Historias da Lela 3 - Enrabada pelo primo do meu Namorado

Um conto erótico de Gabriela
Categoria: Heterossexual
Data: 17/01/2019 14:49:24
Nota 9.93

Oie, tudo bem meus lindos?

Sou a Gabriela, Morena da pele branquinha, cabelos pretos, bumbum grande, seios médios/pequenos, pézinhos 34, cinturinha fina, safada ,que ama putaria.

meu email é: [email protected] , respondo todos conforme meu tempo.

Hoje vou contar o dia que o Gustavo, primo do meu Marido, me Enrrabou, quando eu ainda estava namorando ele, na epoca da fáculdade.

Um bom tempo se passou, desde que entramos na faculdade, festas a parte, tinha muita ralação, agronomia nao é um curso fácil e nos dedicávamos muito, mas claro, sempre sobrava um tempinho para a diversão.

Neste dia, Gustavo que estudava na minha sala precisava ir até uma fazenda proxima a cidade pegar algumas amostras para um trabalho, tivemos aula apenas no periodo da manhã, era uma quarta-feira dia de muito sol, estava quente pra caralho.

Eu precisava de algumas amostras, mas infelizmente Luis teria aula na turma dele e não conseguia me levar, então falei com ele se poderia ir com seu Primo para buscar essas amostras na fazenda.

Gustavo confiava D+ em seu primo, e disse que tudo bem, pois estaria atolado de matéria até o final do dia.

bom, eu não odiava o Gustavo, eu até já fiquei com ele anos atrás, o que eu odiava era a maneira como ele me tratava, por conta do nosso "casinho" no passado, sempre o mandava para PQP, mas ele não desistia.

Porem, como a necessidade faz o ladrão rs, fui com Gustavo para essa fazenda, e pela minha surpresa, Gustavo desta vez não deu de cima de mim, começamos a conversar como duas pessoas normais, sobre a faculdade, sobre o trabalho apos a faculdade, coisas da vida.

- 4 Anos Antes:

Era um sábado , quente e Pedro (Antes de Perder a virgindade - 2 Virei Boqueteira) , o menino com quem eu havia ficado e mamado na frente de casa, tinha combinado com algumas pessoas um dia na pscina da casa dele, e havia me chamado.

Então lá fui eu, 16 aninhos, vesti um biquine comportadinho, branco, fiz um rabo de cavalo no cabelo, vesti um shortinho jeans e uma blusinha regatinha branca, e fui até a casa de Pedro, que ficava umas duas quadras da minha.

Varias pessoas da escola ali, meninas, meninos, e um pessoal que eu não conhecia, mas que jogava bola com Pedro.

Pedro e eu apenas ficávamos, mas nao era nada sério, ele ia la em casa, nos beijavamos , eu chupava ele e ele ia embora, e estava tudo ótimo como estava, e eramos felizes assim.

Pedro, se aproxima de mim na pscina, e diz no meu ouvido:

Gabi, meu amigo Gustavo do futebol, quer ficar com você, rola?

Eu olho , e vejo o menino, e penso:

Uau, que gracinha rs.

Digo que sim, e Pedro volta até Gustavo.

Gustavo loirinho, olhos verdes, na epoca era malhado, tinha um corpo atletico, pois seu sonho era ser jogador de futebol profissional, uma delicia de rapaz, eu eu queria muito prova-lo rs.

Gustavo chega em mim na pscina, e pergunta se podemos ir até o fundo da casa de Pedro, eu aceito e lá vamos nós, nesse dia os pais de Pedro não estavam, então era um monte de adolescente sozinhos em um casa com pscina.

Chegamos la no fundo da casa de Pedro, Gustavo já me pega pela cintura, cheio de atitude e pegada, começa a me beijar, e é muito bem correspondido, nos beijamos intensamente, que beijo gostoso, que boca quente, que maos grandes rs.

