Homem & Poder 3- Dominação

Um conto erótico de Roberto
Categoria: Homossexual
Data: 16/01/2017 10:54:17
Nota 10.00

Contei a minha mulher sobre a foda com Rafael, ela sorriu e disse;

- Finalmente você pegou um cara, eu sabia que você gostaria disso. Agora vou poder achar uns machos pra vc!

- Te amo, safada!

- Te amo, meu machão gostoso.

Rafael não iria ao trabalho naquela quarta, ele "não iria' ele já estava lá, chegou de Madrugada e ficou esperando aonde eu mandei e com a roupa que eu mandei. Quando cheguei no trabalho aquele dia, fechei a porta assim que entrei na minha sala, lá estava ele debaixo dá minha mesa, estava apenas de jockstrap, quando me viu, ele sorriu, se levantou na minha frente, peguei ele e nos beijamos, virei ele, para ver sua bunda, lá estava o plug no cuzinho dele, estava socado naquele cu, fiz pressão ali, ele gemeu.

- Vai me mamar o dia todo? - perguntei.

- Aham - ele gemeu, estava delicioso, uma carinha de puta, meu pau tava muito duro.

Sentei na mesa, ele no meio das minhas pernas, abriu meu zíper e tirou meu pau pra fora, socou naquela boca deliciosa.

Foi um dia delicioso, ele mamando, socava na goela meu pau, babava, engasgava e eu tentava me concentrar nos telefonemas e papéis. Teve um sócio idiota que entrou na minha sala, fiquei falando com ele vinte minutos, meu putinho chupava meu pau com empenho e silenciosamente, eu respirava fundo pra não demonstrar nada. Rafael não me deixava gozar, quando percebia que eu estava prestes a gozar ele segurava meu pau com força e não deixava isso acontecer. Ou seja, na hora do almoço, me tranquei na sala. Puxei ele, beijei aquela boca com desespero, ele subiu na minha mesa, ficou de quatro, arranquei o plug do cu dele e soquei naquela boca, o cu dele estava ainda mais rosado, piscava nervoso pra mim.

- Quer minha língua nesse cu? - perguntei baixinho no ouvido dele.

- Quero- ele gemeu abafado pelo plug na boca.

- Então pisca esse cu.

Ele piscava, aquele cuzinho delicioso piscando pra mim, fiquei com água na boca, aquela "bucetinha" de moleque, aquela cucetinha linda, chupei os dedos, passei eles molhados naquela fenda, ele gemeu, ficou todo arrepiado, beijei a nádega dele, mordia, ele tremia, Rebolava, seu cu piscando, pedindo, lambi aquele cu, ele soltou um gemido de alívio. Chupei aquele rabão, ele Rebolava na minha cara, deliciosamente rebolando, esfregando aquele cu na minha cara. Dei dois tapas, ele gemeu e me encarou, lindo, aquele plug na boca, soquei a cara ali, chupava seu cu com vontade, socando a língua ali dentro, penetrando ele com a língua, abrindo ele. Rafa gemia baixinho, eu batia uma chupando aquele cu, cuspia, deixei ele em estado febril, arranquei o plug da boca dele, soquei no cu dele, beijei a boca dele.

- Vou almoçar - anunciei - quietinho aí.

Ele entrou debaixo da mesa, estava suado, vermelho, queria meu pau. Ele me olhou com raiva, queria ser comido, mas ele teria que esperar.

No almoço mandei a foto dele de jockstrap debaixo da minha mesa para minha mulher que delirou.

" Meu Deus Homem, que safado! Até para seus parâmetros. Tá virando um animal" e eu respondi " Não viu nada".

Almocei, voltei pra sala, ele estava lá, lindo, me esperando. Sentei a mesa, arranquei o pau, ele socou sem demora, chupava, mamava, e eu trabalhando. Minha mulher, safada como eu, sabia que o garoto ainda não sabia do meu casamento aberto e o quanto minha mulher topava as coisas, ela apareceu lá, conversava em um tom normal sobre um jantar, mas ela levantou o vestido e se masturbava pra mim, ele mamava afoito, eu tremia, olhava minha mulher, aqueles seios fartos, aquela boceta peludinha, o seu grelho delicioso, ela socava os dedos nela, estava úmida, babada, e falando normal. Antes de ir, me deu os dedos pra chupar, saiu rindo dá minha cara de tesão. Às 18:00 fechei tudo, puxei o moleque pelo cabelo, fomos ao banheiro, arranquei minha roupa, eu estava com aquele sling de couro e correntes de prata, ele ficou louco ao me ver assim.

