Eu te amei Thyago...

Um conto erótico de Peh
Categoria: Homossexual
Data: 13/08/2019 19:58:48
Nota 9.00

Ola pessoal me chamo Luan tenho 19 anos e esse é meu primeiro conto aqui, eu consideraria esse conto como um pequeno desabafo ou uma mini biografia, pois é uma passagem na minha vida que foi muito turbulenta e se eu soubesse que ela terminaria dessa forma eu jamais teria começado.

Entao essa historia eu irei ser mais detalhista possivel a putaria pode até ficar em segundo plano mais eu acho que agora eu estou melhor e capaz de relembrar essa historia e de abrir ela pra vocês. Pode até parecer historia de filme ou uma história falsa mas infelizmente isso tudo foi verdade e aconteceu quando eu tinha 16 anos de idade e ele 17.

Alguns podem considerar a historia um pouco longa e chata no começo, mais é que eu sou iniciante nisso de escrever então desculpa

******

EU TE AMEI COM TODAS AS MINHAS FORÇAS - Parte I

Eu sempre fui um garoto muito “namorador” e galinha tbm, nunca quis namorar ninguém, só queria mesmo ficar, na minha adolecencia eu tinha uma meta que hoje eu percebo que era até um pouco IDIOTA que erq de pegar pelo menos 5 meninas diferentes por mês, e eu sempre co seguia bater essa meta ou as vezes pegava até mais do que 5, eu descobri no começo da minha adolescência uma atração por garotos também, embora não demonstrasse, eu sempre fui louco em uns garotos da minha escola porem eu queria era comer eles era louco na bundinha deles, até então não entendia o que era aquilo, também não considerava uma bissexualidade, porém eu nunca levei jeito pra me aproximar de garotos, eu era um garoto muito bonito cabelo liso castanho escuro penteado pra esquerda jogado um pouco sobre a testa, voz bem grave igual a do meu pai, ombros largos barriga sequinha peitoral definido 1,78 de altura pois eu puxei mais ao meu pai, e era o garoto muito atraente, e sempre era as meninas que andavam atrás de mim, sempre se ofereciam pra mim e eu nunca despensei nenhuma, todas as amigas da minha irmã eu ja tinha passado o rodo e ja tinha até transado com algumas a muito tempo (a minha primeira vez foi sexo a três eu e meu melhor amigo tinhamos transado com uma amiga da minha irmã), então esse meu lado pegador não era com intensão de competir com alguém ou pra ganhar essa fama era mais por diversão, eu era louco pra comer um garoto la da minha escola ele era lindo sempre que eu via ele parece q minha alma saia do meu corpo de tão nervoso q eu ficava.

Eu sou o segundo de 5 irmãos, meu pai e minha mãe se conheceram muito cedo, e também em meio a um drama da minha mãe, minha mãe não é brasileira, ela nasceu no Equador e veio pro Brasil fugida pra não morrer, a família da minha mãe tinha muitas terras no Equador e tinha muita rivalidade entre outras pessoas mais ambiciosas com interesse nas terras então uma tarde invadiram a casa uma espécie de sítio em que eles moravam e assassinaram o pai a mãe os irmãos a empregada e a vizinha com os filhos dela pois todos se encontravam na casa, não pouparam nem a irmã caçula da minha mãe que na época tinha 3 anos de idade, minha mãe foi a única que conseguiu escapar pois ela estava na cozinha e conseguiu correr a tempo de se esconder na mata, ela teve ajuda depois de alguns amigos da familia que a mandaram para o Brasil onde ela tinha um irmão mais velho morando em São Paulo onde ela conheceu meu pai ainda bem jovem com uns 17 anos os dois, e então quando ela engravidou do meu pai eles vieram para a terra natal do meu pai em outro estado, que mais tarde ele abriu um bar que lhe rendeu muitas coisas, o bar hoje é o mais frequentado da cidade todo tipo de gente vem aqui, todo final de semana aqui a rua fica lotada e por eu ficar no bar com o meu pai eu conhecia muitas garotas também e ficava com muitas.

