DA INTOLERANCIA AO ABUSO.CAP.13

Um conto erótico de CASADO BI
Categoria: Homossexual
Data: 20/06/2016 01:15:20
Nota 10.00

Eu e Marcio passamos a namorar ficamos dois anos juntos quando completei 18 anos nos separamos.

Durante esses dois anos ele me ensinou de tudo um pouco só nos separamos porque ele teve que ir embora de São Paulo por causa do trabalho, minha companhia passou ser Renan erámos carne e unha sempre juntos nos finais de semana.

Eu e Marcio nos falávamos por telefone para matar a saudade, por os papos em dia e mesmo longe ele cuidava de mim dando conselhos para eu não me meter com pessoas erradas.

Num final de semana eu e Renan fomos numa balada gay, meu tio deixou-me ir numa balada a noite depois de tanto implorar, ficamos até acabar ou melhor eu fiquei porque Renan conheceu um cara e sumiu deixando-me só.

Na hora que estava saindo tinha uma turma de rapazes na porta da balada percebi que um deles me olhou não dei atenção não era o tipo de cara que me agrada, quando estava próximo do metrô alguém segura meu braço olho e vejo que é o rapaz da porta da balada.

Tento me soltar mas ele segura firme, peço que me solte e ele sem falar nada continua me segurando quando tento mais uma vez levou um murro no rosto que me derruba logo depois sinto vários socos e chutes acompanhados de xingos sou salvo por um taxista que sacou uma arma pondo eles para correrem.

_ Tá bem rapaz, eles te roubaram?

_ Obrigado, estou bem sim, não me roubaram nada não.

_ Tem que tomar cuidado quando sai dessas festas eles ficam vendo quem tá sozinho para poder roubar.

_ É minha primeira e ultima vez que venho nesse lugar.

_ Senta um pouco se acalme depois você vai embora.

Fiquei conversando com o taxista, tentei limpar um pouco minha roupa e depois fui embora, ao chegar próximo de casa ouço alguém me chamar e buzinar quando olho vejo Thiago dentro do carro me chamando vou até ele.

_ E aí sumido não lembra mais dos amigos é?

_ Oi Thiago, você também não deu mais noticias então estamos empatados.

_ Nossa o que aconteceu com você Cassio tá todo aranhado ?

_ Uns caras me bateram na saída da balada mas nada de grave.

_ Que merda em, você estava sozinho?

_ Estava foi bem na hora que ia entrar no metrô que eles me pegaram ainda bem que um taxista me salvou se não teria sido pior.

_ Se você chegar desse jeito na sua casa seu tio vai falar um monte, entra aí vamos até meu apartamento lá você limpa esses arranhões.

_ Melhor não Thiago já esta clareando se eu demorar mais ai que vou escutar e não vou poder sair a noite outras vezes.

_ Você quem sabe, faz assim então vai me visitar qualquer dia desses.

_ É só você marcar.

_ Quarta feira que tal?

_ Beleza quarta feira depois que sair do trabalho vou direto pra lá.

_ Vou te esperar em, então até quarta tchau da um abraço em todos lá e se cuida moleque.

_ Vou me cuidar pode deixar.

Thiago foi embora e eu para minha casa, quando entro dou de cara com meu tio que ao me ver fica todo assustado, acalmo ele e minto falando que levei um tombo na rua mas ele não acredita quando ver meu rosto enxado e começa falar um monte para mim que fico de cabeça baixa ouvindo tudo, depois que ele termina vou tomar banho e dormir.

Sou acordado por meu primo dizendo que Renan esta me chamando.

_ Porra valeu em cara belo amigo você é.

_ Desculpa Cassio, acabei perdendo a noção das horas.

_ Nunca mais vou naquele lugar Renan.

_ Nossa o que foi isso Cassio?

_ Vou falar baixo para meu tio não escutar, tentaram me roubar na saída da balada se não fosse um taxista eu estaria todo quebrado Renan.

_ Que merda cara, porra me desculpa Cassio por favor.

_ Fica tranquilo mas da próxima vez se você arrumar alguém na balada eu venho embora não vou ficar te esperando.

_ Isso não vai mais acontecer te prometo.

_ É bom mesmo, fogo no rabo que você tem não pode ver um cara te olhando que já cai matando.

_ Mas um cara daquele só se eu fosse cego para deixar escapar Cassio, e olha ele acabou comigo na cama como fode gostoso estou todo dolorido.