Suas maos percorriam meu corpo, apertando meu bumbum com força, alisando meu corpo inteiro, me fazendo ficar arrepiadinha e com tezao.

Nao me faço de boa moça rs, e começo a alisar o pau dele por cima da fina bermuda de futebol que ele usava, ele estava visivelmente excitado, e parecia uma rola enorme , abaixo a bermuda com minha mao, e o tiro de dentro da cueca, e realmente, para um menino de no maximo 17 anos, tinha uma rola grande e gostosa, nao grossa, mas cabeçuda, do jeitinho que a Lela ama chupar rs .

Gustavo me olhava, me beijando, e diz: Deixa eu sentir sua boquinha Gabi.

Eu não digo nada, sempre fui muito obediente rs, apenas ajoelho e começo a mama-lo, chupando e lambendo aquela rola deliciosa, quente e gostosa com minha boquinha.

Gustavo olhava pra um lado e para o outro, para ver se nao via ninguem , eu nao me preocupava, apenas mamava aquela rola linda e gostosa, até que ouço uns urros, de Gustavo e seu corpo todo se movimentar, pude sentir um jato forte de porra bater no céu de minha boca e logo apos encher minha boquinha de porra.

Uau, como gozava aquele menino, gozava muito, encheu minha boquinha, com uma porra grossa, e gostososa.

....

Gabriela, Gabriela!! GABI!!!...

Levo um susto, de onde eu estava, na fazenda pegando minhas amostras e lembrando da epoca de escola, quando conheci Gustavo.

Digo:

Oi Gustavo, tava aqui distraida.

Falava um pouco sem graça, enquanto o olhava.

Gustavo: Sim, eu percebi, vamos embora? Eu ja peguei as amostras e pelo jeito voce tambem né?

DIgo: SIm vamos sim Gu.

Pegamos tudo, colocamos no carro que estavamos e partimos rumo a cidade, que ficava uns 50 KM de distancia, no camnho Gustavo reclamava do calor, eu digo que tambem estava com muito calor, e que seria ótimo achar um rio no meio do caminho. Mas falava da boca pra fora até que:

Gabi, eu conheço um riozinho que fica aqui perto, quer ir lá?

Digo: Mas não é muito Longe Gustavo? E eu nem troxe roupa.

Estava vestindo uma calça jeans e uma botina , uma blusa polo do curso e um boné.

Gustavo:

Que nada, vamos la é pertinho e o rio é rázinho, a agua só vem até os joelhos.

Digo: Ta bom, mas só vamos la olhar, pq eu nao sei onde é e depois eu volto aqui com seu Primo.

Gustavo entao vira na primeira estrada, e dirige por uns 10 minutos, e logo estamos no rio que ele havia dito, era um riozinho bonito, com algumas arvores em volta, agua limpinha, com corredeira, e algumas pedras, ficando a beira da estrada.

Aproximadamente 10 metros da estrada, que nao era tão movimentada, descemos do carro, e vamos para baixo de uma arvore, se proteger do sol , o lago nao estava muito cheio, por causa da seca.

Tiro minha bonita, fico com os pés no chão, e caminho com Gustavo até a beira do rio, onde nos sentamos abaixo de uma arvore, e fico ali, vendo aquele lago.

Gustavo estava afim de entrar, e eu digo:

mas vc nem trouxe ropa, seu doido.

Ele falou:

Haa Gabriela, oque tem aqui vc ja viu .

Falou isso ja tirando sua calça, sua camisa, ficando apenas com uma cueca boxe preta, que marcava bem o volume , mesmo sem estar duro, formava um volume lindo de se ver rs.

ASsim, Gustavo entra na agua, e fica tacando agua em mim, com a mao, dizendo: Vem Gabi, a agua está uma delicia.

Fico olhando para ele e pendo:

Delicia está voce rs.

Gustavo tinha ganhado mais corpo, nao estava malhado, mas tambem nao era gordo, estava no ponto rs.

