Cu de bêbada tem vários donos

Um conto erótico de Anne
Categoria: Grupal
Data: 15/11/2018 14:36:34
Última revisão: 09/11/2019 11:28:45
Nota 10.00

Oi pessoal, meu nome é Anne, sou loira de cabelos cumpridos e um corpo bem torneado, um bumbum empinado, seios médios e muita cede de sexo. A história que passo a narrar aconteceu no carnaval de 2003.

No carnaval de 2003, eu e meu marido alugamos uma pousada na praia de Itamambuca, litoral norte paulista.

Esta praia é meio deserta e muito frequentada por surfistas, como o meu marido Flávio.

Flávio é apaixonado por ondas, desde pequeno ele frequenta praias que oferecem este esporte.

Enquanto meu marido ficava horas pegando ondas eu aproveitava p/ me bronzear e fazer amizades com outros surfistas, e foi logo no primeiro dia que conheci uma galera de Taubaté, que haviam alugado uma mansão próximo à pousada que nos hospedamos.

O pessoal era muito animado e também muito bonito, eram cinco no total. Bebiam muito e logo fizeram amizade com o Flávio que também adora tomar todas que estiver a seu alcance.

Nesta noite, eles nos convidaram p/ uma festa que iriam dar porque entre eles havia um aniversariante

Depois das 22:00 horas chegamos à mansão onde estava rolando o maior som e muita bebida. A festa estava super animada e tinha muita gente bonita.

Flávio se enturmou logo com o pessoal e ficamos bebendo e dançando. As bebidas servidas eram muito variadas e algum tempo depois o Flavio ficou muito bêbado por misturar muitas delas.

O pessoal me ajudou a levá-lo para a pousada mas me carregaram de volta para a festa, pois a mulherada estava escasseando e tinha muita noite ainda para ser aproveitada.

Como o Flavio estava meio desacordado, resolvi seguir com eles p/ a festa.

Ainda estava meio animada e comecei a beber uma mistura de menta c/ vodca, como a bebida era meio doce, demorou um pouco para fazer efeito porque eu estava dançando bastante. Porém em determinado momento, não estava mais ciente dos meus atos.

E foi justamente quando sobrou só eu e os cinco rapazes que perdi as estribeiras.

Ora dançava com um e outro vinha por trás fazendo um sanduiche e me agarravam com força, esfregando seus corpos no meu e aquilo foi ficando gostoso demais.

Nem pensava mais no Flavio, estava tão bêbada que nem me importava quando os rapazes começaram a me beijar na boca e passar a mão na minha bunda, seios e na buceta. Aquela brincadeira começou a ficar cada vez mais louca quando percebi que todos estavam sem roupas e começaram a pedir p/ eu fazer um strip tease.

Como já não raciocinava mais, cai no embalo e também comecei a me desnudar, peça por peça, que não eram muitas naquela noite muito quente. Logo começamos de novo as danças agarrados e comecei a sentir vários volumes, cutucando minha bunda e minha barriga. Me fizeram ajoelhar no meio deles e começaram a colocar seus paus na minha boca.

Assim que ficaram de pau duro, me botaram de quatro numa poltrona onde passei a chupá-los e também ser fodida na buceta.

Eles iam se revezando. Tinha hora que chupava dois ao mesmo tempo sempre com um me fodendo por trás. Aquilo estava muito gostoso e passamos a mudar de posição, sempre chupando e sendo fodida ao mesmo tempo.

Não demorou muito e alguns começaram a gozar na minha boca, eu estava tão fogosa que engolia toda a porra que me era oferecida.

Eu gozei várias vezes nessa brincadeira erótica.

Me colocaram de joelhos no chão e sentaram-se no sofá. Um deles passou um cinto pelo meu pescoço, como se fosse coleira, e me fez engatinhar como se eu fosse uma cadela no cio.

Ele me puxava até onde seus amigos estavam sentados e mandava-me chupá-los. E eu obedecia porque estava adorando ser a cadelinha deles.

Depois de tanto foderem minha boca e minha bucetinha eles me botaram de quatro no sofá de novo e começaram a foder o meu cuzinho.

Eu estava anestesiada de tão bêbada que não sentia dor, só tesão.