Meu pai continua com a alma de um adolecente (ele ainda é um homem jovem) ele é parceiro de todos os meus amigos e do meu irmão mais velho, ele parece que tem a nossa idade quando ta no meio da garotada, ele leva a gente pra pescar, da aqueles conselhos sobre mulher, meus amigos tem uma amizade legal com meu pai, ele é muito parecido com o The Rock o Dwayne Jhonson, ele tem 2 metros de altura todo bombadão devido a academia que ele pega pesado e se dedica bastante ele sempre foi muito atletico desde jovem e mantem isso até hoje.

Bem eu estava no primeiro ano do ensino médio quando ele apareceu na minha vida o nome dele era Thyago 17 anos e ele não havia sido criado aqui ele vivia em Minas Gerais com os avós dele porém os pais e os irmãos dele moravam aqui na cidade, ele tinha mais dois irmãos um garoto de 14 e uma irmã de 20, bem sabe como é cidade pequena quando ele chegou com aquele sotaque todo mundo achou estranho pois era algo q não se via todo dia, (quando eles descobriram que minha mãe era de outro pais todo mundo queria ver a minha mãe falando) ele era um garoto lindo ele tinha o corpo bem definido pois ele ia a academia porem era so musculo ele não tinha tanta massa ele era branquinho parece que nunca tinha visto sol na vida cabelo loiro cortados na maquina um dos lados e encima era mais comprido o corte dele era igual ao meu so que o cabelo dele era um pouco maior e cobria um pouco o olho esquerdo, olhos castanhos nariz perfeito e ainda por cima sabia cantar, a familia dele era toda assim, menos a mãe dele que tinha o cabelo preto,.

Bem o Thyago foi se enturmando com todos da sala até comigo e como eu defino a nossa classe parecia uma grande show de comedia, a escolinha do professor Raimundo, la não existia isso de sofre com o bullying não, la as pessoas combatiam bullying com mais bullying, nós eramos pessoas unidas ninguém tinha essa de rivalidade com ninguém não, poderiamos brigar e sair na porrada igual ja aconteceu comigo pois eu era muito brigão e não levava desaforo pra casa mais com certeza 2 minutos depois ja estávamos de boa como se nada estivesse acontecido.

Os dias foram passando ate chegar um dia em que ia ser realizado na escola uma espécie de feira de ciências e a turma inteira foi dividida em 3 equipes e acabou que Thyago ficou na mesma equipe que eu, uma equipe de 10 pessoas, já que nós sentávamos próximo, marcamos de iniciar o trabalho na casa da líder que era proximo da escola, marcamos para o sabado seguinte pela manhã, cheguei la fizemos a primeira reunião da equipe fizemos algumas coisas e fomos embora Thyago estava de moto uma Broz preta e perguntou se eu queria uma carona e eu falei que sim, ele me levou até em casa e quando eu desci da moto ele se despediu de mim com um abraço, eu achei aquilo estranho pois aqui onde moramos não temos o costume de abraçar só abraçamos alguem da família e não é so eu não, é todo mundo, ele me deu um abraço de carinho por isso que eu estranhei aquele rapaz todo marrento demonstrando carinho por outro homem, mas ate ai eu achei normal.

No fim de semana seguinte eu iria pra casa de uma amiga da escola que eu ja tinha até pegado ela mas ai nós continuamos amigos, então eu peguei a moto do meu pai e fui pois ela morava no interior (na zona rural). Então eu fui cheguei la pro almoço o irmão dele era meu parceiro de futebol nós éramos muito amigos e depois de um tempo fomos para o campo improvisado que tinha lá, por incrível que pareça Thyago tambem estava lá só que na casa de um outro amigo dele eu só vi ele quando estavamos indo para o campo, ele me viu e falou comigo jogamos bola por um tempo eu ele o garoto que andava com ele e o irmão da minha amiga, até que fomo embora e depois ele me chamou para conversar e disse que era em particular, próximo ao campo tinha uma casa abandonada, ela foi construída e não foi terminada então não tinha piso e nem reboco, e era cheio de tijolos quebrados no chão inteiro, ele me levou pra la enquanto os garotos foram embora, eu achei aquilo estranho o que de tão importante seria, quando chegamos na casa abandonada ele se virou pra mim e disse.

Cara tem uma coisa que eu quero te falar desde a primeira vez que eu te vi.

