A Moreninha da Freedom

Um conto erótico de Sr. Delicinha
Categoria: Grupal
Data: 12/02/2020 21:16:56
Nota 10.00

Moreninha na Freedom

Me chamo Pedro. Sou carioca (sem o sotaque, pois já moro em Belo Horizonte a muitos anos), tenho 33 anos, alto, de 1,80m, ombros largos, olhos cativantes verdes, barba por fazer, um peito peludo, (estilo Tony Ramos), um estilo bem rústico, que esbanja confiança aonde quer que passe. Sou casado com a Juliana a 10 anos, uma mineirinha de 29 anos, branquinha, com duas tatuagens lindas nas costas (uma de duas formiguinhas e uma de joaninha, tatuagens bem delicadinhas), 1,62m, corpo violão, quadril largo, cinturinha fina, peitos pequenos e gostosos, durinhos, pele macia, boca deliciosa. Uma deliciosa mulher, bucetinha rosinha que tem o gosto mais maravilhoso que já senti

Frequentamos bastante uma balada liberal chamada Freedom, conhecemos esta casa desde quando era na Av. Portugal na região da Pampulha na cidade de Belo Horizonte, e recentemente ela se mudou para o bairro castelo, também em Belo Horizonte.

Eu e a Sra. Delicinha (é o apelido da Juliana), amamos lá por tudo, as bebidas são maravilhosas e o atendimento é sempre excelente e sempre rola um sexo bem gostoso nos ambientes de lá.

Em um belo dia, resolvemos ir na freedom, geralmente, vamos em dias de quarta-feira por conta de nossos trabalhos. Trabalhamos aos fins de semana, e durante a semana temos 1 folga por semana, esta, geralmente na quinta-feira, então quarta, é um dia propício para aprontar...

Estávamos com o tesão a flor da pele, após ter as duas primeiras experiências fora da casa e a Juliana havia curtido muito o corpinho das meninas que ficamos. (“vamos falar mais sobre os encontros com a deliciosa chaveirinho Jéssica, e a Gostosa Doutorinha”).

Chegamos na casa e como de costume começamos a conversar sobre temas picantes. A Juliana, ama drinks , e a famosa caipifruta de morango que se vende na Freedom. Ela gosta de tomar uns drinks antes de ir para a ação nos ambientes.

Durante a conversa, eu Pedro, perguntei a ela qual a menina mais linda que ali estava e que ela pegaria. Estávamos em um sofá, e na nossa frente havia uma pista de dança, aonde havia muitas meninas lindas e gostosas. Algumas com roupinhas bem curtinhas, bem no clima da balada, outras com vestidos de couro, todas muito gostosas de se ver.

A Sra. Delicinha, ficou olhando aquelas pessoas que ali estavam por um tempo , e após bastante olhar apontou e falou:

-“ Aquela ali, é com ela que se eu tivesse chance com ela, eu com certeza a pegaria. Que moreninha deliciosa”....

A moreninha na verdade era negra, com a pele mais clara. Usava dreads no cabelo bem compridos, no meio das costas. O sorriso com dentes perfeitos, bem alinhadinhos, envoltos em lábios grandes, num batom vermelho. Ela não era muito alta, mais ou mesmo a mesma altura de Juliana. Corpo bem magrinho, pernas esguias e compridas, bumbum grande e empinado. Os peitinhos da moreninha eram pequenos, bem durinhos, os biquinhos do peito bem salientes, pareciam que iam furar o vestido.

Ficamos olhando para aquela linda moça durante um tempo, mas Juliana estava tímida e não teve coragem de se aproximar daquela garota. Curtimos nossa noite e fomos embora.

Semana seguinte, voltamos na Freedom, e advinhem só quem estava lá novamente?

Ela, a moreninha de Dreads. Juliana viu que a moreninha havia entrado no banheiro feminino, e hoje ela estava com coragem, não perderia a chance de dar uns belos amassos naquele corpo delicioso. As duas se encontraram no banheiro, e minha esposa teve a coragem de falar com a moreninha que estava afim dela, e acabou rolando um beijinhos dentro do banheiro e nada mais.

Juliana ainda estava um pouco tímida, e depois de me contar o que acabará de acontecer, eu perguntei para ela se ela estava afim de transar com a tal moreninha que havia encantado Juliana.

Ela prontamente me respondeu que sim. Agarrei minha esposa pela mão, a casa estava cheia, e começamos a procurar a moreninha.

Depois de um tempinho procurando achamos ela novamente. Como Juliana ainda estava tímida, eu me aproximei da moreninha e falei baixinho no ouvido dela:

-“Minha esposa está louca de tesão em você, você quer transar com ela?”

