Bullying - Do sofrimento a vingança III

Um conto erótico de Leonardo
Categoria: Homossexual
Data: 17/01/2019 12:07:06
Última revisão: 10/07/2019 23:54:21
Nota 10.00

1997

A 5ª serie trouxe um animo novo, a dinâmica de vários professores, sermos tratados como adolescentes e não mais crianças foi bom, mas eu ainda tinha um problema, eu não cresci, continuava um menino pequeno e magro. Nesse ano me apaixonei pela Erika depois que descobri que ela gostava de mim e começamos a namorar. Tinha feito amizade com a Ana, Helbert, Wesley e ate com o Júlio que era um garoto que sempre ria das covardias que o Sergio fazia comigo.

Sergio me perseguia, mesmo eu namorando com a Erika era chamado de viado. A Erika era 12 centímetros maior do que eu, e as vezes ela me defendia o que me deixava muito sem graça e era mais motivo para ser zoado. O Helbert o, Júlio e Wesley se tornaram os bagunceiros da sala ficavam sempre juntos enquanto eu só ficava com a Erika e com a Ana, sempre fiquei mais confortável no meio das meninas. Mas fazíamos sempre os trabalhos juntos. Com isso as perseguições do Sergio se tornavam cada vez menores, era raro quando ele me pegava sozinho e me batia. Eu me destacava cada vez como um bom aluno e comecei a ser o querido das professoras o que gerava ciúmes entre meus colegas de classe. Fui escolhido para ser o representante da 5ª serie em uma olimpíada de Matemática. A escola perdeu, mas eu aceitei todas as questões que foram feitas para mim. Como premio ganhei uma agenda. Assim que voltei com a minha agenda nova o Sérgio a tomou de mim e arrancou varias folhas e distribuiu para todos os outros alunos da sala.

- Esse premio é nosso também. Não era justo você ser o escolhido. Em todas as salas teve votação. – Sergio reclamava.

- Eu não pedi para ser o escolhido. – Eu argumentava, mas não adiantou.

Com isso surgiu um novo apelido. Sabichona. Uma junção se sábio com bichona que toda a sala começou a usar, na frente dos professores usavam apenas sabichão, mas quando não tinha ninguém perto, era de sabichona que me chamavam.

Meu namoro com a Erika não durou o ano inteiro. Apareceu um menino novo na escola, loiro de olhos claros que lembrava o Leonardo de Caprio, todas as meninas se apaixonaram por ele, inclusive a Erika que resolveu terminar comigo, pois não queria me magoar. O que me deixou muito magoado e isolado. Fabiana fazia questão de espalhar para a escola que eu era corno, mesmo a Erika nunca ter conseguido ficar com esse aluno novo.

Dias atuais 2014.

Acordei com o interfone. Tinha bebido um pouco na noite anterior, foi uma surpresa saber que aquele rapaz lindo e gostoso era irmão do Sergio.

- Senhor Leonardo – o porteiro falou. – Tem um rapaz disse trabalha com o senhor, veio te buscar.

- Tudo bem. – eu respondi para o Manuel, um porteiro bem simpático, ele era mais velho do que eu, mas por respeito chamava todos os moradores de senhor inclusive eu que tinha apenas 28 anos.

Fui me despertando e minha campainha toca. Era o Justin.

- Bom dia. – ele disse entrando no meu apartamento.

- Bom dia. - eu respondi. Não imaginava que ele iria subir, pra mim ficaria no hall do prédio que possui uma confortável sala de espera.

- Cheguei cedo de mais? – Ele perguntou.

- Sim, achei que chegaria as 08:00. – Olhei no relógio era 07:15.

- Me desculpa, sai bem cedo para buscar o carro para trazer para você. – Ele parecia envergonhado, mas não tirava os olhos do meu corpo. Eu estava apenas com uma cueca samba canção que uso para dormir. Meu pau marcava a cueca, estava com aquele tesão matinal.

- Sem problemas, vou tomar um banho e já vamos. – eu disse.

Fui para o banho. Percebo um vulto na porta do banheiro, Justin estava lá me vendo tomar banho. Eu esperei um pouco, estava pensando no que falar. Mas o fato de ser expiado me deixou com muito tesão. Eu lavava meu pau lentamente. Percebi que ele também estava excitado e apertava o seu pau. Desliguei o chuveiro e abri a porta do box. Justin não teve tempo de sair do banheiro.

- O que faz aqui? – perguntei.

- Queria saber se precisa de alguma ajuda. – Justin disse.

- Ajuda? – perguntei.