Aquela fala ja me deixou ainda mais curioso, nem me passava pela cabeça o que seria.

Pois fala ai rapaz, pode dizer

É que eu gosto de você.

Naquele momento eu saquei tudo, e aquilo me irritou um pouco, eu queria quebrar a cara dele ali mesmo.

Vai tomar no cu!! Tu ta ficando é louco pow. Tu ja me viu ficar com homem alguma vez?

Não precisa ficar com raiva não, é que quando eu te vi com esse teu jeitão muleque eu fiquei balançado por você. Falou ele confuso.

Sei lá, mais ter outro homem me assediando era um pouco desconfortável pra mim, eu nunca tive jeito nem pra assediar um garoto, imagina de ser assediado.

Tu ta gostando de mim é? - Perguntei a ele.

Tô sim, mais ninguém pode saber não.

E o que você quer fazer com isso, tu quer dar o cu pra mim?

Não, é eu precisava te falar isso, eu so fico pensando em você.

E então como é que fica rapaz?

Não sei que tal nós ficar uma vez pra ver o que pode rolar?

Cara eu não sei, esse negocio é novo pra mim, eu sempre quis fuder um cuzinho mas isso é estranho pra mim, mas tu é gay?

Sei lá, eu gosto de buceta, mas com você foi diferente, eu nunca senti atração por menino nenhum na minha vida mas quando eu te vi eu não sei mais o que foi que aconteceu comigo, eu te vi e agora eu quero ficar perto de você.

Tu ta apaixonado por mim? Cara?

Eu não sei, eu só sei que eu ja não me conheço mais depois que eu te vi.

Depois de toda aquela declaração eu pensei que ele queria era dar pra mim, e eu que ja tinha vontade de estourar um cuzinho achei que o universo tinha jogado ele no meu colo; ele se aproximou de mim (tenho que admitir que o garoto tinha pegada) e tentou me beijar, eu era um pouco receoso em relação a isso, por isso eu não quis no começo, mas eu abracei ele e fiquei alisando a bunda dele e sarrando meu pau nele meio sem jeito, ele também não gostou e quis parar, aquilo nao agradava nem um nem outro então decidimos conversar primeiro.

Cara que coisa estranha isso. Falei eu meio sem jeito.

É verdade cara.

Eu sempre quis saber como era comer um cu mas parece que deve dar trabalho. Falei sorrindo.

Como assim comer um cu?? Falou ele assustado.

Ué cara, o que noa ia fazer aqui não era fuder não? tu chega ai falando um monte de coisa sobre gostar de mim.

Não eu não ia dar pra você não.

A minha vontade era de quebrar a cara dele ali mesmo, ele so me disse que também era ativo na hora da foda, que ele propôs aliás.

Tu queria era comer meu cu? Tu ta é louco. Eu não gosto disso não.

Mais espera a gente pode conversar sobre isso, é que talve tu não me entendeu bem, é qur eu queria ficar hoje com voce e se voce não quiser tudo bem.

Ele pôs o pau pra fora, meu Deus aquilo não era um ser humano não, até hoje eu me lembro a primeira vez que eu vi o pau dele, eu nunca cheguei a medir o pau dele, mas com certeza devia medir mais de 20cm porque o meu pau tem 19cm e o dele era muito maior que o meu, era grosso todo branquinho meio rosado do meio até a cabeça era reto o saco era grandão o rosado, o penis dele era completamente desproporcional para o corpo nem parecia e nem fazia aquele volume todo, ele tinha vocação para ator porno eu falava isso pra ele as vezes.

Tu ta doido cara, que cacete é esse ai rapaz. Falei chocado.

Desculpa, se assustou. Falou rindo.

Tu é doido parece de ator porno, meu deus.

Eu não mostro pra ninguém, tu é a primeira pessoa que ver meu pau assim. E ele ta assim é por você vem cá.

Fui em direção a ele e ele mandou eu pegar o pau dele, eu peguei e comecei a punhetar, quando eu peguei naquilo algo estranho aconteceu, eu não sabia o que mais o tesão começou a surgir, ele pediu pra ver o meu pau, e quando ele viu também ficou impressionado pq o meu era grande 19cm muito grosso e veiudo e cabeçudo arrombava qualquer cuzinho, e ele logo chupou meu pau quando eu senti aquilo eu já não queria saber mais de nada, nem as minhas ficantes chupava daquele jeito, e olha que era a primeira vez dele, nossa o tesão era tanto que nem demorei a gozar. Ele se levantou e me abraçou e passava a mão na minha bunda e disse.

