Dupla penetração inesperada

Um conto erótico de Namorada Anônima
Categoria: Heterossexual
Data: 20/09/2019 03:20:50
Última revisão: 20/09/2019 10:55:26
Nota 10.00

Já é carnaval em Salvador. Verão, calor, praia, cerveja gelada, gente bonita, cidade lotada, tudo isso junto é a combinação perfeita. Nessa época do ano o mundo literalmente se encontra aqui.

Primeiramente deixa eu me apresentar para vocês, utilizarei nomes fictícios por se tratar de uma história real, me chamo Taís, sou morena, olhos cor de mel, estatura média, cabelos escuros e longos, cintura fina, quadril largo, seios tamanhos médios, sou uma mulher bem atraente.

Tenho 21 anos e desde os meus 17 namoro com o Paulo, ele foi meu primeiro namorado, foi com ele que perdi a minha virgindade e aprendi tudo o que sei sobre sexo.

Nos damos muito bem, nosso relacionamento é muito agradável, temos uma vida sexual ativa e nos divertimos muito juntos. Nunca passou pela minha cabeça trair o meu namorado, mas ai vem a vida e nos revela muitas surpresas.

Era sábado de carnaval, estava vestida com um shortinho branco e uma blusinha azul bem leve, por baixo apenas uma calcinha branca muito pequena e um top da mesma cor, alguns enfeites e lá estava eu pronta para ir à avenida pular o carnaval.

Nesse dia bebemos muito, tanto eu como meu namorado exageramos um pouco, porém eu ainda tinha um pouco de noção das coisas, já Paulo estava completamente bêbado, mal conseguia andar.

Estávamos apenas nós dois e eu já estava ficando bastante preocupada, muitos homens percebiam o estado do meu namorado e procuravam graça comigo, uns soltavam piadinhas, outros passavam dos limites e tentavam até me agarrar.

Muito assustada decidi procurar um posto médico, estava com medo do meu namorado dar PT no meio da rua e também seria um local onde eu estaria segura. No caminho para o posto encontramos dois amigos dele, um se chama André e o outro Daniel, assim que viram a situação dele ambos prontamente se ofereceram para ajudar, cada um segurou Paulo por um braço e fomos em direção ao posto.

Chegando no posto percebemos que estava muito cheio e que o atendimento demoraria muito, então decidi pedir ajuda aos meninos para nos acompanhar até em casa já que moramos muito perto do circuito do carnaval.

No caminho para casa Paulo começou a vomitar muito e simplesmente apagou, tivemos que continuar o trajeto com ele carregado pelos amigos. Estava muito chateada com toda aquela situação porque não era a primeira vez que ele aprontava uma dessas comigo.

Chegamos no apartamento e colocamos Paulo na cama, agradeci muito aos meninos e perguntei se eles queriam algo, André pediu um copo com água e Daniel perguntou se poderia tomar um banho rápido, pois estava melado de vômito.

Peguei uma toalha para Daniel e fui na cozinha com André para pegar a água, nesse momento, ficamos a sós e fui surpreendida por um beijo inesperado, André simplesmente me agarrou, sem nem dizer uma palavra, tentei relutar mas já estava dominada por seus fortes braços, ele era alto e bem forte, não sei se por conta da bebida, por raiva do meu namorado, ou até mesmo por um imenso tesão, mas deixei me levar por aquela situação.

Não estávamos preocupados nem com o meu namorado nem com o outro amigo que estava no banho, no fundo sabia que aquilo não era certo, mas o desejo falou mais alto.

Aquela pegação começou a esquentar mais e mais, André apertava minha bunda, chupava meu pescoço e meus seios, me apertava muito, uma pegada forte que até então nunca tinha experimentado, eu já estava muito molhada e louca de tesão, era uma sensação inexplicável.

Até então eu estava quieta, apenas permitia que ele usasse e abusasse do meu corpo, foi quando tomei a iniciativa e comecei a apertar o seu membro por cima da bermuda, estava muito duro e era muito grande, não resisti e enfiei a mão tirando um pau simplesmente ENORME, nunca havia visto nada igual.

