Nas ferias virei putinha do primo Dia 03

Um conto erótico de rodriguinho
Categoria: Homossexual
Data: 28/10/2016 16:23:58
Nota 9.33

Acordei asustado pensando q tudo aquilo tinha sido um sonho mas senti ele ainda abracado em mim. Levantei devagar e só de calcinha e camisola fiz xixi e fui preparar um lanche pra nos. Fiz um café da manha reforçado, coloquei em uma bandeja e levei pro quarto. Ele acordou surpreso com o café da manha na cama, eu agia como menina mas com medo q ele estivese arependido de tudo. Ele levantou foi no banheiro fazer xixi com o pau muito duro e voltou com ele meia boca, sentou na cama e começou a comer, eu comi um pouco e não tirava os olhos do pau dele, criei coragem, levei a mao e segurei com carinho, ele me olhou nos olhos e não disse nada, segui punhetando devagar, agente comia e eu não soltava o pau dele, ele me deu pedaços de sanduíche na boca e o pau dele já tava duro feito ferro de novo. Eu tava adorando satisfaze meu macho. Agente comecou a conversar coisas do encontro com a galera sem nem falar do que tinhamos feito e nem parecia q eu tava punhetando ele. Do nada ele falou com voz de mandão “chupa meu pau” e eu submisso deitei na cama de bundinha pra cima e coloquei o pau dele na boca, comecei a sugar babar lamber e enfiava tudo q eu podia, ele seguia comendo como se nada tivesse acontecendo. Eu pagava um boquete com tesao de putinha q tava me transformando, consegui segurar o pau na garganta sem engasgar, ele dizia q eu tava aprendendo bem demais, q ele nem ia precisar me segurar como da vez anterior, me chamava de putinha boqueteira e mandava eu engolir tudo sem perder nenhuma gotinha. O pau dele tava duro e grosso, minha boca já tava cansada quando ele parou de falar e senti q ele ia gosar, segurei o pau dentro da boca metendo fundo tudo q eu podia e senti o jorro de goso no fundo da garganta e engoli tudo. Ele gemia e segurou minha cabeca e meteu mais umas vezes, soltou, eu fui tirando da boca e limpando com a lingua todo o pau dele. Olhei pra ele sorri e disse “vc gostou primo?” ele disse q tinha gostado sim, q não sabia q tinha uma putinha tao boa em casa e disse q eu ia fazer isso muito ainda nos proximos dias, eu tremi por dentro, eu tava virando menina e putinah, mas continuei sorrindo querendo ser putinha dele sempre. Ele levantou e disse q ia tomar banho, falou bem mandao pra eu terminar de comer pois já tinha tomado meu leitinho, arrumar tudo, tomar banho e botar um biqini q me deixase bem gostosa pq ele queria desfilar comigo na praia. Eu fiz tudo rapidinho pra ele não me esperar, arrumei a cama e entrei no banho quando ele saiu, passou por mim nu, com o pau ainda meio duro e percebeu q eu olhei e falou “quer mais putinha?”, eu sorri e corri pro banho. Sai do banho enrolado na toalha e fui pro quarto, escolhi o biqini amarelo pequeninho quase fio dental q ficava atolado na bunda roçando no cuzinho, ajeitei a parte de cima pra ficar bem menininha, meu primo já me esperava na sala, coloquei um chinelinho rosa, uma canga pra tapar a bundinha e uma bolsa com varias coisas dentro. Saimos caminhando pela rua e eu sentindo o biqini roçando, meu primo ia conversando como se eu fose menina, acho q ele ate tinha esquecido q eu era menino e eu tava adorando tudo isso cada vez mais. Chegando na praia encontramos o pessoal e eu me ajeitei no chão com as meninas, meu primo pegou o bronzeador e foi passando em mim mesmo sem eu pedir, aproveitou bastante pra passar a mao em mim, por todo lado, costas braços pernas bunda, sem nenhuma timidez. Quando terminou foi pra água com os outros meninos, assim q ficamos sozinhas as meninas queriam saber como tinha sido a noite, pq eu tinha saído bebinha. Eu fiquei muito envergonhado, elas perceberam q eu fiquei vermelha e sabiam q tinha acontecido algo, mas eu não contei. Ficamos conversando e bronzeando, depois jogamos volei um pouco e eu senti o biqini cada vez mais enfiado. Os meninos chegaram e comecaram a jogar com a gente, meu primo ficou no meu time e sempre q podia roçava em mim, coxava e as vez a gente cai com ele por cima de mim. Todos riam. Terminamos de jogar recolhemos nossas coisas e fomos pra casa, eu tava suada e com areia por todo lado. Quando chegamos