Incesto

Um conto erótico de Qroxota
Categoria: Heterossexual
Data: 01/12/2019 06:04:33
Última revisão: 02/12/2019 08:38:01
Nota 9.67

Os nomes nesse relato não serão falsos.Minha primeira publicação na CDC

Na vespera do feriado do dia 15 de novembro de 2019 digo esse ano meso, aconteceu algo que mudou muito minha vida e da minha irmã mas nova que eu, talvez por ler muito relatos de incesto fiquei encorajado,os somos em 3 irmãos duas mulheres e so eu de homem, eu me chamo Antonio ela se chama Paula.

Ela e uma mulata muito bonita cabelos longos ate a cintura, 31 anos, 1,70cm, bumbum grande redondo empinado marquinha de biquini um poco de celulite agora por causa idade msm assim continua muito gostosa, coxas torneadas não muito grossas , seios lindos farto biquinho dos seios roxinho, casada mãe de 2 filhos.

Eu sou negão, 32 anos 1,91cm, 89kg, eu era casado tenho 4 filhos me divorciei voltei pra casa de nossos pais ate arrumar um local pra mim meus filhos ficaram com a mãe,minha outra irmã mas velhas que nos mora com o esposo e 2 filhos muito linda tambem alias as duas são muito gata e gostosas se chama Joana,como e 04 anos mas velha que eu ela ajudou nossos pais a cuidar de nos mas novos,nos dormia no mesmo quarto tinha uma beliche para eu e Paula outra cama de solteiro pra Joana, todos se trocavam de roupa na frente de todos sem nenhuma maldade, eu via Joana e Paula nua ja me dava uma sensação gostosa, Joana com 13 anos eu com 09 anos Paula com 08 tomavamos banho juntos sem malicia nenhuma coisa de criança mesmo,nossa irmã mas velha sempre fazia isso pra ganhar tempo pois nos estudavamos a tarde eu ja com meus 09 pra 10 anos ja ficava de piru durinho sempre que Joana lavava ele ela falava que isso menino Paula falava olha nana o toninho de bilau duro de novo assim que Paulinha tratava a gente, Joana brigava comigo e falava que ia cortar fora e dar para o gato comer eu chorava porque não entendia porque meu pinto subia, depois fui entendendo porque ficava de pinto duro era por causa da Joana e Paula peladinha ali junto comigo e Joana alisava a cabecinha dele lavando desses dias em diante Joana ja não dava mas banho em nos dos juntos mas,mandava ir um de cada vez sozinho so que eu queria sentir a mão dela lavando meu pinto e ver Paulinha peladinha e eu falava Nana não vai dar banho na gente hoje não? Ela respondia que não pois eu tava muito safadinho ficando de pinto duro na mão dela, eu falava ele fica assim porque vejo você e a Paulinha pelada e você lava ele e eu sinto um negocio gostoso Joana me xingava de asanhado sem vergonha e falava que era errado porque nos eramo irmãos.

Joana com seu 13 pra 14 anos ja tinha uns peitão muito lindo grande pela idade dela durinho as duas tinha uma pererequinha linda carequinha a da Joana era beiçudinha roxiada que delicia quando ela ia lavar ela inclinava o quadril pra frente e abria os beicinhos eu vendo aquilo tudo ficava maluquinho!! Paulinha não ficava atras não,so não tinha muito seio na epoca so um carocinho crescendo xaninha lisinha, as duas tinha bundinha de tanajura arrebitada Paulinha as vezes usava o vaso antes do banho mas nao se limpava pedia Joana pra fazer isso ela debruçava no vaso e empinava o bumbum pra limpar Joana abria pra limpar eu via o anelzinho de Paulinha roxinho e ainda piscava quando Joana passava o papel, nossa eu ficava doido!!! Com 11 anos eu descobrir a masturbação vivia batendo punheta pensando nas minhas irmãs

Mas eu não perdia a chance de tentar ve-las peladinha Joana ja tinha percebido minhas intenções e sempre mandava eu sair do quarto pra elas se trocarem era muito pouco as chances pra ver elas sem roupas so quando eu fingia que estava dormindo quando conseguia castigava uma punhetinha gostosa pra elas.

Eu esperava todos dormirem para levantar e ver a calcinha da Paula ela mexia muito na cama e sua coberta caia eu aproveitava,como ela dormia no beliche de cima a luz do abajur nao clareava suficiente mas ja era uma vitoria,certa noite eu levantei pra ver a Paulinha quem tava sem coberta era a Joana ela tava de barriga pra cima o blusao que usava pra dormir subiu ate a barriga ela usava uma calcinha de rendinha branca que tesão que delicia!!