E aquele volume, fazia minha imaginacao ir novamente para os anos de escola.

Eu sabia que transariamos ali, a beira daquele rio, mas era uma coisa que eu não queria acreditar muito, mas que tambem queria muito, então dei uma de inocente, e comecei a tirar a roupa, ali mesmo, ficando apenas de calcinha e sutiã.

Gustavo bateu palmas, fiz questão de empinar meu bumbum pro lado de Gustavo enquanto tirava minha calça, quando me viro, o vejo ali, parado, e com o pau completamente duro.

Gustavo me olha e diz:

Olha só o que vc fez Gabriela.

Eu dou uma risada, e falo:

Larga de ser Tarado Gustavo.

Taco agua nele, molhando seu corpo, mas me aproximando dele, enquanto jogava agua, Gustavo apenas me olhava, e segurava a rola na mao, ainda por baixo da Cueca, eu dou um sorriso sacana, e nos olhamos por uns instantes, Gustavo dá um passo para frente, em minha direção e nos beijamos, ali mesmo.

Beijos intensos, como da primeira vez que o beijei, minha imaginação me levava novamente naquele momento, ha anos atrás, e meu tezao só aumentava, intensamente, enquanto sentia aquelas maos firmes me pegando e me apertando contra sue corpo.

Nossos corpos roçando um no outro, nossas bocas, roçando uma na outra, e minha maozinha ali, roçando naquele caralho por cima da cueca, Gustavo senta em uma das pedras, que tinha ai, e tira a rola para fora, ainda do mesmo tamanho, cabeçuda, porem mais incorpada, grossa, deliciosa.

Começo a mama-lo , chupando sua rola com minha boquiha, itnensamente, ouvindo seus urros e gemidos dizendo:

Isso sua putinha, que delicia ... que saudades eu estava dessa boquiha...

Eu mamava inteiramente aquela rola e suas bolas, chupando e lambendo ela, enquanto o masturbava, ouço ele me chamando para kikar , entao paro de chupar, tiro o que faltava de minha roupa, ficando peladinha, e subo em cima dele, encaixando minha bucetinha em seu pau, começo a kikar gostoso com minha buceta nele, sentindo aquela rola grossa, entrando em mim, indo fundo até o talo em minha buceta.

Sua boca abocanha meus seios, chupando como se fosse devora-los, enquanto sua mao aperta minha bunda e me faz kikar mais forte e mais rapido, eu gemia locuamente, gritando alto, gemendo alto, nao importando se alguem ouviria, apenas snetia aquela sensacao deliciosa de ter uma rola dentro de mim ...

Entao em um gemido alto e entre urros, começo a gozar no caralo de Gustavo, cansada, saio de cima dele, e fico de 4, Gustavo entao volta a penetrar minha buceta com seu caralho, que entra fundo e forte, socando violetamente, em minha bucetinha, com pressao, cheio de ódio, fuzilando minha buceta com sua rola gostosa.

- Aiii CARALHO OOO.. hummm que delicia Gustavo , me fode sue puto, me fode GOSOTSO, soca vai , fode essa buceta ,seu safado ... QUE DELICIA ... hummm

Gustavo loucamente me fodia, sem dó, socando em minha bct com força, me fazendo gritar ainda mais alto, cansamos da posição, entao deito de ladinho, na pedra, para Gustavo foder minha bucetinha, mas em vez de meter em minha bct novamente, Gustavo começa a pincelar com seu pau meu cuzinho e diz:

Deixa eu foder esse cuzinho? Sou loco pra foder essa bundona gostosa..

Como eu não sei dizer nado rs, digo que sim e abro minha bunda com a mao, para facilitar para Gustavo, que começa com dificuldade a enfiar sua rola cabeçuda em meu cuzinho.

Puta que pariu, que dor da Porra.

Foi receber aquela cabeçona inteira dentro do meu cuzinho, mas minha bct estava toda babada, molhadinha , cheia de tezao.