em casa eu dise q ia tomar banho e ele falou q so deixava depois q eu chupasse ele, sentou no sofa e tirou o pau pra fora q já tava duro, eu ajoelhei na frente dele sem reclamar e comecei a lamber o pau dele devagar, falei pra ele q tava com areia e com gosto de agua salgada, mas ele me deu um tapinha na bochecha e mandou chupar assim mesmo me chamando de putinha, eu não falei mais nada, lambi e botei na boca, ele me faz levantar a bundinha ficando quase q de 4 e tirou minah canga, ficava olhando minha bundinha rebolando e dando tapinhas no meu rosto. Com as maos eu acariciava o saco e as coxas, chupava e babava no pau dele, q já tava bem duro e grosso, as vez ele enfiava fundo entrando na garganta, ele avisou q ia gosar e mandou eu tirar da boca e punhetar ele, eu obedeci e ele gosou na minha cara rindo e dizendo q eu era a melhor putinha q ele já tinah pego. Ficou sentado e mandou eu servir um suco pra ele e q depois eu tava liberada pra tomar banho. Eu fui na cozinha e trouxe o suco pra ele sentindo o goso na minha cara. Fui pro banho e depois coloquei uma calcinha pequena e sutian rendado com um short curtinho e justo, uma blusinha baby look e uma sandalinha alta. Servi um suco e preparei uns sanduiches levei pra sala ele tava vendo tv, comemos juntos, recolhi tudo lavei a louça e voltei pra ver tv com ele. Ficamos um pouco conversando e vendo tv, ele foi tomar banho e disse que agente tinha uma festa pra ir hoje a noite, mas q antes de sair ele queria gosar mais uma vez, eu podia escolher se era agora ou no banho. Como eu já tinah tomado banho e tava vestido preferi q fose agora, ele baixou o calcao e eu disse q ia ser só uma punheta, ele aceitou e eu comecei a punhetar o pau dele, acariciando o saco, ele apertava minha bunda e mandava punhetar mais rapido, eu acelerei tudo q pude sentindo pau dele quente na minha mao, mexi bastante e quando ele gosou, peguei o calcao dele pra não sujar nem a mim nem o sofa. Ele gemeu segurou minha mao pra mexer mais um pouco e parou pra descansar, eu fiquei sentado no sofa quando ele foi tomar banho. Ele saiu do banho enrolado na toalha sentou ao meu lado e disse q tava sendo as melhores ferias da vida dele, eu disse q pra mim tb tava sendo e q por mim ia ser assim todo o mês. Ele me deu um beijo na bochecha e foi se arrumar. Voltou com uma bermuda jeans e camiseta. Fomos pra festa e no caminho passamos na casa do pessoal. Chegamos todos juntos, meu primo ia perto de mim, mas não dava a mao nem abravaca. Os meninos conversavam animados comigo e com as outras meninas. Meu short era muito curto e as vez eu puxava pra não aparecer a polpinha da bunda. Chegamos la tinha muita gente som alto e comecamos a dancar, as meninas dancavam funk rebolando eu fiquei envergonhado e disse q não sabia dancar e elas me ensinaram me fazendo rebolar e empinar a bundinha, meu primo e os meninos ficavam so secando nossas bundinhas. Dava pra ver o volume do meu primo dentro da bermuda, o pau dele não descia nunca. Comecou a tocar um forro e ele me tirou pra dancar, rebolava e me esfregava nele, as vez botava a mao abusada na minha bunda e eu deixava sem reclamar, tava me divertindo e tava feliz junto com ele. Quando outros meninos me tiraram pra dancar, eu dancei e alguns ate tentaram me beijar mas não deixei. Bebemos rimos dancamos durante muito tempo, eu já tava soltinho dancando feliz e nem me lembrava mais de puxar o short, as polpinhas da minha bunda tavam a mostra e meu primo desfilava comigo mostrando a putinha dele pra todos e eu me sentindo a rainha da festa. Numa musica meu primo deu um selinho e eu sorri pra ele e ele criou coragem e deu um beijo de lingua, ficamos beijando com tesao a mao dele na minha bunda e a galera batendo palma pra nos. Eu me senti nas nuvens, uma menina realizada. Assim q terminamos o beijo ele disse pra ir embora e eu tentei ficar pq tava muito bom, mas ele disse q ia ficar melhor ainda em casa. Nos despedimos e corremos pra casa, eu fiquei quieto o tempo todo pensando no que me esperava. Assim que chegamos em casa ele entrou no banho e saiu nuzao com o pau duro e foi pro quarto e disse q tava esperando a putinha dele na cama. Eu tirei as ropas na frente dele ficando so de calcinha