- Hoje eu vou mostrar como que eu gosto das coisas... Já deu pra perceber, né?

- Sim, você é um rei. Estou enlouquecendo, minhas pernas tremem, eu quero mamar você todos os dias, não comi nada o dia todo...

- Vou te dar algo pra comer, mas apenas depois da nossa foda.

Empurrei o moleque pro chuveiro, o plug no cu, a jockstrap, ele de joelho, a água caindo nele. Apontei a rola pra ele. Comecei a mijar forte, acertando ele, na cara, na boca, ele abriu a boca para me experimentar. Deixava o mijo acumular e cuspia em mim. Dei tapas na cara dele. Ele tentava chupar a cabeça do meu pau, os jatos de mijo forte invadiam a sua cara, molhavam seu corpo delicioso. Ele chupava meu saco e eu mijava, ele delirava, me olhava deliciado. Ele passava as mãos pelo seu corpo, espalhando o mijo, se delíciando com meu mijo. Ele ria pra mim, safado. Entrei na água com ele, beijos, tapas, ele metia socos no meu peitoral, flexionei os braços, ele batia nos meus músculos, cuspia na sua boca, ele sorvia, ele me deu um tapa na cara, revidei, empurrei ele de bruços, aquele plug ali, deliciosamente fincado naquele cu. Saímos do chuveiro molhados, corremos pra minha sala. Peguei a minha cueca e soquei na boca dele. Arranquei o plug, amarrei ele com a gravata e coloquei ele ajoelhado na frente do sofá de couro. Deitei ali, com meu cuzao na cara dele, ele olhava meu corpo grande e peludo, meu pau duro empinado, minha bundona, meu cu peludo, chupei o plug e soquei no meu cu, gemia, ele assistia hipnotizado, ele suava, eu Rebolava, aquele plug socado no cu, tirava o plug e mostrava meu cu, socava dedos, chupava os dedos, meu pau babava, ele estava absorto, alucinado, puxei ele com o pé pra socar a cara no meu cu.

- Cheira meu cu - gemi

Ele cheirava, fungava naquele cu, eu chupava o plug assistindo aquilo, o moleque fungava, socava a cara no meio da minha bunda, sentindo meu cheiro, sentindo tudo.

- Quer chupar esse cu? - perguntei.