- Sim, e parece que esta precisando sim. – Ele apontou para o meu pau que estava duro e pulsando involuntariamente na frente dele. Eu não falei mais nada e o Justin veio ate mim e começou a me chupar.

Eu sabia que aquilo não era certo, fazer algo com meu estagiário. Quando o Michel me chupou eu não sabia que ele era um trainee da empresa muito menos que seria ele que iria trabalhar pra mim. Mas o Justin ali apesar de muito gostoso, eu sabia quem ele era.

- Para com isso Justin, não podemos. Isso pode me gerar problemas. – Eu disse. Justin largou meu pau e eu fui para o quarto me vestir.

- Leo, eu nunca vou te causar problemas, só quero te ajudar. E eu morro de tesão em você, sempre tive. – Justin disse isso, segurou o meu pescoço e me deu um beijo que eu correspondi por um momento.

- Para, isso é uma loucura. – Eu o empurrei e ele caiu na cama. Justin não se levantou. Apenas abaixou a sua calça e me mostrou a sua bunda enorme, branca, lisa, linda e com cheiro de morango.

Eu não resisti, cai de boca, beijei muito aquele rabão, mordia as bandas da sua bunda e enfiava a língua no seu cu. Justin gemia como uma fêmea. Nunca senti tesão em afeminados mas ali naquela hora eu nem me importei.

- Me fode chefinho. – Justin dizia. – Me fode, deixa eu te servir.

- Quer meu pau safado? – eu perguntei.

- Quero muito, quero ele todo dentro de mim. – Justin dizia como uma vadia.

Peguei uma camisinha encapei meu pau e enfiei todo dentro dele que rebolava e gemia ainda mais. Metia cada vez mais forte e mais rápido, eu estava ali nu e o rapaz na minha frente de 4 ainda com suas calças presas na sua perna. Eu batia em sua bunda e puxava o seu cabelo loiro, ele gostava. Sentia seu cu se contraindo e mordendo meu pau.

- Como quer gozar Justin? – Eu perguntei.

- Eu já gozei e se continuar metendo assim eu vou gozar de novo. – Justin me falou. – Que macho gostoso, me fode mais, não para não chefinho.

Continuei metendo nele ate que ele começou a gritar, estava gozando de novo, escutar os seus gemidos e sentir sua contração me deixou louco e eu gozei dentro dele.

Voltei para o banho quando sai Justin já estava todo vestido me esperando na varanda.

- Não se preocupe. Não vai ter problemas com isso. – Ele disse. “Espero que não, espero poder confiar na palavra de um estagiário” pensei.

- Vamos tomar o café da manhã aqui. – Eu disse.

Descemos para o restaurante uma mesa de café farta, comi aquilo que minha nutricionista recomendou. Reparei que o Justin estava sem cueca, imaginei que ele a deixou suja de porra na minha casa.

Chegamos ao escritório e o Michel já estava nos esperando.

- Conseguiram finalizar tudo ontem? – perguntei.

- Sim. - Michel falou. – Todos os livros foram digitalizados e algumas planilhas já estão prontas.

- Ótimo. Vamos devolver esses livros hoje. – Eu disse. – O que estão pensando em fazer quando chegarem lá na empresa, o que fariam se vocês fossem o consultor?

Michel e Justin seguiram a cartilha.

- Ficaremos juntos hoje, vamos conhecer toda a empresa, passar em todos os setores, faremos as entrevistas entender a real necessidade do nosso trabalho. Quero que tomem nota de tudo é importante lembrar os nomes de cada pessoa com quem conversarmos. – eu disse e eles concordaram.

Deixei o Michel dirigir, eu estava nervoso e suava frio, estava prestes a ter um ataque de pânico, mas me continha. Chegamos à empresa o Ricardo foi nos receber.

- Bom dia, Leo..onardo – Ricardo disse. – Sejam bem vindos - Ele cumprimentou os outros. Nos mostrou a fabrica, os tecidos, as roupas prontas, a parte administrativa. A fabrica se localizava no mesmo bairro que estudei quando criança, um bairro feio e pobre na entrada de uma favela. Para a minha sorte o Sergio não estava lá.

- Meu irmão só chega mais tarde, ele tinha que ir a um cliente, ele ate tentou desmarcar, estava fazendo questão de te receber. – Ricardo disse.

“Tenho que ir embora o mais rápido possível, quero evitar de encontra-lo” pensei. Fizemos tudo o mais corrido, já era hora do almoço e o Ricardo insistiu para almoçarmos juntos.

- O Serginho me disse que vocês estudaram juntos. – Ricardo disse enquanto almoçávamos

- Sim é verdade. Da primeira serie até o primeiro ano do ensino médio. – respondi. – Sabe me falar como ele me achou?

