Minha Esposa na Barraca com um Grupo de Homens

Um conto erótico de Erick
Categoria: Heterossexual
Data: 15/11/2017 00:24:45
Nota 9.38

Vou contar a vocês uma experiência que minha esposa e eu tivemos ano passado, durante o carnaval. Lá em casa é praticamente uma regra viajar pra praia em feriados prolongados. Mas no carnaval do ano passado, como a grana tava curta, acabamos indo acampar na Serra do Cipó, próximo à nossa cidade (Belo Horizonte). Bom que seria uma oportunidade de fugir da bagunça e descansar de verdade, que era o que precisávamos no momento. Nossa filha adolescente, que está na fase de só pensar em farra, foi pra Diamantina com as amigas, o que pra mim e minha esposa foi até um alívio, pois poderíamos curtir alguns dias sozinhos.

Eu não tinha experiência com acampamentos (e nem era muito fã da ideia), mas era a melhor opção, considerando o custo x benefício. Ficamos dentro de uma área de camping, que cobrava super barato e ainda tinha uma estrutura razoável, com banheiro e churrasqueira. Ao chegar lá, ficamos admirados com o tanto que o local estava lotado. Havia barracas por todos os lados, sobrando pra gente apenas um lugar bem afastado, o que acabou sendo até bom, pois queríamos sossego.

Após armarmos a barraca, fomos dar um passeio pra conhecer a área de camping e comer alguma coisa na lanchonete que havia lá dentro. Quando voltamos, já havia várias outras barracas armadas bem próximas à nossa. Fiquei um pouco incomodado, pois imaginei inocentemente que teríamos aquele cantinho sossegado só pra nós. Mas o camping estava tão lotado, que isso não foi possível.

Nas barracas próximas, só havia homens, aparentemente amigos de faculdade. Como minha esposa estava de biquíni, não tiraram o os olhos dela, que logo foi se cobrindo com uma canga. Percebi que ela passaria o Carnaval sendo assediada, o que me preocupou um pouco. Mas confesso que aquilo também me excitava, saber que estávamos rodeados de homens e apenas minha esposa de mulher. Ela também pareceu gostar da situação, tanto que em pouco tempo voltou a ficar só de biquíni. Voltamos pra barraca e tiramos um cochilo, pois ainda estávamos cansados da viagem de carro.

Á noite, ao sair da barraca, encontramos os rapazes tomando cerveja e jogando truco na grama. Eles se apresentaram, todos muito educados e atenciosos, principalmente com minha esposa. Depois disso, passamos a noite em um barzinho que ficava próximo ao camping, e bebemos bastante, afinal era Carnaval! Ao voltar pra barraca, encontramos os rapazes fazendo uma verdadeira festa, regada a muita bebida e música alta.

Eles nos ofereceram cerveja, mas eu já estava mais pra lá do que pra cá, então não quis. Mas minha esposa não pensou duas vezes e foi logo pegando uma latinha. Eu queria dormir, estava exausto, mas ela ainda estava com toda a energia do mundo e queria curtir a noite. Como eu não poderia deixar minha mulher sozinha no meio daquele bando de machos, fiz um esforço e fiquei acordado. Não saia de perto dela um segundo, pois sabia que se desse brecha, alguém poderia chegar mais junto, principalmente porque estavam sob efeito da bebida.

O sono falou mais alto, não aguentei acompanhar. Agradeci pela cerveja, dei boa noite aos nossos novos amigos e já fui puxando minha esposa pra entrarmos na barraca. Mas, pra meu espanto, ela não quis me acompanhar: "ah, amor, tô sem sono, vou ficar aqui mais um pouco". Fiquei com raiva e lhe disse: "mais 10 minutos no máximo, então". Fui me deitar e fiquei de olho no relógio. Se ela demorasse, buscaria ele e a traria pra dentro nem que fosse à força.

Mas o sono estava tão pesado que adormeci. Quando acordei, já haviam se passado mais de duas horas! E ela ainda não tinha voltado pra barraca! Quando abri a porta da barraca, não havia mais ninguém lá fora. Foi quando percebi que tinha continuado a festa dentro da barraca de um dos rapazes! Eu não acreditava no que via, minha esposa estava dentro de uma barraca apertada com um grupo de homens!

Dentro da barraca, dava pra perceber que estavam acordados, pois dava pra ouvir o som de música e de gargalhadas. Já nervoso, gritei, pelo lado de fora: "você não disse dez minutos???". Nisso, ela sai da barraca, meio cambaleando por causa da bebida, e vai pra nossa, sem falar nada. Chegando lá, fui tirar satisfação: "o que você foi fazer na barraca com esse tanto de homem e só você de mulher?". Ela teve um ataque de risos, o que me deixou ainda mais furioso.

Falei sério com ela, pedindo que me explicasse o que tinha acontecido. Ela disse, com a cara mais lavada do mundo: "não tenho culpa se você fica com sono fácil, eu ainda queria curtir a noite".