Gustavo termina de penetrar seu pau em meu cuzinho, até metade apenas, pois nao aguentei mais, mas foi o suficinete para ele me foder gostoso , eu olhava para ele chorosa, com dor e com tezao ao mesmo tempo, com meus olhos cheios de lágrima, mas minha buceta toda molhada, meu corpo arrepiado, com espasmos , no mixto de dor e prazer, ainda recebia tapas em minha bunda, com foça, deixando marcas de sua mao em mim.

Eu gemia alto, e pedia mais, mais, pedia com mais força, mesmo com a dor que sentia, eu queria mais.

AInnm ,isso Judia vai gostoso, Judia da sua vadia , judia do meu cuzinho seu cachorao. ... hummm

Gustavo, diferente de Luis, aguentava muito tempo , sem gozar, me fodendo muito, me deixando toda assadinha, socando seu pau no meu cuzinho.

Até que começa a gozar nele, nessa altura, eu ja estava de 4 novamente, com o pau atolado em meu cuzinho, recebendo seus tapas em minha bunda, enqunato sentia seus jatos de porra inundando meu cu.

Depois de gozar, nos lavamos no rio, eu estava satisfeita, toda doloria, mas satisfeita.

No final , voltamos para a estrada, e dirigimos até em casa, em um profundo silencio.

Mas no fundo eu sabia que GUstavo nunca mais pararia de me foder.

Espero que gostem <3 não esqueçam de comentar e votar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/08/2019 08:44:37
que fogo meninaa
20/06/2019 00:10:58
Top
13/06/2019 00:45:36
Como sempre, bela história. A famosa enrabada. É que putinha pra gostar de mamar rola. Hein!? Votei com tesao em vc.
12/05/2019 13:23:09
Tesão da porra sua vadiazinha
09/05/2019 14:17:42
que delicia
08/05/2019 20:19:22
Hummm. Que delícia! Já imaginou ele gozando na sua boquinha
07/03/2019 20:11:18
Deu vontade de te comer toda. Delicia.
09/02/2019 14:14:04
♥❤♥ Adorei o conto. Votado nota 10! Leia os meus: EU, MINHA ESPOSA E MEU AMIGO DA ADOLESCÊNCIA. Beijos. ♥❤♥
09/02/2019 09:35:30
Delícia de conto. Votado nota 10. Leia a minha série de contos também: EU, MINHA ESPOSA E MEU AMIGO DA ADOLESCÊNCIA.
29/01/2019 12:03:57
Delicia de conto, minha esposa tb é bem putinha safada, confira nossas aventuras... Temos um blog para casais liberais: http://clubedosmaridoscornos.blogspot.com/
29/01/2019 09:10:19
Delicioso!!
18/01/2019 14:33:27
Muito top....
18/01/2019 12:36:35
Danadinha...
18/01/2019 10:49:43
Boa narrativa,mas o conteúdo não é novidade. Vc tem um diferencial interessante,seus contos são desconexos,não estabelece ordem cronológica
17/01/2019 20:14:16
Muito excitantes amei
17/01/2019 19:17:12
Sensacional conto
17/01/2019 15:14:03
Demais, GABi! Você me enlouquece... bjs

