Minha sobrinha caçula. Parte II - Anoiteceu menina, amanheceu Mulher

Um conto erótico de Touro10
Categoria: Heterossexual
Data: 25/03/2020 22:33:58
Nota 9.67

... Tava ainda nua embaixo do edredon, abracei ela por trás e fui beijando sua nuca, seu pescoço, seu ouvido, senti aquela bundinha quente encostada em mim e nao tive mais como resistir.

Virei ela de frente e fui beijando-a, minha boca chegou em seus pequenos seios mamando com vontade, minha mão como tentáculos agasalhou sua buceta toda, presionando com força e arrancando gemidinhos de tatá. Parei de mamar em seus seios um pouco, beijei sua boca e ordenei a ela: tira minha camiseta minha bebê, ela puxou até arrancar toda fora e votei a beija-la e mamar em seu peitinhos duros.

Os peitinhos duros de minha sobrinha, eu parecia tentar solver um leite que nao existia, minha mão cravada em sua buceta, ela nao aguentando mais aperta com força minha cabeça: tioooo, tiooooo, parei um pouquinho e disse: tira minha calça, era calça de abrigo, que ela rapidamente despiu, fez menção de tirar a cueca mas puxei ela pra cima e abracei com todo meu corpo, fui em seu ouvido, respirando e deixando ela loquinha de tesao, falava em seu ouvido: tio vai te fuder a noite toda minha gostosinha, vou tirar seu cabaçinho, tá só dois em casa, se doer um pouquinho pode chorar meu amor, parei um pouquinho e disse: tira minha cueca. Tatá quase rasgou minha última peça, tentou pegar meu pau mas a puxei de novo abraçando e mamando mais em seus seios branquinhos, que já tava roxinho de tanto eu castigalos com minha boca faminta. Fui em seu ouvido, tatá quase gritando diz: me come tio, por favor mete logo, me arregaça, sou sua. Vai tio vaaai.

Desci em sua buceta, tava toda molhadinha, xupei, lambi, parei um pouquinho, seus olhinhos imploravam pra mim continuar, sua boquinha salivava, continuei, não aguentou dois minutos, gozou na minha boca. Uma buceta de apenas treze, gozando, parece chorar de tesão e tatá queria mais, me abraçou pedindo: agora tio, mete, põe tudo eu aguento, vai tio, por favor mete, mete. Abri suas pernas e encaminhei meu pau na rachinha nunca antes visitada.

Com as perninhas bem abertas, sua buceta recebia meu pau, com cuidado eu presionava, mas tatá afoita fez um movimento brusco com os quadris e foi a cabeça: ahhhhhhhhh, aiiiiiii aiiii gritoo ela. Fui em seu ouvido e disse: isso minha putinha, chora no pau do tio, chora bebê. Fui enterrando devagarzinho olhando em seus olhos, antes de por tudo a beijei longamente e a penetrei completamente. Meti por uns três minutos e tirei, ela sem entender dizia: mais tio, maaais. Mas eu só mudei de pisicao e a coloquei de 4.

Tatá de quatro, a buceta ensanguentada pedia mais pau e eu fui com tudo, achei a melhor posicao e cutuquei, enrolei seus cabelos em minha mao esquerda e puxei um pouco pra traz e com a direita bati de leve em sua bunda. Toma cadelinha. Mexe, mexe, mais tatá, mais um tapa na bunda, ela reagiu, mais forte tio, bate mais, fode tio. Segurei em seus ombros e comi com força, fodendo por traz, minhas bolas explodiam na testa de sua buceta, uns três ou quatro minutos castigando forte e minha sobrinha deu um gemido forte e gozou, fiquei um tempinho deitado em cima dela e sai limpei meu pau em sua calcinha e a virei de frente, com olhinhos fechado ela me beijava, xupava minha lingua, parei um pouquinho e fui com o pau e encostei em seus labios.

Tatá começou a mamar, eu deixava um pouco, tirava e batia com o pau em sua bochecha dos dois lados, fiz isso umas cinco vezes e ai a segurei por trás de sua cabeça e comecei a fuder em sua boca. Ela praticava nataçao, tinha um folego enorme, conseguia segurar o pau enterrado na boquinha por uns 6 ou 7 segundos, dexei ela segurar umas quatro vezes e depois meti forte, meu saco batia forte em seu queixo. Gozei muito em sua boca e depois abracei ela carinhosamente beijando e sussurrando em seu ouvido.