- A sua avó encontrou com ele um dia aqui no bairro, falou de você, disse onde trabalhava e o que fazia. – Ricardo me contava. – Dias depois eu o vi pesquisando sobre a empresa que você trabalha, eu falei com ele era uma empresa muito boa. Inclusive tenho alguns professores que são seus colegas, já até tive um estudo de caso sobre uma consultoria que você fez... .Ai sugeri pra ele te contratar e ele adorou. Pensei que talvez vindo às ideias de uma pessoa importante ele poderia ouvir, porque eu falando não adiantava nada.

Percebi que o Ricardo me admirava, eu olhava para aqueles olhos doces e não podia acreditar que ele era irmão do Sergio.

- Eu não me lembrava de você, não sabia que o Sergio tinha um irmão. – Eu falei.

- Nossa diferença é de 6 anos – Ricardo disse, confirmando que ele tinha 22 anos. – Então nunca chegamos a estudar juntos mesmo sendo da mesma escola, quando vocês estudavam de manhã eu estudava à tarde.

Também se o Sergio tivesse falado algo sobre a sua família não seria pra mim, aprendi cedo não olhar para ele quando ele não falava comigo.

- Leo..onardo. – Ricardo falou, percebi que ele queria me chamar de Leo, mas eu não dava essa liberdade. – Se não for te atrapalhar, posso te mostrar o Plano Estratégico que já montei para a empresa?... só que o Sergio não gostou....

- Pode sim Ricardo, sem problema. Pode me mandar. – Eu respondi.

- Não, deixa eu te mostrar agora coisa rápida. – Ricardo insistia para eu voltar a sua empresa. Tentei evitar, mas algo naquele rapaz me prendia a ele e eu fui.

Seu plano era bom, exatamente o que Justin e Michel tinham me falado no dia anterior, restava saber por que não foi colocado em pratica e nos forçava a fazer uma trabalho ainda melhor.

- Muito bom, passei o plano para os meus assistentes para que pudessem ler. Esta em qual período da faculdade?

- Passei para o 5º metade do curso já. – Ricardo me respondeu.

- Tem coisas nesse plano que você só vai ver no 8º. – eu disse.

- Sim, -Ricardo ficou feliz - Gosto muito de estudar, já pesquisei varias coisas. O Serginho é muito bom aqui na empresa, na produção. Mas na hora de administrar ele peca muito. Eu tento, mas ele não me dá espaço.

Ele merecia espaço realmente não precisava de mim aqui. “Porque o Sergio quis a minha contratação?”

Ricardo me contou que entrou na faculdade tarde, que inicialmente faria igual seu irmão depois de formar no ensino médio veio para a fabrica, mas ele sentiu a necessidade de crescer e de aprender de estudar. Disse que Sergio estava casado, mas que não de dava bem com a esposa.

- Você deve conhecer a esposa dele. – Ricardo me disse. – Estudou com vocês. A Fabiana.

Fabiana era a gorda que também me perseguia. Ela saiu do colégio na 8ª serie e eu nunca mais a vi. Pelo o que Ricardo me contou ela voltou 2 anos depois, magra, ela e o Sergio começaram a namorar, eles viam brigando desde aquela época mas ela “engravidou”, eles se casaram e logo depois do casamento “perderam” o filho.

- O papo esta bom, mas eu tenho que ir. – eu disse preocupado com a chegada do Sergio. – Semana que vem eu volto, mas esses dois estarão sempre por aqui. – disse apontando para os meus assistentes.

Justin babava no Ricardo que não lhe dava nenhuma bola, era nítido que o Ricardo era hetero.

Quando estávamos já na porta nos dependido...

-Ora, ora, se não é o meu velho amigo sabichão. – Sergio disse.

XXXXXX

Gostou deste conto? Por favor, vote e comente é a sua forma de me recompensar pelo meu trabalho e também quero escutar a opinião de vocês.