E ai, vai encarar

Eu posso tentar mais vai doer, tu ta é louco.

Eu vou fazer devagarinho, não te preocupa.

Mais só não faz uma coisa, eu não quero que tu passe a lingua no meu cu.

Mais porque? Pq eu nao gosto disso.

Mais tu ja fez?

Não mais eu nunca senti tesão nessas coisas, chupar um cuzinho e uma buceta é comigo mesmo, mais essas coisas de lingua e dedo no cu eu não gosto.

Tá bom.

Ele me levou e ficou caçando um outro comodo da casa ele me levou para um quarto mais quando nós entramos tinha um monte de aranha caranguejeiras em uma pilha de telhas que estavam lá, então ele me levou para um banheiro só que não tinha nada no banheiro o chão era so tijolo quebrado.

Ele me levou pro pé da janela que tava fechada mandou eu apoiar as mãos nela, cuspiu no pau dele e empurrou, nossa que dor maldita, parecia que eu ia morrer, eu mandei ele parar e ele parou um pouco e pediu pra ver meu cu, quando ele viu ele cuspiu nos dedos e passou no meu cu, nossa aquilo foi um extinto do meu corpo eu na mesma hora meti um murro na cara dele, essa foi uma atitude involuntária eu realmente nao iria bater nele, foi uma coisa que quando eu vi ja tinha feito.

Desculpa Thyago, eu não queria fazer isso pow.

Tu ta louco cara, eu não te fiz nada.

Eu te falei que não era pra tu cuspir meu cu.

É que eu queria ver o que tu ia falar se eu fizesse isso.

Eu olhei o rosto dele o olho dele inchou na mesma hora e ficou vermelho bem no lado esquerdo do rosto.

Me desculpa não foi por que eu quis, eu não sou de ficar batendo nas pessoas não.

Ta bom. Mais eu ainda vou te comer, vira ai pra mim.

Me senti um pouco na obrigação de fazer isso então me virei pra ele e ele mandou ver de novo, so que ele tinha uma camisinha na carteira dele e tinha colocado dessa vez, ele colocou mais eu disse pra ele não colocar tudo pq aquilo ia arrebentar minha bunda, eu so sentia dor, eu não consegui sentir prazer nem depois que ele colocou dentro, eu só sentia aquela coisa incomoda entrando e saindo bem devagar de dentro de mim, o pau nem ficava duro, naquela hora eu tive certeza que não tinha vocação pra dar o cu, eu estava fazendo aquilo ali mais por ele, porque talvez ele me daria o cu também, e também eu estava com curiosidade, ele metia super devagar, pois doia bastante, ele suava de tesão que só ele sentia, ele pediu pra mudar de posição mais eu disse que não e ficamos naquela foda ali até que ele gozou, ele pediu pra gozar na minha cara, eu falei que se ele fizesse isso eu iria bater bele de novo e sem pena, ele gozou ali mesmo no chão e depois ainda pelado ele me abraçou e me beijou na bochecha, eu não sei mais depois daquele beijo eu senti algo diferente por ele, eu quis retribuir a ele, eu encochei ele na parede e comecei a beijar ele loucamente, mais ai depois que o tesão do beijo baixou nos fomos embora, mais quando iamos saindo por onde entramos pelos fundos da casa abandonada no mesmo instante estava entrando uma mulher que se chegasse poucos minutos antes nos pegaria no flagra, ela era usuária de drogas, ela provavelmente iria ali pra poder fumar, eu me lembro como se fosse hoje, ela estava com uma camisa do flamengo e um short jeans muito antigo, ela ja era conhecida por ali ela andava en todas as festas que tinha na cidade, toda suja devido ela ser usuária, ela vinha com algo numa sacola e quando viu a gente nos cumprimentou e disse que ela ia ficar um pouco louca, provavelmente ela ja estava delirando, só que o pior estava por vir…

Continua…

Desculpa não detalhar muito a nossa foda, pois a foda principal não é essa, e também foi algo muito ruim pra mim que não gostei nada.

