Bernardo? – Juro que se eu pudesse pegaria a panela de pressão das mãos da minha mãe! Quanta inconveniência junta!

Estava pra responder mas quem falou dessa vez foi o ruivo!

- Eu roubei ele querida! Não é meu bem? Paixão à primeira vista! – Rafael faz uma voz afetada e passa o braço pelos meus ombros kkkkkkk a cara da biscate foi a melhor! Minha mãe começou a rir e a Raissa deu aquele sorrisinho sem graça!

Foi engraçado até porque minha mãe não parava de rir! Rafael quando queria era um palhaço!

- E você Raissa? Divorciou-se mesmo do John? Ele parecia ser um cara muito legal! – a verdade é que eu não conhecia seu ex marido, mas algo me dizia que tinha angu naquele caroço!

- Não deu certo! A verdade é que eu nunca amei o John! – ela reponde com um sorriso fraco! Se eu não conhecesse a peça ficaria com dó!

- Engraçado prima quando casou com ele por interesse não parecia! – Rafael que já estava comendo se engasgou com um arroz, minha mãe correu pra acudi-lo kkkkkkk

- Gente é por isso que eu falo a hora do almoço é sagrada! Vem Raissa vamos deixar os meninos almoçarem em paz! – Mamãe falou puxando minha quase prima, já sacando onde iria terminar aquela história.

- Pegou pesado hein amor! Kkkkkkkk Você viu a cara dela louca pra voar em você? Kkkkk tá deixando de ser sonso! – soltei um tapa no braço dele e no fim acabamos em risos.

Logo após o almoço a bonita saiu para visitar algumas amigas, já meu adorado primo da onça saiu o dia todo! Ou ele se arrependera de trazer a loca ou ele estava correndo de mim!

Então tratei de mandar uma mensagem desaforada para o dito cujo dizendo que assim que ele voltasse ele iria se ver comigo e ele respondeu apenas dizendo que não havia feito nada aff!

Já eu e o Rafa hibernamos a tarde toda! Também depois daquela maratona de sexo matinal estávamos mortos!

Quando acordei ouvi o Fael conversando no seu telefone no quarto ao lado, aquela era a hora de tirar aquela história a limpo! Levantei sorrateiramente para o ruivo não acordar, fui em direção ao quarto ao lado e entrei sem bater para pegar o mesmo de surpresa! O problema é que quem me pegou de surpresa foi ele!

Fael estava apenas de cueca preta falando ao telefone! Cara minha boca salivou na hora! Que visão dos Deuses era ver aquele homem deitado em sua cama com as pernas abertas! Sim muito cachorro da minha parte mas eu nunca disse ser santo!

Assim que ele me olha da aquele sorriso safado! Minhas pernas ficaram bambas tanto que cogitei a ideia de dar meia volta mas...

- Cara te ligo mais tarde pode ser? ok blza! – Cara??? Que cara??? Recomponha-se Bernardo! Você veio aqui apenas por um motivo! – Fala minha delicia a que devo a honra da sua visita?

- Você é um filho da puta Rafael! Você sabe o quanto eu odeio a Raissa! Se você trouxe ela pra me fazer ciúme, pode tirar seu cavalinho da chuva e mandar ela de volta para a terra dela! – minha vontade era de gritar! Mas óbvio que falei bem baixinho, se o Rafa acorda estava fudido!

- Bernardo você tem quantos anos mesmo? Puta merda esse lance da Raissa foi a quanto tempo atrás? – ele ergue a sobrancelha pra mim! Até irritante ele era lindo! – Velho para de noia! Eu nem convidei, ela que subiu no meu carro!

- Hahá subiu no carro e você trouxe? Logo sua ex namoradinha ridícula? Se você ficar com ela... Olha... – já estava perdendo a razão, principalmente por causa daquele sorrisinho sínico!

- Se eu ficar com ela acontece o que Bê? Está com ciúme?

- É Bernardo isso tudo então é ciúme do seu primo?

Puta que pariu! Gelei assim que meu namorado entra no quarto com uma cara nada boa!