Aproveite para ler os meus outros contos aqui na casa. Acesse o meu perfil //kn.remontotdelka62.ru/it/perfil/242797

Obrigado

New_Escritor-BH

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/07/2019 07:13:56
Sergio FILHO DA @#@###@#@@
31/05/2019 16:57:24
perfeito cara.
20/05/2019 00:33:04
Ameiiii!!!
20/04/2019 22:24:46
esse sergio......hummmmm ranço
09/02/2019 08:49:36
Essa história tá ficando cada vez melhor
04/02/2019 19:42:15
😁
04/02/2019 19:41:57
gostei, mais por favor mostra mais sobre o Sergio tipo a narração dele e tudo mais.
30/01/2019 16:48:33
Estou tentando dar nota ainda não foi computadorizado
30/01/2019 16:47:53
ameiiii
19/01/2019 15:49:47
Pessoal já saiu a continuação //kn.remontotdelka62.ru/it/texto/@Nayarah @arrow e @suara obrigado por acompanharem a história. Fique ligados nos próximos capítulos @Marceloveloz Além de um bom clichê essa história tem muito de realidade. @novoleitor muito obrigado por acompanhar todos meus contos. Pode ter certeza que vamos ver muito mais do Ricardo nos próximos capítulos. Não deixem de comentar e e votar. Isso é muito importante pra mim. Mais uma vez obrigado e um abraço a todos.
18/01/2019 00:18:02
Essa história promete. Espero que o Leo coloque o Sérgio no lugar . E esse Ricardo parece uma gracinha quero saber mais sobre ele.
17/01/2019 23:57:30
Mas isso é tão real do que você pensa, sabia? Tinha uma POC do meu colégio (Hoje eu sei que ele é gay) que era assim, me humilhava na frente de todos. Ele era tão FDP que ele induzia os outros a fazerem o mesmo. Por causa dessa praga dos infernos eu não tive um bom ano letivo e faltava mais que tudo. Ai agora essa gay, que mora no mesmo bairro que eu, fica tentando se aproximar de mim. Tipo, quando me encontra na rua ou no terminal de ônibus, vem puxar assunto comigo. Já encontrei ele diversas vezes no ônibus e esse babaca vinha sentar do meu lado puxando assunto, como se nada tivesse acontecido. Mato ou não mato um ser desses?
17/01/2019 23:53:20
Sim, vamos ao que interessa: A história. Resumindo tudo, essa POC do Sérgio nutria um sentimento pelo Léo, mas como ele se sentia machão, em vez de flertar pra comer um cuzinho ou dar né? Ainda não sei a preferência da gay, não, ele bate e humilha o amiguinho. Enfim, tá fazendo tudo isso para se reaproximar, mas que o Léo fique esperto, se esse babaca for tentar dar uma de machão tantos anos depois, mete logo uma voadora nesse imbecil.
17/01/2019 23:48:56
Tô amando esse chichezinho. Andam muito gourmetizando as histórias, não só aqui na CDC, como em outras plataformas. Todo mundo sabe que o bom e velho clichê é o que rende e deixa a gente com os dois olhos grudados na tela. E pelo que estou vendo, essa história vai estourar.
17/01/2019 18:46:08
Esse conto está muito bom...O Sérgio com certeza, tem uma paixão incubada pelo Léo...Só espero que o Léo não se curve diante dele, e sim que mostre que ele é muito melhor que o Sérgio. Que o Léo faça o Sérgio se arrastar por ele...Espero que esses estagiários não tragam problemas para o Léo...Ansiosa pelo próximo. Bjs qrdo.
17/01/2019 15:31:34
17/01/2019 15:31:34
Esse Sérgio vai dar problema, acho que toda essa implicância, na verdade é resultado de um sentimento encubado, creio que o Sérgio nutra algum sentimento pelo Leonardo. Não demora a postar um novo capítulo.
17/01/2019 13:12:46
Espero que esse Sérgio se ponha no lugar dele.