Eu me aproximei fiquei so olhando nao tive coragem de mexer com medo dela acordar, um ladinho da sua calcinha tinha entrado na xaninha aquele beicinho pra fora eu loco de tesão ela se meche e vira de bruço que bundão quase não dava pra ver a calcinha naquela bunda.

Eu fiz uma coisa ousada que me fez ser expulso do quarto passei a mão na bunda linda dela ela acorda me ver ali e chama nossos pais,levei uma coça meu pai me bateu tanto falava respeita sua irmã seu animal isso e coisa de monstro.

Passei a dormir na sala ate fazer um quartinho pra mim mas não paramos de se falar não elas nao perdiam a chance de rir e zombar de mim.parece que isso deixou a gente mas unido ainda.

Enfim crescemos Joana se formou em arquiteta Paula se formou em administração eu me formei em ciencias da computação.

Como tinha dito com o divorcio fui pra casa de ossos pais Paula me liga e pergunta se vou estar ocupado dia 14 falo que não então ela me pedi para leva-la diaem um lugar no suburbio de nossa cidade porque ela nunca tinha ido nesse lugar e tinha receio de ir sozinha seu marido que se chama Fabio não poderia leva-la porque ele leva os filhos paro o colegio cedo e em seguida vai pro trabalho,eu de pronto falo que sim então ela propõe para eu dormir em sua casa pois tinhamos que sair cedo pra não pegar transito tinha que estar no local ate as 09 da manhã falei ok.

Foi ai que a brincadeira ficou mas gostosa, foi ai que tudo começou por volta das 20:00 horas do dia 13 chego em sua casa jantamos fomos pra sala pra bater papo Fabio seu marido fala que ja vai deitar pois levanta cedo ela pôe os meninos para dormirem tambem pois tambem levantam cedo para o colegio, eu e ela ficamos um poco de conversa sobre meu divorcio ela fala agora você pode sair pegando todas ta sozinho,eu falei pior que no momento não to nem saindo muito problema pra resolver,to a perigo Paulinha preciso descarregar se não vou explodir e caimos na risada, nessa eu tambem vou pro quarto eu ia dormir no quarto dos meninos eles iam dividir uma cama e eu ia dormir na outra.

Na manhã seguinte acordo com Paula no quarto acordando os meninos ela usava uma camisolinha bem curta e transparente onde mostrava suas coxas lindas, quando ela abaixa na cama pra chamar os meninos que visão linda da sua bunda virada pra mim calcinha toda enterrada naquele bundão gostoso, meu pau ja tava duro de manhã sempre acordo de pica dura ainda mas que tava sem transar fazia tempo nossa meu pau ficou duraço, nessa eu me mexo na cama ela perceber que estou acordado e fala nossa você ta acordado e me vendo assim respondo,sem problema e oque tem ja vi muito mas que isso, ela ri e fala você e cachorro mesmo bem que a Nana fala nunca respeitou suas irmãs.

Ela sai do quarto arruma tudo seu marido sai levando os meninos pro colegio volta ela me chamando levanta pra não atrasar ela ja ta usando um robe por cima da camisola pra tampar a transparencia, respondo calma ta muito cedo ainda eu fico de barriga pra cima minha pica continua dura eu encolho umas das pernas pra esconder o volume, ela fala me dar uma beirinha ai deixa eu recostar, pergunto vai sentar aqui? so estou de cueca so durmo de cueca eu usava uma cueca box, ela fala pra quem ficava pelado perto da gente agora de cueca tem vergonha? abaixo a perna pra deixar ela sentar ela ve o volume da pica e fala nossa você não tem jeito não mudou nada bem que a Nana falava que você ja era taradinho,antes de sair do nosso quarto quando era criança vocé mexia na gente direto ne? deu azar porque a Nana acordou e chamou o pai,falei sim eu gostava de ver vocês duas depois me acabava na punheta, ela; NOSSSAAA! fazia isso por causa da gente vocé era tarado mesmo.

Nisso ela me confessa uma coisa que eu tambem fiquei de boca aberta ela falou que quando Joana lavava a xaninha dela quando pequena ela ficava toda arrepiadinha.

Falo e melhor você sair não estou racionando bem não,vendo você so com essa camisola fininha eu de pau duro, larga de bobeira agora somos adultos quando criança tudo bem,agora e engraçado lembrar disso tudo,

Nisso ela faz movimento pra levantar quase cai eu seguro ela pela cintura chegando meu corpo bem atras dela ela de costas pra mim tipo conxinha não deu outra encostei meu pau naquele bundão nossa que tesão.