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/01/2016 00:01:50
Eita, cabeças vao rolar kkkkk, seria bom se um poste caisse acidentalmente nessa Raissa, tragico kkkkk
26/01/2016 19:52:37
O Bê é bem besta não admite para sí mesmo que Ama verdadeiramente o Fael aiaiaiaiaiaiaiai. . .
26/01/2016 02:44:41
BÊ, ia dormir mas antes tinah que ler novamente esse cap, e os comentários, e por mais que tentei nao consegui segurar minha curiosidade e te deixei uma perguntinha la no skype, passa la depois... bjsss e ateh mais tarde...
26/01/2016 00:37:55
Caraca! Olha, eu sei que era bem difícil a situação em que vc estava (mentira, era ótima kkkkk) mas cara, o Fael meio que brincava com seus sentimentos e me perdoe o que vou dizer, mas às vezes ele era um pouco covarde e até cruel. Sei que era difícil pra ele tmb, mas poxa, tinha que ser mais homem. Mas vamos pro desenrolar da história, talvez venha mais coisa por aí. Ah, não queria que vc traísse o Rafa. rsrs Bj meu querido. Conto perfeito!
26/01/2016 00:30:51
Rapaz só acho que vc tinha q viver esse amor pelo seu primo e tentar ser feliz . Pq vc pode está apaixonado pelo Rafael, mas quem vc ama mesmo é o seu primo. E se vc não tentar viver esse amor, ele vai está sempre lhe assombrando e isso não é justo com vc e nem com o Rafael. Parabéns seu conto é ótimo
26/01/2016 00:25:49
O seu conto é ótimo. So acho que o Bernardo esta se enganando ficando com o Rafael enquanto tem algo inacabado com o primo. Seu amor é o Fael! Vc vai ficar com o Rafael mais não vai conseguir ser feliz e nem vai fazer ele feliz, pq vai ter sempre esse amor não vivido com seu primo as margens da sua relação e isso não é justo com vc nem com o Rafael. Vai e viva esse amor tente ser feliz ai os outros vão ser também, pelo menos os que gostam de vc. Blz um Grande abraço e parabéns!
26/01/2016 00:18:15
25/01/2016 23:32:15
Veaaaaaaado, lacrou, agora comento o conto, beesha, a senhora se #%* ... teu boy ti pegou no pulo, mulher ele perdeu as pregas horas antes com a senhora e tu me faz isso a senhora é muito bissss. Gata acorda ALICE, a senhora ama seu primo, ele é tua alma gemea, e mulher me apresenta teu EX RUIVÃO POR FAVOR... tudo indica que a senhora ta casada e com filhos com o Fael... faz a casamenteira kkkkkkkkkk FOGOSA DOS RAFAEL! Bjo pra senhora.
25/01/2016 22:21:28
Primeiramente vou falar do capítulo anterior que não pude comentar pois estava viajando viu amigo, que foda a reação do teu pai, nunca pensei que ele seria tão racional, porém pelo que vocês já passaram juntos imaginei que não seria um show que ele faria. Sobre o resumo do que acontece no passado eu te entendo totalmente, tenho certeza que teria um surto tipo o seu se acontecesse comigo algo deste tipo. Agora o deu hoje vinhaaaaado que ódio dessa biscate filha da puta, desculpa os palavrões kkkkk. Amigo eu já teria avançado na cara dela lindamente, o Rafa arrasou com a resposta na mesa falando que conquistou você. Agora lindo como tu faz uma coisa dessas?! Tu sabe o efeito que esse macho tem em ti, agora imagina ele só de cueca todo arregalado. É pra deixar qualquer um doido, deveria realmente ter dado meia volta, nas agora já era. Espero que vc tenha conseguido se livrar dessa sem magoar o Rafa e tbm espero que depois de um pau no Fael, poxa sabe o quão você odeia essa biscate e ainda trás pra rua casa, aí que ódio que tô dele neste momento, mesmo imaginando o boy ainda deitado de cueca hahaha. Parabéns amigo tu atualmente está entre munhas histórias preferidas. Tem face? Me procura por lá Jardon Pablo, só tem eu com esse nome estranho.
25/01/2016 19:25:31
Kkk fudeu,fudeu,fudeu td de uma vez mesmo.Esse Bernardo é foda mesmo hein,se ele tivesse me dado o moreno gostoso antes isso ñ teria acontecido isso Kkk.Continua anjo
25/01/2016 19:16:34
Raquel minha gata! Prometo voltar no Skype logo! Meu dia hj foi muito corrido! :(
25/01/2016 19:15:36
Para tudo que agora eu fiz merda!!! Esqueci do meu amor na hora do beijo Aff! Como eu sou cachorro! Meu amor tá aí! Leia novamente tem uma dedicação pra vc! Kkkkkkk mas quem mandou não comentar??? Achei que tinha me esquecido e eu sou desses mesmo sou orgulhoso que só! Te adoro!
25/01/2016 18:56:21
sou a primeira, a dedicar o ar que respiro por este conto, A NUMERO UM , da fila do pão. E vem este autor sem coração, só pq não comentei um unico dia, e me esquece, é isto que eu mereço... ser largado no limbo dos leitores, eu indico a todas esse conto, vivo por ler estas linhas e nem um bju quiridinha recebo. Com tamanha tristeza pela exclusão leio esta parte, me senti o carapato do cavalo do bandido. SNIFF SNIFF SNIFF
25/01/2016 18:31:18
😨😨😨😨 Ual gelei agora contando as horas pro próximo capítulo continua logo U.u
25/01/2016 17:05:46
PQP, e agora???? realmente vc estava com ciúmes do seu primo e pra piorar o Ruivo ainda ouve, soh tenho uma coisa a dizer: FUDEU, kkkkkkk, ansiosa pra saber o desenrolar de td isso, e mais uma coisa odiei essa Raíssa...e qto à vc ser o Ativo do Ruivo axei mto top... mas pelo jeiot foi soh pra tu matar a sua vontade msm neh, ja que ele quis deixar claro que não gostou, kkk... cap nota 10 como sempre... e ve se não some do skype, tu não logou mais :( ...bjss e que venha o próximo cap, mto ansiosa para saber o que ocorreu depois desse flagra...
25/01/2016 16:52:08
UM FANTASMA DO PASSADO VOLTA A ASSIMBRAR OS PRESENTES.
25/01/2016 16:36:46
Essa idiota só apareceu para desgraçar o relacionamento dos dois. Esse Bê também é burrinho né.. Volta urgentemente cara 👌👌👌👌
25/01/2016 16:23:30
Noossa. Assim que é bom, os pingos sendo colocados nos is. 10
25/01/2016 16:13:29
Mas que vagabunda!
25/01/2016 16:09:05
Ih, complicou. Essa Raíssa só veio pra atrapalhar!