Continuava chupando todos os pau que eram colocados em minha boca e ao mesmo tempo era enrabada.. E ficamos nessa fodeção madrugada adentro.

Tinha uns de tão bêbado que não conseguiam achar o buraquinho sem minha ajuda. Uns faziam o movimento bem gostoso de vai e vem, outros, eram mais brutos, socavam o pau com muita força, tiravam e voltavam a socar de uma só vez.

Meu cuzinho ficou bem dilatado. Eu já tinha perdido todos os escrúpulos de uma mulher casada e pedia para que fodessem sem parar.

Numa determinada hora eles resolveram que iriam enfiar dois paus ao mesmo tempo, um na buceta e outro no cu.

Eu topei na hora, era uma fantasia que povoava minha mente sacana há muito tempo.

Sentei com a buceta encaixada no pau de um rapaz que ficou deitado no tapete, enquanto outro veio por trás e com muita dificuldade, devido ao estado alcoólico, meteu seu pau no meu cu.

A pressão foi muito grande, mas logo os dois paus estavam e saiam, alternadamente, da minha buceta e do meu cu, enquanto os outros 3 revezavam seus paus na minha boca.

Assim que um saia do meu cu, outro vinha e arrombava ele novamente. Fizemos outras posições onde eu sentava com o cu numa pica e tinha meu corpo puxado para trás com minhas pernas pro alto e outro metia seu caralho na minha buceta.

Chegamos todos a muitos orgasmos até não restar mais forças. Antes do amanhecer, me levaram p/ a pousada onde meu marido Flavio continuava desmaiado da bebedeira.

Mais tarde, na praia, nos reunimos de novo. Mas todos foram discretos e meu marido nada percebeu da suruba que rolou na mansão naquela madrugada.

Eles ainda estavam morrendo de tesão por mim. Era só meu marido cair na água pra pegar onda e dois deles me arrastavam para trás de umas moitas bem altas e me faziam chupar enquanto o outro fodia minha buceta.

Por quatro dias fui a putinha de cinco surfistas, não trepei nenhuma vez com meu marido porque os surfistas enchia o cu dele de cachaça toda noite e ele desmaiava de bêbado.

Adorei esse carnaval pois, além de trepar todos os dias com vários rapazes, realizei minhas fantasias.

Beijos a todos.

Tenho mais um conto publicado ADIOS VIRGINDADE, eu conto como foi a minha primeira vez. Quem se interessar é só clicar no meu nome para acessar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/11/2019 17:21:11
O título do texto fez jus ao momento intenso e excitante que viveu com estes surfistas, estes de forma sorrateira embebedaram o seu marido; excelente narrativa e transa deliciosa.
09/11/2019 11:36:10
Acabei de ler seu outro conto e vim aqui conferir se você escreveu mais e me surpreendo com essa aventura fabulosa. Esse conto é antigo e eu ainda não tinha lido. Que suruba deliciosa você nos trouxe Anne. Gosto muito do seu jeito de narrar o conto. Parabéns.
09/11/2019 09:34:15
Muito gostoso!!!
08/11/2019 14:17:08
Delícia de conto!! Acho que o marido se embebedou de propósito, pra deixar vc pros caras. Foi uma excelente ideia dele...rsrsrsUm bj do
18/10/2019 07:10:17
Adorei Anne..realmente cu de bêbado tem dono sim...kkkk
07/10/2019 01:51:06
Que delícia!
09/01/2019 00:50:18
Descobri esse conto por acaso, e adorei, não sei se tem continuação mas já vou ir conferir. E concordo com o Jota,S
15/12/2018 10:53:31
Esse conto é muito bom! É a segunda vez que o leio e estranhei eu não ter comentado e dado nota na primeira vez. È um pena que o site não tenho recurso para recomendar contros, seguir autores, etc.. por que fiquei na expectativa do próximo que você vier a publicar.Parabéns! 10!
05/12/2018 10:45:23
Bem putinha mesmo né
01/12/2018 00:41:59
Obrigada por todos que comentaram. Beijokas
17/11/2018 13:41:50
sensacional
vh
15/11/2018 22:56:08
Que conto delicioso!!!!
15/11/2018 20:59:53
Como eu queria fazer parte dessa suruba.Nota 10
15/11/2018 19:53:29
Que conto gostoso!! 10! Queria ter essa coragem que você tem! Rs Quem sabe! Está convidada a ler os meus. Beijos!
15/11/2018 19:06:21
Só lamento pq não participei dessa deliciosa farra, sem dúvidas o cuzinho de uma casada sempre é mais gostoso!! parabéns pelo conto, olha os meus e se quiser teclar meu email é
15/11/2018 18:29:53
Otimo conto gata,pena q vc talvez não troque seu contato com quem posta comentário em seus contos,mas quem sabe isso mude .
15/11/2018 17:29:39
És mulher para casar, a gata que adoraria ter tido na minha vida. Leia minhas aventuras. Eis meu e-mail/skype: . Beijos imensos.
15/11/2018 15:03:26
Adorei seu conto Anne. Escreva mais.
15/11/2018 14:51:23
Demais!