Ela pula pra fora da cama me xinga de novo nossa não acredito que você encostou esse negocio duro na minha bunda a coberta tambem cai ela ve o volume na cueca fica braba vem me batendo seu cachorro safado.

Para me defender eu seguro ela e puxo pra mim ela cai encima de mim na cama ela fica se debatendo rindo me lerga seu tarado eu seguro firme pela cintura sua camisola sobe sua bunda fica amostra ai eu falo nao solto mas, ela fala me solta to sentindo esse negocio duro nas minhas pernas,eu consigo virar ela pra baixo e ficar por cima ai ficou gostoso,

Nessas altura sua camisola ja tava la encima na barriga eu vendo o triaguinho da xaninha dela.

Ela falava ta loco para com isso ela conseguiu fechar as pernas cruzando num ato sem pensar tentei beijar a boca dela ela virava o rosto não deixando falando para seu safado tarado o robe dela abriu vi que não usava sutiam não sei onde eu estava com a cabeça abaixei uma das alças da sua camisola e meti a boca naquele peitâo lindo gostoso.

Ela so falava não faz isso seu cachorro safado assim eu não resisto não sou de ferro você ta me deixando louca com isso de tanto tesão, me segurou pela nuca e apertava minha cabeça contra seu seio eu chupava o bico daquele peitão lindo nisso ela abre as pernas eu entro no meio das pernas dela meu pau fica bem encima da bucetinha dela,NNOOSSSAAA! eu mal acreditava no estava acontecendo.

Tirei minha cueca fiquel pelado encima dela esfregando meu pau na bucetinha dela por cima da calcinha dela,com umas das mãos puxei sua calcinha para o lado ai pude sentir o calor da xana na minha pica bucetinha toda babada meladinha que delicia que tesão ela me empurra me botando deitado na cama e vem por cima com a calcinha de lado começa a cavalgar na minha pica o tempo todo falando você não devia fazer isso comigo não sou de ferro, ela subia e descia cavalgando na minha pica numa velocidade tinha momento que ficava rebolando eu falava rebola Paulinha com esse bundão gostoso cavalgando,ela so falava eu não sou de ferro você não devia fazer isso, eu alisava aquela bunda gostosa e metia de baixo pra cima ela parada falando mete mas seu cachorro tarado,em um momento eu abrir a bunda dela e botei o dedo no seu cuzinho nessa hora ela gemeu alto me beijando pedindo pra meter mas que tava gozando eu sentia a bucetinha dela mastigar meu pau e seu cuzinho piscar no meu dedo ouvindo isso não aguentei tambem não,gozei dentro da minha irmã que delicia, ficamos ali parado sem falar nada um com outro ela deitada ainda sobre mim depois de alguns minutos sentamos na cama e falamos nossa oque fizemos ela fala culpa sua você nunca respeitou nos,falei culpa e sua sabendo que to sem transar um tempão vem so de camisola fininha ela responde estou na minha casa ando do jeito que quero e você seu tarado e meu irmão.

Perguntei você estar arrependida ela responde um pouco nunca trair o Fabio e tinha que ser logo com você seu safado meu irmão,e vem novamente pra bater em mim nessa pego ela novamente deito na cama ai puxo sua calcinha pelo pé e começo a chupar a bucetinha dela.

Novamente pede para parar ela fala precisamos conversar para com isso seu puto cachorro eu não obedeço e continuo chupando aquela maravilha de buceta abro sua xana e chupo seu grelinho ela se contorce toda segura minha cabeça e começa mexer o quadril esfregando a buceta na minha boca, chupo bastante a buceta dela chupo seu grelinho quando começa a gemer dizendo que vai gozar de novo subo encima dela botando ela de frango assado meu pau entra com tudo na buceta dela.

As pernas dela fica nos meus ombro ela fala assim, não para não, continua me puxa pra eu beijar a boca dela ela reclama fala que as pernas estão doendo ela fica de 4 com bundão pra cima empinado seu cuzinho lindo redondinho aparecendo nossa assim so foi eu penetrar a buceta dela pra gozar de novo e a safada ainda falou pensei que você ia botar atras enfiar no meu cuzinho deitamos na cama dessa vez eu deitei encima dela ela tava de bruço.

Agora foi eu que chamei ela de cachorra safada falei nossa Paulinha não sabia que gostava de dar o cuzinho não.

Ela vira o rostinho de lado no colchão dar um sorrisinho safado e responde Toninho eu faço de tudo pergunto você chupa tambem ela fala logico mas você não me deu nem chance de tirar a camisola mal tirou minha calcinha ja veio me agarrando seu tarado mas agora não dar tempo mas,temos que ir quando fomos ver a hora ja era quase 10 da manhã.