"E você chama isso de curtir, ficar sozinha com outros homens dentro de uma barraca?", perguntei. Ela disse: "relaxa, ficamos lá só batendo papo". Não me convenceu. Eu sabia que aqueles rapazes não se contentariam em ficar só de papo, até mesmo porque estavam todos bêbados. E, pior, ela também estava bêbada e, quando fica assim, ela perde a noção das coisas.

Mas ela jurou de pés juntos que nada havia acontecido. Só me restou acreditar em sua palavra, já que não poderia provar o contrário. No dia seguinte, preferir sair da área de camping e acabei conseguindo uma vaga de última hora em uma pousada na região. Não queria correr o risco de minha esposa voltar a entrar na barraca daqueles homens, por mais que nada tenha acontecido.

Até hoje, me pego pensando sobre esse dia. Será que não aconteceu nada mesmo? Enfim, nunca vou saber. Mas admito que gosto de imaginar que muita coisa aconteceu dentro daquela barraca, só não conto isso pra ela, claro.

Espero que tenham gostado.

Erick

Abraço


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive ErickBH a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/10/2018 10:47:05
No mínimo ela chupou todos e recebeu uma masturbação deles... no minimo
05/03/2018 11:01:25
Ela deve ter feito um boquete nos caras.
29/12/2017 10:55:58
Com certeza ela transou com todos e gozou muito...
15/11/2017 06:31:55
Amei o seu conto e quero saber de todos outros. Adoro fotografar, filmar e fazer book desses melhores momentos. Sugira a ela de fazer m book que garanto a você que descubro tudo o que aconteceu. Caso interessar é só retornar:
15/11/2017 00:37:08
Amigão, na boa, eu acho que todos aqueles homens comeram a buceta da sua mulher. Mas relaxa, vc nunca vai saber mesmo. parabens pelo conto.
15/11/2017 00:34:46
muito top!!!!

Online porn video at mobile phone


Conto erotico traçando a tia lucia parte finalcasa de contos eroticos, cadela no ciominha irmã dormindo com shortinho de Lycra que mudamincesto recente mae consentindo o pai com filha contoscontos eroricos de papa anjo gayslesbicas praticantes de lactofilia xvideos hdContos eroticos gay mlk da oficina no motel eu não tava acreditando que eu tava fundendo a buceta virgem da minha cunhada solteira coroa conto eróticoxvideos novinho aguento penis de 24cm do irmao gemeo gaytia tira vigindsde fo subrih do pau prquenptravesti tomou banho com amoga e comeu bucetinha delaxividios bucetasosonabulo entrou no quarto da prima e gosou tentro da bucetinameu sobrinho e eu no carro.ctosvideos de porno hem arpmbando.a buceya da mulherquero o zap de um sugador de bucetacontos eroticos de meninos no orfanatoComtos eroticos de biatas com padresnovinha de chinelo havaianas contosmeu corno e muito otario vontos eroticoscontos erótico minha filha de shortinho curtoconto sofrer macho leitexvideo mae fica em taladaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoGTA andando pelado mostrando a pingolarelato erotico evangelica casada carente da buceta peluda greludacontos eroticos com maconheirofilla recrama porque opau do seupai nao entra nabuseta delavídeo caseiro de sexo com a namoradinha pedindo para namorado com meu com filho dela devagarzinho ela muito escandalosaVampiros elobisomens-Casa dos Contos Eróticosdoce nanda parte IV contos eroticosConfissão de uma obesa com tesãocontos eiroticos leilapornpinsselada na bucetaMulhedoida.pra.goza.cpm.pau.do.cachorrocoroa rebolando igual cobra debaixo do maridoas novinhas malhando de chotinho coladofilme porno chantagem com a sogracontos picantes de amor gayscarolzinhatrepanotarada nuonibucachorro pausudo e seu donoxvidiocasada se fudeu na camaanuspornonovinhaenfiando cassetete de policia no cu ate o talo no xvideocontos eroticos broxacoroa e varoa safadaconto erótico gay o riquinho e o favelado 30Vai cobrar divida nao acha o corno so a mulher rabuda de camizolaContos erotico mae bucetuda tias e filho casetudo de sungaxnxx o kara metendo no cu dela ela cumessa a si batecontos. depois do jogo fui tomar banho com meu irmao e so punhetaporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela quererxv-qratis-eu-comendoaminha-namoradacontos eroticos o carroceironovinhas delicia purasexocontos eroticos fistingFilme potnou com muljetesporno videos na praia casadas nao resistiu ver dotadao de pau duro na sunga branca e foi fudervideo porno de homens de sunga e cueca tirando a virgindade da mulher depois gozam em sua vagina filme porno classico brasileiroficamos ilhados no sítio eu e minha irmã contoscontos eroticos comi a filha da minha inquilinacasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodecontos erotico flagrado pela a sogra no banhonovinha pediu que tirase da frente e enfiar atras rapidoxnxx.com testedefudeludade primaGTA da mulher de calcinha o ventilador homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado homem peladofotosde travesti peitudo ecusaocontos eiroticos leilaporncorno 25 cm cu porraconto