fui pro banho, e voltei enrolada na toalha, botei uma calcinha azul clara pequena e uma camisola curtinha. Deitei na cama e ele tava se punhetando segurou minha mao e fez eu continuar, gemendo e dizendo q a putinha dele tava cada vez melhor. Eu levei a boca ate o pau dele e lambi e apertei os labios dexando ele babado. Estremeci quando ele mandou eu ficar de 4, mas fiquei com a cara no colchao e a bundinha arebitada, ele ajoelhou atras de mim com o pau muito duro, levantou a camisola e baixou a calcinha dexando minha bunda a mostra, eu gemi e pedi pra ele não fazer q eu tava com medo, ele disse q eu tinha q ser uma putinha de verdade e fazer tudo q uma putinha faz. Eu aceitei e senti o calor do pau dele no meu anelzinho. Ele fez pressao, doeu eu chorei e ele disse pra não reclamar q hoje eu ia virar menina. Senti meu anel ceder a pressao e a cabecona entrou areganhando meu cuzinho virgem, ele foi colocando devagar e eu aguentei a dor mas ele so parou quando tava tudo dentro, esperou um pouco segurando minah cintura e fazendo eu rebolar. Meu cuzinho piscava espremendo o pau dele. Eu gemia de dor, chorava rebolava sentindo a espetada. Parecia que ele tava me rasgando por dentro, ele dava tapas na minha bunda, apertava minha cintura, fazia tudo que queria pra se satisfazer sem se preocupar comigo. Eu era escrava e cadela dele. O pau dele tava cada vez maior dentro de mim, meu cuzinho ardia e ele não parava de mexer, meu corpo todo balançava em cada investida dele. Eu tava com a cara esfregando no colchão. Naquela hora eu era so um buraco q ele tava metendo. Ele não parava de me chamar de putinha de cadela de vagabunda. Ele gosou gemendo e gritando q nunca tinha comido um cu tão bom. Encheu meu cuzinho de goso quente, um pouco escorreu pela minha perna, ele desabou sobre meu corpo sem tirar o pau de dentro, ficou deitado sobre mim falando no meu ouvido baixinho, me chamando de priminha gostosa. Na hora de meter ele era bruto mas depois q gosava ele era carinhoso comigo e eu tava amando ele. Quando ele saiu de cima de mim eu puxei a calcinha q tava na metade da coxa e tentei segurar a grande quantidade de goso q saia do meu cuzinho q melou a calcinha e a minha mao, eu tentei levantar pra limpar, ele não deixou e disse pra ficar assim pra facilitar a proxima metida. Eu tava sem saber se queria pq tinha doido demais, mas se ele quisese eu sabia q eu ia aceitar. Eu tava sentindo o goso na calcinha molhada e ele botou o dedo dentro da calcinha e comecou a brincar no meu cuzinho ardido, fazia carinho rodeando o dedo me deixando loquinho de tesao, eu rebolava e gemia no dedo dele, agora tava sendo gostoso, com o dedo no cuzinho ele me fez virar de frente, levantou minhas pernas tipo frango assado e me olhando nos olhos ajeitou o pau dele no meu anel, dessa vez ele foi metendo devagar, com carinho colocando e tirando. Eu fazia carinha de dor, mas tava muito melhor q na primeira vez, meu pinto tava meio durinho e meu cuzinho piscava muito. Ele gemia em cada metida e sorria me chamando de priminah putinha. Eu senti o pau dele todo dentro de mim e não tinha doido quase nada pq dessa vez ele tava sendo carinhoso comigo. A posicao era incomoda pq minhas pernas doiam um pouco mas pra compensar eu sentia o pau dele no fundo do meu cuzinho, acho q batia no estomago. Eu me entreguei a espetada e rebolava doidinha e putinha. Ele enfiava tirava e eu empinava a bundinah como pudia pra ajudar ele a enfiar o mais fundo possível dentro de mim. Ele tava suado e minha bunda ficou molhada e eu sentia o pau dele quente feito brasa, assando meu cuzinho, ele acelerou e gosou forte de novo caindo em cima de mim, eu de perninha aberta recebendo ele feito menina. Ele deitou do meu lado e ficou quieto aproveitando o goso e eu sentindo a porra dele escorrendo do meu cuzinho e molhando a cama. Corri no banheiro e dexei toda porra correr pra fora do cuzinho, entrei no chuveiro e lavei bem meu cuzinho q tava com goso, pedacinhos de merda e sangue. Sequei tudo direitinho pq tava dolorido e fui pro quarto, meu primo já dormia e deitei so de calcinha do lado dele, abraçadinho adormeci.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
31/10/2016 15:56:31
Obrigada Hedonista!!!!!