Ela perdeu o compromisso mas falou que valeu a pena falamos muito sobre o acontecido se ninguem se arrepende não teria como se culpar,so ficamos dizendo o tempo todo nos dois heim,se a Nana sabe disso prometemos não falar nada pra ninguem e se possivel continuar nossa brincadeira ela topou e desse dia pra cá ficamos amantes saimos mas vezes no dia 20 falamos que ia em um evento da consciencia negra e dia 25 saimos tamem tudo no mesmo mes...

Fooiii maravilhoso depois relato como ela me deu o cuzinho minha propria irmã......

[email protected]


Este conto recebeu 3 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/12/2019 06:04:44
10
04/12/2019 17:32:42
showwwwwwww.começou super bem!!!!!!!
02/12/2019 02:18:17
Olha vou lhe dar 10 em,mas ve se no seu proximo relato vc usa o corretor ortográfico, pois seus erros d escrita quase tira o tesão da leitura,fica aq minha observação
01/12/2019 20:45:41
Adorei
01/12/2019 17:35:43
Nossa q tesão
01/12/2019 06:50:59
Meu amigo, a historia é interessante... Mas ser Dominador não é só questão de humilhar e bater... Ser diminador vai bem além disso.

Online porn video at mobile phone


a cinquentona gritava não ia aguentarcontos flagrei minha mae peituda se trocanoxvideos maromba rebolando no pau bunda grande durinhabeijar o pescoço e acarencia meu bumbum adorocontos eroticos feminizaçao do garotinho maeContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebasesposa tomadora de porra contosRASGANDO O CU VIRGEM DE PATROAS VIDEOS BRASILEIRAScontos eroticos menininhas sapecaseu, minha namorada, mae e tio contoeroticoconto lavador de carro pauzudomulher foi faser vedeo e gorsouContos eroticos iniciei dois garotos quando fui a praia e meticontos porno scat lesbicomeu neto safadinho.ctosna fila para o dentista e minha pica ficou dura conto eróticoxvvidio a mãe ficou presa na piacontos eroticos de putas e putosvídeo biscatinha gostosa nora pagando a dívida do marido para o sogromenina chupando o pau do namorado da melhor amiga em quanto a amiga ta entertidacontos eroticos geme porraxividio vai maxuca meu cupadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetacontos emprestei minha irma por cem reais pra um taradozoofilias pai estuprando filha enquanto ela dorme profundamentemeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticopregacao tema a mulher de suzemcontos eroticos freiradeu sonífero para sogra e comeu a b***** delabundudasconto eroticoapostei minha mãe com meus amigos conto erotico analcontos eroticos estupro de novinho gays com os colegas da escolavideo com historia amãe seduzindo afilha novingax vídeo só moça bonita peidano alto na caussamarrento abusa do viado gay videover as novinhas rebolando as bundas de fio dentauleitinho do papai contos inocentecontos eroticosdei meu bucetao para um pauzudoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaconto erotico meu marido me viu dando o cu e gostoufoda-se que ele é meu irmão 4nossa essa novinha marcando ojens cim um bucetao you tube video de cachorro gigante com cadelatransando e mostrando ele engatadopornodoido ninfetas pornodoido entrada c SR DE BGODEaquelas cunhadinha gostosa f****** com pica devagarinhopedreiro fodendo véia n refórmacontos de esposa piranha corno manso esculachaDoXVídeos pai safado bem dotado acavalado e o seu filho novinho de 18 aninhospornodoido mulher ve o marico comendo sua filha e resolve se vingar com entiado1metro debtro do cugostosas do zaptk sex porncantos eroticos de novinha que da buceta pra cavaloviados mansos que gostam de urinaEu sou domestica eu dei a buceta para meu patraoitaitubense dando o cu xnxxposicao frango assado putaria brasileira pra salvar no celularmae forssando a filha movinha a fuder com o paiconto erotico pego usando calcinhaxxvideosamocadê aquelas gostosas de fio dental roxinho pacote na frentenovinhas delicia purasexoamarando a filha pra chupa buceta e mete a liga no buraco da buceta primeira vez que ela sente uma linganovinha de quinze anos fodida a forca pelos trez vizinhos bem dotados contoswattpad e o vampiro rasgou acacinha dela e meteuxvidio casas trepando sogra cochilqndo e xunhado tomando cervejqConto erótico fui humilhada e largada pelada na estradaConto erotico andei mancando depois do negaocontos eróticos condolos e vibradores participamconto no cinepornobuceta pornoulhe na praia com fio dentalporno do padre fudeno casada comfusatextos contos mulheres e viadinhos etrupados por camioneiro dulpa penetracao gozada boquinha