Online porn video at mobile phone


Contos eróticos de gozada na boquinha da madamemorena fofinhado rabao fudendo com dotadocontos eiroticos leilaporncontos eróticos estava dormindo com meu marido e encerro minha buceta de porragosando vom o cachorronnncontostia chupa o pau do sobrinho de baixo da mesa ponodoidoler contos eroticos menageconto erótico bundinha de princesaincesto tio tirando virgindade da sobrinha de dez anos no semáforocontos eiroticos leilapornimagem de vídeo pornográfico mulher fazendo b****** garganta profunda os cara fazendo malvadezacarolas daigreja crente com peitos e bunda bem grande peladasgostosa grava todos que fuderão ela entregador mais outroscunhhada n reziste em ver o tamanho do pal do cunhadolava louça de shortinho bem curtinhoporno secretaria aser estupprada no escritorio e gozada dentro da vagina sem ela quererxvideo amador teens assustada quando entro de na xoxota de bruço xoxotaconticos erodicos gays entre entre desconhecidosapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12video porno amigo do meu marido me comeu e fingi que n percebitextos e contos eroticos para baixar no celula primo tarado w pauzudoninho pajeando x videoSodomizando mae e filha contosAna da prassa e nossa mostrano a buceta no vidiocontos eróticos revista privatemaridu brexa espoza fudenu com vizihocache:cB0rtZ1uQCMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/2015051133meu tio caminhoneiro comeu meu cu contos eroticos rjcontos eiroticos leilaporncontos comendo minha vizinha negra bundudaminha colega foi estuprada por tres piçudos e gozaram dentro delavirei puta do meu irmãowww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreigay fazeno sexo com cachorro e fica engatadoaiaiaiaiaiaiai tanajuraXVídeos novinha com a b******** com cavanhaque de coraçãozinhomulher no cio prática zoofilia com cachorrada da rua contos zoofiliaconto erotico gay vaquejada capvidio pulheta negaoconto 25cm.de pica no cu da mamaelipesonhador casa dos contos gaypornodoido quando mamae nao esta em casa. eu fodo assim com papaiaudiencia lesbica porbodoidocasa dos contos eroticos Alê12Relatos de novinhas brincando de pique escondevideo gta conaminha namoradacontos erot os y icdando pro garçom no banheiro ponodoidocoroa emsaboando a rola durave o saco grandemorena chegol em casa pegol irma na siriricaporno brasilputa safada grita alto vadia geme piranha mais alto caralho vai vai grita ai vou gozar.conto erotico incestoconto eroticos gay. virei munher do paisexocontoerótico espinhei meupaipeguei minha mulher com outra muler meti o piru naquela cachprratarada nuonibuContos encontrei minha filha no puteiroxvideos lavei.de porra a boca fs novinhagueixa mijonacasada carente muito seria mais foi ceduzida pelo cadeirante contosvocê vai aguenta minha pica inteira vadiacontos eróticos putinha dando o xiri e o cú primeira vezpai do/renan estava fudendo .com amiga da mae dele/i ele estava sensdo estropado pelo amigo do pai delebucetao contoscontos eroticos de damon salvatorequero ver um cara de pau de 90cm pegando uma novinha e fazendo ela gritar e gemeryoutube cdzinhas exibidas de baby dolldupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidoxvidio.com minas poterver video porno de rola grande e grosa pozisao macabra