Dei uma de cupido sexual, e funcionou. Ela respondeu que sim, peguei a mão das duas, fomos para um dos ambientes reservados, coloquei as duas dentro, fui para fora do ambiente, e fiquei olhando da janelinha as duas se pegando e que cena maravilhosa. Logo que saí, as duas trancaram a porta, começaram desesperadamente a arrancar suas roupas, entre beijos e cheiros e chamegos. A moreninha magrinha, jogou a Sra. Delicinha para cima da cama que havia no ambiente, e começou a roçar sua buceta na perna da Juliana, logo trocaram de posição e fizeram um 69 aonde uma ficou chupando a buceta da outra, e eu ali, observando de fora toda aquela cena maravilhosa. As duas gemiam de prazer naquele sexo gostoso. Depois de gozarem muito, as duas vestiram suas roupas, abriram a porta, a moreninha me deu um beijo no rosto, como se tivesse agradecendo por eu ter cedido um pouquinho minha amada esposa, se virou, e saiu do ambiente que estávamos.

Eu estava com um puta tesão em tudo isso, empurrei a Juliana para dentro da cabine, tirei a roupa dela, e meti meu pau com toda força em sua buceta que estava toda molhada com a transa anterior. Meti por um bom tempo com bastante força, meu tesão estava a mil, e Juliana gemendo mais uma vez de prazer. Dei uma gozada incrível dentro da buceta dela, já que não usamos camisinha entre nós dois. Foi uma transa deliciosa.

Infelizmente, não fomos espertos o suficiente para descobrir o nome da nossa moreninha de Dreads, e muito menos pegamos um contato para repetir esse sexo.

Esse, vai ficar só na nossa lembrança ou quem sabe não damos a sorte de voltar e encontrar a nossa dama desconhecida.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Carioca mineiro a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
SF
12/02/2020 21:33:55
Difícil não resistir...

Online porn video at mobile phone


dei meu cu a primeira vez , nao parei maisMeu marido viu meu cu todo arrombadoergueno.a.sainha.da.fernandinha.e.meteno.a.picacontos eroticos de padastrocontos eroticos os pezinhos da sogracomo virei travesti contogero tira sangue do cu sogracontos eroticos sou casada mas sou amante de um coroa pauzudo rebolo naquela varapornodoido sistema.brutoDesabafo de uma mae cap XIcontos eróticos o garoto do casaco vermelho Parte 15ccontos eróticos incesto fudendo novinha virgem inocente faveladaconto erotico o velho negro pauzudo k me arrobavax vidio comtos eroticos flaguei minha avófudendo a mae dormndotia muito gostosa foi vê o sobrinho tomar banho e não aguento e fez sexo com ele que tem o pau renomecontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãocarol novinha e so quer usar chortinho socadosobrinho pega sua tia xvideo cá zero filme pornô de mulher com vagina da vaquejada vagina é uma peixadacontos eroticos presos enrrabados na cela filha dengosa e gostosa sendo acariciada pelo pai sexo pornoa mãe bota filha para transar com Paysandu para dar o c*Contos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaOdesafio esposa Liberada Contos Eroticos http://conto me vinguei com pauzudocontos eroticos pegando minha tia gravidaQuilombola comendo gay conto eroticoContos de podolatria 2017conto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesvideo de mulher 34anos nuA lavano a bucetafilmes de sexo so conegao do pao grosso e negona da buceta inchadaConto erotico mãe transando com pedreiro e filho vendo e depois vai querer tranzar com mãecontos de sexo depilando a sograxxvideo mulhe tirando ochorte pra trasatia fica ecxitada com o tamanho do pau do seu sobrinhopeguei meu sobrinho mas tenho uma chapuletada rola muito grandeo que é gozorolamulher dormindo pica entrandoxvidiodeu cu pro cavala grintou de dor e tezao inocentescontos eroticos gay dei a bunda dentro do cemitérioPornodoido companheira de quarto matando a vontade da amigaTio arroba o cu da sobrinha conto eróticoscontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fuderNao aguntei ver s biceta da minha irman debaixo da saiaMande vídeo de mulher pelada de 16 a 20 anos preferência galeguinhaxvideos entertida no cellnovinha perdendo a virgindade com negão da trufa muito grandecunhada bao queria mas aveitou trnsa com cunhadoporno super dotado so magrinha sofrimento no pau grande com a buceta ceia de galagrelinho branquinho dessa buceta virgem deliciaxxvvideos cavala branca consolosexobrasileirocavalovarios machos fazendo reforma na casa do corno termina fazendo gang gang com sua esposa puta tarada por rolawww.mulherpornocachorroloirinho conto gaycontos de cú de solteironaa melhor puta ci vocete xvideo gemido xvideospirulito do titio contos inocentecontos eiroticos leilapornOlhando a menina de causinha xsvidiocontos eroticos alvinho e o padreintiada nao resitiu o.pau grandedei pro entregador contosporno mae ffode com filho no banherocontos eroticos fode Frouxoele colocou o cachorro pra me lamber contopeituda das tetas rosadas amamentandocontos gay limpar a casacontos eiroticos leilaporn