Conto com vocês no proximo conto.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


asseste video de jovem tranzando e fumando cigarro cem para ate gozamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1mulher gorda e velha com as pregas do cu frouxa peidando porraconto arrebentei cu garanhaolevo esposa pra csa do amugo e dusse amigo e sua come pornosexo com mae vadia potuguesa fuder com filhocontos erótico com subrianovinha shortinho finos pegando no pau do namoradoa mulher se arreba negao em fim todinho na buceta sua bola entra na bucetaacho que minha namorada gozou pq agente tava fazebdo sexo e a perna dela tava tremendoconto porno queimando a roscacontos eroticos esposa mamando no cinemaconto erotico estupro machos enjoaremver filho fódendo mãe dormindoporno ero da buseta colico no cucontos eroticos tesao no filhoQuero ler contos homem fudendo meninha crakudaBiazinha cagou nas calçasbucetascontoxvideos de porno metendo emssaboadocomo fazer alguem te pedir dxclpa a distanciametendo o pau na chefs.em do pornô brasileiro XVídeosConto erotico- sogra so de calcinhaliberei minha esposacontos filha no barco c amiguinhanovinhas pelada da lingua da buceta vantajosa de pernas abertaporno tirei o pau veio bosta bizarrocumeo cu abuçeta da irma gostosa bundudafotode,negao,forsando,o,amigo,chupar,seu,picao,aforsasexofilha esta com medo vai ao guarto dos paiscontos dei pra todo mundo do colegio meu maridinho foi corninholesbica transando com a amiga ate ela vira o zoinhocazro goozando juntosver vidio reau casada levou uma pica tao grande na buceta ela chorrouquero baixar pornô novinha sentada no sofá completando campainhaxvideos gays hot boys porteiro comedo o morafoHistorias erosticas viadinho dano o rabo para o pedreiro da obra .. E choraporno marido raivoso contratou um negao pra estrupar sua mulher que lhe tramulhe vai dormi e semastorbavadia chupadora de buceta contosposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularvidios pono sohentepor que quando minha tia mim ver ela passa a mão e coça a buceta delaxvideo de rodinha da sarrada e chupadinha no baile funkxvideos. com as gostsona no rnxvideos.com mae brincando com filho com malicia e acaba mobileamarrei a travesti pisuda e sentei e mamei na sua vara boaa sogra levantado vestido deixadndo genro locoxvideo damçano de saimha sem calsinhamulher bem novinha tirando a calcinha devagarinho acaba comendo a b******** dela devagarzinho empurrando ela peidando empurrando ela peidando empurrando ela peidandoconto de padrasto socando a punhetacontos eroticos de incesto comendo uma doida mentalcontos eroticos real incesto tio orgamoscontinuação do conto erótico de incesto eu so fudia a buceta da minha filha eu ainda não tinha fundido seu cu virgem eu disse pra minha esposa que eu fudia a buceta da minha filha minha esposa disse pra eu fuder minha filha na sua frente eu comecei a fuder a buceta da minha filha minha esposa tirou sua roupa eu fudi elas duas juntas eu depois eu levei minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu delamenininhao na siririca no banho escondidatava pastor ver a mulher de mini saia gostosa e não aguentei e transeivídeo pornô comendo o c* da magrinha deitada transposiçãocontos eróticos gay brincar flime porno dois homen trasando com mulher furtapornocontos erótico assembleia dfime de porno mae e filhatrazano no banheroajudinha da fucionaria do mercado xvideosvideos pornos gratis mae pede pra filho traser a toalha e filho nao perdoaContos eroticos chantagiei e chupei minha maninha conto de eu novinha dri meu cu apertado para um cavalo de pica grande video porno com mulhe traido o marido e foi amesada que nao da cupor que quando minha tia mim ver ela passa a mão e coça a buceta delafilme de pornô mulher se masturbando e metendo a mão quero ver o filme agora filme quero ver agora filme de pornô metendo a mão aguardando né tá na mão transando ela se masturbandove novınha fudendonomatogostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoswww.xvideos.com corno nao perdubaNxnn coroa agarrda numo pau de 25cm