Online porn video at mobile phone


as duas bundinha para o macho contoxvideos com mulheres vestidas de baby dollbaixar video Foi socorrida e agradece com Foda pornôfrentista de posto passa a mao na xota putagarotinha novinha virgem desmaia ao deixar um pênis muito grosso entrar naxaninhaconto erótico brincando pequenabaixinhas Vitinho pequeno batendo siriricafilha novinha chupa. gostozo o pauzau do paicontoerotico namorada e mae putas do tio jorgevovô abusando conto eróticoiniciou programa travesti cuzinhoconto de insetos de rasgando o cu apertadoeu queria assistir DVD pornô com as panteras com as mulheres com nome Beatrizfui dormi com a madrinha contogarota linda e gostosa gritano e gozano muito na rola do maridoporno com novinha goszando na buceta na boca da outravídeo pornô homem t***** possuído chupa b***** da mulher e filhos dele até virar uma chupetacontos eiroticos leilapornfudendo a mae dormndoVidio de virgi assanhada pra da a paguinhasafadinha em cima da cama com hugo e cunhadobucetavideo porno de homen com fimosemulher contando que nao aguentou a rola grossa na buceta e começou a peidarsex. video amarcaiaputa segurando a pica do taxista cariocafilho chupando a mae com gemecaohotwife e marido contoseu fico axanando que sou uma pessoa invejoso mais nao sou meus atos nao se dizem isso mais na minha cabeça eu pensso assim yahoocontos a punheteira do papaicontos erotico,meu genro me enrrabou dormindofrutaporno corno pega esposa dando o cu para outro e faz dp"Foi um dos piores dias da minha vida. O que era para ser uma viagem de navio com minha esposa..." contos eroticoscontos eroticos com viuvas ricas e sedutorascontos eroticos cavalo e novinha e.o vovosobrenatural nxvideosXVídeos hétero bundudo obrigadinho chupar sua bundaxviseos velhos flagados estrupandoxvdeos de sexo de mae ver o filho dormndo e da o cúler contos eroticos menagegritei quando ele botou na minha bucetacontos eroticos gay o estilinguemulher cagando enquanto dava a bucetaconto erótico com irmão cavaloXVídeos a mulher tortura escrava até mexer a b*****beceta melecada fazeno barulinho fudenoLuciana meu pinguelo assadoComo se escreve “ manda video porno ” em inglesvidos pra abaca irmao e irma trazado gozado bactante dento da bucetaContos eroticos gay chule do meu cunhadomeu neto safadinho.ctosporno. axô. que. meu. irmão. não. gosta. de. mulhermeu qosanoassistir mulher do homem chegar na bunda bunda bunda levantando a saia e a cachola fazerconto erotico funk peladacunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resisteputas peladas meladas de margarina no cudeslizabdo na rola pornoconto esposa faz ménage a força com roludomacho cheira pica homem ensebadaPadrinho picudo botando só a cabeça na afilhada virgem contoerotico eu namorada mae e tioconto erotico novilha no seuônibus lotadogozando denrfo do cu virgemvídeo de sexo amador caseiro você quer me comer você quer meter é devagar meu com calma é assim não aqui mede a gente ser pinto grandepai cego a filhinha novinha aproveitoutrai com meus alunosvideos de menina dassando e amstrado acalcinhaPorno contos mamaes iniciam suas bonequinhas no incesto todos juntinhos com papais dando leitinhos na camamamada babentaVamp19-Contos O Doce Nas Suas Veias Capitulo 10conto gay ele se revoltou e tomou todasporno sobrimisanao agi pau gg violento pornodoidocarlos chupando uma buceta com muito prazermarido o patrao molsta a esposa dele e fode o cu dela ela chora muitoTravesti fica olhando sua amiga recebe crempe analcasa do conto armadilha para esposa eroticosvi minha mãe gritar na vara do meu padrasto Eu gostei muitoWww.vidioerotico.deminas.geraís.com.a mãe estava na cozinha de sainha curta e calcinha branca o filho de rola grossa cabeçuda chegou enfiado no cu dela doendoSo mete movimha na pica duramulher passa margarina no cu da amigame deliciei vendo minha mãe tomar banhocontos eroticos você gosta de cu entao descabaça logo incestoConto porno de incesto de pastocontos eróticos gordinho afeminadoputa lambe pe do macho contocontos eroticos minha esposa ficou excitada quando viu o negao pauzudomeu marido chorou quando viu o cracudo me arrombando contos eroticosContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadoxvidio do mundobicha mocinho loirinho lindo masturbandonovinhos se esfreegam de cueca mundo bicha pornocontos eroticos encoxando casadasfrutaporno trolha