🏳️‍🌈 "Lavar a mão que nada, meu vizinho queria me fuder."

Um conto erótico de Daniel
Categoria: Homossexual
Data: 20/07/2019 20:57:48
Última revisão: 10/01/2020 11:38:37
Nota 9.83
Assuntos: Gay, Homossexual

Era quase sete da manhã, tinha acabado de sair do trabalho, estava cansado afinal terminava mais um plantão como enfermeiro.

Sou Renato, tenho 29 anos e moro em Campo Grande; tenho 1.70 de altura, corpo médio... olhos castanhos, cabelo curto estilo social.

Como dizia havia acabado de sair de mais um plantão e cansado demais, ao chegar no meu condomínio e pedir o elevador ouço alguém.

- Vizinho!!!

Era Vitor, o carinha do apartamento do lado.

- Esqueci a chave na casa da minha mãe, já estão trazendo, mas minha mão está cheia de graxa pois minha moto deu pane. Posso lavar no seu apartamento?

Não tenho muito convívio com a vizinhança mas via ele as vezes no corredor, confesso que me chamava atenção, moreno ele era baixo, todo troncudo e jeito macho de ser, parecia ser interessante, mas como era casado só fiquei na observacao mesmo, afinal a mulher dele era ciumenta.

- Claro, pode sim... Sem problema!!! (Respondi)

Chegando no apê, apontei a pia pra ele que já foi se limpando.

- Obrigado mesmo cara, ficar com a mão suja assim é de dar tédio.

Respondi que estava a disposição e ele puxando papo, eu maior cansado.

Lavou a mão e ficou lá de frente comigo tagarelando, todo gesticulativo perguntando da minha vida, falei pra ele sentar no sofá e ficar a vontade...

- E aí as namoradas?

A pergunta dele era mero prazer, afinal acredito que ele sabia que eu era gay ou algo assim, afinal vizinhas linguaruda é o que não falta rsrsrs

- Não é minha praia respondi a ele.

Ele meio que se calou, estava sentado no sofá de frente comigo e eu o analisava, cara troncudo e baixinho, já fui pensando que ele deveria ter no máximo um belo conteúdo.

- Creio que mais uns vinte minutos já devo deixar você descansar...

Falei pra ele ficar tranquilo, pedi desculpas por não ser muito de conversar e fiquei o observando.

- Mas e aí, como pago essa sua ajuda? Me recebendo na sua casa e tals.

Olhei pro cara e vi ele ao mesmo tempo que falava mexia no conteúdo dentro da calca, pensei que o cansaço me fizesse ter essa visão, mas não, o vizinho estava jogando uma direta, mas e aí, vou ou não...

- Precisa pagar não poh, estamos aqui pra servir um ao outro... (Respondi)

- Posso te servir dessa forma?!

Era meu vizinho gesticulando a grossura do seu pau naquele momento, eu simplesmente levantei e se ajoelhei só curtindo ele tirar pra fora o mastro, pau não muito grande mais uma grossura de se imprecionar, veias a mostra e uma cabeçona suculenta...

Segurei firme e senti aquele troçäo pulsando de tesão, cai de boca literalmente e fui curtindo cada parte daquele, ouvia ele gemer e notava ele analisando minha mamada.

O cansaço é ruim, mas nada que uma foda gostosa pra relaxar, então aproveitei cada parte daquele conteúdo.

Ele me puxava pra perto dele e senti sua pegada, a língua quente do vizinho se perdia na minha boca em um beijo pegado, jamais imaginaria que meu vizinho fosse tão viril assim, então curti, me deixei levar e me perder, minhas mãos percorria cara centímetro do seu corpo, ele se deixava curtir.

Vitor tinha um beijo molhado, quente e forte, jeitão de me dominar que deixava suas mãos as perder na minha raba, pegada firme.

- Tá afim de ir além?!

Fui até uma gaveta e pequei preservativo, deixei a disposição como amostra e retornando o beijava, curtia de novo seus lábios ao meu e a pegada gostosa da sua mão já invadia minha raba, ao tempo que sentia seu beijo curtia aperto da bunda, tampões e tentativas de dedada...

Vitor parecia faminto e dizia no meu ouvido que queria meter no meu cu.

De quatro apoiado no sofá sentia a pegada firme por trás, o vi colocando capa e meu cu piscava com sede de rola, afinal o cansaço havia ido embora com aquela gostosa pegada.

- Relaxa que vou começar a enfiar, bem devagar...

Não precisava pedir duas vezes, cu bem lubrificado e pra cima prontinho pra levar.

Sentia a gostosura daquele vizinho aos poucos atolando tudo em mim, dorzinha gostosa e mexe mexe, gemia naquele misto gostoso, vai e vem acelerado, tapas fortes e eu a gritar, isto mesmo! O vizinho mandava ver na minha bunda.

Que metida gostosa, sentir aquele pau grosso no cu me fazia relaxar e gemer, no começo um misto de dor e prazer, depois só rebolar...

Sentia as mãos forte dele me segurando e as estocadas que me fazia sair do lugar...

Ao mesmo tempo que metia no meu cu Vitor me beijava... Seu corpo ao meu e a adrenalina daquela foda.

Puxei o sofá cama e pronto, deitei e de perna aberta apontava meu buraco judiado pra ele meter mais, sem pensar duas vezes ele via o regaço que havia feito e dedando abusava do meu cuzinho, então pau a dentro, Vitor mandou vara, meus pés no seu peitoral e rola e mais rola, via seu corpo gostoso e apalpava, ao meu tempos que era beijado.

