Carnaval quente em Sto Antonio do Pinhal

Um conto erótico de Claudio
Categoria: Grupal
Data: 14/01/2020 00:27:13
Nota 10.00

Olá,

Este é meu primeiro conto, espero mais pra frente contar mais um pouco das nossas aventuras, me chamo Claudio (40 anos) sou casado a 8 anos com a Milena (28 anos) moramos na Zona Norte de SP e temos algumas (várias) histórias, claro que todas verídicas e hoje irei relatar uma que aconteceu o ano passado, no carnaval.

Para vocês nos conhecerem eu sou empresário me considero boa pinta, nem gordo nem magro, até que atraio a atenção das mulheres ainda, mas meu foco depois de casado sempre foi a Milena que aliás é linda, morena clara de olhos verdes e pele bem branquinha, já foi modelo de uma agência de publicidade, adora uma academia e quando coloca biquininho atrai olhares em qualquer lugar.

Este é meu segundo casamento e eu sempre fui liberal, mas ela nem tanto porque tem ciúmes de outras mulheres, e eu por sua vez adoro a exibir, que coloque sempre roupas ousadas, bom vamos para a nossa aventura.

Eu tenho uma amiga que tem casa em Santo Antônio do Pinhal, fica bem perto de Campos do Jordão, e eu aluguei a casa e chamei um casal de amigos bem animados para irmos. Quando chegou na data da viagem o casal que convidamos não pode ir infelizmente, ficamos chateados e quase cancelamos mas depois de uma conversa com a Mi então decidimos não cancelar, e lá fomos nós com o espirito aventureiro e bem animados para nos divertirmos muito, seria a “nossa” viagem.

A cidade é pequena mas tem um carnaval de rua bem animado, chegamos na cidade na sexta pela manhã, deu pra ver a cidade bem arrumada e preparada para a festa da noite, então fui até a casa que íamos ficar que ficava a uns 15 minutos da cidade, quando cheguei ficamos surpresos porque a casinha é mega confortável, três quartos, sala grade e até lareira, ali caberiam fácil umas 10 pessoas, depois de conhecer a casa e nos instalarmos na suíte máster descansamos um pouco e nos preparamos para ir almoçar na cidade e passar no mercado para comprar bebidas.

Como estava calor falei para a Mi colocar um micro short um que fica mostrando a polpa da bundinha, quando ela coloca não tem um ser vivo que não a olhe com desejo, ela disse (Melhor não, é muito curto) mas o colocou a sem vergonha e ainda colocou com uma blusinha branca praticamente transparente e sem sutiã. Depois de um desfile no supermercado e eu registrando tudo com meu celular (amo fotos) fomos ao restaurante.

O local era bem no centro da cidade, e quando estávamos pedindo a refeição que ouço (Claudio?) era o Marcos um amigo meu da época do ginásio junto com o primo dele que eu conhecia também o Guilherme,

Marcos: Po cara que legal te encontrar aqui

Eu: Legal te ver também, deixa apresentar a vocês minha esposa Milena!

Neste momento o Marcos a cumprimentou primeiro e percebi que o Guilherme deu uma secada na Mi quando se levantou da cadeira, e eu bem atento.

Eu: Vejo que acabaram de almoçar, vieram passar o carnaval aqui também, estão em galera?

Guilherme: que nada estamos so eu o Marcos e o Edu que ficou na casa, que é aqui do lado, uma casinha que alugamos muito pequena, quando chegamos meio que nos arrependemos de ter pego esta casinha.

Eu: legal pessoal, então certamente nos vemos a noite no bloquinho da cidade.

Marcos: combinado ficaremos em frente a aquele bar ali (me mostrou) a partir das 18 hr, combinado?

Eu: ok!

Foi quando eles saíram e mais uma vez o Guilherme se despediu e deu outra secada na Milena, e desta vez ela reparou também rsrs

Milena: bem interessante teus amigos, vão fazer sucesso no bloquinho.

Foi quando percebi interesse dela, ai comecei a instigar, contando deles, na época do colégio eles eram os pegadores (inclusive eu, mas não contei essa parte na hora) os três são grandes fazem esportes, o que mais fazia sucesso naquela época era o Guilherme por ser meio loiro e olhos claros. Aí fiz a pergunta chave:

Eu: você vai querer ficar junto com eles no bloquinho? Por você tudo bem? Olha esses caras não os vejo a anos mas sei que quando eles bebem e estão na pista eles atacam, então se você não se importar de receber algumas cantadas deles por mim tudo bem também. Disse a ela.