_ Deixa eu entrar antes que meu tio me chame para almoçar depois a gente se fala.

Nos despedimos e eu entrei, almoçamos e depois do almoço outra seção de broncas, meus primos riam escondendo as caras para meu tio não perceber, passei o resto do dia dentro de casa, no dia seguinte fui trabalhar depois para o cursinho tento que dar explicações para todos que me viram de cara enxada, na terça feira a mesma rotina.

Quando chegou quarta feira escolhi a melhor roupa tomei um banho caprichado e fui trabalhar a noite sai e fui para o apartamento do Thiago que me esperava na entrada do prédio.

_ Agora tá melhor sem aquela cara enxada.

_ Chaga de falar nisso, faz três dias que estou contando o que aconteceu não aguento mais.

_ Quer beber água ou suco ?

_ Água por favor, e aí separou e não vai mais casar mesmo.

_ Cassio não quero saber mais de casar estou ótimo assim, e você tá sem ninguém também.

_ Depois que o Marcio foi embora não arrumei mais ninguém estou focado no curso para entrar na faculdade ano que vem.

_ Mas tem que se divertir né amiguinho, um cara boa pinta tá só por escolha.

_ Digo o mesmo de você, aí todo bonitão estabilizado tá só por que quer.

Thiago preparou uns salgados e ficamos papeando enquanto comíamos ele bebia cerveja e eu suco num certo momento ficamos calados um olhando para o outro, aqueles momentos que falta assunto, eu olhava para ele e pensava o quanto ele estava bonito com seus 36 anos era um homem de chamar a atenção com seu rosto bonito e corpo muito bem cuidado.

_ Que foi que tanto me olha Cassio?

_ Nada não Thiago.

_ Vai ficar de frescura comigo, anda fala o que é.

_ Já disse não é nada.

_ Anda cara fala logo deixa de ser bobo.

_ Tá bom, estou vendo como você esta bonito Thiago é isso.

_ Você também esta muito bonito Cassio nem parece aquele moleque franzino de antes.

_ É posso dizer que a idade esta fazendo bem para nós dois, nossa tá ficando tarde acho melhor ir embora.

_ Porque você não dorme aqui liga para seu tio e avisa ele ou melhor eu vou ligar para falar com ele.

_ Imagina Thiago não vou dar trabalho para você, ter que arrumar quarto uma hora desta.

_ Não é trabalho nenhum mas sei isso te incomoda podemos fazer como antes quando você era pequeno.

_ Só se fizermos tudo que fazíamos naquela época.

_ Porque não, somos dois adultos, podemos relembrar e matar a saudade daquele tempo.

Thiago ligou e falou com meu tio depois passou-me o telefone para eu falar com ele, enquanto falava com meu tio ele foi para o quarto, desliguei o fone e escutei barulho de chuveiro ligado, sentei-me no sofá e fiquei aguardando ele voltar.

_ Se quiser tomar banho pode vir Cassio já terminei.

Não estava acreditando que aquilo estava acontecendo, fui ao quarto e quando chego na porta vejo ele pelado se secando ele estava tão distraído que não percebeu eu ali na porta admirando-o depois de alguns segundos que ele me nota.

_ Porra quer me matar do coração Cassio?

_ Calma desculpa se assustei você.

_ Vai lá já te levo toalha e uma roupa para você trocar.

Entrei no banheiro deixando a porta aberta, depois de um tempo que estava tomando banho Thiago entra trazendo a toalha e fica parado me olhando eu fico olhando ele também e falo...

_ Vai ficar aí parado me olhando?

_ Não vou entrar ai para te lavar amiguinho.

Ele entra no box pega o sabonete de mim e começa me lavar as costas descendo lentamente até minha bunda fazendo-me soltar um gemido.

_ Agora posso fazer isso em você, não tem mais problema de idade.

_ Então faça isso e muito mais Thiago sempre desejei isso cara.

Ele abraçou-me por trás colando seu corpo em minhas costas, sua boca beijava-me a nunca me arrepiando todo, suas fortes mãos acariciava meu corpo, virei-me de frente para ele e começamos nos beijar ardentemente cheios de desejos, ele fechou o chuveiro e me levou para o quarto pondo-me na cama e deitando sobre mim.

_ Desde aquele tempo te desejei moleque não via a hora de você chegar nessa idade.

_ Também sempre quis você Thiago sempre desejei você cara.