- Não vou resistir, quero gozar, seu cu é uma delícia...

Ouvir ele disse isto me fazia sentir mais tesão, beijos, pegada e pau no cu, minha foda com o vizinho rendeu.

Via ele em cima de mim socando, sua cara de faminto por sexo me deixava louco, seu anúncio de despejar leite me fazia o acelerar, pedia pica, gritava e ele gemendo anunciava o despejar do leite no meu anel, já curtia a quentura do seu gozo.

Numa beijada forte que parecia arrancar meus lábios o cara mandava ver, mostrava que além de bonito sabia fuder.

E como sabia!!!

Depois daquele sexo um banho, apontei pra ele a direção do banheiro e vendo ele ir comecei a brincar com meu cu, via o regaço feito... Era prazeroso e relaxante levar tamanho pau grosso, aquela dorzinha de cu judiado não tem igual...

Depois foi minha vez de tomar banho, e não demorei... Mas ao sair via ele lá.

- Minha chave vai demorar mais um pouco, da tempo de senti você rebolar na minha.

Era Vitor de rola duraça pronto pra outra.

FIM

Autor. Daniel

Deixe seu voto e comentário.


Este conto recebeu 6 estrelas.
Incentive Contos de Daniel a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/07/2019 00:58:38
Hey conta como foi a segunda foda
23/07/2019 23:30:35
Muito bom!Embora seja "errado" isso acontece muito por aí.pessoas casadas ou comprometida a procura de fetiches....
21/07/2019 06:55:18
amei muito
21/07/2019 03:49:58
Adorei, nota 10
20/07/2019 21:36:48
DIGO, COMPLETAR.
20/07/2019 21:36:27
BASTANTE ERROS. ALGUMAS PALAVRAS FALTANDO PARA CMPLETAR AS FRASES. SEM CONTAR QUE O VITOR ERA CASADO. BOM, NÃO SEI SE ISSO É UM PROBLEMA PARA VC, MAS CREIO QUE PARA O CITOR DEVERIA SER SE A MULHER DESCONFIAR OU FLAGAR. RSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS MAS FOI INTERESSANTE.
20/07/2019 21:18:57
Muito bom

Online porn video at mobile phone


so bucetudas chorando quando a pica entrougaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnopornodoido filhinha escultural cabelos curtinho metendonovinha nao greta o pau graden e choramulher recebendo massagen enlouquecidaconto fude com meu cachorro a xifro meu maridosafada mostra xoxota pro carteiro no portãoporno gey contos eroticos priminho inosenteCorno contocomendo a irmã moeda meu irmão gostoso ela geme na vara XVídeosestupro esposa contos eroticosnora da bobera e leva rolamulher querendo fazer zoofilia no Rio de Janeiroconto descobri que sou cornocontus estupro de novinhasConto erotico raspando penteioContos erótico menino menor sendo abusado por padrebest camerasMoreninhas com ropa dessentesponodoido pasado um tempo com minha primascontos de mae vadia viciada na rola do filhocontos eroticos de irmas gemiascavalga ai ui mete primo caralho contodomestrica vendi meu cu virgem para meu patrao contos eroticosconto casados fantasiamoleque tarado.contosfotos vizinnha ficou com cuzinho lamecado d porraXVídeo mulher pelada gostosa Barradãogloryhole sr ele elaconversa com coroa carente cellvidematexvideocontos eroticos o novato da escola 8xxxporno peguei minha amiga de legue dela e soquei tudotexto jibi mae filho fodeu bucetaConto erotico sou madura e consolo lesbicaxxvideos parada gay 2017 sao paulovideo belmiro o caseiro caralhudofotos com menininhas de vestidinho distraidas deixando ver a bucetinha por baixo do vestidowww.porno travesris espremendo o proprio peitox videos cu exfoladonovinha brincano com pau do muleke e saindo aquele liquidomachos suvacos e salivasx.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosrevelação de filme pornô com minha mulher transa com meu jardineirocontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulher paguei pra esposa do caseiro pra eu deflorar a filha do caseiro conto eroticoa.mulher vai ate ver que.estava.na.porta.era.o amigo dela.e.deu.a.boceta para.elelexvideoquando você puderaliviava me tesao com o filho novinho da vizinhaconto sexo perdendo virgindade pro caminhoneirotia coroa vestida camisolinha transparente pra dormirconto erotico tia bucetuda e sobrinho pausudo de sungaconto gay apaixonado pelo traficante nando contos eiroticos leilaporncontos eroticos jatos de porra na gargantaO q uza na odor na vajina da mulherXVIDIUS SÓ DI NOVINHAS DESMALHA GUAND GOSA HD COMfiume porno antigo do tasaõconto erotico dos mauricinho ricos com gaycuspi n cuzinho d minha irmanzinha d oito anos e soquei meu pau contos eroticosconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoFUDENO MENINA JOPONEZINHAx videos enpurou no lekeContos eroticos no sitio fazenda chacaravidio corno mulher pedio aregovih a madrasta de shortinho e n aguentei pornoConto enteada apaixonada pelo padrastovideo porno mulher dando primeira vez na frente do marido casa de cuingue curitibaEncoxada Casada com d cord mansa da porno familia jurássica