Milena: por mim tudo bem, vamos nos divertir (ela esboçando maldade)

Foi neste momento que minha mente ferveu de ideias para mais a noite, chegamos na nossa casinha, colocamos a bebida para gelar e fomos deitar um pouco, e como estava quente comecei a pegar a Mi (que não nega) e no calor do sexo perguntei o que ela achou dos meus amigos, ela disse

Milena: hummm, lindos os dois, delicinhas.

Eu: (enquanto metia fundo) vai bem sensual a noite, para que eles babem muito por você.

Milena: humm mas eles vão me xavecar com certeza, você quer que eu dê bola pra eles?

Eu: usa teu charme faz eles delirarem mas sem nada a mais ok?

Milena: ok! Vou deixar eles doidinhos hoje! Posso mesmo? Hummm

Nesse momento eu a fodia bem forte de lado e ela gozou, a mudei de posição (de quatro) e continuei, puxando os seus cabelos e metendo e socando forte naquela bunda branca e perfeita até gozar.

Dormimos um pouco.

A noitinha nos arrumamos, como sempre eu me arrumo primeiro e fiquei esperando ela na sala por uns 30 minutos ainda, foi quando ela saiu.

Eu: UOUUUUU SÉRIO QUE TUDO ISSO É MEU?

Milena: gostou?

A Mi estava simplesmente maravilhosa, com uma blusinha vermelha transparente sem sutiã e nos bicos do peito colocou fita adesiva para tampar os mamilos, e uma short preto de couro literalmente no meio da bunda.

Milena: já que não conhecemos ninguém aqui mesmo, só teus amigos lindos

Na hora fiquei de pau duro só de vê-la e ainda com carinha de maldade no rostinho, levantei rapidamente e foi preparar o drink dela para podermos ir já que estávamos meio atrasados.

Uma mistura de adrenalina e ansiedade pela noite que nos aguardava.

Chegando perto parei o carro um pouco distante, a Mi já tinha tomado uns dois drinks e estava me agarrando o tempo todo, como eu estava dirigindo ainda não tinha bebido mas tudo bem não era nesse momento que eu ia reclamar ne.

O bloquinho estava bem animado mesmo, fomos indo bem devagar até a frente do bar que o Marcos tinha falado. Tinha bastante gente. Foi quando os vimos, os três sem camisa com dois coolers fazendo a bagunça, logo que a Mi os viu arregalou os olhos pq eles são grandes e bem definidos, pelo menos maiores que eu rsrs

Assim que nos viram fizeram aquela bagunça e todos olharam para a Mi, e o Gui disse:

Guilherme: você como a única menina será a nossa rainha do carnaval, vamos cuidar de você, para que não falte bebida no seu copo e qualquer coisa que queira.

Nesse momento percebi uma segunda intenção mas acho que foi na inocência mesmo rsrs,,, dei corda.

Eu: um brinde a nossa rainha mais que linda e maravilhosa.

E que noite, todos dançando ao som da bandinha até o chão, bebendo muito (eu não pq ia dirigir ainda) mas eu estou acostumado me divirto na mesma intensidade que os outros, a Mi estava bem alegrinha dançava muito ao lado do Gui, ele sabia bem os passinhos de musicas de axé e via alguns flertes do Gui, as vezes do Marcos também. A comiam com os olhos literalmente, o Edu acabou pegando uma menina que estava por ali e o Marcos também mas o Gui parecia focado na Mi e eu me fazia que via rsrs, (estava adorando) ia ate pegar mais bebidas pra eles.

Quando estávamos no calor a Mi me abraçou, e disse no ouvido

Milena: estou com puta tesão, hoje eu acabo com você, estou com tanto tesão que acho que você nem da conta.

Eu: hoje posso ter reforço se você quiser, mas vamos deixar a noite nos levar ok.

Altas horas da madrugada o clima na cidade começou a ficar estranho, muitos bêbados inclusive meus amigos, a Mi que estava bem altinha mas não bêbada me puxou e falou no ouvido.

Milena: posso chamar os meninos para um after em casa? Pq aqui já miou

Eu com pensamento a mil claro que concordei

Milena: meninos, aqui já miou hoje vamos para a nossa casa para continuar, lá tem som e bebidas, levem os coolers também.

Como as meninas que o Marcos e o Edu pegaram já tinham ido a tempo eles toparam, e lá fomos com som alto e eu sem beber nada, e a Mi bem alegrinha, eu acho q ela não estava bêbada mas ela se fez que estava bem bêbada (conheço bem ela) estava na maldade, mas pra ela tem que acontecer tudo assim, bem natural ou que pareça natural.