29/10/2016 03:28:08
ISSO É SIMPLESMENTE RIDÍCULO SER TRATADO COMO MULHERZINHA, COMO PUTINHA. ISSO É MACHISMO E VC TÁ SÓ AJUDANDO OS HOMENS A TEREM ESSA IDÉIA. LAMENTO MUITO. DECEPCIONANTE. ISSO NADA TEM A VER COM CARINHO, COM AMOR, COM GOSTAR. É SIMPLESMENTE SE DEIXAR SER USADO.
28/10/2016 18:30:20
Um sonho. Um viadinho assim é um sonho.

Online porn video at mobile phone


novos xvideos metendo com forçaaaaaaduas travesti covardia estupro porno virgem novinhaver mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirodando apora desse cabaçoirmas jemeas lesbicas do rabao fode uma a outra sexo louco pornodoidofilme pornô pai comendo a filha e a mãe olhando batendo atiribasogra mijona contoschantagiei a filha e a mulher do meu caseiro que cuida do meu sitio contosfilmes porno gratis de incestos de coroas iperdotados comendo filhas e netasporno sacana c mao boca traveco nojentibucetia.apertatiaquadrinhos eróticos o verdureiro safadovarios roludos comendo a mocinha no campoiniciando tonho conto de incesto eroticoconto erótico filha da madame sentou no meu colo e sentiu meu pau duroxvideo Luxúria travesti engatado com cachorrocontoerotico meu tio e minha namorada fudendoxvideos.com12aninhosPornô homem músculosó fodendoPorno contos maes lesbicas ensinam masturbacao as bem novinhas iniciacaoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaonovos xvideos metendo com forçaaaaaaFefepika23cmContos eroticos incestos bato todos dias punhetas para minha filha paulaFotos homensatrevidos peladosxxxvidos buchechinhasbucetascontospornogey fazendo fime porno com homem infindo garrafas no geyhistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercontos boquete pagamentofui brincar com meu cao e fui enrrabada contocontos trepei com um braco de 23cmcontos eiroticos leilaporncontos eroticos entre primos bicontos picantes incesto mininha e menininhobotando o joelhinho em cima da mesa xvideosminha mãe tomando banho e eu não resisti e entrei dentro do banheiro e forcei ela fazer sexo.xvindo corno gostosa gosta de se filmadasobrinho comendo o cu da tia com piroca acogumelobucetinhasequinhaTio Fudeu minha buceta e eu gosteicontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquescontos eroticos minha cunhada nao era nada do que eu imaginava.porno namorada nao gue da cu mai eu votetapadastro de 35cm de pica no cu da intiadabranqinha se esbarra na pica xvContos: Mulher casada adora da o cu para o marido, mais antes faz lavagem no intestino.videos de sexo sogra dando escondido para o namorado da filha e ela goza até esquichaporno doido homem com cacete duro basta encostalavidio mulher casada com roupa fodendo enfrente o marido ate escorrer porrsXVídeos novinhas brasileiras pegando pomada no xiript arrombadas gg gosadas grelao pt porragosando vom o cachorroesposa sendo enrrabada por dois garçons no banheiro da churrascariacasado sendo penetrado no seu cuzinho pelo amigo,devagar e suave.contos eroticos meu enteado me comeudoce nanda parte cinco contos eroticosnovinha brincano com pau do muleke e saindo aquele liquidonovinha com short curto mostrando a poupa da vinda para o homem comercontos eiroticos leilapornrelatos de corno lambedorcontos eroticos encoxada no metro levei porra na bucetaContos eroticos marido de pinto pequeno chama amigo roludo para esposa certinhainiciou programa travesti cuzinholer contos eroticos menageconto mamada da varoaconto erótico com irmão cavaloContos recentes eroticos de irmão comendo irmansimhacontos eróticos minha mãe greludacontos meu cunhado tinha um pau gigante e eu quis experimentarfemera gorda. sexo traficantewwwxvideo brasileira na tora xingandoconto erotico onibus lotadovideos di saia ma rua por baxoContos me foderam muito por perder a apostaconto dei o cu no onibusPutinhas novinhas lsd ruContos eroticos ensinando minha princesinhaminha sogra um pecado de mulher contosvideo porno rapidinha com amigo do namorado enquanto ele banhaminha cunhada me procurou para treparfinjo de tonto para comer enteada pornôContos eroticos de mulheres com grelo grandes gratiscomentario de atris porno apos gosada na bocairmãzinha enxergou a bundinha no pau do irmão gente comeu seu c****** XVídeoscontos eróticos freirascontos eroticos de corno manso no pagode com negrosx vidios coroa coloca sonifero no cafe do sobrinho