Online porn video at mobile phone


xvideos banhadas porretascontos eroticos peguei meu marido dando pro caseiro. negao adotei eleContos eroticos perdendo minha virgidade gostoso aii mete vai mete nessa bucetona vaiincestocâmerano quartogordinha griluda seno curiada pelo cuiadoimagens mexedinho fazendo sexo e de biquiniJogadora de vole fomdo bucetaconto erotico de minha titia rabuda nua do rabao la em casa de sainha curtaconto erotica sendo mimada por meu irmaocarente abraçadinha no sexo pornocanto erotico comi miha sogracontos na bundinhanovinhaxnovinha bonziadavideos de sexo brasileiro olha o tamanho dessas meninas ainda nem naceu pelo na bucetinha metendo com pauzudo cfoto de minha sogra fudendo minha mulher juntaPorno texta Mijonas assustadasconto erotico meu padrasto sustentando minha buceta com leitinho desde novinhabebado deixei minha filha ser abusada na minha frente parte 9 vontod eroticosliberei o cucontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogroXVídeos mãe escutando a filha f**** com negãoimagens de bucetas de riasas sexotravesti com fiadinhotia safada vai dormi ma o subrinho etransa deitadasexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinavidio porno das dimenores fasendo sexo da buceta apertadinhanetinho gay no colo do vovoconto erotico sobrinho novinho com tio e tiacontos de sexo depilando a sograentrou no lugar errado e pegou o cara de toalhas porno doidotravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhaler conto erotico de padre reaisAliviando os funcionarios contos eróticoscontos/vendi meu cu virgemAguentei a rola enorme do papai contos eróticosxisvideo şiriricalazarento do irmao fez sexo com a irma enquanto ela estava deitadaContos eroticos esposa madura ajudando menino de ruamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1pornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciaas mulheres bomba Dona gostosa sentando no pau do cara tem dinheiro carropoRNocalcinha atirando de lado e mostrando abucetadoce nanda parte IV contos eroticosbaixar vídeo mulher batendo siririca gozando cobra grande na boca porraFidendo com aspermas abettavideos de sexo louco e com pegada chupão, arranhãocarne conto heterocontos de sinhazinha lesbica abusando de escravapornodoido de gravidas lesbica se pegano no hospitalporno fui ajudar minha conhada na cozinha qui ela em gancho a mãocontos erotico pomba gira me fez putapet shop mulheres banhando cachorro pornôcontos eroticos real incesto tio orgamoschuva marrom contosso videos de xoxotas murchasbaiano chupando clitori e falando besteiraswww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .comnegro escravo fudendo filho do patrãoxvodeo comendo tia rabadaconto erotico enquadradinho 2015xvideos novinha c esquivabda rolaConto picante com vizinho velhoconto gostoso no pique esconde com dezele rebentou me toda por dentro pornofudeu a cunhada madura gostosa cherando droga no quarto delaminha mae me iniciou na zoofiliaXsvideos dotado nu na punheta novinha com agua na bocaporno comendo filha dengosa que reclamava da buceta doendocontos eroticos sete anoscao farejou e fudeu agostosaxvedeo filho na aquenta ve sua mae de calsinha e acoxa elaConto erotico de casada q nao se satisfaz com o pau d marido e fica com tesao d ver velho pintudomorena.so.delingere.doida.pra.fudeeu, minha namorada, minha namorada e meu tio