Chegamos na casa, ligamos o som alto eu comecei a beber e todos dançando e continuou a Mi dançando e olhando para o Gui e o Gui também mas não passava disso. Passou um tempo a Mi veio até mim e falou que queria um banho e descansar o pé e daquele shorts apertado. E me pediu para dar banho nela e podermos voltar para a bagunça.

O quarto suíte da casa ficava no final do corredor e a porta do banheiro de frente para a porta do corredor, então entrei no quarto com a Mi na frente, não fechei a porta, no pé da cama tirei a roupa dela, todinha, a beijei e ela cheia de fogo, falei que iria dar banho nela, tirei a bermuda e o tênis e fui com ela no banheiro com a porta aberta, foi então que ela reparou.

Milena: a porta você deixou aberta seu malvado, vai, vem me dar banho, disfarça mas acho que tem alguém me olhando lá no fundo, dei a volta para pegar a toalha e vi no canto do olho que o Gui estava de olho e com a mão no pinto, fui do outro lado e peguei a toalha, quando voltei falei para a Mi.

Eu: acho que preciso de ajuda neste teu banho, posso chamar o Gui para me ajudar? Vai que você cai.

Milena: mas ele vai me ver nua, ai ai seu corninho já te falei que esse teu amigo é lindo, chama.

Foi quando virei e falei.

Eu: Gui, vem cá me da uma ajuda com a Mi?

Enquanto isso o Marcos e o Edu estavam na área de fora bebendo e ouvindo som alto.

Guilherme: vou sim, o que precisa? (entrou no banheiro)

Eu: cara, vou lá no quarto separar a roupa dela, passa um sabão nela e depois tira, quando sair tem a toalha aqui ok, já venho.

Foi o que precisava, a Mi olhou para ele, eu saí do quarto mas ficava no canto olhando pela fresta a meia luz, o Gui pegou o sabonete passou nos peitos dela e a Mi pegou o sabonete da mão o colocou de lado e puxou o Gui para debaixo do chuveiro com roupa e tudo e deu um beijo, daqueles de cinema, o Gui todo sem saber o que estava acontecendo falou perguntou de mim e ela disse: (essa parte ela que me contou depois)

Milena: ele sabe que quero você e por ele tudo bem, tudo bem pra você também?

Guilherme nem respondeu, tirou a camisa e a bermuda junto com a cueca, e a Mi o ajudou, quando ele tirou a cueca, a mi estava agachada e viu saltar aquele pinto grande e grosso já armado branco e bem depilado, foi quando eu vi ela pegando no pau dele bem tímida, e olhava pra cara do Gui e para o pau dele, o punhetou um pouco deu um selinho bem na ponta, foi quando eu percebi o tamanho, pensei vai fazer estrago no parquinho rsrs, continuou punhetando e bem devagar foi colocando só a cabecinha do pau na boca.

Depois de uns 10 minutos a Mi se levanta e fala pra sair do banheiro e ir para a cama, eu rapidamente enquanto eles se secavam (e o Gui mega armado) eu tirei minha roupa e preparei meu celular do lado para registrar tudo, deitei na cama e eles vieram.

Milena: esta esperando meu corninho? Fica quietinho ai ok. Gui deita aqui! E fez sinal para ele deitar e ela continuar mamando.

Guilherme: não deita você que agora eu vou te chupar, estou nessa vontade a noite toda com uma puta sede de você.

A levantou e a colocou de quatro arreganhada, e ficou um admirando aquela bunda e bucetinha lisinha, e caiu e boca, percebi que o Gui se deliciava lambendo desde o cuzinho até a ponta da bucetinha rosa da Mi, os gemidos da Mi eram bem altos e chamou a atenção do Marco e do Edu, que foram espiar, quando entraram viram Gui pelado chupando a Mi, ficaram com uma cara de espanto, não falei nada só olhei e fiz sinal que estava legal, eles ficaram na porta parados, eu pelado deitado no canto da cama batendo uma punheta enquanto olhada a Mi e o Gui.

Por um breve momento percebi que a Mi não viu o Marcos e o Edu na porta, mas estava com tanto tesão e curtindo que não iria se importar.

Então o Gui se levanta deixando a mostra seu pau gigante e eu lhe passo a camisinha, neste momento a Mi percebeu a “plateia” parada na porta, ambos com a bermuda no joelho e batendo punheta, então diz.