Online porn video at mobile phone


ninfetinha fudeno egosano com iper dotaxomulher chora no cacete para cicatrizesta gostano da rola no cu ta contos eroticoxvideo comendo a escrava fujona no tronconegão arrebentando o c* de homem bêbado dormindo e g****** no c* dele em 2 minutosApaixonado pelo pitboy conto gay part 18quando o outro eu quero filme só de mulher pornô fazendo pornô com a outra arranhada r***** bundudacontos sou punheteira desconhecidalesbicas praticantes de lactofilia xvideos hdwww xvideos.mulher.de.che.o.marido.dorme.tra.fode.cunhadoxxvidio em quadrinho mulher de primo caderante muito safadaeu com 19 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu eu moro sozinha com meu pai viuvo meu pai ele achava que eu não era mais virgem da minha buceta a noite eu tava no sofa com meu pai ele conversando comigo ele disse pra mim filha você tomar anticopcional pra você não engravidar eu disse pra ele pai eu sou virgem da minha buceta meu pai disse pra mim filha você com 19 anos de idade você e virgem da sua buceta eu disse pra ele eu sou virgem da minha buceta pai ele disse pra mim filha eu tou feliz com você porque você é virgem da sua buceta ainda eu disse pra ele pai eu quero perder minha virgindade da minha buceta com você meu pai ele me deu um beijo na minha boca ele me levou pro seu quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na sua cama ele chupou meu peito ele disse pra mim filha sua buceta virgem raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta virgem eu gozei na boca dele eu chupei seu pau ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gozei conto eróticoesquece o Paysandu virgindade da filha bem novinhamulher fudeno na pisiçao doipausada no c* tão grande que ela cagou e gritou XVídeosxvideos disfassando siriricaflme prono com hme com pito enorme gratisSocorro me apaixonei pelo meu filho sexo incesto videosninfetaa porbodoidotextos. contos menunas estrupadas dulpa penetracao gozadas boquinhateste de fidelidade quente com buceta e pinto grandexvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozcache:rw4Jl7xcm9QJ:https://zdorovsreda.ru/tema/pezinho goszando.dentro.da.boca.sem.tira.o.pirucasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladoscriando uma putinha contosContos cabacinhos mineirosporno tiu estuprano asubrinha brasllero30cm de pau na novinha.gtzContos casal achou um comedor topa tudoquero ve conto erotico de mulher que leva encoxada dentro do onibos i facilita pra leva Gozada na bucetashopar moto fazer campo grande msContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebascontos eroticos de corno manso no pagode com negrosconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadosou amante do meu paipequei aprimar dormino. sodecalcinha. efude elar no xvideoolha meu pa ux videos gay caseiros atoladomuler bateno ua pueta pro homexvideo contos sexual espiando atras da portaabaixar a musica so vei comigo vc n vai si arrebedertraisao na cozinha muile de camizolocache:16t390C-nPAJ:zdorovsreda.ru/texto/201603559 contos eiroticos leilapornvidios de sexiso mmulher com tocudoacanpou com entiada efodeucontos eroticos com velhoschupando a buceta da lesbicas bem meladasminha prima begordinha griluda seno curiada pelo padrasto no banhoContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de primas novinhas com pes lindosNovinho virgem+ descabaçado sem camisinha+sem lubrificação+contos gayspeituda ri ao ver pinto mole do cara mais aproveita quando ta duraocontos eroticos casamento nupciasx vidio comtos eroticos flaguei minha avóhomenscacetudosdesaojosedoscamposforma de aliviar sem transaelrvideos porno filho goza cinta liga acidentalmenteconto erotico viadinho vestiu calcinha na casa abandonadaeu tenho 30 anos de idade minha noiva linda e gostosa ela tem 22 anos de idade ela casou virgem da sua buceta e virgem do seu cu comigo na nossa noite de núpcias eu e ela dentro do quarto eu tirei seu vestido de noiva eu dei um beijo na boca dela ela deitou na cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau bem devagar na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder ela disse pra mim seu pau e muito gostoso fundendo minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim goza dentro da minha buceta eu fundendo sua buceta eu gozei dentro da buceta dela ela disse pra mim agora fode meu cu virgem conto eróticocontos eiroticos leilapornvideo porno estupraram minha namorada e ela gostousexo com a ima e u comlhadocasadoscontos casal adora negros comedor de cu c/fotos reaisvonto gay engraxatevídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicacontos eroticos em praia de trindade negro pisudo comendo transex lisinho de calcinhaminina botando a pica de um ecuino na bucetaconto erótico isentojoice na zona zofiliaTransando com o pai ate esguichar de prazer em putaria brasileira videos curtos de incestohttp://muher bunda grande fiudentau na praia gostosacomendo a sogra gostosa mttezaoirma ve a outra de caucinha e ker chupar elafilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetofotos de bailarina safados fudendo dancando balé pornodoidocontos eroticos da mulher vxs negao dando o cucontos eroticos dois machos chupando minhas tetas como bebes golusosconto filho pirocundo dando banho na maeConto erotico: o playboy e o malandrocontos eroticos casada indo no cinema pornovidio eline falando seu nome eem qunto fode vidio pornowwwxvideo pai gosa forte reladourologista conto gayConto erotico enganovidio page novinha tomando banho gostoso na fasendaincesto recente mae consentindo o pai com filha contosBuceta cazera chote curtocontos eroticos meninas de seis anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhofoto da movinha mostrando a bucetinha vircenUm Anjo Em Minha Vida 25.2(Final)- Casa Dos Contoscalça boiando na buceta da morena gostosa rola grossamulheres luxuriosas, da buceta tesuda, Lesbicas mesmo e lindasgostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideodois etiados comendo madrastasou evagelica e nao tive em casa e procurei fora contos eroticoxxvidios.com portuguesbrasileiras