Continua.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/08/2016 20:51:25
Eles vão ficar juntos que bom 😊!!!!
21/06/2016 21:54:25
Que legal que eles finalmente puderam se curtir sem receios ou neuras. Adorando!! E to ansioso pela continuação!!!
20/06/2016 21:46:10
Uaaaauuuuuuuuuuuuuuu... Demais esse capítulo!
20/06/2016 17:37:30
fofos
20/06/2016 16:45:41
Adorei o capítulo! Espero que os 2 fiquem juntos!
20/06/2016 12:02:08
Espero que engatem um namoro legal. Apenas por curiosidade, o Thigo era 18 anos mais velho que o Cassio? Nos relatos anteriores não demonstrava isso, demonstrava uma diferença de , no máxio, 9 anos. Um abraço carinhoso, Plutão
20/06/2016 10:28:26
Tá TUUUUDOOOOOO ADORANDO BI ❤❤❤❤😄
20/06/2016 09:16:10
To resando para eles ficarem juntos. Ta cada vez melhor
20/06/2016 07:40:53
eitaaa realizaçoes dos dois top esse capitulo..
20/06/2016 06:18:26
Ebaaa.
20/06/2016 04:19:10
Uiiii
Hb
20/06/2016 03:56:02
Ta bom de mas demais, gostei dessa reviravolta do conto... Será que eles vão conseguir ficar juntos??

Online porn video at mobile phone


f****** a b******** lisinha amarrada de perna aberta brasileiraO doce nas suas veias - (Capitulo 2)-zdorovsreda.ruContos eróticos procurando aventura no clube de campoVidios porno mae dilinho cucorno sendo humilhado lambendo direitinho buceta cheia de gozoconto erótico com sete anos levei uma gostosa chupa que me arrepie toda e gosei todacontoerotico namorada e mae putas do tio jorgeo tarado do negao quis enfiar no meu olho enrugadocontos desvirginando a mulher do cornoxvidioporno.com qrbuçétas buraco grande xvideoxvideos comedo uma mele buchudarubiaebeto quase mulher 114_2favelenta xvideoconto erotico huntergirls71Conto erotico andei mancando depois do negaocontos bdsm enfiei uma agulha nos meus seiosvideos dedadas de negao troncudo ativo em cu de ninfeto gostosoo croch me cumenoconto como virei travesticontos eu novinha negao empurrou baita pintao no meu cuquando o pau do cara entrou em mim eu quase demaiei de tanta tesão meu msrido tambem vidiocoroa safada deixa emcanador estigado xvideofilme porno "ligados pelo desejo"xporno inedeto de menino japones novinho dando o cucontos erticos luferconto erotico casada caseiro negrocracuda sapecacontos eroticos com fotos. meu cunhado adora comer meu rabao.XVídeos n****** com dente black power cabelo black power metendodiarista porta aberta pau duro contoO lutador e o loirinhoconto matuto chipadorpornodoidocoroa deitad na cama so de calcihapai a reda causilha da filha enchi a bucetilha dela di porraContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas que chegaram do trabalhopornodoidocoroa deitad na cama so de calcihanenenzão XVídeosbaixar as brasileira dois munto xnvdeoassustada acaba mijando os golinho d tesao xvidioxvidio roludo medingocontos meu primo me comeu o cu brincando de pique esconde dei pro mwu treimado gozandogarotas q nao aguentaram um pau grande e tentaram sai do pauwwwxvidios.de.cinturinhascontos eroticos eu minha #sposa eo negao roludovide pono pai fendo afila tomando bainotransasurpresa.comtirano cabaço da menina no mato gritano de dorcondo o marido sai potrabalho pornoirma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela pornoxvideos de idosa ifiando o pinto na buceta da idosa butamenteconto erotico padremulher foi faser vedeo e gorsou2 menino trocano cu da pica grande no xvidiocomi uma egua dentro de casa contomarido .que gosta de ser corno xpirnnó do cachorro incha zoofilia dicasNovinha de 18anos dando para um jardineiro com uma de 16centimetrocontos eroticos filha 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 aninhosxisvido sobria dormi conovinha perdendo avidadimenina deixa seu amigo xupar asuabucetaconto arrebentei cu garanhaocontos eroticos fingir assalto pra comer meu amigo contos esposas putas castigadas no cupornô amador conto erótico de mãe divorciadasempre gostei de arretar os homens desde novinha contosPadre não é homem conto eróticosDe_chefe_a_amor_da_minha_vida