Milena: hum, temos plateia hoje, (virou e olhou pra mim)

Olhando pra mim percebo o Guilherme colocando a cabeça do pau enorme dele na bucetinha da Mi, a Mi revira os olhos de tesão como quem sente cada milímetro percorrendo a vagina ensopada dela, morde os lábios e geme muito, o Gui aproveita e pega nos cabelos da Mi com uma mão e com a outra da uns tapas na bunda branca, que começa a ficar vermelha, foi aí que o Gui colocou um pé na cama e empurrou o peito e cabeça da Mi para ficar na cama, e metia, forte, tão forte que parecia que entrava até as bolas. Era um clima de puro tesão, eu peguei meu celular e comecei a tirar fotos e fazer pequenos vídeos. Depois de um tempo a Mi se levantou e o Gui deitou, a Mi em pé na cama se posicionando para sentar naquele mastro, com a mão ela o posicionou e foi sentando até o engolir por inteiro. Foi quando percebi que o Marcos e o Edu tinham tirado a bermuda e a cueca e vindo um pouco mais perto da cama, bem devagarinho a Mi começou a aumentar a velocidade e olhando para os meninos, olhando para o pau deles e lambendo a boca, foi quando me falou.

Milena: meu lindo, vai lá na cozinha e pega mais bebidas para os meninos e faz um drink especial pra mim? Não precisa ter pressa ok, há da uma encostadinha na porta.

Eu: sim, agora.

A deixei no quarto, na hora fiquei puto, mas durou só alguns segundos rsrs, eu pelado na cozinha peguei as três cervejas geladas, e comecei a preparar uma caipirinha (bem devagar) abaixei o som mas não o desliguei, deixei bem baixo só, e fiquei me deliciando ao som dos gemidos da Mi, e gemia, alto, comecei a ouvir o som de (palmas) claro que estava sendo devidamente devorada, não sabia o que os outros dois estavam fazendo, uma mistura de tesão e ciúmes. Terminei o drink foi bem devagar levar no quarto, quando empurrei a porta e vi a Mi meu tesão aumentou e muito. A Mi estava cavalgando no Marcos e chupando o Edu e o Gui ao mesmo tempo, olhou para mim e disse.

Milena: senta um pouco ali na cadeira aqui não cabe amor, mas já te chamo.

Então a Mi puxou o Edu e falou algo em seu ouvido, tentei ouvir mas não consegui, foi quando o Edu colocou rapidamente a camisinha e foi atrás da Mi, pensei, ué mas ela não curte muito dar o cuzinho, rsrs mas não era no cuzinho, ela tinha pedido para ele colocar na bucetinha também (DPV) primeira vez que eu saiba que fazia, o Edu se posicionou, ela parou de se mexer enquanto ele posicionava a cabeça do pau, aí vocês sabem, entrou a cabeça, entra o resto. O Edu e o Marcos não se mexiam, só a Mi começou em movimentos bem leves, até que conseguiu engolir os dois paus com a bucetinha e eu sentado dava pra ver tudo, e estava muito molhada, o quarto estava quente, o vidro da janela do quarto tinha até aquele suor, o ritmo foi acelerando e a Mi gozou (novamente) e o Edu também dentro dela na camisinha. O Edu se retirou e foi a vez do Gui, e não parou tão cedo, o dia amanhecendo e todos lá. Foi quando o Gui não aguentou mais e falou que ia gozar de novo, a Mi prontamente se virou tirou a camisinha e abriu a boca, engoliu tudo, sem derramar uma gota e olha que foi farto. O Gui se retirou ficando só o Marcos, que pingava de suor e a Mi também mas eles pareciam que tinham uma química tremenda. Com o Edu e o Gui na sala exaustos o Marcos aproveitou, comeu a minha Mi de tudo que é jeito até em posições que eu não tinha feito, a fez gozar novamente. Deitei na cama junto com eles pelado, e bati punheta olhando, a Mi veio me chupar (eu merecia) enquanto era enrabada, foi quando o Marcos disse que ia gozar, novamente a Mi vai, tira a camisinha dele e se posiciona, ele bateu punheta... mas, não conseguiu gozar, queria meter mais ainda, as camisinhas acabaram, a Mi disse.

Milena: me come assim mesmo, vemmmm!!!! Agora!!!

Foi quando vi a Mi ser devorada sem camisinha, suada, delirando no pau do Marcos, depois ficou em pé, a pegou no colo, mirou a pica na bucetinha e a comeu em pé (eu nunca fiz isso) mas me deliciei de ver, depois deitou na cama com ela de costas para a cama e ele em cima, (papai e mamãe), a Mi o abraçou e falou bem alto.

Milena: me come vai, soca tudo, goza dentro, quero sentir teu leite quentinho dentro de mim.

Acho que foi umas dos momentos de maior tesão da minha vida.