Ja quase amanhecia o dia, nós ja tinhamos metido mais uma vez, fui por traz e lambi seu cuzinho, ela arrepiou toda, empinadinha, mexia prum lado e outro o bumbum como a esperar pra ser arrombada, mas minha filha Laiane bateu na porta do quarto, nós nem tinhamos percebido que ela havia chegado, Tatá pedia pra mim por atrás assim mesmo, mas Laiane votou a nos chamar e tive que deixar pra outro dia pra rasgar o seu cuzinho maravilhiso


Este conto recebeu 17 estrelas.
Incentive fenix cinza a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/03/2020 18:14:13
K delícia, e la se foi um cabacinho, só tinha k ser de 16 e subindo, mas vlw, rsss ;)
26/03/2020 06:31:37
Q tesão
26/03/2020 00:34:08
Para entender melhor leiam a primeira parte

Listas em que este conto está presente


Online porn video at mobile phone


anuspornonovinhax vidios branqinha cabelopretocontos heroticos cao doidao para chupar a donaadoro ver minha esposa transando com meu filhopaus mostruosos gosamdo nas bucetadvadia chupadora de buceta contosconto erotico gay negao dominador gosta de viado obedientever vidio defilho meteno .na mae gozano na buceta delagarota nao guenta da r u cu i chora pornoConto erotico umaa muler muito ssafaadaConto erotico sou madura e consolo lesbicaempregadas dona de casa de calcinha cuidando de tudo mas provocando o patrao com o seu rabu gigante xnxvidiotirarando a buceta gosadaPorno sexo gemido de prazer de esfomeadas com pauzao gostosopornobjsstravesti trancou a buceta mulher do corno com seu pinto enormecontis eroticos brincando de pique de escondergta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetacomendo a sogra contosbaixinha gostosa perdendo as pregas do c* e gritandocontos eroticos - an american taleWww.vainovinhavideo.com.brvidos pea a.baca irmao meteu a pica na irmanovia e gozo dento da bucetona delaPorno gratis xvideos fogo cruzadoEsposa putinha mostrando abcta pela boca d shortipadrasto enteada falei de sexo brasileiro homenageando a cornodaputatia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaovidio porno tio me cumeu na varanda do quintauvelhinha80anos gozandovidiomaitemetechantagiei a freira contoporno gratis cicinha e betoConto.erótico cunhada junteiXVídeos mulheres de baby doll calcinha quando a pele já mostrando para os visitantesQuero ler contos homem fudendo coroa de baby dolla policial gostoza sendo fodida aforsa pelo bandido pirocudo xxxxvidiosVideo do zapmulher escovando dois dentedominando um casalcontos Julia gordaponodoido padrasto fudeno a enteada dolada da mãeConto erotico de crentinha safadamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1Contos Gay Iniciado pelos guri depois pelocontos chantagiei a filha do pastormulher dançando gostosa e vovô comepornô xnxxver e baixar video porno duas morenas tomando no cuzinho cheio de porra ela ate mija aos poucos e a porra sai de vagar com seu cu arombado e piscando muitogaleguinha safadinha para meter no Zinho pegadinha que acabaram de abrir xxvideosnovinhas virgem inocente com muito medoxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozcontos eroticos vi minha esposa ser estuprada e gosteicarolzinha baixinha trepanohttp://googleweblight.com/i?u=http://zdorovsreda.ru/tema/incesto;%2520amor%2520verdadeiro;%2520fazenda;%2520irm%25C3%25A3zinha/melhores&grqid=CLHUAQww&s=1&hl=pt-BRmãe da minha mulher me mostranndo o pentelho me provocandocontos anal com jegue humanocoroa Dalvinha engolindo pica grandeamigos d filho fpde mcu da minha.maevídeo pornô com homem enfiando o braço todo no ânus da mulher despejando muito líquidoConto erotico sou madura e consolo lesbicaeu, minha namorada, minha namorada e meu tioMulheres Gostosa com shordinhos bem curtos minha irmã não resistiu ver o meu pau duro e sentou nele com foeça videi porno incestoconto eróticos marido manda o cara irá cortar a forçacontos meu genro me comeu a forcasenhora de idade pratica zoofiliawww.casadoscontoseroticos/tema/por que eu te amo amarreiagarrei o meu tio de 25 anos sem cueca e depois meteu no meu cu xvideoXVídeos não tinha dinheiro para pagar o aluguel dela você pagou na horacorno amarrado venu sua mulhe estrupada pono doidosogra transando com a nora e filhosangue suor lagrimas tortura pornoo vizinho do meu amigo autor drrirelatos sou safada. e nem meu irmãozinho nao escapou demiconto erótico menino bonequinhacontos eroticos escrava dividanovinha mandou ditado toma no cu e ae fudeu no estupro violento