Estava hipnotizada com aquele cacete enorme que parecia que iria explodir de tão duro que estava, além de grande era grosso, a cabeça era enorme, André percebeu a minha reação, deu uma risadinha malandra e apenas falou:

- Chupa sua putinha

Seguido de um tapinha na minha cara, nesse momento meu corpo entrou em transe, me arrepiei toda, agachei e mamei muito, igual uma puta, estava tão empolgada que não percebi que o outro amigo do meu namorado já havia saído do banho e estava assistindo aquela cena de camarote, só percebi quando escutei ele falando:

- Agora é a minha vez, também quero ganhar um boquete da namorada safada do meu amigo

Os dois gargalhavam e Daniel já veio colocando o seu membro também ereto na minha cara, era menor que o do André, em compensação era mais grosso. Fiquei uns 10 minutos revezando entre um pau e outro, até que Daniel me levantou e tirou meu short e minha blusa, fiquei apenas de top e calcinha, minha calcinha era branca e bem pequena, na parte da frente já era visível a mancha do líquido que saía da minha vagina.

Saímos da cozinha e fomos para sala, fui posicionada de quatro no sofá pelo Daniel que logo sentou me oferecendo o seu pau para chupar, André ficou atrás de mim, afastou minha calcinha e começou a chupar minha bucetinha, fui as nuvens, gozei umas duas vezes na sua boca.

Mal terminou o segundo orgasmo e fui surpreendida por aquele cacete enorme me penetrando, nesse momento tirei o pau de Daniel da boca, fechei os olhos e me segurei para não gemer alto, minha vontade era gritar igual uma cadela no cio, mas tinha que me conter porque meu namorado estava dormindo a poucos metros dali.

Tudo isso era uma loucura, as vezes não acreditava que aquilo estava acontecendo, nunca havia traído meu namorado e agora estava de quatro chupando um amigo dele e sendo penetrada por outro, mas estava tão gostoso que não tinha nem tempo para pensar em nada.

Ficamos ali por um longo tempo, nessa altura nem me importava mais com o Paulo, no fundo sabia que ele não acordaria, não era a primeira vez que ele desmaiava de bêbado.

Fudemos em várias posições diferentes, uma hora chupava Daniel e André me comia, outra hora eles trocavam e eu passava a chupar André e ser fodida por Daniel, estava muito gostoso, havia perdido as contas de quantas vezes já tinha gozado.

André estava deitado e eu estava por cima dele cavalgando igual uma louca, Daniel estava em pé na minha frente me dando o seu cacete para mamar, foi ai que iniciou o momento mais excitante da minha vida, Daniel tirou o pau da minha boca e deu a volta se posicionando atrás de mim, ele começou a cuspir no meu cuzinho e enfiar o dedo.

Fiquei com muito medo porque nunca tinha feito sexo anal na minha vida, mas meu cuzinho piscava muito, Daniel se agachou, enrolou meu cabelo em sua mão e lentamente começou a me penetrar, no início senti um pouco de dor, mas acho que o fato de estar muito excitada facilitou a entrada do seu membro.

O que antes era dor agora se transformou em prazer, e muito prazer, as metidas pareciam que eram sincronizadas, André metia na minha buceta e Daniel na minha bunda, não demorou muito e tive o melhor e mais forte orgasmo de toda minha vida, não consegui me conter e desabei em cima de André, meus gritos e gemidos eram abafados no seu peito, logo em seguida senti que ambos gozaram dentro de mim, e gozaram muito, inundaram a minha buceta e o meu cu.

Estava tão bom que mesmo depois de gozar eles continuaram dentro de mim por uns dois minutos.

Incrédula, não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer. Pedi para eles nunca contarem a ninguém o que havia acontecido ali, eles prometeram que não contariam, mas disseram que queriam me comer juntos outra vez.

André e Daniel foram embora, eu fui tomar um banho e mal consegui dormir pensando no que tinha acontecido, me culpava muito, prometi a mim mesmo que jamais faria aquilo novamente e não iria trair meu namorado nunca mais, ele não merecia isso.

No outro dia acordei toda dolorida, Paulo acordou com uma ressaca enorme e não lembrava de nada, não lembrava nem que tínhamos encontrado seus amigos.

Contei que ele estava muito bêbado, que encontramos André e Daniel e eles ajudaram a trazê-lo para casa. Inocentemente Paulo ainda ligou para os dois para pedir desculpas e agradecer, disse que não sabia como podia retribuir o que fizeram por ele, não sabendo ele que eu já tinha retribuído.

Nunca mais encontrei com nenhum dos dois, mas sei que uma hora vai ser inevitável que isso aconteça. Sinto muita vergonha do que aconteceu e não sei com que cara irei olhar para eles.