O Marcos se levantou sem tirar o pau de dentro e gozou, mas gozou muito, dava pra perceber.

Marcos pegou sua roupa e falou que ia tomar um banho no outro quarto, quando saiu fechou a porta, foi quando vi o estrago, a cama ensopada, a Mi toda vermelha com as duas bandas da bunda muito vermelhas por causa dos tapas, a Mi disse:

Milena: agora sim é a vez do meu corninho lindo, quero que você me foda e goze dentro de mim também.

Na hora já estava de pau duro, e assim foi.

Neste dia fomos dormir as 11 da manhã.

Ainda teve o sábado, domingo, segunda e terça de carnaval, muita coisa aconteceu de diferente também, mas isso é para outro conto.

Tudo que relatei acima é verdade, apenas os nomes alterei.

Desculpem se ficou longo e que é meu primeiro, espero que gostem, depois conto mais fatos

Abraços

Claudio


Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive Smithsp a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/01/2020 08:16:56
Que delícia deve ser sua Mi, parabéns pelo conto
14/01/2020 07:07:12
Que delícia!
14/01/2020 03:27:04
Que mulher perfeita!!! A esposa dos sonhos!
14/01/2020 00:31:57
Quer saber como Aumente o tamanho da sua rola e ter ereções mais fortes? Acesse o site e veja http://bit.ly/MaiorPotenteGrosso

Online porn video at mobile phone


videos porno de novinhas fodida por maquena ate chegar ao orgasmo vensinei meus filhos a transaremSaia Desse Barney comendo Vilma na camaeu quero ver o cara tirando pirou nas pernas da mulher com short bem curtinho aparecendo a bundanao sou gay mais qr pica no cu contofilha fica brava ao levar gosada dentrocontos eroticos nao aguentei e transei com a minha cadelaconto erótico minha esposa queria um negão da pica 27 cmcontospornoeuquerobaixar v caseiro so de morenas da b grandes queimadinhas com marca de biquines de quatro gozando e escorendo p bt com pica toda no cupornodoidocalçinhasassistir filmes pornô super excitastes x video pornor vovo costureira casada g qostar d jovensporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguioEm puro arola no cu do bebocontos acampado co miha esposahttps://rigertacademy.ru/texto/20170592video leabicas uma chupandi a outra de baixo da meaaacontos recentes de mulheres que descobriram que o marido queria ser corno e ainda gosta de um fio terraContos eroticos dei diazepam a minha enteadaContos erroticos de empragada chinezaporno filha tarada69velhas coroas gostosas sentadinhas no colo sendo enrabadaseu, minha namorada, minha namorada e meu tioporno negao engatano crentinha casadamarido vira broxa parte 1 pornocomtos eroticos reais de casal corno vai pra sauna no centro bh ano do comto 2018xnnx amor poe na portinha do meu cu e deixa que eu empurrocalça legui caladinha na casada xvideonovinha.encara.trinta ccentimetro.pornodoidoporno de joelvemcrente safada contoswww.contos eróticos.com.br. anal.cornoxvideos gostosas levanda trepicascontos eroticos filho fode o cu da mae e arranca bostade vestido de brusosexotorando a gordinha escandalalosavideo gay sinhozinho. comendo o chicote do escravoContos eróticos: brincando com meninasPornopiroconarevesando no cu da gravida pornoXvideo envermelhando a bundaainnn amor sexobaxa vidilho di orasao fosdi paraselolaflagrei minha filha anal contoconto erotico gay negao pirocudo maltrata viado brancoxxvideos coroas aprocura de trabalho e o patrao acaba comtratando e acaba tranzando a empregadaincesto com meu vô contospornô com duas vinha beijadoo pai dançandosexo brutal adulterio irmao fundendo irma de 12 aninhosXVídeo grátis achatadinhoXVídeos brasileiro tar adesivo da esposa colega para chupar eleconto no cinepornotia novinha dacu dominotitia safada gozando esquirt contosas trvetis du rabo grande asmulhe rabao orchupando rolaincertoxvídeos minha sogra me tranca no banheiro e agarra no meu pau bem gostosoDo caralho-basquete-contoconto erotico nora cortando gramaconvecendo o enteado novinho le da o cumae de filho gozando muito com brutamonte e corno filmando xnxxvidio porno de padrasto fica com a intiada ruivinhacontos eroticos alimentando os caes da vizinhaela cagou no meu pau conto eroticotia libera soacabesinhaalargada e assada e arrombada contoamigo gay bundudo liso vestido de mulher na festa conto gaycontos porno estupro submissão esposascontos eroticos fazenda do interior