Ele fez que sim com a cabeça, a boca entalada com a minha cueca que usei o dia inteirinho,arranquei a cueca dá boca dele, cuspi na boca, deitei, abri as nádegas, ele abriu a bocona com sede de cu, socou a língua no meu rabo, afundava a cara dele no meio da minha bunda, Rebolava, esfregando a cara dele no meu cu. Ele chupava, cuspia, socava a língua, gemia, estava faminto. Eu com o plug na boca, ele chupando meu cu, lambendo, piscava pra ele. Ele pediu o plug e socou no meu cu, gemia alto pra ele, ele tirava o plug e chupava, meu cu piscando, minha bunda enorme ali pra ele, virei de costas. Fiz ele deitar a cabeça no sofá e sentei na cara dele, ele afogava com tanta bunda, eu Rebolava, provoca o garoto. Ele perdia o ar, eu suava, deixei ele ficar louco. Sai de cima dele, puxei ele pelos cabelos, coloquei ele de quatro, sentei no sofá, acendi um charuto e usei ele pra colocar minhas pernas, como se eu fosse uma mesa. Fumava meu charuto com ele ali, quietinho, soquei a cueca na boca dele e o plug no cu. Mandei ele buscar whisky pra mim, mandei ele ir de quatro, ele preparou a dose, veio rebolando, lindo, a cueca na boca, ele me deu a bebida. Mandei ele ajoelhar na minha frente. Abri as pernas, meu pau duro, grande, batia uma, ele assistia louco pra me chupar, eu provocava, cuspia no meu pau, mostrava a baba que vazava da fenda, brincava com o piercing, ele me olhava com sede, tirei a cueca da boca dele, ele queria meu pau, soquei meu pé na boca dele, bem grosseiro, forçava o pé na boca dele, com o outro pé eu dava um tapas nele, ele chupava meu pé com afinco. Me olhava nos olhos. Puxei ele pelos cabelos, meti vários tapas na cara dele, cuspia, cuspia, dava risada, ele me olhava apenas, batia forte deixando aquele rosto vermelho, a boca dele aberta pra receber meu cuspe. Puxava os cabelos dele, joguei ele no chão, coloquei os pés na cara dele, ele chupava meu dedão, coloquei ele no meu colo, aquela bundona linda, dei um tapa, ele gemeu, dei outro mais forte, fui aumentando, eu batia nele forte, ele gemia alto, o plug no cu, batia, a bunda já tava com o desenho da minha mão, bem vermelho, ele tremia, suava, sua carinha de tesão. Tapas estalavam, ele gritava, arranquei o plug do cu dele. Chupei o plug encarando ele, Rafa estava maravilhado, me olhava com desejo, no fundo dos meus olhos, pegou o plug e chupou. Nos beijamos fortemente, coloquei ele sentado no meu colo. Ele abriu a boca, cuspi na boca dele, ele cuspiu na minha, dei risada e cuspi mais forte ainda, ele devolveu, ficamos ali, nos cuspindo, ele era delicioso, atrevido, safado, e eu devolvia na mesma moeda, puxei seus cabelos coloquei ele no meio das minhas pernas. Ele socou meu pau naquela boca, mamava, levava tapas e mais tapas na cara, socava meu pau naquela garganta, babava, cuspia, desesperado ele me chupava. Eu estava absolutamente excitado, meu pau estava latejando, peguei ele no colo, soquei meu pau ali, forte, ele gritou e arranhou as minhas costas, encostei ele na parede, e meti, eu bombava animal, socava, metia, comia, estourava, ele gritava, arranhava minhas costas, me mordia, pedia mais, me batia, eu batia nele, socava, aquele cu abria pra mim, sentia meu corpo queimar, suava, ele suava, batia nele, puxava os cabelos, ele me batia, me mordia. Coloquei ele de quatro, finquei o pé na cara dele e soquei naquele cu, forte, apertava o pé na cara dele, ele gemia, chorava, pedia mais e mais, eu socava, meu saco enorme batia no corpo dele produzindo estalos vulgares. Batia na bunda dele. Coloquei ele de lado, enforcava e comia seu rabo, ele me olhava, assombrado. Deixava ele sem ar e soltava, ele vermelho, enfiei a mão na boca, segurei a mandíbula dele pra fazer mais força, socava meu pau forte nele, ele gritava, chorava, estava descabelado, vermelho, suado, babado, dava tapas, socava a mão na boca, tapa, socava a mão na boca.

- Pede mais - eu disse - ou quer que eu pare.

- Mete mais, eu gosto assim, vai filho da puta, me rasga, me rasga.

- toma moleque, viadinho, delicioso, toma nesse cu.

Eu metia absurdamente forte, ele chorava, ele gritava, me dava socos, me pedia mais. Tirei meu pau, fui andando até a minha cadeira, ele foi atrás, sentou na cadeira, colocou meu pau no seu cu e pulava pra mim, Rebolava, cavalgava, ele agora enfiava a mão na minha boca, segurava minha mandíbula, ele Rebolava frenético.

- Isso, se fode, vai moleque, se fode.

- Deixa eu me foder, isso assim, que pau delicioso, caralho, eu sou tua puta! Sua puta, porra!

- Vai safado - dava tapas na bunda dele.

Ele me fez gozar, forte, gritei quando senti o gozo, ele tremia e gozava também, nos beijamos, meu pau fincado nele. Suados, beijos suaves, carícias. Coloquei ele sentado no sofá, peguei um prato com morangos na minha geladeira, peguei a camisinha usada, lotada de porra, virei o conteúdo nos morangos, levei até ele, ele me olhou sorrindo.

- Bom Apetite - eu disse safado.

Ele pegou um morango com muita porra e socou na boca, gemeu de tesão, parecia estar saboroso, ele comeu tudo, lambeu o prato, eu via a cara dele suja com a minha porra. Beijei ele.