Guardo esse dia na minha memória como a maior loucura da minha vida, nunca contei para ninguém, é um segredo que guardo a sete chaves.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Fato real a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/10/2019 11:59:55
És maravilhosa demais, minha querida, o tipo de gata que adoro. Leia as minhas aventuras. Eis meu e-mail: Beijos imensos e intensos.
29/09/2019 15:57:29
Vamos trocar fotos.
22/09/2019 15:31:15
Explca o que é PT ! ()
21/09/2019 17:49:26
Delícia de conto, quando puder leia os meus e visite o meu blog http://drmenage.blogspot.com/.
21/09/2019 03:40:57
Muito bom! excitante
21/09/2019 00:11:40
Me imaginei te comendo de jeito e vendo vc gozando de todas as formas. Excelente.
20/09/2019 16:21:21
Adorei legal continua assim obrigado
20/09/2019 14:02:45
show de conto
20/09/2019 10:25:24
Coisas do nosso carnaval...KKK...esse conto trouxe ótimas lembranças, inclusive vou escrever um conto com uma...beijos, e continue escrevendo
20/09/2019 09:08:21
Olha,vc se deixou levar,mas pelo visto vc não deu mole pra ninguém,foi envolvida pelo tesão do carnaval,festa que desperta fortemente as fantasias. Melhor que não encontre mais esses caras,ficou uma aventura única e que lhe causou grandes orgasmos e um belo conto
20/09/2019 07:58:04
Wooow que relato maravilhoso eim que tesão.. nunca tive uma oportunidade dessas porque minha esposa não curte carnaval e bebe pouco, mas adoraria estar no papel desses amigos aí, meus parabéns. Meu contato
20/09/2019 07:44:26
Hmmmm que delícia.
20/09/2019 06:37:23
10
20/09/2019 03:44:00
Muito delicioso seu relato! Ah, seu segredo agora deixa de ser segredo, não vou contar pra ninguém, seu segredo é só nosso! Kkkkk

Online porn video at mobile phone


contos encasa so andamos peladosmulher cor de jambo anal classicohomem do pau grande rascando a buceta da cachoragarota nao guenta da r u cu i chora pornoconheci uma novinha inocente ensinei ela chupa tudo contos eroticosfilme pornô lésbicas suando nariz na cara da outra Tirando catarroporno família favelaComeno buceta lizinha com olhoporno irado de filho espiano sua mae peitudamulata safada gosto da vara do roludo e traiuurologista conto gayvideo minha geba arrombando o cu do padrecocontos eiroticos leilaporna empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casaDeixou varios gozar dentro frutapornocasaraoxvideoscontos eroticos de motorista pirocudo de madamexxvideos cproas exibindo seu cu videosclip16 novinhas esguichandoencontramos nossos vizinhos na praia do nudismo conto erotEnpregada sendo encoxada por trs de sainhacontos eróticos escritos de lactofiliacontos eroticos alex mauconSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacheirando a calcinha contoscontos eroticos gay os adultos me dizia filhinho vai chupa é o pirulitaoas mulheres mais tratante do pornô de fio dentalComtoseroticos cegredocontos eroticos , meu padastro sempre mim desejava , mim pegou a força , gostoza dando cu de 4 flagrei brechando e nao gosteicorno xxx veibidor trasparenteconto erotico escrava do negro sadocasa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacontos coroa implorando por uma picacontos eiroticos leilaporndoidinho pra comer o c****** da Silvanaxisvedeo estruado cono modelos piricudosxvideo mulher uza ceu cu para gurda bola i leitexvideo das baroas fudedo na fazendasconto erotico dois paus video gamecontos eróticos com minha irmanzinhaprovoquei e fui comida contos eroticosSOU CRENTE Fui encoxada no ônibuscorno pega tua espoza dando a buceta pra oltrofudendo francy vestidinhoconto erótico esposa fazendo teste de fidelidade com esposaconto erotico o negao e a japinhaxvedeos dejado busetao rochoempregadinha contoxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delacontos obrigada a ser escravaXVídeos que dia para minha esposa enfiar o biquíni na b***** e assanharam os outros homens na praiaConto erotico tenho padaria e dei pro menino relatos.picantes arebentou cabaco da novinha com muito choro pau grandexvideos indigesto estrupadas pelo irmaocontos eroticos real incesto tio orgamoshttp://zdorovsreda.ru/texto/2012041092contos de incesto irmao assistindo tv com a irma novinha e comendo ela abracado por trascontos veridico mulher pagando a divida do marido com homem pauzudao dotadoesposas q 25cm de picaxxx amigo. covida. marido ele. muihe. dele. come. xora. pau. olhaporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anussexo brutal negão castigando a barriga até machucar outro delamarentinhos xvideos coletanias maior pau do mundo pornoxvideos bucetas grandes babando no pau e fazendo barrulhomulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornocontos erotico meu bebe com fimoseContos eróticos gay brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deuMULHERCASADA TANTO O CUZINHOFILHO