- Agora sim, minha puta.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/05/2019 22:29:45
sem palavras
14/01/2018 00:34:41
Um ano desse conto e fui conhecer essa delícia agora
16/01/2017 12:45:12
A minha cueca ficou toda melada hahahah
16/01/2017 12:41:45
delicioso

Online porn video at mobile phone


meu amigo e eu comemos minha irmaxvideosexo os homems enfiam a pingola deles dentro da mulher e vai soca soca e vai socando video que da pra abriyoutube tarado comeu novinhas mobilizado sexaul tirado a roupa nuasmenina deixa seu amigo xupar asuabucetaxvidio.com minas poterpornoputaria de pai sarrando a filha puta de shortinho enfiqdo no cu na cozinharelatos de homens e mulheres praticantes da lactofiliavídeo pornô uma atividade Bonde da três sobrinhos até f****video viuva custou a dar a bucetaprica cavalasafadeza o homem usava camisinha para botar dentro do priquito da mulhercontos da xana tia marta coroacontos eroficos o caralho gg do vizinho me maltratou XVídeos as panteras entregador de gás aparenteQuero trsnsar com o Adinlson meu padrastomenininhao na siririca no banho escondidasobrinha abre a perna para o tiochuparoq e o liquido branco melecado q saio do xibiofree xvideocomento tia na casaXVídeos cara tapeando o coroa de motolesbianas bsrasileiros castigada pq matou aula xvideoXvideo so chupetas molhada da prudentinarelatos de sexo meu cunhado não resistiu quando me viu só de fiodentalxvideos clube das mulheres subindodo escadaMiguel e Vinicius:Entre o céu e o infernoxvideos alisando buceta ida erosagay chupando no rancho de pescariaas pantera tia viuva dando por seu subrinho e o cunhado pegavideo porno de morena com blusa laranhadacolc mao buceta obesa pornoporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.conto marido pagou home de progama para come sua mulher ela ainda deu cusalva vidas sarado troca troca contosgayscontos eróticos de garotas f****** com padrastomorenas gordinha peladasei ver o rostonovinha loira nao aguenta no anal e ped pa parraconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocontos mostrei minha buceta pro moo do gascache:76OhQCng1gMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/201306590 contos eroticos maduras gosto de homens tarados e de piça gg mulher da bunda grande d xorti curtomeu corno troxe um negão para me foder e tirou fotosvídeo da pelada gostosona morena aquelas bem gostosa e morena e bem gostoso se tu não fazer carvãomúsica de Tierry E aí parceiro que como você é o meu desejo te chatear o seu prazer escravo dos seus beijos Ai como eu quero te agarrarcontos eroticos 140cm de bunda contos incesto mae gtsconto matuto chipadoros videos de sexo os lolitos da picaocorno .amigo do negao dotadaocontosincesto ganhando chupada de aniversariocontos de sinhazinha lesbica abusando de escravacontos eroticos os pezinhos da sograminhavo rebolo gistoso xvideoscalçinhas dentro dos reguinhos da buceta e do cuXVídeos mulher chupa na chapoleta de idosoTopes fotos de menianas dormindo de shortinho atololado e com um penis fincado no meiovou tomar banho da titia moço cagueiXVídeos de homem com homem d********* XVídeos de homem com homem comendo outro jogando gala dentro do Kudurozoofilia genicologista enfia alargador na buceta da noviacontos eroticos fingi dormir e meu amigo comeu minha esposaconto erotico menininhas curiosaminha irma me pegou batendo punheta e contou pra minha mae acabou que teve que transar comigoConto erotico comadre curiosanovinha e pinininha no sexo com pauzudogay levando sinturada xvideoroladanucuxvideo noviha sarano na amigaVidio policial afuder na permaneciabaxa vidilho di orasao fosdi paraselolademônio pausudoVou contar do dia que fis minha esposa gosar quenem loucavirei viado depois de velhocontos erotico com muito tesao dei para um velho pintudo nojentovideos de praticantes de lactofiliamasagem nos pes da minha mae conto eroticosou puto e quero comedor em esteio rswww vovo adora minha rola preta e chora guodo boto no cu dela porno .commeu irmão me viciou em chupar pau conto gaybrincando com a amiga acabei transando com elasexo2 mulequis regaca a buceta da novinha branquinha tesudayaho tias vocês ja imaginario trasando com sobrinhosmulher furando o grelhilho da bucetavidio de cazal de namorado tranzandokero ver mulher kevandi maozada na bucetaxvldeos com novlnhasvideo de sexo e porno comendo mulheres escodido porbaxo do vestidoestupro esposa contos eroticoswww.xvideomamei/patrastocontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgens